Crise sem s

941 visualizações

Publicada em

Aumente a Motivação.
Mas faça-o a sério.
Com ciência. Com Psicologia. Com Psicologia Positiva.
Um intervenção psicológica por Drº Alfredo Leite

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
941
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
46
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Gosta? (Sim. Ainda bem! Pode ser que me dê alguma vantagem…) Não! Oh, que pena já estou trabado… Há dois pontos muito importantes que justificam a realização desta Acção de Formação/Palestra: Por um lado, ao nível do indivíduo. Ele tem sentido a Crise. Não só no aumento dos preços, mas também no clima de crise psicológica que se instala. É o pessimismo. Acreditamos que, como cidadãos, devemos tentar contrariar o clima de pessimismo. Por si só, não leva a nada. Pelo contrário. Naturalmente que queremos saber a realidade. Mas pisar, repisar, ruminar…desgasta e desmotiva. A Crise, a existente e a percepcionada, é um dos factores que ajudar a dizer: Organizar esta Acção de Formação para os seus Colaboradores é muito importante. E acreditamos, será útil e marcante. Ferramentas para lidar com a Crise. PS: Já agora, não gostamos muito da palavra Crise. Porquê? Parece estar banalizada. E banalizar um conceito é meio caminho andado para andarmos de braços cruzados. Não podemos considerar “normal” o que não é normal. Por exemplo, falamos tanto em Aquecimento Global que quase já parece normal. E depois agimos pouco. Ou falamos tanto em Motivação que parece que chega para andarmos motivados. Ou rimos numa Palestra e parece que isso vai fazer com que fiquemos contentes para sempre. E as ferramentas ? E os truques? E as pistas práticas? Ainda ao nível do indivíduo, outros dois factores determinantes. Somos cada vez mais uma população envelhecida. Temos cada vez mais esperança de vida. O que fazer com o tempo que nos irá sobrar? Como lidar com o nosso próprio envelhecimento ? Ferramentas para lidar com o tempo livre, com o saber envelhecer. O outro ponto diz respeito à própria realidade corporativa. Competição. Sociedade e Mercado de Trabalho cada vez mais competitivos. Ainda bem. Sinais dos tempos. Todo o gestor quer ganhar. Ser o melhor. Ter a empresa premiada. Ser líder. Continuar líder. Voltar a ser líder. Sabemos isto. E desejamos ajudar. Simultaneamente a palavra Motivação também é sempre abordada quando nos lembramos de empresas. Acreditamos que estas acções podem aumentar o espírito de grupo, melhorar o ambiente no trabalho e promover uma competição positiva. PS: Falamos de forma clara. Olhamos as pessoas nos olhos, fazemo-los sentir ouvidos e compreendidos. Psicologia Positiva Os tempos que correm O melhor de 3 Mundos Como desejam? A Acção de Formação/Palestra é vossa. Têm toda a liberdade para nos indicar se desejam: Na Praia No Congresso Entre outras Palestras Depois de uma Reunião De surpresa no Fim de Semana da Empresa Com duas horas. Ou com quatro. Ou um fim de semana. Ou 20 minutos, “á TED”,… O que querem? Não temos Sessões pré-feitas. Não queremos que arrefeçam. Tal como a maioria das comidas nos sabem melhor quando são feitas de propósito para nós, também as nossas sessões funcionam melhor porque são adaptadas às realidades e exigências do mundo da sua empresa. E não o dizemos de ânimo leve ou porque fica bem falar em Briefings ou em “adaptação às necessidades do cliente”. Fazemo-lo porque está no código genético dos bons psicólogos e daqueles que se movimentam profissionalmente na psicologia. De certeza que já ouviu um jargão da psicologia: Cada caso é um caso. Sabemos isso. E concretizamos através de um excelente Briefing. Com