BARROCO
Barroco na Península Itálica
1- PINTURA BARROCA
Podemos estudar e compreender a pintura desse período, com seus grandes mestres
e obras de impacto para...
BARROCO ITALIANO-ROMA
Caravaggio
Michelângelo Merici, conhecido por Caravaggio, enfrentou a
humanidade de frente, mesmo em...
Michelangelo Merisi da Caravaggio
(1571 – 1610)
Milão/Itália.Foi um pintor
 italiano atuante
em Roma, Nápoles, Malta e Sic...
A MORTE DA VIRGEM, 1605-6, 370X244, Musei do Louvre, Paris
Caravaggio usa de modo dramático a luz que incide sob a virgem, dando destaque ao que importa
na obra.
Tal qual na Biblia, Tomé coloca o
dedo na ferida de Cristo e
Caravaggio assim o representa de
forma impressionante. O arti...
A incredulidade de São Tomé, O INCRÉDULO (1602-3) óleo sobre tela, 107X146cm,
Sanssouci, Potsdam, Alemanha.
CABEÇA DE MEDUSA, Caravaggio óleo sobre
tela, 60X55cm.
A obra faz uma analogia como o modus
pensanti barroco: as dúvidas e...
Narciso (1594-96)
Bacchus(Baco) (1593-1594)
A FLAGELAÇÃO DE
CRISTO, 1607,Museu de
Belas Artes, França.
compôs uma
coreografia com
contraste de claro-
escuro, onde cri...
O TOCADOR DE
ALAÚDE (1596),
óleo sobre tela,
94cmX1,19m,
Museu Hermitage,
Leningrado.
O PEQUENO BACO DOENTE
(1593-1594)oléo sobre tela,
66x52cm/Galeria Borghese,
Roma, Itália)
Ceia em Emaús, óleo e têmpera sobre tela/Caravaggio(1601)141X175M. Pinacoteca di Brera,
Milão. (pág:131)
Concerto de Jovens ou
Os Músicos. 
1595.
óleo sobre tela. 87,9 x
115,9 cm. 
Nova York, Museu
Metropolitan, EUA.
Jovem com cesta de
frutas
óleo sobre tela, 1595,
70x 67 cm
Galleria Borghese,
Roma.
O amor vitorioso. 1602 - 1603.
óleo sobre tela. 156 x 113 cm.
Gemäldegalerie, Berlin.
Caravaggio mostra o Cupido por
sobre...
Vocação de São
Matheus. 1599.
3,15 m X 3,15 m.
Igreja de São Luís dos
Franceses, Roma.
(pag:136)
A conversão de São Paulo a caminho
de Damasco
óleo sobre tela, 1600, 230x175 cm
Santa Maria del Popolo, Roma.
Rejeitada: 1602 | Óleo
sobre tela | 232cm x 183cm
destruída durante a 2ª
guerra mundial
2ª versão:A primeira versão foi recusada pela
representação do santo e do anjo ser considerada
muito vulgar, fora do decor...
Carracci
Annibale Carracci foi criador de um projeto grandioso e
complexo, assim como a Capela Sistina de Michelangelo, o
...
PALAZZO FARNESE
BACO
Ao contrario de
Caravaggio, Annibale
Carracci faz uso da
idealidade, porém de
forma sutil. Sua
principal
preocupação era o...
A FUGA PARA EGITO.
Note que Carracci também inicia a tradição da paisagem clássica, explorando a paisagem, como
aconteceu ...
O Juízo Final/ (1536-1541) afresco de Michelangelo para capela Sistina, Vaticano. 13,7m
X 12,2m. (pag:132)
Pintado por Michelangelo na capela Sistina, o afresco maneirista revela, na intensidade
expressiva e no vigor das figuras,...
-A emoção predomina sobre a razão;
-efeito teatral;
-valorização das emoções;
-presente em todas as linguagens artísticas ...
Jacopo Robustiera, conhecido como TINTORETTO,
(Veneza, 1518 -1594-76 anos) foi um dos pintores
mais radicais do Maneirismo...
Cristo na casa de
Marta e Maria
TINTORETTO - 1578
Óleo sobre tela, 197 x
129 cm 
Alte Pinakothek,
Munique, Alemanha.
Reencontro do corpo de São
Marcos.
TINTORETTO -1562
Pinacoteca de Brera Milão
400 x 400 cm
Vênus e Vulcano.
TINTORETTO -1555
óleo sobre tela.
Alte Pinakothek.
Munique, Espanha.
Andrea Pozzo (1642-1709)
Arquiteto e crítico de arte
italiano, Pozzo nasceu em Trento
a 30 de novembro de 1642 e
morreu em...
A glória de Santo Inácio.
1691-94
Andrea Pozzo.
Igreja de Santo Inácio
Roma.(Pág. 137)
Apoteose de Hércules, salão
nobre do Palácio
Liechtenstein em Viena.
Alegoria da Obra
Missionária dos
Jesuítas. 1691.
Roma
CÂMARA LÚCIDA
(...)Em algum momento do século XVI, as lentes convencionais adquiriram tamanho e qualidade
suficientes para...
Curiosidade...
LIVRO
O Conhecimento Secreto
David Hockney, Cosac & Naify, 2001.
Explica como artistas do porte de Caravagg...
ARQUITETURA NO PERÍODO BARROCO
IGREJA E PALÁCIO- DEUS E REI
A arquitetura nos países católicos ganhou maior expressividade...
Vista interna da cúpula da basílica de
São Pedro de Roma (1564-1590), no
Vaticano
131 metros de altura. (pag:133)
Cúpula da Basílica de São Pedro
Projeto de Michelangelo (1546)
Diâmetro: 42m
Altura: aprox. 50m
(140m da base da estrutura)
ESCULTURA BARROCA
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:
- Dinamismo;
- Monumentalidade;
- Expressividade;
- Naturalismo;
- Dramatici...
