Brasil e China - Tecnologia da Informação

662 visualizações

Publicada em

Brasil e China - Tecnologia da Informação.
Esta apresentação explora o mercado Brasileiro e Chinês, além das pautas de importação e exportação da China e Brasil, visando o mercado de Tecnologia da Informação em ambos países.

Produzido por: Allyson Chiarini, Andreza Sanches, Fabiana Malanconi, Gabriel Aguillar, Gabriel Francischini, Gustavo Riguete, Iberê Santos, Roberto Lima.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
662
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brasil e China - Tecnologia da Informação

  1. 1. Tecnologia da Informação Allyson Chiarini - Andreza Sanches Fabiana Malanconi - Gabriel Aguillar Gabriel Francischini - Gustavo Riguete Iberê Santos - Roberto Lima
  2. 2. 1.3 bilhão chineses Fonte: Sixth National Population Census of the People's Republic of China (2010) 中国 China 48% +$ Fonte: CIA factbook June 2014 Demografia
  3. 3. 中国 China Pauta de importação e exportação
  4. 4. 中国 China Investimentos Chineses
  5. 5. Fonte: 2014 Brazilian Institute of Geography and Statistics Demografia Brasil Fonte: CIA factbook June 2014 +$$ 202 milhões brasileiros
  6. 6. Pauta de importação e exportação Brasil
  7. 7. Balança comercial Brasil e China Brasil
  8. 8. Brasil Hábitos de consumo
  9. 9. Educação Formação em Engenharia
  10. 10. Publicações e Patentes Educação
  11. 11. TI Fonte: Global Services Location Index (GSLI) and A.T. Kearney | Global Management Consulting Firm (2015) Mercado de Tecnologia – Brasil | China | Mundo
  12. 12. TI Mercado de Tecnologia – e perda de competitividade • Larga escala de Produção para o mundo; • Inovação; • Fortes investimentos em Tecnologia; • Melhores preços; • Mão de obra com baixo custo; • Fortes parcerias comerciais – especialmente com países da AmLatina • Infraestrutura (viária, aérea, ferroviária e hidroviária) • Concorrência direta com produtos Chineses; • Baixo investimento em infraestrutura; • Custo de mão de obra altíssimo; • Custo Brasil (como energia, Impostos); • Perda de mercado para China no Mercosul; • Não há um planejamento a longo prazo Fonte: Site Brasil Econômico 29/01/15 Site Folha de S.Paulo 01/09/14 Site BBC Brasil 25/04/14 Site Estadão 06/09/14
  13. 13. TI Números no setor de TI - Brasil - Previsão de crescimento de 2013 para 2014 – apenas 2%, segundo a ABNEE (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônico); - Aumento das vendas de smartphones e aparelhos de imagem e som (devido a Copa do Mundo); - Queda de vendas de desktop e notebooks. * Fonte ABNEE (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica
  14. 14. TI Lenovo Fundada em 1984 em Pequim, é uma das maiores fabricantes de computadores pessoais do mundo e líder do segmento na China, seu país de origem, de onde também advém 70% do seu faturamento. Xiaomi Tech Conhecida como a Apple chinesa, foi fundada em 2010 e vale cerca de US$ 4,7 mi. Terceira maior fabricante de smartphones do mundo. Huawei Fundada em 1988, é a maior fornecedora de equipamentos para redes e telecomunicações da China e a segunda maior do mundo. Possui uma renda líquida anual de US$ 39,46 bi. Baidu É o Google chinês. Fundada em 2000, é o maior site de buscas na China, e terceiro maior do mundo, ficando atrás apenas de Google e Yahoo. ZTE Também voltada para as telecomunicações, foi fundada em 1985, é a sexta maior fabricante de celulares do mundo. Principais empresas de TI chinesas
