Maria Cristina | OIS 2012 | Painel de estudo de casos Brasileiros: o que aprendemos até o momento?

739 visualizações

Publicada em

12/11/2012 - 10:20

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maria Cristina | OIS 2012 | Painel de estudo de casos Brasileiros: o que aprendemos até o momento?

  1. 1. Inovação Aberta na Petrobras Open Innovation Seminar São Paulo, 12 de Novembro de 2012Maria Cristina Espinheira SabaGerente de Estratégia TecnológicaCentro de Pesquisas e Desenvolvimento (CENPES)
  2. 2. Motivadores para Inovação na Petrobras Substanciais reservas de Descobertas do pré-sal em Novas áreas de partilha de óleo em águas profundas águas ultraprofundas da produção – Cessão na Bacia de Campos Bacia de Santos Onerosa (1984) (2006) (2011) Necessidade de Adoção de Novas Tecnologias Competitividade Sustentabilidade
  3. 3. Principais resultados da última década Reservas (SPE) Reservas (SPE) Produção Produção 2001 2011 2001 2011 16,4 2,6 1.6 x 1.5 x 10,6 1,7 Valor de Mercado (bilhões de US$) Bilhões de boe Milhôes de boe/d 2001 - 24,4 7x Receita de Vendas 2011 Receita de Vendas - 174 Lucro Líquido Lucro Líquido 2001 2011 2001 2011 145,9 20,1 4.3 x 5x 34 3,5 Bilhões de US$ Bilhões de US$Copyright © by Petróleo Brasileiro S/A
  4. 4. Recordes da Petrobras 1992 2001
  5. 5. Petrobras é a 2ª empresa O&G mais admirada no mundo pela inovação, segundo a revista FortuneCopyright © by Petróleo Brasileiro S/A
  6. 6. CENPES: Centro de Pesquisas da Petrobras CENPES Expansão CENPES  Instalações Originais  Centro de Pesquisas e Desenvolvimento  Leopoldo Américo Miguez de MelloCopyright © by Petróleo Brasileiro S/A
  7. 7. Estrutura Organizacional do CENPES P&D P&D em  P&D em Geoengenharia e  Geociências P&D em  Engenharia de Poço Engenharia de  Produção P&D em Abastecimento e  Biocombustíveis P&D em Gás, Energia e   Cenpes Desenvolvimento Sustentável EB Engenharia Básica Engenharia Básica em Exploração e Produção Gestão de em Gás, Energia Tecnologia e Abastecimento
  8. 8. Práticas de Inovação Aberta Geração de Idéias Spin‐offs e  • Eventos presenciais Licenciamentos • Redes sociais e crowdsourcing Aquisição de  Tecnologia Baseado em Henry Chesbrough, 2003 Aquisição de  Empresas  de Base Tecnológica Pesquisa Colaborativa • Redes de universidades e institutos de C,T&I • Parcerias com empresas
  9. 9. Petrobras aplicando o Conceito de Inovação AbertaFunil da Inovação Academia e Instituições de P&D Benefícios  econômicos,  sociais e  ambientais  pelo uso da  tecnologiaPetrobras Setor Produtivo
  10. 10. Petrobras aplicando o Conceito de Inovação AbertaExemplos
  11. 11. Petrobras aplicando o Conceito de Inovação AbertaArticulação com as Universidades e Indústria Universidades e Instituições  Internacionais FornecedoresBens e Serviços Operadores Universidades e Instituições de Pesquisa Brasileiras
  12. 12. Petrobras aplicando o Conceito de Inovação AbertaAmpliando a Capacidade Brasileira de Inovação Parcerias com Universidades  e  Institutos de Pesquisa Laboratórios de nível  mundial  4 vezes a área construída do  CENPES original Pesquisadores  Petrobras 1 Pesquisadores = 15 Externos Fonte: IPEA Articulação com  120 Universidades Brasileiras,  através de 50 redes temáticas
  13. 13. Expandindo a capacidade Brasileira de P&D Instalação de Centros de Tecnologia de grandes empresas no Brasil Parceria com fornecedores Parceria com fornecedoresCopyright © by Petróleo Brasileiro S/A
  14. 14. Fomento ao crescimento de empresas de base tecnológica PAM Membranas (Remoção de Sólidos de H2O) (Inspeção de Risers e Cascos) (Softwares Científicos) Alis (Desenvolvimento, Manutenção e Treinamento de softwares Tecgraph – PUC-RJ) Deta X (Monitoração de Turbomáquinas) (Reparo de Dutos) (Inpeção de dutos por pigs) (Inspeção e Robótica) (Monitoração de Risers Flexíveis) (Monitoração de corrosão) (Serviços de (Bóias Oceanográficas) Engenharia Naval)
  15. 15. Petrobras aplicando o Conceito de Inovação Aberta Reversa ação  ra a Inov e pa rtunidad Opo
  16. 16. Inovação Reversa:Desenvolvimento de CASCADE – CHINOOK• Primeiro FPSO a operar no Golfo do México – EUA;• Primeira campo com exportação de óleo através de navios aliviadores nos EUA;• Sistema de produção flutuante mais profundo (2500m);• Primeira operação de pull-in de umbilicais utilizando guincho submarino;• Free Standing Hybrid Riser mais profundo e com maior pressão (2500m);• Pipe-in-pipe mais profundo (2700m);• Sistema Boosting submarino mais profundo (2700m);• Oleoduto de exportação mais profundo (2500m);• Primeira aplicação de Single Trip Multi-Zone – Frac Pac System (3 zonas) em poços profundo (7500m) em águas ultra profundas (2500m); Primeiro Óleo março 2012
  17. 17. Considerações  As  inovações  normalmente  nascem  nas  universidades  e  nos centros  de  pesquisa,  são  consolidadas  na  indústria  e  nas companhias de serviço e finalmente testadas pela operadoras.  Cada  vez  mais  as  empresas  de  serviços  e  os  fabricantes, estimulados  pelas  operadoras,  serão  co‐responsáveis  pelas inovações na indústria do petróleo.
  18. 18. Considerações  Inovações tecnológicas da indústria nacional na área de óleo e  gás  são  bem  vindas  pela  Petrobras,  que  está disposta  a compartilhar  os  riscos  em  novos  desenvolvimentos,  visando consolidar  os  níveis  desejáveis  de  conteúdo  local  nos  seus empreendimentos.
  19. 19. Novos desafios, energia para inovações novas fronteiras abertas
  20. 20. Muito Obrigado! São Paulo, 12 de novembro de 2012 Maria Cristina Espinheira Saba Gerente de Estratégia TecnológicaCentro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras

×