Para cada um
seu modo de ver
Diz o carneiro:

Que saltos tão
altos eu dou
pelo prado, se a
erva está tenra
e o Sol é
doirado.
Diz o cavalo :
Trabalho é Cansaço
no pino do verão. Eu
gosto do Sol, tão
forte é que não !
Diz a abelha:
Que venham
depressa o
verão e o calor,
pra haver mel
mais doce do
pólen da flor!
Diz o porco:
Nos dias chuvosos
Escolho uma cama,
bem rica e bem fofa,
Nos charcos de lama!
Diz o rato:

Com tempo de chuva, o
gato (que bom!) não sai
da lareira, fazendo(rom
-rom!)
Diz o pato:

Plos meses de
inverno
dá gosto nadar
nos campos que a chuva
tranforma num mar!
Diz a vaca:
A mim não me importa
o Sol e o frio, se houver
abundância de feno
macio!
Diz o mocho:

De noite abro as asas e
os olhos também, e
vejo ao luar melhor do
que ninguém!
Diz o gato:

À noite, se a Lua é
minha aliada, não há
um só rato que escape à caçada!
Diz o morcego:

Oculto nas torres,
enquanto o Sol dura,
Eu fujo prá noite, se
a noite é escura!
Diz a toupeira:

Na cova em que vivo,
há sempre alegria,
Com Sol ou com Chuva,
De noite ou de dia!
Autor:Rodrigo Nogueira

Prof. José Carlos

Data:30-11-2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bd rodrigo

974 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
974
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
730
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bd rodrigo

  1. 1. Para cada um seu modo de ver
  2. 2. Diz o carneiro: Que saltos tão altos eu dou pelo prado, se a erva está tenra e o Sol é doirado.
  3. 3. Diz o cavalo : Trabalho é Cansaço no pino do verão. Eu gosto do Sol, tão forte é que não !
  4. 4. Diz a abelha: Que venham depressa o verão e o calor, pra haver mel mais doce do pólen da flor!
  5. 5. Diz o porco: Nos dias chuvosos Escolho uma cama, bem rica e bem fofa, Nos charcos de lama!
  6. 6. Diz o rato: Com tempo de chuva, o gato (que bom!) não sai da lareira, fazendo(rom -rom!)
  7. 7. Diz o pato: Plos meses de inverno dá gosto nadar nos campos que a chuva tranforma num mar!
  8. 8. Diz a vaca: A mim não me importa o Sol e o frio, se houver abundância de feno macio!
  9. 9. Diz o mocho: De noite abro as asas e os olhos também, e vejo ao luar melhor do que ninguém!
  10. 10. Diz o gato: À noite, se a Lua é minha aliada, não há um só rato que escape à caçada!
  11. 11. Diz o morcego: Oculto nas torres, enquanto o Sol dura, Eu fujo prá noite, se a noite é escura!
  12. 12. Diz a toupeira: Na cova em que vivo, há sempre alegria, Com Sol ou com Chuva, De noite ou de dia!
  13. 13. Autor:Rodrigo Nogueira Prof. José Carlos Data:30-11-2013

×