www.aulaparticularonline.net.br - História – Era Vargas (Parte 2)

436 visualizações

Publicada em

VideoAulas Sobre Era Vargas – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.aulaparticularonline.net.br

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

www.aulaparticularonline.net.br - História – Era Vargas (Parte 2)

  1. 1. A ERA VARGAS II
  2. 2. O QUE VAMOS APRENDER SOBRE A ERA VARGAS?•A educação e a cultura na Era Vargas;•O que significa ser brasileiro;•Nacionalismo e propaganda;•Instrumentos de propaganda política;•A educação na Era Vargas;•Erudito e popular;•O teatro de revista;•O cinema nacional;•O rádio e a política;
  3. 3. •O Brasil depois de 1945;•O retorno à democracia;•Constituição de 1946;•O governo Dutra;•O segundo governo de Vargas;•Política de desenvolvimento industrial;•Tensões sociais;•Campanha contra o crescimento.
  4. 4. A EDUCAÇÃO E A CULTURA NA ERA VARGASO que significa ser brasileiro? Desde o início do século XX os intelectuaisbrasileiros deram importância a construção daidentidade nacional brasileira. Essa preocupaçãocom a identidade peculiar do povo brasileiro e seustraços fundamentais esteve presentes na semana dearte moderna de 1922.
  5. 5. NacionalismoEducação e Cultura na Era Vargas
  6. 6. Durante o Estado Novo,década de 1930, váriasiniciativas de caráter nacionalforam desenvolvidas emdiversas áreas da cultura, e porisso muitos intelectuais atuaramdireta ou indiretamente noEstado Novo, como CarlosDrummond de Andrade, ManuelBandeira, Anísio Teixeira,Gustavo de Capanema, Mariode Andrade e Heitor Villa-Lobos.
  7. 7. Nacionalismo e propaganda A exaltação de um ideal nacionalista por parte dogoverno de Getulio Vargas teve também um propósito deauxiliar a política centralizadora do governo, muitas vezesessa política ia contra as elites regionais. O Estado Novo difundiu uma ideologia forte entreas camadas mais populares, para isso foi criado em 1939 oDIP ou Departamento de Imprensa e Propaganda quetinha como função coordenar e controlar as produçõesartísticas internas e externas do estado. O órgão dirigia aradiodifusão oficial do governo, as manifestações cívicas,festas patrióticas, exposição e concertos.
  8. 8. Nacionalismo Nacionalismo e propagandaEducação e Cultura na Era Vargas
  9. 9. Responda O que foi e qual a importância do DIP? O Estado Novo difundiu uma ideologia forteentre as camadas mais populares, para isso foi criadoem 1939 o DIP ou Departamento de Imprensa ePropaganda que tinha como função coordenar econtrolar as produções artísticas internas e externas doestado. O órgão dirigia a radiodifusão oficial dogoverno, as manifestações cívicas, festas patrióticas,exposição e concertos.
  10. 10. Instrumentos de propaganda política A propaganda governamentalera feita para jovens e crianças pormeio de cartilhas além de controlede grandes jornais, rádio nacional,propagandas que reproduziam osvalores e comportamentosconsiderados adequados peloestado. O DIP interferia naprodução nacional fazendo apoio acanções que exaltavam o trabalho eiam contra a malandragem.
  11. 11. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Ideologia DIPEducação e Cultura na Era Vargas
  12. 12. Eram comunsfestividades cívicas queexaltavam sentimentos denacionalidade em grandesproporções, enchendoestádios de futebol, muitasvezes com execução deobras artísticas eruditascomo a do Heitor Villa-Lobos. Desfile no dia dos trabalhadores.
  13. 13. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Ideologia DIPEducação e Cultura na Era Vargas
  14. 14. A educação na Era Vargas O governo Vargasbuscava formar uma novaelite intelectual e organizar aeducação em nível nacional.As medidas tomadas foramimportantes e estão até hojeem nossa sociedade.
  15. 15. Entre as medidas estão acriação do Ministério daEducação e Saúde em 1930com direção do ministroFrancisco Campos eposteriormente com GustavoCapanema. Nos níveis doensino fundamental e médioreformulou-se o currículoseriado, a frequênciaobrigatória e a exigência dodiploma de nível médio paraingresso no nível superior.
  16. 16. Incentivou-se o ensinoprofissionalizante, no nívelsuperior promovesse a criaçãode novas universidades econjunto de escolas de níveissuperiores. O serviço doPatrimônio Histórico ArtísticoNacional (SPHAN) que tinhacomo função representarsimbolicamente a identidade e amemória da nação. InstitutoNacional do Livro que buscavaequipar e expandir asbibliotecas públicas no país.
  17. 17. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIPEducação e Cultura na Era Vargas
  18. 18. Responda: Quais foram às medidas inovadorastomadas pelo governo de Vargas durante o EstadoNovo na educação?Nos níveis do ensino fundamental e médioreformulou-se o currículo seriado, a frequênciaobrigatória e a exigência do diploma de nível médiopara ingresso no nível superior. Incentivou-se o ensinoprofissionalizante, no nível superior promovesse acriação de novas universidades e conjunto de escolasde níveis superiores.
