Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor
Tavares*1, M. C.; de Jesus Gouveia1, F.
1AmBioDiv – Valor Natural, ...
Uma pequena história…..
O João e a Maria foram fazer um
piquenique na floresta. Brincaram e
correram…
Cansados, adormecera...
Uma pequena história…..
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
O pisco continu...
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Os Serviços dos Ecossistemas representam
diversas escalas de importância para o
Homem e apresentam diversos benefícios,
ve...
1. Suporte
1.1 Ciclo de Nutrientes
1.2 Ciclo Hidrológico
1.3 Produção Primária
…
Serviços não contabilizados directamente
...
2. Provisionamento
2.1 Alimentos
2.1.1 Caça
2.1.2 Colheita de alimentos naturais (potencial)
2.1.3 Pesca
2.1.4 Gado
2.1.5 ...
Serviços de Regulação,
são todos aqueles que
permitem a obtenção de
benefícios através dos
processos naturais de
controlo ...
4. Culturais
4.1 Bem-estar humano
4.1.1 Actividades de recreio
4.1.2 Turismo/Ecoturismo
4.1.3 Paisagem
4.2 Didácticos
4.2....
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Serviços dos Ecossistemas
Contributo
Baixo Médio Elevado
Excelen
te
PRODUÇÃO GERAL
Alimentos (colheita, pecuária, pesca, a...
• ‘Bem Público’ vs ‘Bem Privado’: O futuro dos Mercados de SE deverá passar pela criação
de modelos económicos para os ben...
Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia
V Jornadas Florestais da Macaronésia
Ecossistemas Florestais enquanto Fornec...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor

