Domingo sangrento - Prof. Altair Aguilar

471 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Domingo sangrento - Prof. Altair Aguilar

  1. 1. DOMINGO SANGRENTO DOMINGO SANGRENTO (EM RUSSO: КРОВА́ВОЕ ВОСКРЕСЕ́НЬЕ) FOI UM MASSACRE QUE ACONTECEU EM 22 DE JANEIRO (DE ACORDO COM O ANTIGO CALENDÁRIO, 9 DE JANEIRO) DE 1905 NA CIDADE DE SÃO PETERSBURGO, NO IMPÉRIO RUSSO, ONDE MANIFESTANTES PACÍFICOS MARCHARAM ATÉ AO PALÁCIO DE INVERNO PARA APRESENTAR UMA PETIÇÃO AO CZAR NICOLAU II E FORAM BALEADOS PELA GUARDA IMPERIAL. A MARCHA FOI ORGANIZADA PELO PADRE GEORGE GAPON, QUE COLABOROU COM SERGEI ZUBATOV DA OKHRANA, A POLÍCIA SECRETA CZARISTA, PARA DESTRUIR ORGANIZAÇÕES DE TRABALHADORES.
  2. 2. O MASSACRE DO DOMINGO SANGRENTO EM SÃO PETERSBURGO
  3. 3. PRELÚDIO NO MÊS DE DEZEMBRO ANTERIOR, UMA GREVE ACONTECEU NA FÁBRICA PUTILOV. SIMPATIZANTES EM OUTRAS PARTES DA CIDADE AUMENTARAM O NÚMERO DE GREVISTAS PARA CERCA DE 80 MIL. EM 8 DE JANEIRO, A CIDADE NÃO TINHA ELETRICIDADE OU JORNAIS. TODAS AS ÁREAS PÚBLICAS FORAM DECLARADAS FECHADAS. GEORGE GAPON, UM PADRE ORTODOXO RUSSO QUE SE INTERESSAVA PELAS CONDIÇÕES VIVIDAS PELAS CLASSES TRABALHADORAS E INFERIORES, ORGANIZOU UMA PROCISSÃO PACÍFICA DE TRABALHADORES AO PALÁCIO DE INVERNO PARA ENTREGAR UMA PETIÇÃO AO CZAR. A PETIÇÃO, ESCRITA POR GAPON, DEIXAVA CLAROS OS PROBLEMAS E OPINIÕES DOS TRABALHADORES, E PEDIA POR MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO, SALÁRIOS JUSTOS, REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PARA OITO HORAS E CONDENAVA AS HORAS EXTRAS QUE OS DONOS DAS FÁBRICAS FORÇAVAM OS TRABALHADORES A CUMPRIR. OUTRAS DEMANDAS INCLUÍAM O FIM DA GUERRA RUSSO-JAPONESA E A INTRODUÇÃO DO SUFRÁGIO UNIVERSAL. TROPAS FORAM DISPOSTAS AO REDOR DO PALÁCIO DE INVERNO E EM OUTROS LUGARES. O CZAR DEIXOU A CIDADE NO DIA 8 DE JANEIRO E FOI PARA CZARKOE SELO.
  4. 4. TRECHO DO FILME SOVIÉTICO DEVYATOE YANVARYA ("9 DE JANEIRO") (1925) MOSTRANDO UMA LINHA DE SOLDADOS ARMADOS EM FRENTE A MANIFESTANTES QUE SE APROXIMAM AO PALÁCIO DE INVERNO EM SÃO PETERSBURGO ( NA ÉPOCA CONHECIDA COMO PETROGRADO).