Baldaquino
(BERNINI)
(1624-1633, 9
anos)
30 m de altura
Feito em
bronze
Basílica de São
Pedro.
Vaticano.
(Pág.138)
Êxtase de Santa
Tereza. Bernini.
1645-52.
Mármore, bronze
dourado. Altura 350
cm. Igreja Santa
Maria della Vittória.
Roma....
- O Êxtase de Santa Tereza
Teresa... - disse-lhe a voz do ser iluminado que lhe aparecia à frente.
- Chegou a minha hora s...
Beata Ludovica Albertoni. Gian Lorenzo Bernini.1674. (Bernini tinha 71 anos quando começou e esta foi sua última
escultura...
O Rapto de
Proserpina
Bernini 1622
Detalhe da
obra.
Galeria
Borghese
Roma.
O Rapto de Proserpina
O mito romano do rapto de Proserpina por Plutão é uma lenda que também
aparece na cultura grega, ond...
(Pág. 140)
Praça de São Pedro.
Vaticano.
Bernini. 1657- 1666.(9
anos). A colunata
circular tem 17m de
largura por 23m de
a...
Sant'Agnes é uma igreja barroca do século XVII localizada
em Roma, na Itália. (Borromini)
Vista interna da
cúpula de San
Lorenzo, de
GUARINO GUARINI,
em Turim
(Pág:139)
Santa Maria della Pace ou da Paz
(Pietro da Cortona)foi iniciada em
1482 por ordem do papa Sisto IV e
término em 1657, 185...
As Sibilas em Santa Maria della Pace - Roma
Raffael Sanzio. Roma. 1520.
Luís XIV considerava os
jardins tão importantes
quanto o Palácio em si.
Em 1661, encarregou o
arquiteto André Le Nôtre
(já...
O Palácio de Versalhes possui 2 153 janelas,4
67 escadas,5
352 chaminés,6
700 quartos, 1 250
lareiras e 700 de parque.3
É ...
Fonte de Apolo,
no jardim
do palácio de
Versalhes.Paris,
França.
O BARROCO FORA DA PENÍNSULA ITÁLICA
* Manifestou-se principalmente na pintura;
* Pintura naturalista que busca inspiração ...
Peter Paul RUBENS
Nasceu na cidade de Siegen (Alemanha) em 28 de junho de 1577
e morte 30 de maio de 1640(62 anos). Fica c...
Em 1600, Rubens viajou para a Itália. Ele parou
primeiro em Veneza, onde ele viu as pinturas de
Ticiano, Veronese e Tintor...
Estilo e principais características de suas obras
-  valorizou a plasticidade da forma;
-  pintou mulheres voluptuosas e c...
RUBENS
O jardim do
amor.
1632-1634.
Óleo sobre tela.
1,98m x 2,83m
Museu do
Prado.
Madri
Espanha.
RUBENS
O rapto das filhas de Leucipo
1617.
Óleo sobre tela.
Antiga Pinacoteca.
Munique, Alemanha.
Em 1609 Rubens casa
com sua primeira
esposa Isabella Brant.
Oléo sobre madeira,
178X136,5.
Vênus no espelho(1615) Hélène Fourment embrulhada em peles ou Het Pelsken (1636-38). Em 1630 após a morte
de sua primeira ...
O Julgamento de Paris. (1630, Museu do Prado Paris). Obra para a corte espanhola.
Peter Paul RUBENS
Helena Fourment com seu filho Francis.
1635.
Óleo sobre tela,146 x 102 cm
Alte Pinakothek, Munique, Alem...
Peter Paul RUBENS
A descida da cruz 1611/14.
Óleo sobre tela,420x 310 cm.
Catedral de Nossa Senhora.
Antuérpia, Bélgica.
Frans HALS
Nasceu em 1583 em Antuérpia
(Bélgica).
Foi um pintor naturalista belga. Ficou
famoso por retratar a sociedade d...
Frans HALS
(Pág:144)
Oficiais da
Guarda Civil de
Santo Adriano
em Haarlem.
1627.
Óleo sobre tela.
1,83 m x 2,83 m
Museu Fr...
Frans HALS
O alegre bebedor. (Pág:144)
1627/28.
Óleo sobre tela.
81,5 × 66,5
Rijksmuseum, Amsterdam.
Holanda.
Frans HALS
O retrato de Isaac Abrahamsz
1626.
Óleo sobre tela.
81,5 × 66,5
Galeria de arte de Ontário.
Toronto, Canadá.
REMBRANDT Harmenszoon Van Rijn.
Foi um importante pintor e gravador holandês. É
considerado um dos mais importantes pintor...
As Três Cruzes. Rembrandt
(1653, Tóquio e Museu
Nacional de Belas Artes,
Rio de Janeiro)
Os negociantes
de
Tecidos.
(Pág:142)
REMBRANDT
1662.
Óleo sobre tela.
1,91 m x 2,79 m
Museu Real de
Amsterdã.
Holanda.
A ronda noturna ( 1642, óleo
sobre tela, 379x453,5cm,
Rijksmuseum Amsterdã.
Esta técnica mostra um
contraste muito grande ...
A segunda fase das obras começam por volta de 1640, onde Rembrandt utiliza com maior
profusão a monocrômica em tons dourad...
A lição de
Anatomia do Dr.
Tulp.
Rembrandt 1632.
Óleo sobre tela.
169,5x 216,5 cm.
Haia. Holanda.
REMBRANDT
A lição de anatomia do
Dr. Joan Deyman, 1656
100 x 134 cm
Rijksmuseum,
Amsterdã.
