Tabagismo

37 visualizações

Publicada em

Malefícios do Hábito de Fumar

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
37
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabagismo

  1. 1. Tabagismo MALEFÍCIOS DO HÁBITO DE FUMAR
  2. 2. Cancro Os fumadores têm em média menos 10 anos de vida do que os não fumadores. As substâncias absorvidas destroem alguns órgãos importantes ao mesmo tempo que fragilizam o organismo em relação a vírus e a doenças oportunistas. A doença mais vulgar associada ao consumo do tabaco é o cancro. Os problemas respiratórios também se agravam, podendo surgir bronquites crónicas ou enfisemas, e ficando os fumadores mais suscetíveis de apanhar constipações.
  3. 3. Problemas Cardíacos O sistema cardiovascular é igualmente afetado na medida em que tabagismo é, sem dúvida, um risco cardíaco, favorecendo o aparecimento da Angina de Peito e do Enfarte do Miocárdio.
  4. 4. a lista de problemas de saúde associados ao tabaco é extensa O envelhecimento precoce com o aparecimento de rugas e cabelos brancos;
  5. 5. Tosse Crónica A tosse crónica também é bastante vulgar entre os fumadores, e na maior parte dos casos indicia problemas respiratórios mais graves; O cheiro do tabaco é bastante desagradável e bastante difícil de retirar das roupas e das casas, mas também leva a uma diminuição das capacidades olfativas; Os dentes também sofrem as consequências do tabaco, enfraquecendo e ficando amarelados.
  6. 6. O fumo aumenta o risco de Doenças Reumáticas; O tabaco pode causar a infertilidade tanto em homens como em mulheres, ocasionando ainda outras doenças do aparelho reprodutor. A Organização Mundial de Saúde estima que mais de 100 milhões de pessoas irão morrer devido ao consumo do tabaco nas duas primeiras décadas do séc.. XXI.
  7. 7. A Causa de Morte Mais evitável que se conhece Você sabe que pode deixar de fumar com sucesso desde que esteja bem motivado para a desabituação tabágica e convencido dos benefícios que irá usufruir com o abandono do tabaco. E não deixará de lhe recordar que uma desabituação tabágica será tanto mais eficaz quanto se inserir num programa de vida mais saudável.
  8. 8. Benefícios de Deixar de Fumar Logo no primeiro ano de abandono do fumo, dá-se uma melhoria da circulação sanguínea e da função pulmonar, diminuindo para metade – comparativamente a um fumador – o risco da doença cardiovascular. E, após 10 anos sem fumo, o risco de aneurisma é tão baixo como para um não fumador; o risco de cancro é substancialmente menor e, após 15 anos sem fumar, a esperança de vida é equivalente à de um não fumador crónico.
  9. 9. 0 minutos depois de parar de fumar: a pressão sangüínea e as batidas cardíacas voltam ao normal; 8 horas depois: a quantidade de monóxido de carbono no sangue diminui pela metade, a oxigenação das células volta ao normal; 24 horas depois: o monóxido de carbono é totalmente eliminado do corpo e os pulmões podem começar a eliminar o muco e os resíduos da fumaça; 48 horas depois: o corpo não contém mais nicotina — o gosto e o olfato começam a melhorar. A transpiração deixa de cheirar a tabaco; 72 horas depois: os brônquios começam a relaxar e a respiração melhora; De 2 a 12 semanas depois: a circulação venosa melhora; De 3 a 9 meses depois: os problemas respiratórios e a tosse acalmam, a voz se torna mais clara e a capacidade respiratória aumentou 10%
  10. 10. Ainda tem dúvidas?!

×