ele, conhecemos, interpretamos, adaptamos e concretizamos. PS: E, já agora, podemos reforçar que esta adaptação, não é só conseguida no Briefing. Durante as nossas sessões, e fruto do nosso “músculo psicologioca” as pessoas sentem que estamos a falar com elas. E não para elas. Esta adaptação a cada grupo, a cada momento que o grupo está a viver é uma grande mais valia e vantagem do nosso Projecto. Por quanto tempo? Por quanto tempo quer que o investimento feito na Acção de Formação ou Palestra tenha retorno? Para nós reside aqui a grande diferença entre uma Acção de Formação e “A” Acção de Formação. Entre uma Palestra Motivacional e “A” Palestra Motivacional. Todos desejamos que as ideias e conceitos trabalhados sejam entendidos, compreendidos, mas, sobretudo, desejamos que sejam colocados em prática. De nada (pouco) serve sabermos técnicas de controlo de stress no trabalho de depois não as colocarmos em prática. E mais! Desejamos ir ainda mais longe. Queremos que estas ideias práticas sejam repetidas depois, sejam interpretadas e reinventadas pelos participantes, mas queremos que perdurem no tempo. Temos como objectivo fazer durar os ensinamentos, temos como objectivo a mudança de hábitos a longo prazo. Mais uma vez, o melhor de dois mundos. Uma Acção divertida, positiva, inovadora, uma acção em que o tempo passa rápido e em que se vive também entretenimento, mas que promove a mudança, a evolução. Neste campo, para atingirmos esta meta, uma das estratégias que utilizamos é disponibilizar um endereço de email para os Formandos/Participantes, poderem apresentar dúvidas, partilhar questões e propor ideias. Esta poderosa ferramenta vai fazer a Acção estar viva na realidade dos participantes por mais tempo. Passará assim mais facilmente para o lado emocional. O valor de uma Licenciatura “ Lembre-se que a Arca de Noé foi construída por amadores e o Titanic por profissionais”. Autor desconhecido A Licenciatura em Psicologia, Ramo Educacional no ISPA foi-me muito útil. O CAP também. Mas o que me deu força e capacidade para ajudar as pessoas a melhorarem e a criarem mais capacidade de agir em direcção aos objectivos, foi o complexo trabalho de cruzar o conhecimento académico, com pesquisa pessoal (por exemplo, tudo sobre Seligman, desde 1990 com Learned Optimism até 2003 com Authentic Hapiness: Using the new positive psychology to realize your potencial for lasting fulfilment, passando pelos portugueses autores de Organizações Positivas – Manual de Trabalho e Formação para desenvolver as forças dos indivíduos e das organizações) e a pratica de centenas de Palestras e Acções de Formação em Escolas de todo o país. As Escolas pediam abordagens a temas diversos. Promoção da Leitura, Educação Ambiental e Promoção da Saúde. Na minha ânsia de “sair com a Psicologia dos Consultórios e Gabinetes”, descobri que a Psicologia Positiva me dava uma base para abordar todos os temas. Ser Professor numa faculdade, publicar dezenas de artigos em publicações nacionais e internacionais, traz um excelente Curriculum. Mas nós somos de uma geração que acredita que C.V. deverá significar Canal de Vendas e não Curriculum Vitae. Acreditamos na prática. No contacto com as pessoas. Queremos trazer benefícios para a sua empresa com o nosso trabalho. É nisso que estamos 100% concentrados. O nosso perfil e percurso é feito nas Escolas, nas Bibliotecas, com alunos, com Pais, com Professores, com Assistentes Operacionais e com empresários. Pessoas verdadeiras, com problemas muito concretos. Pessoas que esperam que alguém leia, estude e desenvolva a boa parte da teoria e a recoloque para resolver problemas verdadeiros.