REMBRANDT
Mulher no Banho 1654
61,8 X 47 cm
Galeria Nacional de Londres. Rembrandt
ficou muito famoso pela quantidade de
a...
A casa onde morou o
pintor, entre 1639 e 1660
(21 anos)foi estabelecido o
Museu Rembrandt em 1906,
após a casa ter sido
co...
Johannes VERMEER
(1632 – 1675, 43 anos)
Pintor holandês, que também é
conhecido como Vermeer de
Delft ou Johannes van der ...
Homem, mulher e vinho
(1658-61)
Conhecem-se hoje muito
poucos quadros de Vermeer.
Só sobrevivem 35 a 40
trabalhos atribuíd...
Leitora à janela (1657-59) Mulher segurando uma balança(1665)
Moça com copo e vinho (1659-60) Oficial e moça sorridente (1658)
Vista de Delft
(1660-61)
A ruela(1657-58)
VERMEER
Moça com brinco de
pérola
(1665-1666)
Óleo sobre tela.
44,5 cm × 39 cm
Museu Mauritshuis, Haia.
VERMEER
Mulher lendo uma carta
1665.Óleo sobre tela.
46,5 cm × 39 cm
Diego Rodrigues da Silva y VELÁZQUEZ
(1599 —1660, 61 anos) Madrid.
Foi um pintor espanhol e principal artista
da corte do ...
Desde o primeiro quarto do século XIX, a obra de Velázquez foi um modelo para
os pintores realistas e impressionistas, em ...
A Velha cozinheira –
1618.
99 x 128 cm
Galeria Nacional da
Escócia Edimburgo.
No período de (1628-
29)conheceu o grande
me...
As Meninas.
1656. (Pág:150)Óleo sobre tela.
Museu do Prado, Madri.
A composição contrasta o grupo circular
das figuras em ...
A pintura mostra um grande aposento no Real Alcázar de
Madrid durante o reinado do rei Filipe IV da Espanha,
mostrando vár...
Vênus
olhando-se ao
espelho.
c. 1647–51.
Óleo sobre
tela.
122 cm x 177
cm
Galeria
Nacional de
Londres.
O aguadeiro de Sevilha”(1620
Museu Wellington, Londres).
Em 1649, Velázquez fez uma
segunda viagem à Itália para
comprar p...
Papa Inocêncio X.
1650.
Óleo sobre tela,Galeria Doria Pamphili.
Roma.
Estudo sobre a obra
Papa Inocêncio X, de Francis
Bacon, 1953
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Aula barroco
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula barroco

688 visualizações

Publicada em

Aula Barroco

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula barroco

  1. 1. BARROCO Barroco na Península Itálica
  2. 2. 1- PINTURA BARROCA Podemos estudar e compreender a pintura desse período, com seus grandes mestres e obras de impacto para história da arte. A pintura assim como as outras linguagens, utiliza-se do movimento, do drama e do domínio da luz. CARACTERÍSTICAS GERAIS: - surgiu na Itália; - correspondeu ao período da Contrarreforma, feita pela igreja católica em reação à reforma protestante (protestantismo, por Martinho Lutero na Alemanha) que propunha a cada nação se libertar da submissão ao Papa; - a Contrarreforma organizou e fortaleceu a igreja através dos Concílios e das grandes ordens religiosas; - a reação do catolicismo provoca mudanças políticas, econômicas, sociais e culturais por toda a Europa; - a igreja católica preocupou-se em conseguir o maior número de adesões aos valores espirituais, e utilizou a arte para atingir seus objetivos. Comecemos com os precursores deste período, Caravaggio e Carracci.
  3. 3. BARROCO ITALIANO-ROMA Caravaggio Michelângelo Merici, conhecido por Caravaggio, enfrentou a humanidade de frente, mesmo em suas obras religiosas. Seus personagens apresentam características reais, belas, feias, agradáveis ou desagradáveis, como podemos verna obra A MORTE DA VIRGEM, que fora encomendada pelos carmelitas e posteriormente, recusada por ser considerada indecorosa. A alegação vem do fato de o artista ter representado a virgem como um cadáver normal, partindo do pressuposto de que Maria, sendo humana, morreria da maneira como retratou.
  4. 4. Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571 – 1610) Milão/Itália.Foi um pintor  italiano atuante em Roma, Nápoles, Malta e Sicília, entre 1593 e 1610. Caravaggio era o nome da aldeia natal da sua família e foi escolhido como seu nome artístico.
  5. 5. A MORTE DA VIRGEM, 1605-6, 370X244, Musei do Louvre, Paris
  6. 6. Caravaggio usa de modo dramático a luz que incide sob a virgem, dando destaque ao que importa na obra.
  7. 7. Tal qual na Biblia, Tomé coloca o dedo na ferida de Cristo e Caravaggio assim o representa de forma impressionante. O artista buscava a verdade, nada era idealizado, tanto que nesta obra, diferente de outras obras religiosas, Cristo e seus discípulos são retratados com feições leves e plácidas, ele se assemelham a trabalhadores normais, como pessoas que envelhecem, que caminham sobre o sol, que sofrem, ou seja, humanas.
  8. 8. A incredulidade de São Tomé, O INCRÉDULO (1602-3) óleo sobre tela, 107X146cm, Sanssouci, Potsdam, Alemanha.
  9. 9. CABEÇA DE MEDUSA, Caravaggio óleo sobre tela, 60X55cm. A obra faz uma analogia como o modus pensanti barroco: as dúvidas e os conflitos são representados pelos tentáculos que saem da cabeça atormentada da figura. Caravaggio retrata personagens bíblicos, baseando-se em pessoas comuns que encontrava na rua; -Colocava o foco das imagens nos rostos dos personagens; -Usava efeitos de sobra e luz; -Pintava o fundo de suas obras de cores escuras, principalmente de cor preta. Este recurso dava um aspecto obscuro em suas pinturas; -Usava um forte realismo em suas pinturas.
