A. L. Decloedt

1.153 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.153
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A. L. Decloedt

  1. 1.
  2. 2. Fess’Kobbi<br />
  3. 3. PUKET<br />
  4. 4. Briefing<br />18 milhões de peças vendidas por ano<br />Ticket médio de R$ 50,00<br />90 lojas em 20 países (na época)<br />Diferencial: design<br />As vendas cresceram exponencialmente com a simples exposição do produto nas araras.<br />COMPRA POR IMPULSO<br />Missão<br />Entregar alegria<br />Problema<br />Comunicação restrita ao PDV<br />Publico<br />Mulheres joviais e descontraídas<br />Principais meios: revista (64%) internet (54%) jornais (44%)<br />(Ipsos-Marplan 2008)<br />
  5. 5. Tendência<br />Até o séc. XX o comportamento do homem era guiado pelos valores da indústria e da economia.<br />Hoje, com o questionamento de valores absolutos e universais, o homem correto e trabalhador de terno e gravata ficou para traz,e os sonhos e a fantasia voltaram ao centro da vida do homem.<br />A feminilização tem trazido mais cores aos ambientes sóbrios, principalmente o trabalho.<br />Objetivo: Tornar a marca sinônimo de sua própria idéia e inserí-la em seu próprio contexto.<br />
  6. 6. Advertising<br />Anúncio<br />Filme<br />Rádio<br />CRM<br />ClubePuket<br />Revista Puket<br />On-line<br />Portal<br />E-commerce (Loja Puket)<br />Relacionamento (Blog/ Novela Alegria de viver)<br />SEM (Sorriso de presente)<br />Ação Social (Pé de Alegria)<br />Promocional<br />Estampa mais alegre no camiseteria.com.br<br />Loja ao ar livre<br />
  7. 7. Advertising<br />
  8. 8. On-line<br />E-commerce<br />Portal<br />Ação Social<br />Blog Novela<br />
  9. 9. CRM E PROMOCIONAL<br />Revista<br />Cartão de vantagens<br />Revista<br />Loja intinerante<br />
  10. 10. Bio Ritmo<br />
  11. 11. Objetivo<br />Inserção nas redes sociais.<br />Por que?<br />Canal primário de relacionamento entre usuários.<br />Nielsen “The Global Online Media Landscape” abril 2009<br />No Brasil são 25 milhões de usuários, cerca de 80% da população, a maior penetração do mundo.<br />Social McCann“Social Media Tracker Power to thePeople” 2009<br />
  12. 12. O Brasil tem o maior número de heavyusers de redes sociais (mais propensos à publicação de material), chegando a 24% dos usuários. <br />55% dos usuários formam opinião através das redes.<br />Social McCann“Social Media Tracker Power to thePeople” 2009<br />Social McCann“Social Media Tracker Power to thePeople” 2009<br />
  13. 13. Facebook – relacionamento e conteúdo(envolvimento e encontrabilidade)<br />Blog – geração de conteúdo<br />(envolvimento e encontrabilidade)<br />Twitter – relacionamento diário<br />(envolvimento e encontrabilidade)<br />Objetivos para Bio Ritmo<br />Aumentar pontos de contato e encontrabilidade.<br />Aumentar o envolvimento.<br />Aumentar a base de alunos.<br />Mobile<br />(ponto de contato e encontrabilidade)<br />YouTube– geração de conteúdo<br />(encontrabilidade)<br />Google Maps<br />(encontrabilidade)<br />Reclame aqui<br />(envolvimento e encontrabilidade)<br />Flickr– geração de conteúdo<br />(encontrabilidade)<br />
  14. 14. Entrega de Resultado<br />Grand Brasil<br />
  15. 15. Resultados de campanha<br />Evolução das visitas<br />Performance geral<br />Evolução das conversões<br />
  16. 16. Resultados de campanha<br />Cliques X Impressões<br />Performance de mídias on-line<br />Custo X conversão<br />
  17. 17. Quiz<br />
  18. 18. RR e Passion<br />
  19. 19. Estas duas grandes importadoras de perfumes precisavam elaborar o evento de lançamento de 10 novas marcas.<br />Porém, precisavam se aproximar dos potenciais compradores (varejistas) e garantir uma quota de compras fechadas.<br />Por isso, este evento não seria uma apresentação geral e sim um meeting de negócios com os principais clientes.<br />A idéia era aumentar os contatos qualificados tratando diretamente com os decisores através de gerentes de produtos e vendas da RR e da Passion.<br />