  • Gosta? (Sim. Ainda bem! Pode ser que me dê alguma vantagem…) Não! Oh, que pena já estou trabado… Há dois pontos muito importantes que justificam a realização desta Acção de Formação/Palestra: Por um lado, ao nível do indivíduo. Ele tem sentido a Crise. Não só no aumento dos preços, mas também no clima de crise psicológica que se instala. É o pessimismo. Acreditamos que, como cidadãos, devemos tentar contrariar o clima de pessimismo. Por si só, não leva a nada. Pelo contrário. Naturalmente que queremos saber a realidade. Mas pisar, repisar, ruminar…desgasta e desmotiva. A Crise, a existente e a percepcionada, é um dos factores que ajudar a dizer: Organizar esta Acção de Formação para os seus Colaboradores é muito importante. E acreditamos, será útil e marcante. Ferramentas para lidar com a Crise. PS: Já agora, não gostamos muito da palavra Crise. Porquê? Parece estar banalizada. E banalizar um conceito é meio caminho andado para andarmos de braços cruzados. Não podemos considerar “normal” o que não é normal. Por exemplo, falamos tanto em Aquecimento Global que quase já parece normal. E depois agimos pouco. Ou falamos tanto em Motivação que parece que chega para andarmos motivados. Ou rimos numa Palestra e parece que isso vai fazer com que fiquemos contentes para sempre. E as ferramentas ? E os truques? E as pistas práticas? Ainda ao nível do indivíduo, outros dois factores determinantes. Somos cada vez mais uma população envelhecida. Temos cada vez mais esperança de vida. O que fazer com o tempo que nos irá sobrar? Como lidar com o nosso próprio envelhecimento ? Ferramentas para lidar com o tempo livre, com o saber envelhecer. O outro ponto diz respeito à própria realidade corporativa. Competição. Sociedade e Mercado de Trabalho cada vez mais competitivos. Ainda bem. Sinais dos tempos. Todo o gestor quer ganhar. Ser o melhor. Ter a empresa premiada. Ser líder. Continuar líder. Voltar a ser líder. Sabemos isto. E desejamos ajudar. Simultaneamente a palavra Motivação também é sempre abordada quando nos lembramos de empresas. Acreditamos que estas acções podem aumentar o espírito de grupo, melhorar o ambiente no trabalho e promover uma competição positiva. PS: Falamos de forma clara. Olhamos as pessoas nos olhos, fazemo-los sentir ouvidos e compreendidos. Psicologia Positiva Os tempos que correm O melhor de 3 Mundos Como desejam? A Acção de Formação/Palestra é vossa. Têm toda a liberdade para nos indicar se desejam: Na Praia No Congresso Entre outras Palestras Depois de uma Reunião De surpresa no Fim de Semana da Empresa Com duas horas. Ou com quatro. Ou um fim de semana. Ou 20 minutos, “á TED”,… O que querem? Não temos Sessões pré-feitas. Não queremos que arrefeçam. Tal como a maioria das comidas nos sabem melhor quando são feitas de propósito para nós, também as nossas sessões funcionam melhor porque são adaptadas às realidades e exigências do mundo da sua empresa. E não o dizemos de ânimo leve ou porque fica bem falar em Briefings ou em “adaptação às necessidades do cliente”. Fazemo-lo porque está no código genético dos bons psicólogos e daqueles que se movimentam profissionalmente na psicologia. De certeza que já ouviu um jargão da psicologia: Cada caso é um caso. Sabemos isso. E concretizamos através de um excelente Briefing. Com ele, conhecemos, interpretamos, adaptamos e concretizamos. PS: E, já agora, podemos reforçar que esta adaptação, não é só conseguida no Briefing. Durante as nossas sessões, e