  10. 10. Narciso (1594-96)
  11. 11. Bacchus(Baco) (1593-1594)
  12. 12. A FLAGELAÇÃO DE CRISTO, 1607,Museu de Belas Artes, França. compôs uma coreografia com contraste de claro- escuro, onde cristo se apresenta num movimento de total abandono.
  13. 13. O TOCADOR DE ALAÚDE (1596), óleo sobre tela, 94cmX1,19m, Museu Hermitage, Leningrado.
  14. 14. O PEQUENO BACO DOENTE (1593-1594)oléo sobre tela, 66x52cm/Galeria Borghese, Roma, Itália)
  15. 15. Ceia em Emaús, óleo e têmpera sobre tela/Caravaggio(1601)141X175M. Pinacoteca di Brera, Milão. (pág:131)
  16. 16. Concerto de Jovens ou Os Músicos.  1595. óleo sobre tela. 87,9 x 115,9 cm.  Nova York, Museu Metropolitan, EUA.
  17. 17. Jovem com cesta de frutas óleo sobre tela, 1595, 70x 67 cm Galleria Borghese, Roma.
  18. 18. O amor vitorioso. 1602 - 1603. óleo sobre tela. 156 x 113 cm. Gemäldegalerie, Berlin. Caravaggio mostra o Cupido por sobre todos os poderes terrenos: guerra, música, ciência, governo.
  19. 19. Vocação de São Matheus. 1599. 3,15 m X 3,15 m. Igreja de São Luís dos Franceses, Roma. (pag:136)
  20. 20. A conversão de São Paulo a caminho de Damasco óleo sobre tela, 1600, 230x175 cm Santa Maria del Popolo, Roma.
  21. 21. Rejeitada: 1602 | Óleo sobre tela | 232cm x 183cm destruída durante a 2ª guerra mundial
  22. 22. 2ª versão:A primeira versão foi recusada pela representação do santo e do anjo ser considerada muito vulgar, fora do decoro teológico, pois os personagens se apresentam muito reais, e a cena sugere que São Mateus é um homem rústico e iletrado, como se o anjo guiasse a escrita do texto revelado ao simplório homem. A obra original foi destruída em 1945, na queda de Berlim, quando da derrota alemã na Segunda Guerra Mundial. Anteriormente estava no Kaiser-Friedrich-Museum, Gemäldegalerie. Há apenas registros desta obra em fotografias em livros do início do século XX. Na segunda versão, o anjo recuou e, em lugar de segurar familiarmente na mão do santo para guiá-la, apenas gesticula. São Mateus, por sua vez, é representado com traços mais gentis, é dotado de certa nobreza, e até mesmo ganha uma auréola, signo de sua santidade. Contudo Caravaggio foi ainda criticado por "não saber" representar anjos a voar e por pintá-los como "acrobatas"
  23. 23. Carracci Annibale Carracci foi criador de um projeto grandioso e complexo, assim como a Capela Sistina de Michelangelo, o afresco no teto da Galeria Farnese. Nele usou a perspectiva arquitetônica, pintando elementos da arquitetura(o que oferece uma sensação de amplidão).O teto mostra várias cenas mitológicas ligadas ao amor. Agostino Carracci irmão mais velho de Annibale e Ludovico Carracci primo e responsável pela Academia dos iniciantes onde estudaram importantes artistas barrocos no início dos anos 1580 em Bolonha na Itália.
  24. 24. PALAZZO FARNESE
  25. 25. BACO
  26. 26. Ao contrario de Caravaggio, Annibale Carracci faz uso da idealidade, porém de forma sutil. Sua principal preocupação era o sentimento existente na obra, a qual era criada para contemplação. PIETÁ
  27. 27. A FUGA PARA EGITO. Note que Carracci também inicia a tradição da paisagem clássica, explorando a paisagem, como aconteceu na arquitetura, em que o encontro faz parte da composição, dando a ela a importância na narrativa da obra
  28. 28. O Juízo Final/ (1536-1541) afresco de Michelangelo para capela Sistina, Vaticano. 13,7m X 12,2m. (pag:132)
  29. 29. Pintado por Michelangelo na capela Sistina, o afresco maneirista revela, na intensidade expressiva e no vigor das figuras, características que anunciam um novo estilo, em que a emoção se sobrepões à razão.
  30. 30. -A emoção predomina sobre a razão; -efeito teatral; -valorização das emoções; -presente em todas as linguagens artísticas (música, pintura, escultura, literatura, arquitetura); -usada para exaltar o triunfo da religião; -estilo sustentado pelas classes dominantes; -possui diferentes variações estilísticas;
  31. 31. Jacopo Robustiera, conhecido como TINTORETTO, (Veneza, 1518 -1594-76 anos) foi um dos pintores mais radicais do Maneirismo. Por sua energia fenomenal em pintar, era chamado ”O Furioso”, e sua dramática utilização da perspectiva e dos efeitos da luz que fez dele um dos precursores do Barroco. Seu pai, Battista Comin, era tintore (tingia seda), o que lhe valeu o apelido. (pag:134)
  32. 32. Cristo na casa de Marta e Maria TINTORETTO - 1578 Óleo sobre tela, 197 x 129 cm  Alte Pinakothek, Munique, Alemanha.
  33. 33. Reencontro do corpo de São Marcos. TINTORETTO -1562 Pinacoteca de Brera Milão 400 x 400 cm
  34. 34. Vênus e Vulcano. TINTORETTO -1555 óleo sobre tela. Alte Pinakothek. Munique, Espanha.
