Direitos Humanos

1.397 visualizações

Publicada em

trabalho realizado no ambito da disciplina de História A de 11ºano.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.397
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Direitos Humanos

  1. 1. DIREITOS HUMANOS Trabalho realizado por: Ana Catarina Ramos nº2 11ºA Filipa Lopes nº16 11ºA
  2. 2. “ Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. “ — Artigo 1º
  3. 3. <ul><li>Os direitos humanos são os direitos e liberdades básicos de todos os seres humanos; - O conceito de direitos humanos tem a ideia também de liberdade de pensamento e de expressão e a igualdade perante a lei. - A ideia de direitos humanos tem origem no conceito filosófico de direitos naturais que seriam atribuídos por Deus. </li></ul>
  4. 4. - Documento criado pela ONU a 10 de Dezembro de 1948; - Os seus autores foram John Peters Humphrey (Canadá), Rene Cassin (França), P.C.Chang (China), Charles Malik (Líbano), Elanor Roosevelt (Estados Unidos); - Esta declaração foi criada para todos os cidadãos serem tratados de igual modo. Declaração dos Direitos Humanos
  5. 6. Escravatura <ul><li>A escravatura é a prática social em que um ser humano tem direitos de propriedade sobre outro designado por escravo, ao qual é imposta tal condição por meio da força. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>A escravatura da era moderna está baseada num forte preconceito racial, segundo o qual o grupo étnico ao qual pertence o comerciante é considerado superior, embora já na Antiguidade as diferenças raciais fossem bastante exaltadas entre os povos escravizados, principalmente quando havia fortes disparidades feno típicas. Enquanto modo de produção, a escravatura assenta na exploração do trabalho forçado da mão-de-obra escrava. Os senhores alimentam os seus escravos e apropriam-se do produto restante do trabalho destes. </li></ul>
  7. 8. Escravatura na Antiguidade <ul><li>Grécia: </li></ul><ul><li>Na Civilização grega o trabalho escravo acontecia na mais variada sorte de funções, os escravos podiam ser domésticos, podiam trabalhar no campo, nas minas, na força policial de arqueiros da cidade, podiam ser ourives, remadores de barco, artesãos etc. Para os gregos, tanto as mulheres como os escravos não possuíam direito de voto. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Roma: </li></ul><ul><li>No Império Romano o aumento de riqueza realizava-se mediante a conquista de novos territórios, capazes de fornecer escravos em maior número e mais impostos ao fisco. Contudo arruinavam os pequenos proprietários livres que, mobilizados pelo serviço militar obrigatório, eram obrigados a abandonar as suas terras, das quais acabavam por ser expulsos por dívidas, indo elas engrossar as grandes propriedades cultivadas por mão-de-obra escrava. </li></ul>
  9. 10. CONCLUSÃO <ul><li>A escravatura é um dos casos de maior desrespeito dos direitos humanos. A declaração dos direitos humanos foi criada para estabelecer igualdade entre todos os cidadãos, igualdade que nos dias de hoje ainda não é respeitada por todos os povos. </li></ul><ul><li>Perguntamo-nos como será possível em pleno século vinte e um considerarmo-nos uma nação tão avançada enquanto se pratica algo que vai contra o entendimento do ser Humano, algo praticado à anos atrás? Se calhar não estamos a fazer bem o nosso dever, e não estamos a transmitir a mensagem que devíamos. Sim, porque enquanto temos uma vida de paraíso há muitas pessoas a serem torturadas por crimes que provavelmente não cometeram. “Onde está a justiça?”, é uma das frases mais badaladas e desgostosas que se diz, mas e a mudança deste desgosto? Ninguém toma partido… </li></ul><ul><li>Gostamos de fazer este trabalho, levou-nos a perceber coisas que já tínhamos ouvido falar mas que não tínhamos prestado atenção. </li></ul>

×