  20. 20. Como tornar o evento envolvente e agradável para cada cliente buscando o maior número de contatos possível?<br />Duas propostas buscaram inovar enquanto otimizavam os investimentos.<br />
  21. 21. Infinity:<br />O formato promovia uma exporiência envolvente com cada produto, com espaços exclusivos para as negociações de RR e Passion.<br />Permitia apresentações simultâneas sem que os clientes se encontrassem (varejistas concorrentes entre si).<br />
  22. 22. Meeting Point:<br />Alocamos o investimento para alugar espaços luxuosos, como as marcas a serem apresentadas, onde os produtos foram expostos com tótens holográficos.<br />O ambiente proporcionava um clima descontraído e agradável e os tótens trouxeram um toque de inovação à apresentação dos produtos.<br />
  23. 23. Sistema de Proteção Solar Turma da Mônica<br />
  24. 24. O mercado de protetores solares sofre queda abrupta no inverno.<br />O objetivo da promoção seria estimular as vendas em um período de queda em consequência da sazonalidade da categoria.<br />
  25. 25. Independente do calor e da atividade realizada, quando nos expomos ao sol nossa pele está sujeita a incidência dos raios UVA e UVB que a longo prazo prejudicam a pele e aumentam a probabilidade de câncer.<br />Porém, é importante que as crianças fiquem algumas horas sob o sol para a produção de vitamina D.<br />As pessoas já têm consciência disso, e o aumento do consumo de protetores solares aumentou 17% em 2008.<br />
  26. 26. No inverno, apenas 21% das pessoas protegem o corpo, porem 43% protege a face. (Qualibest 2008-2009)<br />Mas por que a preocupação com com a proteção do corpo cai tão drasticamente enquanto a proteção facial ainda se mantém relativamente alta?<br />O Que há de diferente no verão e no inverno?<br />ROUPAS!<br />
  27. 27. No inverno o corpo está protegido contra o sol porque o cobrimos por inteiro com roupas, deixando apenas a face e as mãos expostas.<br />Se a roupa é um fator crucial para o uso ou não do protetor solar, precisamos lembrar que nem todo o Brasil tem invernos tão rigorosos.<br />Se a roupa é um fator crucial para o uso ou não do protetor solar, precisamos lembrar que nem todo o Brasil tem invernos tão rigorosos.<br />
  28. 28. Enquanto no Norte, Nordeste e Centro-Oeste a necessidade de protetores solares ainda é evidente, no Sul e Sudeste o uso ainda se restringe à face e às mãos.<br />O grande desafio neste período é estimular as vendas e dar vazão ao estoque, mesmo diante de tantos obstáculos.<br />Além disso era preciso educar o público quanto à necessidade de bloqueadores solares no inverno e estimular um novo comportamento de consumo.<br />O estímulo seria criado através de:<br />-Oferta (Kit).<br /> -Brinde.<br /> -Vale-brindes.<br /> -Amostragrátis.<br />
  29. 29. Imagens tratadas com verniz sensível ao Sol, obrigando que a atividade aconteça em espaços abertos.<br />
  30. 30. Trabalhos acadêmicos<br />
  31. 31. Arno<br />
  32. 32. Objetivo<br />Branding<br />Posicionamento<br />Alta prestabilidade.<br />Slogan: “Você pensa, clique, a Arno faz”.<br />Top ofmind 2009<br />1º lugar na categria Aspiradores de Pó.<br />Core business<br />Eletroportáteis. Ser portátil, então, é uma característica fundamental de seus produtos.FACILIDADE<br />
  33. 33. Público<br />Mulheres, classes B e C, de 25 a 49 anos.<br />(Ipsos-Marplan 2008)<br />Psicográfico<br />Integrados.<br />Buscam segurança.<br />As principais características de uma marca para este público são: Tradicional, Confiável, Carinhosa, Amigável, Encantadora, Prestativa.(Cross Cultural ConsumerCharacterization (4Cs) <br />Tom<br />Útil, objetiva, simples.<br />Reação do público<br />“A Arno era EAXTAMENTE o que eu precisava”<br />
  34. 34.
  35. 35. aldecloedt@gmail.com<br />(11) 3287-2378<br />(11) 7341-6454<br />@aldecloedt<br />www.inconforme.com<br />

×