  35. 35. Andrea Pozzo (1642-1709) Arquiteto e crítico de arte italiano, Pozzo nasceu em Trento a 30 de novembro de 1642 e morreu em Viena a 31 de agosto de 1709 com 67 anos. Foi muito conhecido por seus grandiosos afrescos usando a técnica ilusória chamada QUADRATURA, na qual a arquitetura e fantasia se misturam. Religioso - Jesuíta italiano
  36. 36. A glória de Santo Inácio. 1691-94 Andrea Pozzo. Igreja de Santo Inácio Roma.(Pág. 137)
  37. 37. Apoteose de Hércules, salão nobre do Palácio Liechtenstein em Viena.
  38. 38. Alegoria da Obra Missionária dos Jesuítas. 1691. Roma
  39. 39. CÂMARA LÚCIDA (...)Em algum momento do século XVI, as lentes convencionais adquiriram tamanho e qualidade suficientes para substituir o espelho côncavo, trazendo a grande vantagem de um campo de visão mais amplo. Caravaggio é o mestre dessa transição e a história documenta espelhos em meio aos pertences do mestre italiano. Além disso, Caravaggio tinha como patrono o cardeal Del Monte, notável conhecedor de assuntos ópticos (chegou a orientar Galileu sobre o aperfeiçoamento do telescópio). Hockney acredita que, por volta de 1590, Caravaggio recebeu sua primeira lente do cardeal. Ao contrário da lente-espelho, a lente convencional produz imagens invertidas. Não é estranho, portanto, que começassem a aparecer canhotos nas obras dos artistas. Homens erguendo seus copos e suas espadas com a mão esquerda. Para Hockney, um claro sinal do uso das lentes invertendo as imagens. A luz desempenha um papel muito importante para os efeitos ópticos. Nas obras de Caravaggio e depois nas do espanhol Velázquez, e em muitos outros artistas. Hockney observa como a iluminação é forte e claramente artificial. Os ambientes retratados são escuros. Aposentos com as janelas fechadas recebem iluminação de uma única fonte, cuidadosamente montada de acordo com a cena a ser retratada. Mais do que uma fonte de luz, uma necessidade para que os fenômenos ópticos pudessem ser utilizados pelos artistas.
  40. 40. Curiosidade... LIVRO O Conhecimento Secreto David Hockney, Cosac & Naify, 2001. Explica como artistas do porte de Caravaggio, Velázquez e Van Eyck usaram espelhos e lentes para ajudá-los na criação de suas obras-primas.
  41. 41. ARQUITETURA NO PERÍODO BARROCO IGREJA E PALÁCIO- DEUS E REI A arquitetura nos países católicos ganhou maior expressividade. As igrejas destacavam-se pela beleza dos ornamentos, pela suntuosidade e pelo movimento. Nada era simples, tudo era bem organizado e disposto para criar uma composição majestosa. Para conseguir diferentes efeitos visuais, eram usadas curvas, contracurvas, elementos retorcidos e em espirais, colunas torsas, teto elevado, além do uso da pintura e da escultura. Bernini-Vaticano Bernini foi responsável por uma das composições mais bem-sucedidas da história: A piazza de San Pietro, no Vaticano, onde desenvolveu a colunata, modificando toda a estrutura visual da Basílica de São Pedro.
  42. 42. Vista interna da cúpula da basílica de São Pedro de Roma (1564-1590), no Vaticano 131 metros de altura. (pag:133)
  43. 43. Cúpula da Basílica de São Pedro Projeto de Michelangelo (1546) Diâmetro: 42m Altura: aprox. 50m (140m da base da estrutura)
  44. 44. ESCULTURA BARROCA PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: - Dinamismo; - Monumentalidade; - Expressividade; - Naturalismo; - Dramaticidade; -Luz e sombra; -Torção dos corpos/sensualidade; -Temas bíblicos e dramáticos; -Bernini é o grande escultor desse período. GIAN LORENZO BERNINI Nápoles, 1598 - Roma, 1680. Bernini foi um artista completo, pois foi urbanista, escultor, decorador e pintor.
  45. 45. Baldaquino (BERNINI) (1624-1633, 9 anos) 30 m de altura Feito em bronze Basílica de São Pedro. Vaticano. (Pág.138)
  46. 46. Êxtase de Santa Tereza. Bernini. 1645-52. Mármore, bronze dourado. Altura 350 cm. Igreja Santa Maria della Vittória. Roma. (Pág. 139)
  47. 47. - O Êxtase de Santa Tereza Teresa... - disse-lhe a voz do ser iluminado que lhe aparecia à frente. - Chegou a minha hora senhor? - Não, venho aqui para encher o teu vazio, já o tens sentido à algum tempo. Deus ouviu as tuas preces e encarregou-se de me enviar para te ajudar. Teresa, um pouco incrédula com a situação, esfregou os olhos para tentar acordar daquilo que só podia ser um sonho, mas não resultou, o ser iluminado ainda se encontrava à sua frente. - E como pensas encher o meu vazio? - Deus entregou-me esta lança para que possa satisfazer o teu mais eterno desejo. Teresa não sabia o que pensar, só quis fechar os olhos e rezar, e entregar-se à sua morte. O Anjo, apontou para o seu ventre, e lançou a lança. Contudo, Teresa não sentiu o seu ventre a ser trespassado mas sim a sua zona sagrada, que reservara toda a sua vida para servir Deus quando o momento fosse o certo. A sua primeira ideia foi que a sua santidade e pureza estava a ser violada, mas por um servo do seu Senhor, a seu pedido, tal como ele lhe tinha dito, para satisfazer os seus desejos mais íntimos. E quando finalmente se apercebeu, reparou que esses desejos estavam a ser mesmo realizados. O ato durou algum tempo, e no fim ela sentia-se como que rejuvenescida, o seu vazio tinha sido preenchido, e logo por um ser iluminado, um Anjo, um servo do seu Deus. Ela levantou-se para o agradecer, mas já ele tinha partido, então deitou-se e deixou-se adormecer. Na manhã seguinte, Teresa contou o seu encontro à Madre, que duvidando o sucedido decidiu viajar com ela até ao Vaticano para poder confidenciar o "milagre" a alguém capaz de o compreender. O êxtase de Santa Teresa, tornou-se um dos contos obscuros escondidos pela Igreja. Bernini revelou-o numa escultura,
  48. 48. Beata Ludovica Albertoni. Gian Lorenzo Bernini.1674. (Bernini tinha 71 anos quando começou e esta foi sua última escultura).Mármore e jaspe. Comprimento 188 cm. Capela Alfieri, na Igreja de Francesco a Ripa. Roma.
