As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passar...
As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passar...
As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passar...
Métrica – mede o ritmo dos versos<br />(sílaba métrica             sílaba gramatical)<br />Até à última sílaba tónica<br /...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modo lírico

2.247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modo lírico

  1. 1. As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passaram ainda além da Taprobana.<br />Por perigos e guerras esforçados,<br />Mais do que prometia a força humana<br />Entre gente remota edificaram<br />Novo reino, que tanto sublimaram.<br />Estrofe<br />Verso<br />Poema – conjunto de versos agrupados, ou não, em estrofes<br />Estrofe – conjunto de versos<br />Verso – linha de um poema<br />
  2. 2. As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passaram ainda além da Taprobana.<br />Por perigos e guerras esforçados,<br />Mais do que prometia a força humana<br />Entre gente remota edificaram<br />Novo reino, que tanto sublimaram.<br />Rima interpolada:<br />lindo (A)<br />alto (B)<br />planalto (B)<br />vindo (A)<br />Rima cruzada<br />Rima emparelhada<br />Rima pobre – palavras da mesma categoria<br />Rima rica – palavras de categorias diferentes<br />Versos soltos/brancos – sem rima<br />
  3. 3. As armas e os barões assinalados<br />Que, da ocidental praia Lusitana,<br />Por mares nunca dantes navegados,<br />Passaram ainda além da Taprobana.<br />Por perigos e guerras esforçados,<br />Mais do que prometia a força humana<br />Entre gente remota edificaram<br />Novo reino, que tanto sublimaram.<br /> oitava<br />Estrofes:<br />1 – monóstica<br />2 – dístico<br />3 – terceto<br />4 – quadra<br />5 – quintilho<br />6 – sextilha<br />7 – sétima<br />
  4. 4. Métrica – mede o ritmo dos versos<br />(sílaba métrica sílaba gramatical)<br />Até à última sílaba tónica<br />As armas e os barões assinalados<br />Monossílabo<br />Dissílabo<br />Trissílabo<br />Tetrassílabo<br />Pentassílabo<br />Hexassílabo<br />Heptassílabo<br />Octossílabo<br />Eneassílabo<br />Decassílabo<br />Hendecassílabo<br />Alexandrino<br />decassílabo<br />

×