Privacidade e a internet das coisas

756 visualizações

Publicada em

Por que a Internet das Coisas abre novas perspectivas para as discussões sobre privacidade.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
326
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Privacidade e a internet das coisas

  1. 1. A PRIVACIDADE NA ERA DA INTERNET DAS COISAS TECNOLOGIA EM SEGUROS
  2. 2. TECNOLOGIA EM SEGUROS PRIVACIDADE, de acordo com o dicionário Aurélio: intimidade pessoal ou de um grupo definido de pessoas. Com as empresas tendo acesso facilitado a tantas informações pessoais, será que ainda possuímos essas intimidades? Nos próximos slides você se dará conta de como as coisas mudaram, conhecerá visões diferentes, saberá por que a Internet das Coisas abre novas perspectivas e terá mais embasamento para formar uma opinião sobre o assunto.
  3. 3. TECNOLOGIA EM SEGUROS A MUDANÇA DETOM. De uns tempos pra cá, a privacidade mudou de tom. Quando você abre uma conta numa rede social, se inscreve num aplicativo, ou até mesmo faz compras pela internet, ali estão as empresas coletando seus dados. Vivemos essa nova realidade. Não é a toa que, mesmo sem curtir determinada página no Facebook,você se pega analisando ofertas de páginas de produtos que realmente são de seu interesse. O nome disso é anúncio direcionado, e acontece por uma leitura inteligente de seus interesses.
  4. 4. TECNOLOGIA EM SEGUROS QUESTIONAR É OBRIGAÇÃO. É claro que, se você se preocupa com sua privacidade, levantará uma série de questões sobre a mesma. Mas tenha calma, antes do julgamento final, é interessante definir benefícios e malefícios. Você adora seu smartwatch ou pulseira medidora de atividades físicas? Então é incoerente questionar o uso de seus dados. Para sentir-se tranquilo e estável, é bom ficar de olho na ética e negligências das empresas.
  5. 5. TECNOLOGIA EM SEGUROS DUAS VISÕES DISTINTAS. Esta nova privacidade de dados pode ser vista por pontos de vista diferentes. O que tiramos de bom? Com mais acesso à suas informações, empresas e serviços filtram o que realmente importa. Você ganha em tempo e praticidade. Analisando o outro lado da situação, até mesmo a presidente do Brasil não escapou da suposta “invasão de privacidade”, gerando desavenças com o serviço americano de inteligência e criando um enorme ponto de interrogação sobre até onde o acesso a dados pessoais pode ser útil (e até mesmo ético).
  6. 6. TECNOLOGIA EM SEGUROS A INTERNET DAS COISAS E A PRIVACIDADE: UM NOVO CAMINHO. Na atual realidade, é impossível pensarmos o futuro sem acesso aos dados pessoais. Nos Estados Unidos, algumas legislações foram impostas para regulamentar o acesso às informações pessoais pelas empresas. Uma das propostas visa clarear e reforçar, nas empresas, a obrigatoriedade de comunicar a seus clientes quando suas informações são expostas. A atitude pode servir de exemplo para o Brasil e todos os países dispostos a serem mais transparentes na prestação de seus serviços. Se em 25 anos de Internet ainda levantam-se as mais diversas questões em relação à privacidade, a Internet das Coisas pode tornar mais claros os aspectos em relação ao uso das informações pessoais dos usuários.

×