  49. 49. O Rapto de Proserpina Bernini 1622 Detalhe da obra. Galeria Borghese Roma.
  50. 50. O Rapto de Proserpina O mito romano do rapto de Proserpina por Plutão é uma lenda que também aparece na cultura grega, onde Plutão se chama Hades e Proserpina é Perséfone, que encantou o obscuro deus com sua beleza, filha da deusa das colheitas Deméter. Ela é então raptada e levada para as profundezas da Terra, deixando sua mãe enfurecida. O rapto fez com que Deméter castigasse o mundo, arrasando com as plantações, entregando o mundo ao caos e à fome. Conta-se que Perséfone não podia comer nada que lhe fosse oferecido ou ela nunca mais voltaria para casa. Enquanto Zeus tentava convencer Plutão a liberar a moça, Perséfone comeu algumas sementes de romã, selando o seu destino. Assim, ela se viu obrigada a casar com Plutão, o que deixou Deméter ainda mais furiosa. Zeus teria então interferido. Perséfone passaria metade do ano com o marido e a outra metade com a mãe. Dessa maneira, Deméter aceitou e assim os gregos explicavam as épocas do ano. Quando era verão e primavera, sua filha estava ao seu lado. No inverno e no outono, épocas frias, sem colheitas, Perséfone estava com o marido.
  51. 51. (Pág. 140) Praça de São Pedro. Vaticano. Bernini. 1657- 1666.(9 anos). A colunata circular tem 17m de largura por 23m de altura, é composta por 284 colunas, sobre as colunas existem 162 estátuas de 2,70m de altura
  52. 52. Sant'Agnes é uma igreja barroca do século XVII localizada em Roma, na Itália. (Borromini)
  53. 53. Vista interna da cúpula de San Lorenzo, de GUARINO GUARINI, em Turim (Pág:139)
  54. 54. Santa Maria della Pace ou da Paz (Pietro da Cortona)foi iniciada em 1482 por ordem do papa Sisto IV e término em 1657, 185 anos. (pontificado de 1471 a 1484), grato pelo tratado de paz concluído com Milão e outras cidades italianas. Santa Maria dela Pace. 1656. PIETRO DE CORTONA. Roma.
  55. 55. As Sibilas em Santa Maria della Pace - Roma Raffael Sanzio. Roma. 1520.
  56. 56. Luís XIV considerava os jardins tão importantes quanto o Palácio em si. Em 1661, encarregou o arquiteto André Le Nôtre (já célebre por seu trabalho no Jardim de Tuileries e no Castelo de Vaux-le-icomte) de mais uma vez fazer maravilhas.
  57. 57. O Palácio de Versalhes possui 2 153 janelas,4 67 escadas,5 352 chaminés,6 700 quartos, 1 250 lareiras e 700 de parque.3 É um dos lugares mais visitados de França,3 7 recebe em média oito milhões de turistas por ano.estação ferroviária
  58. 58. Fonte de Apolo, no jardim do palácio de Versalhes.Paris, França.
  59. 59. O BARROCO FORA DA PENÍNSULA ITÁLICA * Manifestou-se principalmente na pintura; * Pintura naturalista que busca inspiração nos temas do cotidiano das pessoas; * As obras não estão presentes no interior das igrejas, devido à influência da burguesia protestante e revoltada; * O comércio da arte se restringia às mãos dos artistas e livreiros que vendiam gravuras e pinturas; * Os artistas viviam em circunstâncias miseráveis.
  60. 60. Peter Paul RUBENS Nasceu na cidade de Siegen (Alemanha) em 28 de junho de 1577 e morte 30 de maio de 1640(62 anos). Fica conhecido pela elite Italiana como acessível e simpático. Um dos seus estudantes e ajudantes mais famosos foi o Anthony Van Dyck que logo se tornaria o mais famoso retratista flamengo e um colaborador frequente de Rubens. A produção dos quadros obedecia a um esquema montado por ele, segundo o qual ele realizava todos os primeiros esboços e encarregava os aprendizes de montar um modelo em escala menor, que era apresentado ao cliente. Se aprovado, Rubens traçava a lápis na tela e os discípulos colocavam a cor e o óleo, cabendo ao mestre de novo fazer a "arte final".
