Agc

158 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
158
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agc

  1. 1. Antonio Cezar Bornia Análise gerencial de custos Antonio Cezar Bornia
  2. 2. Sistemas de Custos Antonio Cezar Bornia Sistema = Princípio + Método
  3. 3. Princípios e Métodos Processoinsumos produtos Antonio Cezar Bornia Processo Produtivo insumos (custos) produtos Quais custos? Como distribuir? Princípio Método
  4. 4. Sistemas de Custos Sistema = Princípio + Método Antonio Cezar Bornia Quais informações? Quais custos? fixos-variáveis ideais-desperdícios Objetivos do sistema. Operacionalização. Como obter a informação? Cálculo do custo (custos indiretos)
  5. 5. Sistemas de Custos Sistema = Princípio + Método Antonio Cezar Bornia Sistema = Princípio + Método Custeio variável Custeio por absorção integral Custeio por absorção ideal (Custo padrão) RKW ABC UEP etc
  6. 6. Custeio por Absorção Integral (Total): Todos os custos são identificados com os produtos. Princípios (Custos ) Antonio Cezar Bornia custos são identificados com os produtos. Custeio Variável (Direto): Os custos fixos não são identificados com os produtos. Custeio por Absorção Ideal: Todos os custos são identificados com os produtos de acordo com sua utilização eficiente. Os custos ineficientes (desperdícios) são do período.
  7. 7. Princípios (Objetivos Principais) Custeio por Absorção Integral (Total): Fornecimento de informações a usuários externos. Informações “tradicionais”. Antonio Cezar Bornia Informações “tradicionais”. Custeio Variável (Direto): Apoio a tomadas de decisões de curto prazo. Análise de Custo-Volume- Lucro. Custeio por Absorção Ideal: Apoio ao controle e ao processo de melhoria contínua da empresa. Quantificação do Desperdício.
  8. 8. Comparação Custeio Ideal x Custeio Integral Antonio Cezar Bornia Custeio Ideal x Custeio Integral
  9. 9. Desperdícios As empresas devem constantemente redu- zir seus desperdícios, Antonio Cezar Bornia a fim de permanece- rem competitivas no mercado moderno, onde a concorrência é cada vez mais acir- rada.
  10. 10. Mensuração dos desperdícios Para se reduzir os desper- dícios, primeiramente é necessário conhecê-los. Antonio Cezar Bornia necessário conhecê-los. A mensuração dos des- perdícios indica quanto pode potencialmente ser reduzido e onde agir corretivamente.
  11. 11. Exemplo Custeio Integral Total ($) Unitário ($/un) Resultado da empresa EX Antonio Cezar Bornia Total ($) Unitário ($/un) Preço 1.600.000,00 20,00 Custo 1.400.000,00 17,50 Lucro 200.000,00 2,50
  12. 12. Total ($) Unitário ($/un) Exemplo Custeio Ideal Resultado da empresa EX Antonio Cezar Bornia Total ($) Unitário ($/un) Preço 1.600.000,00 20,00 Custo 1.200.000,00 15,00 Lucro 200.000,00 2,50 Lucro Potencial 400.000,00 5,00 Desperdício 200.000,00 2,50
  13. 13. Competição O mercado da empresa EX torna-se mais competitivo. Antonio Cezar Bornia competitivo. O preço é reduzido.
  14. 14. Exemplo Custeio Integral Total ($) Unitário ($/un) Resultado da empresa EX Antonio Cezar Bornia Total ($) Unitário ($/un) Preço 1.360.000,00 17,00 Custo 1.400.000,00 17,50 Lucro (40.000,00) (0,50)
  15. 15. Total ($) Unitário ($/un) Exemplo Custeio Ideal Resultado da empresa EX Antonio Cezar Bornia Total ($) Unitário ($/un) Preço 1.360.000,00 17,00 Custo 1.200.000,00 15,00 Lucro (40.000,00) (0,50) Lucro Potencial 160.000,00 2,00 Desperdício 200.000,00 2,50
  16. 16. Mensuração dos desperdícios BIÓPSIA - descobrir que está doente, qual é a Antonio Cezar Bornia doente, qual é a doença e agir para curá-la a tempo. AUTÓPSIA - depois de morto, checar qual foi a razão do falecimento. X
  17. 17. Exemplo mão-de-obra = $10/h $80/dia 8 h/dia Antonio Cezar Bornia mão-de-obra = $10/h $80/dia padrão eficiente para o produto X: 1 h/unidade produção: 5 unidades 8 h/dia
  18. 18. Exemplo Análise dos tempos Antonio Cezar Bornia padrão eficiente = 1 h/un . 5 un = 5 horas ineficiência = 8h - 5h = 3 horas 8 horas
  19. 19. Análise dos custos Antonio Cezar Bornia custo = = $16 / unidade 80 5 Custeio Integral
  20. 20. Custeio Ideal Análise dos custos Antonio Cezar Bornia custo = 1h/un . 10 $/h = $10 / unidade custos = $ 50,00 desperdícios = $ 30,00 $ 80,00 Custeio Ideal
  21. 21. Exemplo Preço = $ 14,00 Antonio Cezar Bornia Prejuízo de $ 2,00 ou Lucro de $ 4,00 ? Se os desperdícios forem eliminados, o preço de $14,00 propiciará um lucro de $4,00.
  22. 22. Exemplo - Preço custos variáveis = $ 1.000 / un. custos fixos = $ 100.000 / mês Antonio Cezar Bornia custos fixos = $ 100.000 / mês produção: 125 unidades custos totais = 100000 + 125x1000 = $ 225.000 preço de venda = $ 1.800 / un.