fruto do nosso “músculo psicologioca” as pessoas sentem que estamos a falar com elas. E não para elas. Esta adaptação a cada grupo, a cada momento que o grupo está a viver é uma grande mais valia e vantagem do nosso Projecto. Por quanto tempo? Por quanto tempo quer que o investimento feito na Acção de Formação ou Palestra tenha retorno? Para nós reside aqui a grande diferença entre uma Acção de Formação e “A” Acção de Formação. Entre uma Palestra Motivacional e “A” Palestra Motivacional. Todos desejamos que as ideias e conceitos trabalhados sejam entendidos, compreendidos, mas, sobretudo, desejamos que sejam colocados em prática. De nada (pouco) serve sabermos técnicas de controlo de stress no trabalho de depois não as colocarmos em prática. E mais! Desejamos ir ainda mais longe. Queremos que estas ideias práticas sejam repetidas depois, sejam interpretadas e reinventadas pelos participantes, mas queremos que perdurem no tempo. Temos como objectivo fazer durar os ensinamentos, temos como objectivo a mudança de hábitos a longo prazo. Mais uma vez, o melhor de dois mundos. Uma Acção divertida, positiva, inovadora, uma acção em que o tempo passa rápido e em que se vive também entretenimento, mas que promove a mudança, a evolução. Neste campo, para atingirmos esta meta, uma das estratégias que utilizamos é disponibilizar um endereço de email para os Formandos/Participantes, poderem apresentar dúvidas, partilhar questões e propor ideias. Esta poderosa ferramenta vai fazer a Acção estar viva na realidade dos participantes por mais tempo. Passará assim mais facilmente para o lado emocional. O valor de uma Licenciatura “ Lembre-se que a Arca de Noé foi construída por amadores e o Titanic por profissionais”. Autor desconhecido A Licenciatura em Psicologia, Ramo Educacional no ISPA foi-me muito útil. O CAP também. Mas o que me deu força e capacidade para ajudar as pessoas a melhorarem e a criarem mais capacidade de agir em direcção aos objectivos, foi o complexo trabalho de cruzar o conhecimento académico, com pesquisa pessoal (por exemplo, tudo sobre Seligman, desde 1990 com Learned Optimism até 2003 com Authentic Hapiness: Using the new positive psychology to realize your potencial for lasting fulfilment, passando pelos portugueses autores de Organizações Positivas – Manual de Trabalho e Formação para desenvolver as forças dos indivíduos e das organizações) e a pratica de centenas de Palestras e Acções de Formação em Escolas de todo o país. As Escolas pediam abordagens a temas diversos. Promoção da Leitura, Educação Ambiental e Promoção da Saúde. Na minha ânsia de “sair com a Psicologia dos Consultórios e Gabinetes”, descobri que a Psicologia Positiva me dava uma base para abordar todos os temas. Ser Professor numa faculdade, publicar dezenas de artigos em publicações nacionais e internacionais, traz um excelente Curriculum. Mas nós somos de uma geração que acredita que C.V. deverá significar Canal de Vendas e não Curriculum Vitae. Acreditamos na prática. No contacto com as pessoas. Queremos trazer benefícios para a sua empresa com o nosso trabalho. É nisso que estamos 100% concentrados. O nosso perfil e percurso é feito nas Escolas, nas Bibliotecas, com alunos, com Pais, com Professores, com Assistentes Operacionais e com empresários. Pessoas verdadeiras, com problemas muito concretos. Pessoas que esperam que alguém leia, estude e desenvolva a boa parte da teoria e a recoloque para resolver problemas verdadeiros.
