Earworms: The Rise of Mobile Malware Is your phone the next great malware vector? David Zax- Contributor of MIT Technology...
Earworms: The Rise of Mobile MalwareAlimentando rumores de que smartphones e tabletsrepresentam a próxima fronteira para m...
Earworms: The Rise of Mobile Malware Os dispositivos foram infectados por um Trojan  primeiramente descoberto em 2011 Ma...
Earworms: The Rise of Mobile Malware   EnfoDesk 2011Q2 – 2012Q3   Android dominates China with 90% market sharehttp://www....
Earworms: The Rise of Mobile Malware   Kaspersky Security Bulletin 2012   99% of all the mobile malware detected every mon...
Earworms: The Rise of Mobile MalwareMalware móvel não é novidade... Em setembro de 2011, o contribuidor Kurt Marko(Inform...
Earworms: The Rise of Mobile Malware   Damballa Report 2011http://www.damballa.com/downloads/r_pubs/Damballa_Threat_Report...
Earworms: The Rise of Mobile MalwareCriação de um mobile malwareWhite Hat Hackers tem mostrado como são fáceis criar malwa...
Earworms: The Rise of Mobile MalwareCriação de um mobile malware                                                    Master...
Earworms: The Rise of Mobile Malware  Toll Fraud Monetizationhttps://www.lookout.com/resources/reports/state-of-mobile-sec...
Earworms: The Rise of Mobile MalwareComo se proteger? As autoridades chinesas recomendam olhar os dados e logs dechamadas...
Earworms: The Rise of Mobile Malware Em 2009, era comum encontrar-manchetes dizendo "Malware Mobile não é tão ruim, por ag...
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mobile malware

246 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
246
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mobile malware

  1. 1. Earworms: The Rise of Mobile Malware Is your phone the next great malware vector? David Zax- Contributor of MIT Technology Review. 21 de janeiro de 2013André Rocha AgostinhoDisciplina TIO – Professor Doutor Mario Yoshikazu Miyake
  2. 2. Earworms: The Rise of Mobile MalwareAlimentando rumores de que smartphones e tabletsrepresentam a próxima fronteira para malwares,pesquisadores de segurança descobriram uma grandebotnet em mais de um milhão de aparelhos na China.As agências de notícias Xinhua e BBC reportaram quea botnet faz com que os smartphones possam ser"sequestrados" remotamente, potencialmente paraataques como Denial Of Service (DoS) e outros fins.
  3. 3. Earworms: The Rise of Mobile Malware Os dispositivos foram infectados por um Trojan primeiramente descoberto em 2011 Mais de 7mil apps foram infectadas Existem mais de 420 milhões de usuários móveis na China de acordo com Cinic (China Internet Network) Dispositivos Android são supostamente mais vulneráveis do que os dispositivos da Apple Android domina o mercado chinês, que está mostrando um crescimento explosivo O ocorrido atraiu a atenção do CEO da Apple Tim Cook, que se reuniu com o chairman da gigante China Mobile
  4. 4. Earworms: The Rise of Mobile Malware EnfoDesk 2011Q2 – 2012Q3 Android dominates China with 90% market sharehttp://www.androidcentral.com/android-dominates-china-90-market-share
  5. 5. Earworms: The Rise of Mobile Malware Kaspersky Security Bulletin 2012 99% of all the mobile malware detected every month was designed for Android.http://www.securelist.com/en/analysis/204792255/Kaspersky_Security_Bulletin_%202012_The_overall_statistics_for_2012
  6. 6. Earworms: The Rise of Mobile MalwareMalware móvel não é novidade... Em setembro de 2011, o contribuidor Kurt Marko(Information Week) relatou que aproximadamente 20mil dispositivos Android estavam se comunicandocom uma BotNet Damballa Labs, organização especializada emMalwares, publicou um dos relatórios maiscompletos e assustadores sobre malware móvel naépoca
  7. 7. Earworms: The Rise of Mobile Malware Damballa Report 2011http://www.damballa.com/downloads/r_pubs/Damballa_Threat_Report-First_Half_2011.pdf
  8. 8. Earworms: The Rise of Mobile MalwareCriação de um mobile malwareWhite Hat Hackers tem mostrado como são fáceis criar malwares para Android.Em 2011 , a hacker Georgia Weidman, publicou como criar um malware que instala umworm no modem do celular o qual passa a utilizar o protocolo de envio de SMS. A técnica tira proveito nos seguintes pontos:  Gerenciamento de energia Capacidade de execução com o mínimo de energia  Tolerância a falhas Caso um SMS falhe ele será reenviado  Monitoramento Dificuldade na monitoração e descoberta do malware
  9. 9. Earworms: The Rise of Mobile MalwareCriação de um mobile malware Master Sentinels Slaves "Operadores de botnets pode ter um diálogo relativamente tagarela com os dispositivos escravos sem derrubá-los ou fazê-los perceber algo errado em seus telefones “ Kurt Marko (Information Week)
  10. 10. Earworms: The Rise of Mobile Malware Toll Fraud Monetizationhttps://www.lookout.com/resources/reports/state-of-mobile-security-2012
  11. 11. Earworms: The Rise of Mobile MalwareComo se proteger? As autoridades chinesas recomendam olhar os dados e logs dechamadas para ver se algo de incomum ocorreu. Kurt Marko (Information Week) recomenda minimizar a quantidadede dados armazenados localmente, e sempre que possível criptografardados confidenciais. A utilização de serviços de gerenciamento dedispositivos móveis como AirWatch ou Zenprise ajudam na segurança Naturalmente, ser cauteloso antes de baixar qualquer aplicativo. Se você não for capaz de verificar o aplicativo baixado, então vale apena notar que o ecossistema iOS tem mantido um firewall muito fortecontra esses problemas, devido a sua plataforma fechada. Isso nãoquer dizer que está livre de problemas, pois pode-se instalar oJailbreakMe e desbloquear o aparelho.
  12. 12. Earworms: The Rise of Mobile Malware Em 2009, era comum encontrar-manchetes dizendo "Malware Mobile não é tão ruim, por agora." "O mercado de telefonia móvel se tornou tão suscetíveis à atividade criminosa como qualquer outro dispositivos de desktop.“ - Damballa
  13. 13. FIM

×