NÍVEIS
DE
EXPRESSÃO
Interpretação de Texto
Monitor: Alisson R. Santori
CONCEITO DE SIGNO:
O texto apresenta dois grandes níveis:
Nível de Conteúdo: é explorada as relações de
sentido do texto
N...
Forma do texto (Expressão) ->
Significante
Conteúdo do texto -> Significado
SIGNO:
Tudo aquilo que possui um significante e um
significado, apresenta uma dupla face.
SIGNIFICANTE:
Trata-se da parte sensível;
Imagem acústica (Fonema)
Ou imagem Gráfica (Letra)
(elementos que estão na super...
SIGNIFICADO:
É a parte ausente;
O conteúdo
Aquilo que esta Intrinseco ou Subentendido
SIGNIFICAÇÃO:
Relação entre significante e significado
EXISTÊNCIA DO SIGNO:
1.1. O que pode ser Signo para algumas
sociedades para outras pode não ser;
Ex:
A foice e o martelo n...
SIGNO E REFERENTE:
O referente é a coisa em si. O signo é a
representação linguistica ou visual do refente
Ex:
Referente: ...
SIGNO VISUAL -X- SIGNO VERBAL
O signo visual é iconico (imagem);
O signo Verbal é arbitrario (muda de cultura para
cultura...
CORAÇÃOCABEÇA:
(Augusto de Campos)
Meu coração não cabe em minha cabeça.
Minha cabeça não cabe em meu coração.
OBSERVE AS IMAGENS:
O Nascimento da Vênus, de Botticelli
Logotipo da Shell
Na primeira imagem, o objeto concha deve ser
compreendido como símbolo da fecundidade, pois
dele brota a figura da Vênus. ...
O signo é um objeto material que representa
outro, isto é, está no lugar de outro, diferente
dele mesmo. Veja outro exempl...
No lugar do objeto real, está um conjunto de sinais
gráficos, as letras, que pode ser decifrado por
quem conheça o código,...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Niveis de expressão

685 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
685
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Niveis de expressão

  1. 1. NÍVEIS DE EXPRESSÃO Interpretação de Texto Monitor: Alisson R. Santori
  2. 2. CONCEITO DE SIGNO: O texto apresenta dois grandes níveis: Nível de Conteúdo: é explorada as relações de sentido do texto Nível de Expressão: é explorado os recursos gráficos, visuais, fonéticos, sintáticos (elementos que estão na superfície do texto)
  3. 3. Forma do texto (Expressão) -> Significante Conteúdo do texto -> Significado
  4. 4. SIGNO: Tudo aquilo que possui um significante e um significado, apresenta uma dupla face.
  5. 5. SIGNIFICANTE: Trata-se da parte sensível; Imagem acústica (Fonema) Ou imagem Gráfica (Letra) (elementos que estão na superfície do texto)
  6. 6. SIGNIFICADO: É a parte ausente; O conteúdo Aquilo que esta Intrinseco ou Subentendido
  7. 7. SIGNIFICAÇÃO: Relação entre significante e significado
  8. 8. EXISTÊNCIA DO SIGNO: 1.1. O que pode ser Signo para algumas sociedades para outras pode não ser; Ex: A foice e o martelo no antigo sistema comunista eram signos (Símbolos) da união entre o povo do campo e o povo da cidade 1.2. Em outras sociedades eram apenas objetos.
  9. 9. SIGNO E REFERENTE: O referente é a coisa em si. O signo é a representação linguistica ou visual do refente Ex: Referente: O objeto; Caneta. Signo: A palavra “caneta’’ ou o desenho da caneta
  10. 10. SIGNO VISUAL -X- SIGNO VERBAL O signo visual é iconico (imagem); O signo Verbal é arbitrario (muda de cultura para cultura) e não icônico.
  11. 11. CORAÇÃOCABEÇA: (Augusto de Campos) Meu coração não cabe em minha cabeça. Minha cabeça não cabe em meu coração.
  12. 12. OBSERVE AS IMAGENS: O Nascimento da Vênus, de Botticelli Logotipo da Shell
  13. 13. Na primeira imagem, o objeto concha deve ser compreendido como símbolo da fecundidade, pois dele brota a figura da Vênus. Na segunda, por outro lado, ela é o símbolo de uma empresa. Em ambos os casos, a imagem da concha não remete à coisa que chamamos de concha no sentido literal, estrito. Nos dois casos, portanto, ela é um signo.
  14. 14. O signo é um objeto material que representa outro, isto é, está no lugar de outro, diferente dele mesmo. Veja outro exemplo: CONCHA
  15. 15. No lugar do objeto real, está um conjunto de sinais gráficos, as letras, que pode ser decifrado por quem conheça o código, no caso a língua portuguesa. A linguagem é de natureza simbólica. Quando uma pessoa fala, escreve, desenha, pinta, compõe uma música está usando um conjunto de sinais - sons, letras, traços, cores - para expressar alguma coisa.

×