• A comunidade de cidadãos: a pólis; 
• A colonização Grega; 
• Reformas Sociais; 
• A democracia Ateniense; 
• Esparta;
A palavra pólis, de origem grega, é frequentemente traduzida 
como cidade-estado. As cidades gregas eram independentes 
en...
Era uma válvula de escape para a 
crise social que ameaçava as pólis 
gregas. Motivo: Pequenos 
proprietários passaram a c...
A colonização não conseguiu 
resolver satisfatoriamente a 
questão agrária. A nobreza se 
enriquecia rapidamente, 
intensi...
Medidas de reformas sociais e políticas; 
Abolição da escravidão 
por dívidas ; 
Cancelou as hipotecas das 
propriedades...
• Clístenes Aristocrata que assumiu o poder em Atenas em 
509 a.C. implementou uma reforma completa das leis 
atenienses; ...
A Pólis oligárquica Situada na fértil planície da Lacônia, 
Esparta era uma sociedade aristocrática de base agrária, mas 
...
A formação da Pólis Grega e a invenção da democracia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A formação da Pólis Grega e a invenção da democracia

988 visualizações

Publicada em

A formação da Pólis Grega e a invenção da democracia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
988
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A formação da Pólis Grega e a invenção da democracia

  1. 1. • A comunidade de cidadãos: a pólis; • A colonização Grega; • Reformas Sociais; • A democracia Ateniense; • Esparta;
  2. 2. A palavra pólis, de origem grega, é frequentemente traduzida como cidade-estado. As cidades gregas eram independentes entre si, possuíam suas próprias instituições políticas e militares, buscavam ser economicamente autossuficientes e tinham limites territoriais definidos. Segundo a definição que se tornou predominante na historiografia moderna, pólis era a comunidade de cidadãos de uma cidade em particular, responsáveis pelas atividades política e militar. Assim, mais do que se referir aos limites territoriais de uma cidade, o termo pólis correspondia aos cidadãos que nela habitavam. Em comparação com as grandes cidades do mundo atual, as cidades gregas eram relativamente pequenas. A maior delas era Atenas.
  3. 3. Era uma válvula de escape para a crise social que ameaçava as pólis gregas. Motivo: Pequenos proprietários passaram a contrair empréstimos dos aristocratas. Impossibilitados de quitar suas dívidas, muitos se tornaram escravos dos credores. Pólis fornecia serviços e manufaturas Colônias fornecia cereais e materiais diversos .
  4. 4. A colonização não conseguiu resolver satisfatoriamente a questão agrária. A nobreza se enriquecia rapidamente, intensificando a exploração da terra e adotando um estilo de vida inspirado no luxo. A participação do homem comum na guerra acentuou ainda mais essa crise social, pois contestava os privilégios tradicionais da aristocracia guerreira e punha em cheque seu sistema de valores.
  5. 5. Medidas de reformas sociais e políticas; Abolição da escravidão por dívidas ; Cancelou as hipotecas das propriedades e limitou o tamanho delas para cada indivíduo. Organização censitária da sociedade; Os cidadãos foram divididos em quatro categorias, de acordo com sua faixa de renda anual e a participação política passou a depender de sua riqueza e não de sua linhagem. Criação de um Conselho; Composto por 400 membros que elaboravam as leis a serem votadas pela Assembleia (Eclésia). Pisístrato Foi o primeiro tirano de Atenas. Confiscou terras das aristocracia; Distribuiu as terras entre os pequenos proprietários; Concedeu empréstimos aos agricultores mais pobres; Financiou a construção naval; Impulsionou o comércio marítimo
  6. 6. • Clístenes Aristocrata que assumiu o poder em Atenas em 509 a.C. implementou uma reforma completa das leis atenienses; • Aboliu a divisão da sociedade conforme a faixa de renda anual; • Dividiu a sociedade de acordo com o local de residência; • A reforma ampliou a participação política dos cidadãos, assegurando que estes pudessem, por meio do voto direto, debater e decidir sobre as questões importantes de interesse da polis.
  7. 7. A Pólis oligárquica Situada na fértil planície da Lacônia, Esparta era uma sociedade aristocrática de base agrária, mas cuja principal atividade era a guerra. O regime político era a oligarquia. A cidade era governada por dois reis pertencentes a duas famílias distintas (diarquia) Gerúsia: conselho de anciãos que cuidava da política externa Apella: assembléia de cidadãos com mais de 30 anos Éforos: cinco magistrados escolhidos pela Apella que eram os guardiões da tradição e das leis da cidade.

×