  61. 61. Em 1600, Rubens viajou para a Itália. Ele parou primeiro em Veneza, onde ele viu as pinturas de Ticiano, Veronese e Tintoretto, antes de assentar em Mântua, na corte do duque Vincenzo I Gonzaga. As cores e as composições de Veronese e Tintoretto tiveram um efeito imediato sobre as pinturas de Rubens e seu estilo posterior, mais maduro, foi profundamente influenciado por Ticiano. Com o apoio financeiro do duque, Rubens viajou a Roma passando por Florença em 1601. Lá, ele estudou grego clássico e a arte romana, copiando obras dos mestres italianos. A escultura helenística "Laocoonte e seus filhos" teve uma influência especial sobre ele, assim como a arte de Michelangelo, Rafael e Leonardo da Vinci5 . Ele também foi influenciado pela recente e fortemente naturalística obras de Caravaggio.
  62. 62. Estilo e principais características de suas obras -  valorizou a plasticidade da forma; -  pintou mulheres voluptuosas e corpulentas; - Pintura de paisagens com valorizações das cores e movimentos; -  cenas mitológicas; -  cenas dramáticas e paixão religiosa; -  composições dinâmicas.
  63. 63. RUBENS O jardim do amor. 1632-1634. Óleo sobre tela. 1,98m x 2,83m Museu do Prado. Madri Espanha.
  64. 64. RUBENS O rapto das filhas de Leucipo 1617. Óleo sobre tela. Antiga Pinacoteca. Munique, Alemanha.
  65. 65. Em 1609 Rubens casa com sua primeira esposa Isabella Brant. Oléo sobre madeira, 178X136,5.
  66. 66. Vênus no espelho(1615) Hélène Fourment embrulhada em peles ou Het Pelsken (1636-38). Em 1630 após a morte de sua primeira esposa Rubens então com 53 anos, casa com a jovem Hélène de 16 anos de idade, 37 anos de diferença e a inclui como modelo feminino em diversas obras.
  67. 67. O Julgamento de Paris. (1630, Museu do Prado Paris). Obra para a corte espanhola.
  68. 68. Peter Paul RUBENS Helena Fourment com seu filho Francis. 1635. Óleo sobre tela,146 x 102 cm Alte Pinakothek, Munique, Alemanha.
  69. 69. Peter Paul RUBENS A descida da cruz 1611/14. Óleo sobre tela,420x 310 cm. Catedral de Nossa Senhora. Antuérpia, Bélgica.
  70. 70. Frans HALS Nasceu em 1583 em Antuérpia (Bélgica). Foi um pintor naturalista belga. Ficou famoso por retratar a sociedade dos Países Baixos segundo uma estética naturalista. Só se conhece 300 e poucos de seus quadros, todos pintados depois que Frans Hals completou 30 anos de idade.  Mas é sem sombra de dúvida o maior pintor holandês de retratos, até hoje.
  71. 71. Frans HALS (Pág:144) Oficiais da Guarda Civil de Santo Adriano em Haarlem. 1627. Óleo sobre tela. 1,83 m x 2,83 m Museu Frans Hals. Haarlem, Holanda
  72. 72. Frans HALS O alegre bebedor. (Pág:144) 1627/28. Óleo sobre tela. 81,5 × 66,5 Rijksmuseum, Amsterdam. Holanda.
  73. 73. Frans HALS O retrato de Isaac Abrahamsz 1626. Óleo sobre tela. 81,5 × 66,5 Galeria de arte de Ontário. Toronto, Canadá.
  74. 74. REMBRANDT Harmenszoon Van Rijn. Foi um importante pintor e gravador holandês. É considerado um dos mais importantes pintores do barroco europeu. Nasceu em 15 de julho de 1606 na cidade de Leiden e faleceu em Amsterdam em 4 de outubro de 1669 aos 63 anos.,É evidente a influência de Pieter Lastman, que estudou com Caravaggio em Roma por mais de 10 anos. Até o século XIX (19), Rembrandt era mais famoso como gravador do que como pintor. Isso porque não considerava as gravuras um tipo inferior de arte, e sim, outro tipo de se expressar, totalmente diferente da pintura.
  75. 75. As Três Cruzes. Rembrandt (1653, Tóquio e Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro)
  76. 76. Os negociantes de Tecidos. (Pág:142) REMBRANDT 1662. Óleo sobre tela. 1,91 m x 2,79 m Museu Real de Amsterdã. Holanda.
  77. 77. A ronda noturna ( 1642, óleo sobre tela, 379x453,5cm, Rijksmuseum Amsterdã. Esta técnica mostra um contraste muito grande com a iluminação da tela, o que confere grande dramaticidade às pinturas, que tinham temática bíblica ou mitológica.27 A movimentação dos personagens retratados também era muito carregada de expressões intensas, o que colaborava mais ainda na dramaticidade da cena. As pinturas eram menores, mas riquíssimas em detalhes, como vestimentas e joalheria.26
  78. 78. A segunda fase das obras começam por volta de 1640, onde Rembrandt utiliza com maior profusão a monocrômica em tons dourados, uma influência clara de Caravaggio, um dos primeiros grandes mestres do chiaroscuro, técnica com uma justaposição muito forte entre luzes e sombras, cujo resultado final é um efeito visual impressionante, criada por Leonardo Da Vinci.
  79. 79. A lição de Anatomia do Dr. Tulp. Rembrandt 1632. Óleo sobre tela. 169,5x 216,5 cm. Haia. Holanda.
  80. 80. REMBRANDT A lição de anatomia do Dr. Joan Deyman, 1656 100 x 134 cm Rijksmuseum, Amsterdã.
  81. 81. REMBRANDT Mulher no Banho 1654 61,8 X 47 cm Galeria Nacional de Londres. Rembrandt ficou muito famoso pela quantidade de autorretratos que realizou, mais de 100 no total, por 40 anos. As pinturas, foram comparados somente aos que Vincent Van Gogh fez de si mesmo, mais de 200 anos depois. Sempre foi fiel ao rosto que encontrava no espelho, tanto nos momentos felizes quanto nos de desespero, onde encarava as agruras da vida.38 39
  82. 82. A casa onde morou o pintor, entre 1639 e 1660 (21 anos)foi estabelecido o Museu Rembrandt em 1906, após a casa ter sido comprada pela Fundação Rembrandt.
