CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTANCIA DO RIO DE JANEIRO
UNIVERSIDADE DO RIO DE JANEIRO
Muito se fala a respeito da Pedag...
• falta de problematização da realidade.
Porém mesmo diante de tanta crítica percebemos na prática pedagógica
os métodos t...
“MUDAR É DIFICIL, MAS É POSSIVEL...”
(Paulo Freire)
E como superaremos a Pedagogia da Transmissão?
Primeiramente entendend...
Vamos inovar sempre, sabemos que o novo assusta, mas também
transforma, façamos do novo o nosso aliado e não inimigo:
É importante abrir espaço para o dialogo, para a reflexão e decisões
da parte dos educando, por que de outra forma não se ...
E permitir que ele se veja também.
Também não devemos esquecer-nos do amor, porque "Educar é um ato
de amor, e para educar...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide para educação a distancia

114 visualizações

Publicada em

SUPERANDO A PEDAGOGIA DA TRANSMISSÃO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide para educação a distancia

  1. 1. CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR A DISTANCIA DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO RIO DE JANEIRO Muito se fala a respeito da Pedagogia da transmissão, .Da elevada absorção de informação; • hábito de tomar notas e memorizar; • passividade do aluno e falta de atitude crítica; • distância teoria e prática • profundo “respeito” quanto às fontes de informação; • tendência ao racionalismo radical; • preferência pela especulação teórica;
  2. 2. • falta de problematização da realidade. Porém mesmo diante de tanta crítica percebemos na prática pedagógica os métodos tradicionais ainda aparece como uma assombração. Para que o novo aconteça devemos abandonar as práticas antigas: Devemos abrir espaço para o novo, e permitir realmente que a Educação seja libertadora, de outra forma as mudanças acontecerem apenas teoricamente...
  3. 3. “MUDAR É DIFICIL, MAS É POSSIVEL...” (Paulo Freire) E como superaremos a Pedagogia da Transmissão? Primeiramente entendendo que o aluno não é uma página em branco, que chega na escola e precisa ser preenchida, o que devemos criar são os caminhos que possibilitarão a construção do conhecimento, porque o educando precisa se sentir livre para desenvolver suas habilidades de acordo com sua potencialidade , cooperando na sua formação como cidadão autônomo. O educador também não deve esquecer que quem ensina também aprende, avalia, critica e refletir sobre suas próprias práticas diariamente, nem sempre o que serve para um aluno, servirá para outro, cada indivíduo é único, com bagagens de vida diferente, e seu histórico sociocultural deve ser levado em consideração. Conhecer o aluno é uma ótima forma de melhorar a comunicação a relação aluno-professor, professor-aluno, o professor conhecendo seu histórico social, cultural, entre outros entenderá como o aluno faz a leitura do que está ao seu redor o que auxiliará o professor em práticas que desenvolva as habilidades do aluno de acordo com suas potencialidades.
  4. 4. Vamos inovar sempre, sabemos que o novo assusta, mas também transforma, façamos do novo o nosso aliado e não inimigo:
  5. 5. É importante abrir espaço para o dialogo, para a reflexão e decisões da parte dos educando, por que de outra forma não se desenvolve a autonomia. As vezes é necessário alguma bagunça para poder arrumar as coisas em seu devido lugar, e para se entender um aluno precisamos realmente chegar até a ele, ou seja, ter olhos para enxerga-lo até por dentro...
  6. 6. E permitir que ele se veja também. Também não devemos esquecer-nos do amor, porque "Educar é um ato de amor, e para educar crianças é necessário, sobretudo, amá-las profundamente..." (Paulo Freire) Acredito que educando com amor não nos acomodaremos diante dos desafios e das diversas circunstancias que surgem a todo tempo e faremos a diferença com uma verdadeira:

×