  • Gosta? (Sim. Ainda bem! Pode ser que me dê alguma vantagem…) Não! Oh, que pena já estou trabado… Há dois pontos muito importantes que justificam a realização desta Acção de Formação/Palestra: Por um lado, ao nível do indivíduo. Ele tem sentido a Crise. Não só no aumento dos preços, mas também no clima de crise psicológica que se instala. É o pessimismo. Acreditamos que, como cidadãos, devemos tentar contrariar o clima de pessimismo. Por si só, não leva a nada. Pelo contrário. Naturalmente que queremos saber a realidade. Mas pisar, repisar, ruminar…desgasta e desmotiva. A Crise, a existente e a percepcionada, é um dos factores que ajudar a dizer: Organizar esta Acção de Formação para os seus Colaboradores é muito importante. E acreditamos, será útil e marcante. Ferramentas para lidar com a Crise. PS: Já agora, não gostamos muito da palavra Crise. Porquê? Parece estar banalizada. E banalizar um conceito é meio caminho andado para andarmos de braços cruzados. Não podemos considerar “normal” o que não é normal. Por exemplo, falamos tanto em Aquecimento Global que quase já parece normal. E depois agimos pouco. Ou falamos tanto em Motivação que parece que chega para andarmos motivados. Ou rimos numa Palestra e parece que isso vai fazer com que fiquemos contentes para sempre. E as ferramentas ? E os truques? E as pistas práticas? Ainda ao nível do indivíduo, outros dois factores determinantes. Somos cada vez mais uma população envelhecida. Temos cada vez mais esperança de vida. O que fazer com o tempo que nos irá sobrar? Como lidar com o nosso próprio envelhecimento ? Ferramentas para lidar com o tempo livre, com o saber envelhecer. O outro ponto diz respeito à própria realidade corporativa. Competição. Sociedade e Mercado de Trabalho cada vez mais competitivos. Ainda bem. Sinais dos tempos. Todo o gestor quer ganhar. Ser o melhor. Ter a empresa premiada. Ser líder. Continuar líder. Voltar a ser líder. Sabemos isto. E desejamos ajudar. Simultaneamente a palavra Motivação também é sempre abordada quando nos lembramos de empresas. Acreditamos que estas acções podem aumentar o espírito de grupo, melhorar o ambiente no trabalho e promover uma competição positiva. PS: Falamos de forma clara. Olhamos as pessoas nos olhos, fazemo-los sentir ouvidos e compreendidos. Psicologia Positiva Os tempos que correm O melhor de 3 Mundos Como desejam? A Acção de Formação/Palestra é vossa. Têm toda a liberdade para nos indicar se desejam: Na Praia No Congresso Entre outras Palestras Depois de uma Reunião De surpresa no Fim de Semana da Empresa Com duas horas. Ou com quatro. Ou um fim de semana. Ou 20 minutos, “á TED”,… O que querem? Não temos Sessões pré-feitas. Não queremos que arrefeçam. Tal como a maioria das comidas nos sabem melhor quando são feitas de propósito para nós, também as nossas sessões funcionam melhor porque são adaptadas às realidades e exigências do mundo da sua empresa. E não o dizemos de ânimo leve ou porque fica bem falar em Briefings ou em “adaptação às necessidades do cliente”. Fazemo-lo porque está no código genético dos bons psicólogos e daqueles que se movimentam profissionalmente na psicologia. De certeza que já ouviu um jargão da psicologia: Cada caso é um caso. Sabemos isso. E concretizamos através de um excelente Briefing. Com ele, conhecemos, interpretamos, adaptamos e concretizamos. PS: E, já agora, podemos reforçar que esta adaptação, não é só conseguida no Briefing. Durante as nossas sessões, e fruto do nosso “músculo psicologioca” as pessoas sentem que estamos a falar com elas. E não para elas. Esta adaptação a cada grupo, a cada momento que o grupo está a viver é uma grande mais valia e vantagem do nosso Projecto. Por quanto tempo? Por quanto tempo quer que o investimento feito na Acção de Formação ou Palestra tenha retorno? Para nós reside aqui a grande diferença entre uma Acção de Formação e “A” Acção de Formação. Entre uma Palestra Motivacional e “A” Palestra Motivacional. Todos desejamos que as ideias e conceitos trabalhados sejam entendidos, compreendidos, mas, sobretudo, desejamos que sejam colocados em prática. De nada (pouco) serve sabermos técnicas de controlo de stress no trabalho de depois não as colocarmos em prática. E mais! Desejamos ir ainda mais longe. Queremos que estas ideias práticas sejam repetidas depois, sejam interpretadas e