  19. 19. Erudito e popular Imprensa escrita, o rádio ecinema forma muitas vezes usadospara transformar o gosto popularem um padrão considerado cultopelo governo. O rádio difundiu amúsica erudita e os programas deleitura de clássicos literários, ocinema nacional contou cominiciativas de produçãoesteticamente corretas para opadrão internacional. Mas essastentativas fracassaram.
  20. 20. O teatro de revista Era muito comum na EraVargas o teatro de revista, umapeça de teatro com dança, música ediálogo irônicos, que procuravacomentar acontecimentos darealidade cotidiana, da vida sociale política do país para divertir opúblico. A proximidade com os órgãos públicos no Rio deJaneiro ofereciam muito material para piadas e crônicas paraesse tipo de teatro.
  21. 21. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura na Era Vargas
  22. 22. Responda: O que foi o teatro de revista? Era muito comum na Era Vargas o teatro derevista, uma peça de teatro com dança, música ediálogo irônicos, que procurava comentaracontecimentos da realidade cotidiana, da vidasocial e política do país para divertir o público.
  23. 23. O cinema nacional As primeiras tentativas de industrialização do cinemanacional foi na Era Vargas, onde o estado proporcionou a realização dos primeiros filmes do Brasil.Mas não conseguiu acompanhar a rede cinematográfica Norte- Americana, que expandiu e explodiu logo em seguida.
  24. 24. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas
  25. 25. O rádio e a política Foi no período Vargasque se difundiu o modelo dejornalismo muito comum emgrandes meios de comunicaçãode hoje em dia, que busca acredibilidade com base naprecisão e credibilidade. Opioneirismo desse tipo demodelo foi o Repórter Esso.
  26. 26. Além da criação da A Hora do Brasil, queia ao ar todo o dia as 18 horas, comunicava-seas medidas do governo, promovia-se eventosartísticos e culturais. Aliás o rádio foi umaexcelente ferramenta de manipulação ealienação da população.
  27. 27. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio
  28. 28. O BRASIL DEPOIS DE 1945O retorno à democracia. Depois da deposição de Vargaso cargo de presidente foiprovisoriamente ocupado pelopresidente do Supremo TribunalFederal. No final de 1945 osbrasileiros votaram o novo presidentedo país, parlamentares responsáveis euma nova constituição, a quarta daRepública. Nas eleições venceu EuricoGaspar Dutra que foi apoiado porVargas.
  29. 29. Constituição de 1946 A constituição de 1946 marcou oretorno da democracia à sociedadebrasileira. Manteve-se o voto obrigatórioaos maiores de 18 anos e analfabetoscontinuaram excluídos. O direito a grevefoi reconhecido aos trabalhadores.
  30. 30. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Constituição de 46
  31. 31. Foram criados novospartidos políticos, PSD(Partido Social Democrático),UDN (União DemocráticaNacional), PTB (PartidoTrabalhista Brasileiro) e oPCB (Partido Comunista doBrasil), o PCB se reorganizou.
  32. 32. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Diversidade Constituição de 46 partidária
  33. 33. O governo Dutra Após a eleição doGeneral Dutra a democraciapassou a receber novasrestrições com influências daGuerra Fria, como o Brasiltinha se aproximado dosEUA uma das medidas foifechar o PCB.
  34. 34. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Diversidade Constituição de 46 partidária Governo de Gaspar Dutra
  35. 35. O governo liberou as importações, o queacabou com as reservas de moedas estrangeirasacumuladas durante a guerra. A inflação voltou eas contas públicas ficaram em desequilíbrio, nosúltimos anos o presidente substitui algumascaracterísticas do liberalismo econômico por ummaior intervencionismo do estado na economia,mas o estrago já era feito.
  36. 36. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Diversidade Constituição de 46 partidária Governo de Crise inflacionária Gaspar Dutra
  37. 37. A Volta de Vargas Após a péssima administração política eeconômica de Gaspar Dutra, a própria populaçãocomeçou a lembrar saudosamente os anos deestabilidade econômica do período Vargas. Vendo apossibilidade e sua popularidade, Vargas se candidatae ganha facilmente as eleições para presidente daRepública, o que faria voltar pela segunda vez aexercer o cargo, mas dessa vez de assumiu de formademocrática.
  38. 38. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Diversidade Constituição de 46 partidária Governo de 2° Governo Crise inflacionária de Vargas Gaspar Dutra