442 visualizações

Publicada em

V Jornadas Florestais da Macaronésia, Funchal. 2011

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor

  1. 1. Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Tavares*1, M. C.; de Jesus Gouveia1, F. 1AmBioDiv – Valor Natural, Lda, Rua Filipe da Mata, 10, 1º Frente, 1600-071 Lisboa; *mctavares@ambiodiv.com V Jornadas Florestais da Macaronésia
  2. 2. Uma pequena história….. O João e a Maria foram fazer um piquenique na floresta. Brincaram e correram… Cansados, adormeceram à sombra de um sobreiro…Mas o João acordou com uma bolota que lhe caiu na cabeça A Maria ainda dormia e o João aborrecido de estar sozinho, começou a arrancar a casca do tronco do sobreiro, quando chega um pisco-de-peito-ruivo que lhe diz: - Ei, o que estás a fazer? Isso não é para estragar! É a casca do sobreiro, é cortiça! Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Adaptado de Amorim
  3. 3. Uma pequena história….. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia O pisco continuou: - A casca é muito importante, tem muitas aplicações: para fazer rolhas, isolar casas … O João disse: Eu não sabia. Estava só a brincar… - O sobreiro para além de ajudar a economia, protege o ambiente: consegue reter CO2, impede a desertificação do Sul do País e reduz a erosão dos solos, além de albergar imensos animais e plantas Quando a irmã acordou – Nem imaginas o que aconteceu enquanto dormias! Um pisco explicou-me a história do sobreiro e a sua importância enquanto fornecedor de Valor! Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor
  4. 4. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Gestão de um Ecossistema vs Serviço de Ecossistema • Podas • Gestão do subcoberto • Opção de não intervir • Aceiros • Diminuição do risco de incêndio ou de cheias • Maior atractividade para actividades de lazer • Controlo de níveis de erosão
  5. 5. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor A primeira avaliação global do estado dos Ecossistemas Mundiais – Millenium Ecosystem Assessment – constatou que durante os últimos 50 anos, os Ecossistemas se degradaram mais rapidamente do que durante qualquer outro período da história da humanidade.
  6. 6. Os Serviços dos Ecossistemas representam diversas escalas de importância para o Homem e apresentam diversos benefícios, verificáveis através do provisionamento de recursos biológicos (p.e. madeira, alimentação, etc.), da regulação dos sistemas biofísicos (p.e. regulação da qualidade da água e do ar, polinização, etc.), do suporte e funcionalidade (p.e. ciclo da água, formação de solos, fertilidade e capacidade produtiva dos solos, etc.) e dos serviços económicos e culturais directos (p.e. ecoturismo, valor estético da paisagem, valor científico, etc.). Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Quatro Categorias de Serviços de Ecossistemas
  7. 7. 1. Suporte 1.1 Ciclo de Nutrientes 1.2 Ciclo Hidrológico 1.3 Produção Primária … Serviços não contabilizados directamente por estarem implícitos nos demais (especialmente nos de regulação) e permitirem em última instância a sua realização! – Fontes: MEA (2005), EEA Technical report No 3/2010 - Ecosystem accounting and the cost of biodiversity losses , Figueroa & Pasten (2009) e Special Benefit from Ecosystem Services – Economic Assessment of the King Conservation District (2006). Serviços de Suporte - os mais difíceis de serem contabilizados, pois são serviços que por si só conseguem manter os demais serviços, exemplos disto são todos os processos naturais que ocorrem nos ecossistemas, tais como os ciclos de nutrientes, ciclo hidrológico e a produção primária Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Quatro Categorias de Serviços de Ecossistemas
  8. 8. 2. Provisionamento 2.1 Alimentos 2.1.1 Caça 2.1.2 Colheita de alimentos naturais (potencial) 2.1.3 Pesca 2.1.4 Gado 2.1.5 Agricultura 2.2 Recursos endógenos para uso na produção da Herdade 2.2.1 Disponibilidade de água doce 2.3 Produtos florestais 2.3.1 Madeira 2.3.2 Outros resíduos florestais (para servir como biocombustível, para lenha, etc.) 2.3.3 Cortiça 2.3.4 Pinhas, resinas, etc. 2.4 Recursos animais e vegetais 2.4.1 Recursos genéticos 2.4.2 Espécies medicinais e com interesse para a indústria cosmética Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Quatro Categorias de Serviços de Ecossistemas Todo e qualquer bem ou produto extraído a partir dos ecossistemas, como por exemplo, os alimentos, a água doce, a madeira e a fibra são pelos Serviços de Aprovisionamento definidos
  9. 9. Serviços de Regulação, são todos aqueles que permitem a obtenção de benefícios através dos processos naturais de controlo do ecossistema (ex. clima, erosão, água, polinização e protecção contra riscos naturais). Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Quatro Categorias de Serviços de Ecossistemas 3. Regulação 3.1 Ciclos 3.1.1 Retenção, formação do solo e controlo da erosão* 3.1.2 Regulação da água* 3.1.3 Regulação de nutrientes* 3.1.4 Polinização 3.1.5 Regulação climática local (Carbono)* 3.2 Depuração 3.2.1 Biorremediação do solo 3.2.2 Tratamento de resíduos/poluentes 3.2.3 Purificação da água 3.2.4 Qualidade do ar* 3.3 Prevenção 3.3.1 Zonas tampão para controle de cheias 3.3.2 Prevenção/controle de fogos 3.3.3 Prevenção de pragas e doenças 3.3.4 Controle de espécies exóticas 3.3.5 Controlo de matos/pastoreio* 3.4 Funções de Habitat: Refúgio e Reprodução 3.4.1 Manutenção dos habitats* 3.4.2 Áreas de Alto Valor de Conservação (AAVC) e existência de habitats de espécies CR e EN 3.4.3 Funções de banco de biodiversidade*
  10. 10. 4. Culturais 4.1 Bem-estar humano 4.1.1 Actividades de recreio 4.1.2 Turismo/Ecoturismo 4.1.3 Paisagem 4.2 Didácticos 4.2.1 Educação/Interpretação 4.2.2 Pesquisa científica/ Conhecimento ecológico Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Quatro Categorias de Serviços de Ecossistemas Serviços Culturais - podem-se distinguir todas as actividades que promovam o bem-estar humano, tais como as actividades recreativas, o turismo e ecoturismo ou a valorização da paisagem, e actividades do tipo didáctico ou científico, como actividades de investigação que promovam o conhecimento ecológico
  11. 11. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Serviços com nível de abrangência segundo a escala Escala global • uma floresta é uma importante fonte sequestradora de carbono Escala regional • a mesma floresta é importante enquanto filtradora de água ou por proporcionar actividades de recreio à população Escala local • a mesma floresta é importante enquanto fornecedora de lenha ou alimentos para a própria população, então os serviços por ela prestados beneficiam directamente e mais proximamente os habitantes mais próximos desta floresta
  12. 12. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Análises de Mercado p.e. a existência de pastagens naturais para alimentação do gado p.e. quando essas mesmas pastagens são fixadoras de carbono, o qual irá contribuir para a redução do efeito de estufa Avaliar valores de uso directo poderá ser muito mais imediato do que os valores de uso indirecto, até porque alguns valores de uso directo possuem já um preço no mercado, como é exemplo disso, a extracção de cortiça
  13. 13. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Análises de Mercado Garantindo que os ecossistemas prestam os seus serviços não têm que ser gastos recursos financeiros equivalentes à valorização do SE, como por exemplo: SE Floresta Portuguesa Retenção de carbono € 28.000.000 Regulação hídrica € 35.000.000 Protecção do solo € 55.000.000 Protecção da Biodiversidade € 66.000.000 Fonte: Estratégia Nacional para as Florestas
  14. 14. Serviços dos Ecossistemas Contributo Baixo Médio Elevado Excelen te PRODUÇÃO GERAL Alimentos (colheita, pecuária, pesca, aquacultura, alimentos naturais) Materiais (madeira, lã, algodão, cânhamo, seda, biomassa) Recursos genéticos e biotecnologia Bioquímicos, plantas medicinais, farmacêuticos Água potável REGULAÇÃO GERAL Qualidade do ar Controlo climático (Global, regional, local) Regulação da qualidade da água Controlo da erosão Purificação da água e bioremediação Controlo de doenças N/A Controlo de pestes Polinização N/A Regulação dos riscos naturais INFORMAÇÃO GERAL Valores espirituais e religiosos Valores culturais Valores estéticos Recreio e ecoturismo SUPORTE GERAL Solo Fotossíntese Produção primária Ciclo de nutrientes Ciclo hidrológico Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa GouveiaV Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Exemplo Freixo
  15. 15. • ‘Bem Público’ vs ‘Bem Privado’: O futuro dos Mercados de SE deverá passar pela criação de modelos económicos para os bens públicos e integração de modelos de prémio/penalização nos bens privados; • Causalidade entre a gestão agro-florestal e o estado/tendência de conservação dos SE : – Importância de modelos de certificação aplicados à gestão agro-florestal com critérios que forneçam info utilizável na monitorização dos SE • Valorizar SE – quais, como e em que circunstâncias? No caso dos SE que não tenham actualmente um modelo económico associado (p.e. qualidade do ar) e/ou posto em prática pelo proprietário (p.e., ecoturismo) ou sem existência de métricas (p.e. polinização) ou valores base conhecidos (p.e. Água doce) é apenas possível especular sobre a sua importância/relevância no contexto de gestão sustentável da propriedade Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Constrangimentos
  16. 16. Maria do Carmo Tavares Silva & Filipa Gouveia V Jornadas Florestais da Macaronésia Ecossistemas Florestais enquanto Fornecedores de Valor Obrigada pela atenção

×