ApresentaçãO1 Ann

799 visualizações

Publicada em

Vamos nos prevenir contra a gripe suína H1N1.

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
799
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO1 Ann

  1. 1. GRIPE SUÍNA
  2. 2. Gripe Suína Sobre a Gripe Suína Vários países do mundo se encontram em uma situação delicada no que diz respeito à saúde pública. Uma nova doença já fez 2.185 vítimas em todo o mundo. Segundo a OMS já foram contaminadas cerca de 209 mil pessoas. Trata-se da gripe suína . Contaminação da Gripe Suína Como o próprio nome diz a gripe suína normalmente afeta somente os porcos. Humanos não são afetados. Quando um caso acontece ele é causado quando as pessoas têm contato com animais ou objetos infectados circulando entre ambos. Como ocorre a Gripe Suína Nos primeiros casos registrados de gripe suína aconteceu o seguinte: os humanos normalmente não são afetados por doenças exclusivas de animais, mas os porcos podem ser infectados por doenças humanas e de aves.
  3. 3. Cura da Gripe Suína Um animal que por acaso hospedou em seu corpo os vírus das gripes dos humanos e das aves desenvolveu um novo vírus mutante bem mais forte, a gripe suína e que por enquanto não há cura . Gripe Suína em humanos Se um humano for contaminado pela gripe suína ele pode transmitir esse vírus para outros humanos. Os sintomas são semelhantes a de uma gripe comum, apenas foram constatados um aumento no grau de vômitos e de diarréia. O vírus que causa a gripe suína é o H1N1. Gripe Suína no Brasil Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estão sendo realizadas inspeções mais rigorosas em passageiros e bagagens vindas de países com alta taxa de contaminação da doença. Os principais aeroportos possuem equipes especializadas para a detecção da gripe suína e estão fornecendo todas as informações sobre a nova doença para os passageiros. O Ministério da Saúde disse em comunicado oficial, que todas as Secretarias Estaduais de Saúde estão intensificando o monitoramento de casos suspeitos de doenças respiratórias em estágios avançados. Atualização em 28-08 16h: O Ministério da Saúde confirma que o Brasil possui 5.206 casos confirmados de gripe suína . Confirmado também o número de vítimas em quinze estados: 223 em São Paulo, 98 no Rio Grande do Sul, 151 no Paraná, 55 no Rio de Janeiro, 11 em Santa Catarina, 2 na Bahia, 1 em Pernambuco, 2 na Paraíba, 8 em Minas Gerais, 2 no Distrito Federal, 1 em Amazonas, 1 no Pará, 1 em Rondônia, 1 em Mato Grosso do Sul e 1 no Rio Grande do Norte; totalizando 557.
  4. 4. Gripe Suína Gripe Suína - Contágio, Sintomas e Prevenção - A Gripe Suína é uma doença que tem se alastrado através do ar pelo mundo inteiro, e é uma evolução do vírus H3N2 que é o vírus da gripe convencional que ataca os porcos, porém acredita-se que o vírus tenha sofrido alguma mutação com o vírus da gripe aviária, utilizando-se do organismo do porco como incubadora e como consequência tornou-se no vírus responsável pela Gripe Suína, o vírus H1N1. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou no último dia 30 de abril que o nome “Gripe Suína” seria alterado para “ Gripe A ” que é ocasionada através do vírus “H1N1″. O vírus H1N1 tem atacado seres humanos e causado a morte de diversas pessoas em todo mundo, recebendo o título de Pandemia pela OMS. A Gripe Suína começou a aparecer no México e logo espalhou-se pelo mundo inteiro, visto que muitas pessoas saíram do México e levaram consigo o vírus H1N1 para outros países, causando então uma infecção em massa. Com a entrada do inverno em boa parte dos países do mundo, inclusive no Brasil, a infecção ganhou uma velocidade monstro, pois com a baixa humidade do ar e os ventos frios, o vírus da Gripe Suína utiliza-se destes meios para se transportar, e logo facilmente se alastra por todo país. O vírus H1N1 da Gripe Suína já contaminou 95 mil pessoas em 120 países, com 429 mortes, segundo os números mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS). O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, confirmou no último dia
  5. 5. 27 a primeira morte provocada pelo vírus da gripe suína (Influenza A H1N1) no Brasil. A vítima era um caminhoneiro de 29 anos morador do Rio Grande do Sul que contraiu o vírus da Gripe Suína na Argentina e morreu no último sábado (27). No Brasil temos confirmados pelo Ministério da Saúde 1.566 casos de contaminação por Gripe Suína até o momento e 34 mortes. Das 34 mortes causadas pela Gripe Suína, 16 delas aconteceram no Rio Grande do Sul, 12 em São Paulo, 5 no Rio de Janeiro e 1 no Paraná. Contágio da Gripe Suína: O contágio da Gripe Suína se dá a partir do contato com outras pessoas ou materiais infectados, já que o meio de transferência do vírus, é através do ar, portanto ao ver pessoas tossindo ou espirrando constantemente, evite ficar perto e procure lugares abertos e arejados, pois os sintomas da Gripe Suína são idênticos aos sintomas da Gripe normal. Sintomas da Gripe Suína: Os sintomas da Gripe Suína nos seres humanos são similares aos sintomas da gripe convencional porém com maior ênfase nos síntomas. Os síntomas são Febre, Tosse, Dores Musculares, Cansaço, Diarréia, Vômito, Irritação nos Olhos e Fluxo Nasal.
  6. 6. Prevenção da Gripe Suína: Já estão disponíveis em todo mundo vacinas para prevenir a gripe suína entre os porcos, porém para seres humanos a vacina ainda não foi desenvolvida, porém a tecnologia pelo mundo já trabalha para o desenvolvimento da vacina que deve chegar ao Brasil somente no próximo ano. A vacina da gripe convencional pode ajudar na proteção já que aumentam a imunidade do corpo, porém não combatem o vírus H1N1 precisamente. O medicamento Tamiflu tem sido utilizado em diversos países no combate da Gripe Suína, porém este medicamento só deve ser ingerido se prescrito por um médico. Carnes suínas devem ser ingeridas apenas depois de passar pelo processo de cozimento a no mínimo 71 graus Celsius, temperatura suficiente para matar qualquer tipo de bactérias, inclusive o vírus H1N1, o vírus da Gripe Suína. Lave as mãos constantemente e evite passar as mãos nos olhos, bocas e ouvidos, gestos simples que evitam a entrada do vírus H1N1 em seu corpo. As máscaras também ajudam na prevenção, porém apenas se utilizadas corretamente. Evitar locais fechados que contenham um grande fluxo de pessoas também é recomendado, já que em locais abertos, a contaminação através de pessoas infectadas fica mais difícil, porém não impossível. http://www.noticiaki.com/2009/04/gripe-suina-saiba-como-se-proteger.html
  7. 7. FIM AUTORA: ANNA PAULA

×