A República Velha (1889 – 1930) Estrutura Social e Sistema Político Capítulo 53
A estrutura social do Brasil refletia fielmente a realidade econômica
Sociedade: rural e patriarcal
Sociedade Urbana <ul><li>composta por alguns núcleos urbanos “ilhas”  </li></ul><ul><li>As principais ilhas eram: Porto Al...
O grupo mais importante na República Velha era dos grandes proprietários rurais
o poder dos fazendeiros se baseava nos seguintes elementos: A posse das terras e das riquezas por elas produzidas
o poder dos fazendeiros se baseava nos seguintes elementos: Patriarcalismo e Parentela
Atualmente Nepotismo não é permitido
Patriarcalismo  + Parentela ==  Coronelismo  (sistema de poder pelo qual se exercia a política municipal, dominada pelos c...
 
O coronelismo hoje
Mecanismos políticos do domínio oligárquico <ul><li>A política dos Governadores  == criada por Campos Sales em 1898 </li><...
A política dos Governadores
<ul><li>Para impedir a posse da oposição foi criada a  Comissão Verificadora de Poderes  (formada por deputados federais, ...
Oligarquias Estaduais <ul><li>Surgiam assim as poderosas oligarquias estaduais (que governavam mais de 20 anos um estado) ...
Em SP e MG, não eram famílias e sim o  PRP e PRM
A política do Café-com-leite <ul><li>São Paulo e Minas Gerais administrando o Brasil, e as demais oligarquias dos estados ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Capítulo 53 estrutura social e política

3.259 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.259
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capítulo 53 estrutura social e política

  1. 1. A República Velha (1889 – 1930) Estrutura Social e Sistema Político Capítulo 53
  2. 2. A estrutura social do Brasil refletia fielmente a realidade econômica
  3. 3. Sociedade: rural e patriarcal
  4. 4. Sociedade Urbana <ul><li>composta por alguns núcleos urbanos “ilhas” </li></ul><ul><li>As principais ilhas eram: Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro </li></ul><ul><li>concentrava 60% da população, que compunham a burguesia, a classe média e o operariado (que vai crescer durante a República velha) </li></ul>
  5. 5. O grupo mais importante na República Velha era dos grandes proprietários rurais
  6. 6. o poder dos fazendeiros se baseava nos seguintes elementos: A posse das terras e das riquezas por elas produzidas
  7. 7. o poder dos fazendeiros se baseava nos seguintes elementos: Patriarcalismo e Parentela
  8. 8. Atualmente Nepotismo não é permitido
  9. 9. Patriarcalismo + Parentela == Coronelismo (sistema de poder pelo qual se exercia a política municipal, dominada pelos chefes políticos locais) “coronéis”
  10. 11. O coronelismo hoje
  11. 12. Mecanismos políticos do domínio oligárquico <ul><li>A política dos Governadores == criada por Campos Sales em 1898 </li></ul><ul><li>Para por em prática o seu plano financeiro (precisava de paz política e apoio integral do Congresso Nacional) </li></ul><ul><li>Permuta de favores - os governos estaduais apoiavam o presidente da república e este apoiava o governo estadual. </li></ul>
  12. 13. A política dos Governadores
  13. 14. <ul><li>Para impedir a posse da oposição foi criada a Comissão Verificadora de Poderes (formada por deputados federais, que promoviam a “ degola”) </li></ul>
  14. 15. Oligarquias Estaduais <ul><li>Surgiam assim as poderosas oligarquias estaduais (que governavam mais de 20 anos um estado) </li></ul><ul><li>Ramos em Santa Catarina </li></ul><ul><li>Ponce e Murtinho em Mato Grosso </li></ul><ul><li>Caiado em Goiás </li></ul><ul><li>Rosa e Silva em Pernambuco </li></ul><ul><li>Acciolly no Ceará (35 anos no poder) </li></ul><ul><li>Borges de Medeiros Rio Grande do Sul (foi governador 05 vezes) </li></ul>
  15. 16. Em SP e MG, não eram famílias e sim o PRP e PRM
  16. 17. A política do Café-com-leite <ul><li>São Paulo e Minas Gerais administrando o Brasil, e as demais oligarquias dos estados aceitavam esse controle. </li></ul><ul><li>Não era um revezamento SP-MG, e sim manutenção dos interesses desses estados </li></ul>

×