  15. 15. Lenovo Group Limited ( 联想集团有限公司 ), anteriormente conhecida como Legend Group Ltde New Technology Developer Incorporated, é uma multinacionalchinesa de tecnologia, situada em Pequim, China, e Morrisville, EUA. A empresa foi fundada em Pequim em 1984 por Liu Chuanzhi, junto de dez engenheiros, sob o nome New Technology Developer Inc.(predecessora da Legend Group), mas a empresa controladora só passou a existir em 1988, em Hong Kong. Em 2005, a Lenovo comprou a Divisão de PCs da IBM. Possui em seu portfólio de produtos os conhecidos desktops e laptops da linha Think - voltado para o uso corporativo, e a linha Idea - com recursos de entretenimento (áudio e vídeo) voltados para o consumidor de varejo. Em outubro de 2011, a Lenovo anunciou uma aliança com a produtora terceirizada de notebooks e PCs, Compal Eletronics. O empreendimento de mais de 300 milhões de dólares provocou o aumento disparado das ações da Lenovo em 11,2% na bolsa de Hong Kong. No Brasil, comprou a empresa de eletroeletrônicos CCE, em setembro de 2012. Em janeiro de 2014, a Lenovo adquiriu a Motorola Mobility da Google por US$ 2,91 bilhões. "Lenovo" é a junção das palavras "Legend" (lenda, em inglês) e "novo". O nome chinês (chinês simplificado: 联想   chinês tradicional: 聯想 ; pinyin: liánxi ng) pode significar "associação" ou "criatividade".ǎ TI
  16. 16. – Legend - Fundada em 1984 – 2003, mudou nome para Lenovo – 2005, comprou a divisão de PCs da IBM (EUA) – 2009, Lenovo mobile – 2011, joint venture com a NEC (Japão) – 2011, comprou Medion (Alemã) – 2011, TVs de LED – 2012, comprou CCE (Brazil) – 2012, comprou Stoneware (EUA) – movimento para Software – 2012, joint venture com a EMC (EUA) – movimento para Servidores – 2013, joint venture Google / Android – 2013, parceria Sharp (Japão) – 2014, comprou Motorola (EUA) – 2014, comprou Wandoujia App (China) – 2014, anuncio de Tablets Android – 2014, comprou divisão de servidores IBM (EUA) – Operações em mais de 60 países Mercados: -PCs / Desktops - Servidores -Periféricos -Placas -Tablet -Telefonia / Celulares -Roteadores -Purificador de ar -TVs -Software -Games -Cloud Computing -BigData -Serviços TI Presentes no mercado Brasileiro
  17. 17. * Fonte Revista Época Negócios (2014) TI
  18. 18. Pontos Fortes •Maior escala regional do que concorrentes; •Forte relacionamento com grandes varejistas do setor •Investidores Pontos Fortes Fonte: Site Positivo informática •Desenvolvimento de produtos com diferenciais (como o 1° PC TV) •Assistência Técnica em todos cidades do Brasil •Estrutura organizacional mundial; •Aquisições de grandes marcas •Escala de produção mundial •Liderança mundial em outras linhas de produtos •Estratégia de atuar em outros setores como servidores Fonte: Datacenterdynamics 16/10/14 Site BBC 12/07/12 TI
  19. 19. Principais tendências / previsões 2015 1. Crescimento dos gastos globais com TIC +$3.8T (Telco + TI) 2. Serviços de telecomunicações +13% (wireless data) 3. Dispositivos e aplicativos móveis +40% (exclui serviços de Telco) 4. Gastos com serviços na nuvem crescentes 5. Gastos com soluções em BigData & Analytics 6. IoT – Internet das Coisas 7. 3ª Plataforma - Transformação em Data Centers (armazenamento movendo-se para nuvem) 8. 3ª Plataforma não só em TI, mas em outras indústrias (Serviços financeiros; segurança, obras públicas e transporte; serviços de varejo por geolocalização) 9. Aceleradores de Inovação (computação cognitiva / analytics e impressão 3D) 10. China – será o mercado mais influente Fonte: IDC predictions 2015 Mainframes PCs, Redes Locais e Internet Cloud Computing, Big Data, Mobile e Redes Sociais TI
  20. 20. Allyson Chiarini - Andreza Sanches - Fabiana Malanconi - Gabriel Aguillar Gabriel Francischini - Gustavo Riguete - Iberê Santos - Roberto Lima

×