FENÔMENOS DE ONDULATÓRIA
BATIMENTOS
Áurea Marcelino
Charles Machado
Ivana Alves
Mylena Zatz
O QUE É BATIMENTO?
O batimento é o resultado da
interferência de ondas ou sinais de
frequências próximas.
Exemplo:
Quando escutamos, com uma
diferença de um curto tempo,
frequências parecidas, como 552 e
564 Hz, não conseguimos ...
Quando os dois sons chegam em
nossos ouvidos, ouvimos um som com
frequência de 558 Hz (média das duas
frequências), mas pe...
Esta variação ( que aumenta e diminui
o som alternadamente), está
produzindo um batimento que se
repete com uma frequência...
Esse gráfico representa o formato da
onda resultante de duas ondas que
se somam. Elas apresentam uma
pequena diferença de ...
O uso de um simulador fica mais
fácil a compreensão deste
fenômeno.
A “ pulsação” que ouvimos é o
fenômeno do batimento, as duas
ondas tinham frequências próximas e
interagiram formando uma ...
Se observarmos, a frequência e o
comprimento são definidos pelas
distâncias do máximo da nova onda e
resulta de uma combin...
PORQUE NÃO ESCUTAMOS O BATIMENTO QUANDO
AS DUAS FREQUÊNCIAS ESTÃO DISTANTES?
Isto ocorre porque o batimento fica tão
rápid...
EQUAÇÕES QUE UTILIZAMOS
A fase não é relevante, e pode ser
feita igual a zero com escolha
conveniente de origem do tempo.
...
Usando a média e a diferença das
frequências, respectivamente ,
e aplicando a identidade (2), obtemos
ao final:
=
Equação ...
Frequência do batimento:
Os batimentos são extremamente
usados na afinação de instrumentos.
Quando comparamos uma nota(a que
estiver sendo afinada)...
Referencias:
Halliday, David, 1916-2010. Fundamentos
de física, volume 2: gravitação, ondas e
termodinâmica / David Hallid...
Apresentação batimentos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação batimentos

385 visualizações

Publicada em

Estes sildes foram utilizados em uma apresentação de seminário.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação batimentos

  1. 1. FENÔMENOS DE ONDULATÓRIA BATIMENTOS Áurea Marcelino Charles Machado Ivana Alves Mylena Zatz
  2. 2. O QUE É BATIMENTO? O batimento é o resultado da interferência de ondas ou sinais de frequências próximas.
  3. 3. Exemplo: Quando escutamos, com uma diferença de um curto tempo, frequências parecidas, como 552 e 564 Hz, não conseguimos distinguir facilmente.
  4. 4. Quando os dois sons chegam em nossos ouvidos, ouvimos um som com frequência de 558 Hz (média das duas frequências), mas percebemos também grande variação na intensidade do som.
  5. 5. Esta variação ( que aumenta e diminui o som alternadamente), está produzindo um batimento que se repete com uma frequência de 12Hz (diferença entre as duas frequências originais).
  6. 6. Esse gráfico representa o formato da onda resultante de duas ondas que se somam. Elas apresentam uma pequena diferença de frequência e mesma amplitude
  7. 7. O uso de um simulador fica mais fácil a compreensão deste fenômeno.
  8. 8. A “ pulsação” que ouvimos é o fenômeno do batimento, as duas ondas tinham frequências próximas e interagiram formando uma terceira onda.
  9. 9. Se observarmos, a frequência e o comprimento são definidos pelas distâncias do máximo da nova onda e resulta de uma combinação de interferência destrutiva e construtiva.
  10. 10. PORQUE NÃO ESCUTAMOS O BATIMENTO QUANDO AS DUAS FREQUÊNCIAS ESTÃO DISTANTES? Isto ocorre porque o batimento fica tão rápido, que fica imperceptível. Desta forma, o batimento só é perceptível se as frequências de ondas forem muito próximas.
  11. 11. EQUAÇÕES QUE UTILIZAMOS A fase não é relevante, e pode ser feita igual a zero com escolha conveniente de origem do tempo. S(t) = A sen ( t) + A sen ( t).
  12. 12. Usando a média e a diferença das frequências, respectivamente , e aplicando a identidade (2), obtemos ao final: = Equação da onda resultante
  13. 13. Frequência do batimento:
  14. 14. Os batimentos são extremamente usados na afinação de instrumentos. Quando comparamos uma nota(a que estiver sendo afinada) com uma outra padrão, vemos que até que não exista mais variação de intensidade essa nota não vai estar afinada.
  15. 15. Referencias: Halliday, David, 1916-2010. Fundamentos de física, volume 2: gravitação, ondas e termodinâmica / David Halliday, Robert Resnick, Jean Walker; tradução e revisão Sérgio de Biasi. – Rio de Janeiro: LTC, 2012. (pag. 165-166). http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/re cursos/923/fis_batimento.htm

×