  23. 23. custeio integral custo = + 1000 = $ 1.800 / unidade 100000 125 Antonio Cezar Bornia preço = $ 1.800 / unidade Lucro = 0 Aumentar o preço?
  24. 24. aumento de preço custos variáveis = $ 1.000 / un. custos fixos = $ 100.000 / mês preço = 1.800 $ 2.000 / un Antonio Cezar Bornia vendas: 125 100 unidades Lucro = 0 custo = + 1000 = $ 2.000 / unidade 100000 100 Aumentar o preço?
  25. 25. A espiral da morte Aumento Antonio Cezar Bornia Queda das vendas Aumento no preço dos custos
  26. 26. custeio ideal custos variáveis = $ 1.000 / un. custos fixos = $ 100.000 / mês produção: 125 unidades padrão eficiente de produção: 1 h/unidade Antonio Cezar Bornia padrão eficiente de produção: 1 h/unidade tempo disponível (capacidade): 200 horas custos totais = 100000 + 125x1000 = $ 225.000 preço de venda = $ 1.800 / un.
  27. 27. Custeio Ideal custo fixo = 100000 / 200 = $ 500 / hora custo (eficiente) = 500 + 1000 = $ 1.500 / un Antonio Cezar Bornia custo (eficiente) = 500 + 1000 = $ 1.500 / un no mês: custos = 125x1500 = $ 187.500,00 desperdícios = 75x500 = $ 37.500,00 = $ 225.000,00
  28. 28. Total ($) Unitário ($/un) Custeio Ideal Resultado da empresa EX Antonio Cezar Bornia Total ($) Unitário ($/un) Preço 225.000,00 1.800,00 Custo 187.500,00 1.500,00 Lucro 0 0 Lucro Potencial 37.500,00 300,00 Desperdício 37.500,00 300,00
  29. 29. Sistemas de Custos Sistema = Princípio + Método Antonio Cezar Bornia Sistema = Princípio + Método •Custeio variável •Custeio por absorção integral •Custeio por absorção ideal •(Custo padrão) •RKW •ABC •UEP •etc
  30. 30. Métodos de Custos CUSTOS = DIRETOS + INDIRETOS Antonio Cezar Bornia Fácil identificação Não precisa do método Problema na distribuição Necessidade de método
  31. 31. Método dos Centros de Antonio Cezar Bornia Método dos Centros de Custos, das Seções Homogêneas ou RKW
  32. 32. Exemplo Empresa Custos = $ 1.000,00 Antonio Cezar Bornia Distribuição primária A B C $ 500,00$ 300,00$ 200,00
  33. 33. Exemplo A B C $ 500,00$ 300,00$ 200,00 Antonio Cezar Bornia Produto P1 Produto P2 Distr. secundária 50 150
  34. 34. A B C $ 650,00$ 350,00 Exemplo Antonio Cezar Bornia Produto P1 Produto P2 Distribuição $520 $ 340,00 $ 660,00
  35. 35. RKW - Etapas Separar os custos em itens. Dividir a empresa em centros de custos. Antonio Cezar Bornia Dividir a empresa em centros de custos. Identificar os custos com os centros (distribuição primária). Redistribuir os custos dos centros indiretos aos diretos (distribuição secundária). Identificar os custos dos centros diretos com os produtos (distribuição final).
  36. 36. CUSTEIO BASEADO EM ATIVIDADES Antonio Cezar Bornia ACTIVITY-BASED COSTING (ABC)
  37. 37. ABC - Etapas Mapeamento das atividades. Antonio Cezar Bornia Alocação dos custos às atividades. Redistribuição dos custos das atividades indiretas às diretas. Cálculo dos custos dos produtos.
  38. 38. ABC x RKW Atividade é mais detalhada do que centro de custos. Antonio Cezar Bornia custos. Melhor análise dos custos indiretos. Melhor análise das despesas de estrutura (serviços).
  39. 39. Mecânica semelhante à do RKW. ABC x RKW Antonio Cezar Bornia Diferenças fundamentais na ótica do princípio. Normalmente, associado ao custeio ideal (eliminação de desperdícios). Visão horizontal (processo).
  40. 40. Método da Unidade de Esforço de Produção Antonio Cezar Bornia Produção UEP
  41. 41. Empresa Uniprodutora Produção conhecida. Antonio Cezar Bornia Custo unitário Custos totais do período Produção do Período =
  42. 42. Empresa Multiprodutora Produto Qtde Ex: CT = $ 6.000.000,00 Antonio Cezar Bornia P1 1.000 P2 2.000 P3 3.000 Produção 6.000 ?
  43. 43. Unificação da Produção Se: P1 = 1,0 UEP P2 = 1,1 UEP P3 = 1,3 UEP Antonio Cezar Bornia P3 = 1,3 UEP Produto Qtde UEP P1 1.000 1,0 1000 P2 2.000 1,1 2200 P3 3.000 1,3 3900 Produção 7.100 UEP
  44. 44. Exemplo Ex: CT = $ 6.000.000,00 Custo unitário = = $ 845,07 / UEP 6.000.000 Antonio Cezar Bornia Custo unitário = = $ 845,07 / UEP Produto Custo Unitário P1 845,07 P2 929,58 P3 1.098,59 6.000.000 7.100
  45. 45. Teoria das Antonio Cezar Bornia Teoria das Restrições TOC
  46. 46. Cuidado! qtde fabricada não é sinônimo de qtde vendida. O gestor deve se preocupar com a receita, além dos Antonio Cezar Bornia O gestor deve se preocupar com a receita, além dos custos. – fabricar para estoque? – Ganho x custos
  47. 47. Antonio Cezar Bornia
  48. 48. Antonio Cezar Bornia cezar@deps.ufsc.br Antonio Cezar Bornia cezar@deps.ufsc.br www.inf.ufsc.br/~cezar www.congressodecustos.com.br

×