  5. 5. MASSACRE NO DOMINGO, 22 DE JANEIRO (O.S. 9 DE JANEIRO) DE 1905, TRABALHADORES EM GREVE E SUAS FAMÍLIAS SE REUNIRAM EM SEIS PONTOS NA CIDADE DE SÃO PETERSBURGO, NO IMPÉRIO RUSSO. ELES ERAM ORGANIZADOS E LIDERADOS PELO PADRE ORTODOXO RUSSO GEORGE GAPON. SEGURANDO ÍCONES RELIGIOSOS E CANTANDO HINOS E CANÇÕES PATRIÓTICAS (PARTICULARMENTE DEUS SALVE O CZAR), UMA MULTIDÃO DE "MAIS DE TRÊS MIL" PESSOAS PROSSEGUIU SEM INTERFERÊNCIA DA POLÍCIA EM DIREÇÃO AO PALÁCIO DE INVERNO, RESIDÊNCIA OFICIAL DO CZAR. A MULTIDÃO NÃO SABIA QUE O CZAR NÃO ESTAVA NO PALÁCIO. OS PIQUETES DO EXÉRCITO PERTO DO PALÁCIO LANÇARAM TIROS DE ADVERTÊNCIA E, EM SEGUIDA, DISPARARAM DIRETAMENTE CONTRA A MULTIDÃO PARA DISPERSÁ-LA. GAPON FOI ALVO DE TIROS PERTO DO ARCO DO TRIUNFO DE NARVA. CERCA DE QUARENTA PESSOAS AO REDOR DELE FORAM MORTAS, NO ENTANTO, ELE NÃO FICOU FERIDO. EMBORA O CZAR NÃO ESTIVESSE NO PALÁCIO DE INVERNO OU MESMO NA CIDADE E NÃO TIVESSE DADO A ORDEM PARA AS TROPAS ATIRAR, ELE RECEBEU TODA A CULPA PELAS MORTES, RESULTANDO EM UMA ONDA DE AMARGURA DO POVO RUSSO CONTRA O CZAR E SEU REGIME AUTOCRÁTICO.
  6. 6. O NÚMERO DE MORTOS É INCERTO, MAS AS AUTORIDADES DA ÉPOCA ASSUMIRAM 96 MORTOS E 333 FERIDOS; FONTES ANTI-GOVERNO AFIRMAM QUE OS TIROS MATARAM MAIS DE QUATRO MIL PESSOAS, ESTIMATIVAS MODERADAS AINDA ESTIPULAM UMA MÉDIA DE CERCA DE MIL MORTOS E FERIDOS, TANTO PELOS TIROS QUANTO PISOTEADOS PELA POPULAÇÃO DURANTE O PÂNICO. OUTRA FONTE OBSERVA QUE A ESTIMATIVA OFICIAL DE MORTOS ERA DE 130 PESSOAS.HÁ RELATOS QUE NO DIA ATÉ A NEVE FICOU VERMELHA O CZAR NICOLAU II DESCREVEU O DIA COMO "DOLOROSO E TRISTE". CONFORME RELATOS, A DESORDEM CIVIL E SAQUES EXPLODIRAM POR TODA A CIDADE. A MARCHA DE GAPON FOI ANIQUILADA NAQUELE DIA E ELE RAPIDAMENTE DEIXOU A RÚSSIA. DE ACORDO COM UMA VERSÃO, AO VOLTAR PARA A RÚSSIA EM OUTUBRO, GAPON É ASSASSINADO POR ORDEM DA ORGANIZAÇÃO DE COMBATE DO PARTIDO SOCIAL-REVOLUCIONÁRIO DEPOIS QUE ELE REVELOU AO SEU AMIGO PINHAS RUTENBERG QUE ESTAVA TRABALHANDO PARA A OKHRANA, A POLÍCIA SECRETA.
  7. 7. ESTE EVENTO FOI CLASSIFICADO PELO EMBAIXADOR BRITÂNICO NA ÉPOCA COMO UM IMPULSO PARA ATIVIDADES REVOLUCIONÁRIAS NA RÚSSIA E CONTRIBUIU PARA A REVOLUÇÃO DE 1905. O ESCRITOR LEO TOLSTOY TAMBÉM FOI AFETADO EMOCIONALMENTE PELO INCIDENTE.
