Ficha de Leitura das obras
1. O livro
2. O texto
Título: O Braço Esquerdo de Deus
Autor: Paul Hoffman
Ilustrador: não tem ...
Características principais da personagem principal: Um rapaz
estranho, reservado, engenhoso e fascinante. Está tão habitua...
Localização espacial: Shotover Scarp, Kitty Town, Treetops,
Floresta de Hessel, Desfiladeiro de Barins, Burnt Mills,
Scabl...
3. A tua escolha
Assinatura:
Ana Nunes
Motivo da escolha do livro: Escolhi este livro porque achei muito
interessante, o m...
Data de entrega à professora: 16_NOV_2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fichadeleituradasobras 101022094357-phpapp01 (2)

521 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fichadeleituradasobras 101022094357-phpapp01 (2)

  1. 1. Ficha de Leitura das obras 1. O livro 2. O texto Título: O Braço Esquerdo de Deus Autor: Paul Hoffman Ilustrador: não tem imagens Editora: Porto Editora Data de Edição: 2010 Outras obras do mesmo autor: Golden Age of Censorship ; The Wisdom of Crocodiles  Personagem principal: Thomas Cale
  2. 2. Características principais da personagem principal: Um rapaz estranho, reservado, engenhoso e fascinante. Está tão habituado à crueldade que parece imune a ela. Não tem medo de nada, luta como quem parte um prato e está especializado nas artes marcais, onde é treinado por Bosco que pode até não parecer tão mau mas é o mal reencarnado.
  3. 3. Localização espacial: Shotover Scarp, Kitty Town, Treetops, Floresta de Hessel, Desfiladeiro de Barins, Burnt Mills, Scablands, Mountnugent, Rio Oxus e Silbury Hill   Localização temporal: Não existe referências acerca do tempo em que se passa a história. Resumo: No Santuário dos Redentores os acólitos não têm qualquer prazer na vida: passam frio, fome e maus tratos. São sujeitos a horas diárias de orações que, devido à repetição, já não têm qualquer significado. Nem a cantilena que entoam sempre ao deitar, uma pura ameaça de morte, provoca qualquer medo. A par disto, os Redentores preparam uma guerra contra os Antagonistas. Thomas Cale é astuto, inteligente e destaca-se dos demais acólitos. Um dia entra pela porta dos aposentos do Senhor da Disciplina e assiste a uma cena horrível e arrepiante. Nesse momento, certo de ter sido descoberto, vê-se obrigado a fugir do santuário com uma pessoa que, entretanto, salvou da morte e dois companheiros com quem partilhou a sua macabra descoberta e as terríveis consequências. O livro está repleto de acção, na qual a vida destes jovens está constantemente em risco e o perigo das injustiças espreita a todo o momento. É essa incerteza sobre o futuro que nos faz virar compulsivamente as páginas para saber como vão superar as adversidades na luta pela sobrevivência. Até que chegamos ao ponto em que a vida de Cale estabilizou. Acabaram as fugas, passou a ser respeitado e admirado, e surgiu o amor. Mas o perigo está onde menos se espera, e a vida de Cale está longe de ser normal… Determinados a recuperar o seu acólito, os Redentores, abarcam numa atroz batalha que conquistam. Cale, é novamente levado para o santuário, seguido de perto pelos companheiros e um novo amigo, dispostos a salvá-lo das garras dos Redentores. Mas Cale desvenda um segredo avassalador. A sua vida jamais será a mesma…ele agora é o braço esquerdo de deus.
  4. 4. 3. A tua escolha Assinatura: Ana Nunes Motivo da escolha do livro: Escolhi este livro porque achei muito interessante, o melhor que já li, espero que como eu, todos os que partilhem do gosto pela leitura o leiam, asseguro – vos que é muito bom. Opinião sobre o livro: O livro é viciante, muito interessante do princípio ao fim (que não é bem um fim, pois existirão mais volumes). A verdade é que ao longo do todo o livro não sabemos o porquê do seu título. Adorei a escrita de Paul Hoffman: simples, com apontamentos de humor e, descrições fascinantes. A narrativa dos episódios ligados à guerra e à violência. Gostei imenso, e nunca pensei em desistir de chegar ao final. Posso afirmar que se trata de um livro perturbador, que, é impossível deixar de ler e me deixou a pensar nele, mesmo para lá da sua leitura.
  5. 5. Data de entrega à professora: 16_NOV_2010

×