O COMETA HALLEY
O cometa Halley é um cometa grande e brilhante que orbita em torno do Sol, em média,
a cada 76 anos, quer ...
Procorei em
google imagens
wwwinfoescolas.pt
as plantas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

as plantas

30 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
30
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

as plantas

  1. 1. O COMETA HALLEY O cometa Halley é um cometa grande e brilhante que orbita em torno do Sol, em média, a cada 76 anos, quer dizer, seu período orbital pode oscilar entre 74 e 79 anos. Trata-se de um dos mais conhecidos e brilhantes cometas (visível a olho nu) de periodicidade “curta” do cinturão de Kuiper. Foi observado pela última vez em 1986 nas proximidades da órbita terrestre, calcula-se que a próxima visita seja no ano de 2061, a anterior ocorreu em 1910. O cometa Halley foi o primeiro a ser reconhecido como periódico, sua órbita foi calculada pela primeira vez pelo astrônomo Edmund Halley em 1705. Foi observado anteriormente pelo astrônomo alemão Regiomontano. Há relatos de que este cometa foi visto pela primeira vez no ano de 239 a.C. Em suas observações, Edmund Halley comprovou que as características do cometa coincidiam com as descritas em 1531 (descritas por Pietrus Apianus) e, em 1607, observadas, em Praga, por Johannes Kepler. Halley concluiu que correspondiam ao mesmo objeto celeste, que retornava a cada 76 anos. Assim, fez a estimativa da órbita e previu sua reaparição para o ano de 1757. Sua previsão não foi totalmente correta, visto que o cometa retornou no dia 25 de dezembro de 1758. Neste caso, a atração gravitacional de Júpiter e de Saturno foi responsável pelo atraso do cometa, fato que Halley não pôde contemplar, pois faleceu em 1742. A órbita do cometa Halley é bastante elíptica, seu periélio (menor distância em relação ao corpo ao qual orbita, neste caso o Sol) é de 0,6 UA (uma UA – unidade astronômica – corresponde a 149.598.000 km) entre as órbitas de Mercúrio e Vênus. Seu afélio (maior distância em relação ao Sol) é de 35 UA, quase a distância da órbita de Plutão. A órbita deste cometa ocorre na direção contrária à dos planetas. A sonda Giotto (da Agência Espacial Européia – ESA) proporcionou aos astrônomos a primeira visão da estrutura da superfície do cometa Halley. A cauda deste se estende através de milhões de km pelo espaço e seu núcleo é relativamente pequeno: possui 15 km de comprimento, 8 km de largura e 8 km de altura. Somente 4% da luz que este cometa recebe são refletidos e, mesmo parecendo muito brilhante e branco, tal objeto é preto. A cor branca que vemos da terra se deve ao desprendimento de vapor do núcleo do cometa. O vapor é formado de 80% de água, 17% de monóxido de carbono, 3 a 4% de dióxido de carbono e vestígios de hidrocarbonetos. Descobriu-se também que no núcleo do cometa há crateras (algumas com 1 km de diâmetro) vazias e algumas cheias de gelo. Quando o cometa se aproxima do Sol, a temperatura do mesmo pode chegar a 77°C, quando são emitidas toneladas de gás por segundo. GLOSSARIO CINTURAO DE KUIPER/ O Cinturão de Kuiper é uma região do nosso sistema solar, próxima a órbita de Plutão e que foi descoberta em 1992.
  2. 2. Procorei em google imagens wwwinfoescolas.pt

×