  8. 8. GEORGE GAPON GEORGE GAPON (1870 – 11 DE ABRIL DE 1906) FOI UM PADRE CRISTÃO ORTODOXO RUSSO QUE LIDEROU A MANIFESTAÇÃO QUE EM 22 DE JANEIRO DE 1905 EM SÃO PETERSBURGO PRETENDIA SER RECEBIDA PELO CZAR NICOLAU II DA RÚSSIA NO PALÁCIO DE INVERNO E ENTREGAR UMA PETIÇÃO POR MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA. A MANIFESTAÇÃO FOI REPRIMIDA PELOS SOLDADOS RUSSOS, QUE DISPARARAM SOBRE A MULTIDÃO. SEGUNDO ORLANDO FIGES, O NÚMERO MAIS PROVÁVEL DE VÍTIMAS É DE 200 MORTOS E 800 FERIDOS. OUTRAS FONTES FALAM EM MAIS DE 3 MIL MORTOS, ENTRE PISOTEADOS E BALEADOS. PADRE GEORGE GAPON NÃO FICOU FERIDO, APESAR DOS MAIS DE 40 MORTOS CAÍDOS AO SEU LADO. MAIS TARDE DESCOBRIU-SE QUE GEORGE GAPON TRABALHAVA PARA A POLÍCIA SECRETA CZARISTA. ESTE EPISÓDIO DA HISTÓRIA DA RÚSSIA FICOU CONHECIDO COMO O DOMINGO SANGRENTO. PROCUROU ABRIGO NA CASA DE GORKI. FUGIU DEPOIS PARA A FINLÂNDIA, MAIS TARDE RETORNOU À RÚSSIA, ONDE FOI ASSASSINADO POR INTEGRANTES DA ORGANIZAÇÃO DE COMBATE DO PARTIDO SOCIAL-REVOLUCIONÁRIO.
  9. 9. PALÁCIO DE INVERNO O PALÁCIO DE INVERNO (EM ALFABETO CIRÍLICO: ЗИМНИЙ ДВОРЕЦ) É UM PALÁCIO IMPERIAL DA RÚSSIA. FICA LOCALIZADO EM SÃO PETERSBURGO, ENTRE O CAIS DO PALÁCIO E A PRAÇA DO PALÁCIO. FOI CONSTRUÍDO ENTRE 1754 E 1762 PARA SERVIR DE RESIDÊNCIA DE INVERNO AOS CZARES RUSSOS E SUAS FAMÍLIAS. EM 1764 FOI INICIADA A CONSTRUÇÃO DO SALÃO PEQUENO DO HERMITAGE, QUE DURARIA ATÉ 1775.
  10. 10. PALÁCIO DE INVERNO
  11. 11. IMPÉRIO RUSSO O IMPÉRIO RUSSO (EM RUSSO: РОССИ́ЙСКАЯ ИМПЕ́РИЯ, TRANSLIT. ROSSÍYSKAYA IMPÉRIYA, GRAFADO ATÉ 1918 COMO PОССIЙСКАЯ ИМПЕРIЯ), TAMBÉM CONHECIDO COLOQUIALMENTE COMO RÚSSIA, FOI UM ESTADO QUE COBRIU O LESTE EUROPEU, A ÁSIA CENTRAL E AMÉRICA DO NORTE, DE 1721, QUANDO O CZAR PEDRO I, O GRANDE, ORIUNDO DA DINASTIA ROMANOV, PROCLAMOU O IMPÉRIO E INICIOU O PROCESSO DE EXPANSÃO TERRITORIAL, ATÉ A REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917, QUE DEPÔS O CZAR NICOLAU II, ÚLTIMO IMPERADOR. COMO CENTRO POLÍTICO-CULTURAL, O IMPÉRIO RUSSO SUCEDEU O CZARADO MOSCOVITA E ANTECEDEU A UNIÃO SOVIÉTICA. POR TODA A SUA EXISTÊNCIA, ESTEVE SOB A SOBERANIA DA FAMÍLIA ROMANOV.
  12. 12. COAT OF ARMS OF MOSCOW ROYAL BANNER (1587-1668). FLAG OF TZAR OF MUSCOVIA 1693

×