Hidratação para idosos

1.019 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.019
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hidratação para idosos

  1. 1. Hidratação para idosos – Considerações especiais As necessidades de líquidos dos idosos são as mesmas dos adultos mais jovens. No entanto, os idosos tendem a beber menos do que seus corpos precisam por vários motivos. Com a idade, o corpo perde sua capacidade de detectar a sede. Alguns idosos também sofrem de deficiência de memória, imobilidade ou doenças – e tudo isso pode resultar em uma menor ingestão de líquidos. Além disso, determinadas medicações também podem bloquear o mecanismo da sede. A desidratação pode ser um problema grave em idosos. Ela está associada ao maior risco de quedas, infecções no trato urinário, doenças dentais, distúrbios broncopulmonares, pedras nos rins, câncer, constipação e perda da função cognitiva. Dicas para ajudar idosos se manterem hidratados: Incentive os idosos a beberem líquido ao longo do dia mesmo se não estiverem com sede. Mantenha as bebidas que eles mais gostam próximas, de preferência já colocadas em copos inquebráveis e taças que sejam fáceis da segurar e difíceis de virar. Ofereça alimentos ricos em líquidos. Ofereça sopas, picolés, gelatinas ou outros alimentos aromatizados ricos em líquidos sempre que possível. Se você achar que um idoso não está ingerindo líquidos de que precisa ou que pode estar apresentando sinais de desidratação, procure um profissional da área médica. Para obter dicas sobre como se manter hidratado, consulte nossa lista de verificação da hidratação. Diretrizes de hidratação: destaques do relatório do IOM/NAS sobre a hidratação O Institute of Medicine da National Academy of Sciences realizou uma extensa análise sobre as pesquisas relacionadas às recomendações quanto a hidratação e a ingestão de líquidos divulgadas no relatório de 2004. Destaques do relatório do IOM:
  2. 2. Cerca de 80 por cento do total da água consumida pelas pessoas vêm, da ingestão de água e bebidas – inclusive cafeinadas – e os outros 20 por cento vêm da ingestão de alimentos. O painel científico não apresentou nenhuma regra prática com base na quantidade de água pura que as pessoas devem ingerir diariamente porque as necessidades de hidratação podem ser atendidas por meio de várias fontes além da água pura. Lembre-se de que o relatório refere-se ao total de líquidos, o que inclui a água contida nas bebidas e nos alimentos, para evitar a confusão com a ingestão de água somente. A maioria das pessoas pode suprir suas necessidades de hidratação diárias com seu comportamento normal de ingestão de líquidos. Muito embora a água pura seja a opção mais comum para hidratação, as pessoas também obtém água de sucos, leite, café, chás, refrigerantes, frutas, vegetais e outros alimentos e bebidas. Todos os dias, a maioria das pessoas obtém a quantidade adequada de água por meio do comportamento normal de ingestão de líquidos – consumo de bebidas durante as refeições, lanches e em outras ocasiões sociais – e deixando a sede guiá-las. Quando se trata de suprir as necessidades diárias de água e hidratação, não apenas as bebidas descafeinadas, mas também as cafeinadas podem ajudar. Por isso, todas as bebidas, inclusive as cafeinadas, hidratam – sucos, refrigerantes, chás, leite, água e café. Embora haja preocupações quanto ao efeito diurético da cafeína, as evidências disponíveis indicam que esse efeito é temporário, não havendo nenhuma evidência convincente de que ela leve à desidratação. Orientações quanto à Diretrizes de hidratação do Institute of Medicine da National Academy of Sciences Faixa etária Ingestão diária adequada de água Bebês De 0 a 6 meses 3 copos* (0,7 L), considerando ser do leite materno. De 7 a 12 meses 3,5 copos (0,8 L), considerando ser do leite materno e de bebidas e alimentos complementares. Isso inclui aproximadamente 3 copos (0,6 L) de líquidos no total, incluindo fórmulas, sucos e água pura. Crianças De 1 a 3 anos 5,5 copos (1,3 L) de água no total,** incluindo aproximadamente 4 copos (0,9 L) de bebidas no total, incluindo água pura. De 4 a 8 anos 7,5 copos (1,7 L) de água no total, incluindo aproximadamente 5 copos (1,2 L) de bebidas no total, incluindo água pura. Adolescentes Sexo masculino De 9 a 13 anos 10,5 copos (2,4 L) de água no total, 10 copos (2,3 L) incluindo aproximadamente 8 copos (1,8 de água no total, L) de bebidas no total, incluindo água pura. incluindo Sexo feminino
  3. 3. aproximadamente 8 copos (1,8 L) de bebidas no total, incluindo água pura. De 14 a 18 anos 9 copos (2,1 L) de água no total, incluindo 14 copos (3,3 L) de água no total, aproximadamente incluindo aproximadamente 11 copos (2,6 7 copos (1,6 L) L) de bebidas no total, incluindo água pura. de bebidas no total, incluindo água pura. Adultos Sexo masculino De 19 a 70 anos ou mais 11,5 copos (2,7 L) de água no total, incluindo 16 copos (3,7 L) de água no total, aproximadamente incluindo aproximadamente 13 copos (3 L) 9 copos (2,2 L) de bebidas no total, incluindo água pura. de bebidas no total, incluindo água pura. Sexo feminino * 1 cup equals 8 fluid ounces (~240 ml). Figures rounded up to the nearest 10 ml. ** “Total water ” includes fluids from all foods and beverages consumed.

×