  83. 83. Johannes VERMEER (1632 – 1675, 43 anos) Pintor holandês, que também é conhecido como Vermeer de Delft ou Johannes van der Meer. Vermeer viveu toda a sua vida na sua terra natal - Delft. Depois de Rembrandt Vermeer e o mais importante pintor do século XVII. Os seus quadros são admirados pelas suas cores transparentes, composições inteligentes e brilhante com o uso da luz.
  84. 84. Homem, mulher e vinho (1658-61) Conhecem-se hoje muito poucos quadros de Vermeer. Só sobrevivem 35 a 40 trabalhos atribuídos ao pintor holandês.
  85. 85. Leitora à janela (1657-59) Mulher segurando uma balança(1665)
  86. 86. Moça com copo e vinho (1659-60) Oficial e moça sorridente (1658)
  87. 87. Vista de Delft (1660-61)
  88. 88. A ruela(1657-58)
  89. 89. VERMEER Moça com brinco de pérola (1665-1666) Óleo sobre tela. 44,5 cm × 39 cm Museu Mauritshuis, Haia.
  90. 90. VERMEER Mulher lendo uma carta 1665.Óleo sobre tela. 46,5 cm × 39 cm
  91. 91. Diego Rodrigues da Silva y VELÁZQUEZ (1599 —1660, 61 anos) Madrid. Foi um pintor espanhol e principal artista da corte do Rei Filipe IV de Espanha. Era um artista individualista do período barroco contemporâneo, importante como um retratista. Além de inúmeras interpretações de cenas de significado histórico e cultural, pintou inúmeros retratos da família real espanhola.
  92. 92. Desde o primeiro quarto do século XIX, a obra de Velázquez foi um modelo para os pintores realistas e impressionistas, em especial Édouard Manet que chegou a afirmar que Velázquez era o "pintor dos pintores". Desde essa época, os artistas mais modernos, incluindo os espanhóis Pablo Picasso1 e Salvador Dalí, bem como o pintor irlandês Francis Bacon, que homenageou Velázquez recriando várias de suas obras mais famosas.7 Em seus primeiros trabalhos é possível notar contraste entre zonas escuras e zonas iluminadas por um único foco de luz, uma tentativa de ressaltar volumes e relevos. Esta técnica era característica do tenebrismo e tinha como principal artista Caravaggio, muito conhecido pelo seu sarcasmo. Tenebrismo foi uma tendência pictórica nascida no Barroco que se perpetuou irregularmente até o Romantismo. Seu nome deriva de tenebra (treva, em latim), e é uma radicalização do princípio do chiaroscuro. 6
  93. 93. A Velha cozinheira – 1618. 99 x 128 cm Galeria Nacional da Escócia Edimburgo. No período de (1628- 29)conheceu o grande mestre do barroco Peter Paul Rubens, que também era membro da corte. Conhecer Rubens motivou Velázquez a pintar cenas mitológicas
  94. 94. As Meninas. 1656. (Pág:150)Óleo sobre tela. Museu do Prado, Madri. A composição contrasta o grupo circular das figuras em cena e as linhas verticais que tendem para cima. Igual contraste se nota entre os fundos escuros e a luz que envolve as figuras. A infanta Margarida Maria é o centro ideal da composição e em torno dela giram as outras figuras, inclusive o próprio pintor. A cena parece inesperada e espontânea, a infanta e suas damas de honra o veem pintar o rei e a rainha, vistos apenas refletidos num espelho ao fundo apesar da hierarquia calculada do conjunto, com o artista em discreto segundo plano. Em 1659 Velázquez adquire o título de Cavaleiro da Ordem de Santiago.
  95. 95. A pintura mostra um grande aposento no Real Alcázar de Madrid durante o reinado do rei Filipe IV da Espanha, mostrando várias figuras principalmente da corte espanhola representadas, de acordo com alguns analistas, em um momento específico como se em uma fotografia. Algumas olham para fora do quadro em direção ao observador, enquanto outras interagem entre si. A jovem infanta Margarida Teresa está cercada por um séquito de damas de companhia, chaperone, guarda-costas, dois anões e um cachorro. Pouco atrás deles está o próprio Velázquez, trabalhando em uma grande tela. O artista olha para longe, além do espaço pictórico onde o observador da pintura estaria.2 Ao fundo está um espelho que reflete o rei Filipe e a rainha Maria Ana. Eles parecem estar colocados fora do espaço da pintura em uma posição similar à do observador, apesar de alguns acadêmicos especularem que suas imagens são o reflexo da pintura que Velázquez esta pintando.
  96. 96. Vênus olhando-se ao espelho. c. 1647–51. Óleo sobre tela. 122 cm x 177 cm Galeria Nacional de Londres.
  97. 97. O aguadeiro de Sevilha”(1620 Museu Wellington, Londres). Em 1649, Velázquez fez uma segunda viagem à Itália para comprar pinturas de Ticiano, Tintoretto e Paolo Veronese e esculturas e manter-se a par da evolução da arte italiana. Lá em Roma, ele pintou três quadros3 , incluindo um do Papa Inocêncio X1 (pintura de 1650) notável pela sua severidade3 e que tornou-se mais tarde uma obsessão na obra de Francis Bacon.1
  98. 98. Papa Inocêncio X. 1650. Óleo sobre tela,Galeria Doria Pamphili. Roma.
  99. 99. Estudo sobre a obra Papa Inocêncio X, de Francis Bacon, 1953

×