17. Equipamentos de convés
oi utilizada a regF ra da classificadora ABS, referência [1] para a realização dos cálculos
par...
tabela
Com o numero de equipamento estabelecido é possível observar que o numeral de
equipamento correspondente é U22, e q...
- Buzina
Peças de forma elíptica, fixadas na borda para servirem de guia aos cabos de amarração
dos navios. As buzinas sit...
Sendo necessário um comprimento total de 495 m e sabendo que cada quartel possui
27, quartéis.
- Molinetes e Mordentes
O m...
O uso do mordente é garantir uma maior segurança no travamento das amarras.
O mordente também pôde ser selecionado pela pá...
Equipamentos de amarração
Através do numeral de equipamento foi possível obter também o comprimento do cabo
de reboque e d...
Onde:
Os valores obtidos encontram abaixo:
- Paiol de amarras
Abaixo está sendo mostrada a forma como a qual as amarras de...
Com a seguinte relação é possível obter o volume necessário do paiol para acomodar as
amarras.
onde:
V = volume (pé cúbico...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Equipamentos de convés

261 visualizações

Publicada em

Equipamentos de convés

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipamentos de convés

  1. 1. 17. Equipamentos de convés oi utilizada a regF ra da classificadora ABS, referência [1] para a realização dos cálculos para entos e assim obter os equipamentos de fundeio e os equipamentos de am de equipamentos ensões e as capacidades de equipamentos de amarração e fundeio serão regulados pelo numeral de equipamentos (NE), que é obtido pela seguinte equação: NE = k o numeral de equipam arração. Numeral O peso, as dim 2/3 + m B h + n A Onde: K – 1 M - 2 n – 0,1 - deslocamento moldado até a linha de carga de verão (5284 toneladas); B - boca moldada (17,2m); h - altura correspondente à borda livre na linha d’água de verão mais as alturas na linha de centro de cada lance de casaria que tenha largura maior que B/4. O valor de h foi obtido conforme a figura abaixo (16,1m); A - área do perfil do casco e superestrutura acima da linha de carga de verão (295,7+200 = 495,7m2). Logo, NE = 910 Equipamentos de fundeio -Âncoras s âncoras do tipo “Spek” são comumente empregadas em embarcações “offshore”. Dessa forma, foi possível selecionar as âncoras baseando-se no numeral de equipamento obtido anteriormente. Abaixo estão as informações pertinentes: A
  2. 2. tabela Com o numero de equipamento estabelecido é possível observar que o numeral de equipamento correspondente é U22, e que o número de âncoras a bordo devem ser três, ou seja, uma em reserva. Seleção das âncoras- A seleção da âncora foi baseada na página http://www.sotra.net/smp/marine_home.html, referência [13].
  3. 3. - Buzina Peças de forma elíptica, fixadas na borda para servirem de guia aos cabos de amarração dos navios. As buzinas situadas no bico de proa do navio e no painel são conhecidos respectivamente por buzina de roda e buzina do painel. - Cabeços Colunas de pequena altura, montadas aos pares e colocadas geralmente junto às balaustradas ou bordas. Servem para dar-se volta cabos de reboque. - Amarras Através do numeral de equipamento foi possível obter também o comprimento do cabo de reboque e do cabo de amarração. Dessa forma, optou-se por utilizar elos de aço grau 2, logo com 48mm de diâmetro.
  4. 4. Sendo necessário um comprimento total de 495 m e sabendo que cada quartel possui 27, quartéis. - Molinetes e Mordentes O molinete é uma espécie de rolo, usualmente horizontal, que serve de guia para a amarra ser alocada no paiol de amarras ou para fazer um travamento em determinado elo da amarra para que a âncora não desça com muita velocidade. Esse aparelho é constituído por um ou dois tambores ligados a um eixo horizontal comandado por motor elétrico. Serve suspender a amarra. Abaixo uma figura do molinete. 5m foram necessários uns totais de 18 Pela página http://roolsroyce-marine.com [7] foi possível selecionar um molinete. Normalmente, existe um ângulo de abraçamento de 0° a 15° entre o molinete e a gateira que auxiliam na arrumação das amarras dentro do paiol. O que garante esse abraçamento são um cie de dentes ao redor do molinete.a espé
  5. 5. O uso do mordente é garantir uma maior segurança no travamento das amarras. O mordente também pôde ser selecionado pela página http://roolsroyce-marine.com [7]. No caso, foi do tipo L – Mordente do tipo trilho. Abaixo uma figura do mordente. A gateira deve ser dimensionada através da seguinte relação: dint = 6,5 ~7,0 d, dint = 312mm O ângulo de abraçamento fica em torno de 0° e 15°.
  6. 6. Equipamentos de amarração Através do numeral de equipamento foi possível obter também o comprimento do cabo de reboque e do cabo de amarração De acordo com a tabela o cabo de reboque deve possuir um comprimento de 190m e istir quatro cabos de amarração com comprimento de 170m cada. beços, cabos e guinchos, além das defensas, que servem para a marração de unidades (em localização dos equipamentos foi baseada na Apostila do Moraya, referência [14]. A seguir é mostrada uma ilustração das variáveis a serem obtidas. deverão ex É o conjunto de ca a barcações). Arranjo do sistema de amarração e fundeio A
  7. 7. Onde: Os valores obtidos encontram abaixo: - Paiol de amarras Abaixo está sendo mostrada a forma como a qual as amarras devem ser armazenadas. A braga é responsável por manter a amarra fixada, já a paixão auxiliar na arrumação das amarras dentro do paiol, ou seja, sua movimentação auxilia as amarras se posicionarem de form .a circular aproveitando melhor o espaço do paiol
  8. 8. Com a seguinte relação é possível obter o volume necessário do paiol para acomodar as amarras. onde: V = volume (pé cúbico) L = comprimento da amarra em braças (1 braça ); d = bitola da amarra, em polegadas (1 polegada ); c = coeficiente de arrumação c = 2 para arrumação grosseira; 1 pé cúbico = 0,028 metros cúbicos. braça = 1,83 metros volume do paiol deve ser dimensionado como uma relação de 1,5V, aproximadamente. V = 483,13 pé cúbicos ou 13.68 m³ L = 270,5 braças ou 495 m D = 1,89 polegadas ou 4,8cm c= 2 Logo, O volume de cada paiol de amarras é: V paiol de amarras= 20,52 m³ Sendo: 1 1 polegada = 2,54 centímetros 1 pé cúbico = 0,028 metros cúbicos Assim, O

×