  39. 39. Responda: Quais foram os motivos que possibilitarama volta de Vargas ao poder, mesmo após um governoditatorial? Após a péssima administração política e econômica deGaspar Dutra, a própria população começou a lembrarsaudosamente os anos de estabilidade econômica do períodoVargas. Vendo a possibilidade e sua popularidade, Vargas secandidata e ganha facilmente as eleições para presidente daRepública, o que faria voltar pela segunda vez a exercer ocargo, mas dessa vez de assumiu de forma democrática.
  40. 40. O segundo governo de Vargas Em 1950 Getulio Vargas ganhou com apoio deDutra para a presidência da República, voltando apresidência, o que mostrou que era muito forte ainda.Logo no início de seu governo implementou medidasque fizeram a inflação cair e o superávit comercial(mais exportações do que importações) e ocrescimento econômico atingiu 7%.
  41. 41. Porém nos anos seguintesos EUA diminuiu osrecursos para investimentospara o Brasil, Vargas propôsmodernizar a economia eajudar a crescer com aindústria nacional, mas jáera tarde para reverter.
  42. 42. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico2° Governo de Vargas
  43. 43. Política de desenvolvimento industrial Com objetivo de diversificar a produçãoindustrial o governo criou em 1952 o BancoNacional de Desenvolvimento Econômico(BNDE), Eletrobrás, Petrobrás e determinou queparte das receitas do café fossem direcionadaspara o investimentos na indústria.
  44. 44. Tensões sociais Nas cidades, o aumentoconstante de preços afetavauma das principais bases desustentação política deVargas, os trabalhadoresurbanos. Em São Paulo houveuma greve de 24 dias em que300 mil trabalhadorespararam.
  45. 45. Além dos trabalhadores urbanos, setoresdominantes da sociedade brasileira como grandeempresários, chefes das forças armadastornaram a permanência de Vargas no podercada vez mais ameaçada.
  46. 46. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Campanha anti - Vargas2° Governo de Vargas
  47. 47. Campanha contra o crescimento A oposição a Vargas eraincendiada pelo jornalistaCarlos Lacerda, ligado aUDN e da Tribuna daImprensa. Lacerda promoviauma intensa campanha contrao presidente e umsimpatizante com ocomunismo.
  48. 48. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Tentativa frustrada Campanha de assassinato de anti - Vargas Lacerda2° Governo de Vargas
  49. 49. O chefe da guardapessoal de Vargas, GregórioFortunato, tentou livrar opresidente da oposição feita porLacerda e articulou umatentativa de assassinato aojornalista. Frustrada a tentativa,Lacerda sobreviveu, mas omajor da aeronáutica, RubensVaz, que o acompanhava foiassassinado.
  50. 50. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Tentativa frustrada Campanha de assassinato de anti - Vargas Lacerda2° Governo de Vargas Lacerda Aumento da campanha contra o governo UNE
  51. 51. Vargas então encontrou umasaída trágica e inesperada, na noitede 24 de agosto de 1954 noPalácio do Catete deu um tiro nopróprio peito, antes do suicídioredigiu uma carta chamada “cartatestamento” em que acusava osgrupos estrangeiros, aliados aosinimigos internos, de seremresponsáveis pela dificuldadesfinanceiras enfrentadas pelo seugoverno.
  52. 52. A reação popular aosuicídio de Vargas foiimediata, os jornais quefaziam oposição a Vargas ea embaixada dos EUA noRio de Janeiro sofreramataque.
  53. 53. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Tentativa frustrada Campanha de assassinato de anti - Vargas Lacerda2° Governo de Vargas Lacerda Suicído Aumento da de campanha contra o Vargas governo UNE
  54. 54. Essas manifestaçõesforam importantes, poisgraças a elas os militaresforam impedidos detomar o poder. O vice-presidente Café Filhoassumiu a presidência egarantiu a realização das Vargas e seu vice Café Filho.eleições de 1955.
  55. 55. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Tentativa frustrada Campanha de assassinato de anti - Vargas Lacerda2° Governo de Vargas Lacerda Suicído Aumento da de campanha contra o Vargas governo UNE Manifestações Café Filho populares pró - Vargas assume o Poder
  56. 56. Nacionalismo Nacionalismo e propaganda Festas cívicas Educação Ideologia DIP TeatroEducação e Cultura Cinema na Era Vargas Rádio Diversidade Constituição de 46 partidária Governo de 2° Governo Crise inflacionária de Vargas Gaspar Dutra
  57. 57. superávit comercial Medidas econômicas Crescimento econômico Tentativa frustrada Campanha de assassinato de anti - Vargas Lacerda2° Governo de Vargas Lacerda Suicído Aumento da de campanha contra o Vargas governo UNE Manifestações Café Filho populares pró - Vargas assume o Poder
  58. 58. BIBLIOGRAFIACOTRIN, Gilberto. História Global , Brasil e Geral .Editora Saraiva , 2009.FIGUEIRA, Divalte Garcia ; VARGAS, João TristanPara entender história. Editora Saraiva , 2009.BOULOS, Alfredo Junior. História, Sociedade eCidadania. Editora FTD , 2009.DREGER ,Ricardo ; TOLEDO, Eliete. Nova História.Conceito e procedimento. Editora Atual , 2009.

×