reinventadas pelos participantes, mas queremos que perdurem no tempo. Temos como objectivo fazer durar os ensinamentos, temos como objectivo a mudança de hábitos a longo prazo. Mais uma vez, o melhor de dois mundos. Uma Acção divertida, positiva, inovadora, uma acção em que o tempo passa rápido e em que se vive também entretenimento, mas que promove a mudança, a evolução. Neste campo, para atingirmos esta meta, uma das estratégias que utilizamos é disponibilizar um endereço de email para os Formandos/Participantes, poderem apresentar dúvidas, partilhar questões e propor ideias. Esta poderosa ferramenta vai fazer a Acção estar viva na realidade dos participantes por mais tempo. Passará assim mais facilmente para o lado emocional. O valor de uma Licenciatura “ Lembre-se que a Arca de Noé foi construída por amadores e o Titanic por profissionais”. Autor desconhecido A Licenciatura em Psicologia, Ramo Educacional no ISPA foi-me muito útil. O CAP também. Mas o que me deu força e capacidade para ajudar as pessoas a melhorarem e a criarem mais capacidade de agir em direcção aos objectivos, foi o complexo trabalho de cruzar o conhecimento académico, com pesquisa pessoal (por exemplo, tudo sobre Seligman, desde 1990 com Learned Optimism até 2003 com Authentic Hapiness: Using the new positive psychology to realize your potencial for lasting fulfilment, passando pelos portugueses autores de Organizações Positivas – Manual de Trabalho e Formação para desenvolver as forças dos indivíduos e das organizações) e a pratica de centenas de Palestras e Acções de Formação em Escolas de todo o país. As Escolas pediam abordagens a temas diversos. Promoção da Leitura, Educação Ambiental e Promoção da Saúde. Na minha ânsia de “sair com a Psicologia dos Consultórios e Gabinetes”, descobri que a Psicologia Positiva me dava uma base para abordar todos os temas. Ser Professor numa faculdade, publicar dezenas de artigos em publicações nacionais e internacionais, traz um excelente Curriculum. Mas nós somos de uma geração que acredita que C.V. deverá significar Canal de Vendas e não Curriculum Vitae. Acreditamos na prática. No contacto com as pessoas. Queremos trazer benefícios para a sua empresa com o nosso trabalho. É nisso que estamos 100% concentrados. O nosso perfil e percurso é feito nas Escolas, nas Bibliotecas, com alunos, com Pais, com Professores, com Assistentes Operacionais e com empresários. Pessoas verdadeiras, com problemas muito concretos. Pessoas que esperam que alguém leia, estude e desenvolva a boa parte da teoria e a recoloque para resolver problemas verdadeiros.
  • Crise sem s

    1. 1. Depois desta Formação: As vendas vão subir muito. Todos os Comerciais vão ser mais responsáveis.A Crise vaiacabar! + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    2. 2. “Não há verba para Formação!” “Não vale a pena!”Esta é mais uma“Formação…” Director Comercial + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    3. 3. “Não há pachorra para Formação!” “Não comi e não gostei…”Prefiro que me“aumentem o prémio.”Comercial + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    4. 4. Há quanto tempo não dá algo diferente à sua equipa?Talvez ande tão cansado e com tantaspreocupações que nem tem tido tempo parapensar e para rever a “boa teoria”.• A Motivação melhora o desempenho;• É em momentos de Crise que se deve estarmais atento;•As cenouras já não funcionam!NEM OS CHICOTES!Honestamente, sinto-me a “ensinar o padrenosso ao vigário”…perdoe-me. Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    5. 5. É agora !Aceite o desafio e proporcione à sua Equipa estaOficina de Trabalho: Psicologia Positiva; O Optimismo noTrabalho e na Vida. Workshop de 4horas. Tem: PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO OPTIMISMO NO• Qualidade, porque parte da ciência da Psicologia (Positiva); TRABALHO E NA VIDA• Divertimento, porque sabe que para comunicar o sentido dehumor é fundamental; W o r k s h o p Ψ+ ®• Impacto visual, porque usa projecções e novas tecnologias.TAL COMO O BOM SUSHI !Caso não aprecie Sushi,avise que alteraremosa metáfora.  Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    6. 6. Porquê connosco?Sabemos de :PSICOLOGIA POSITIVA APLICADA À PSICOLOGIA POSITIVAVIDA E AO TRABALHO A CIÊNCIA DO OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDANão somos: W o r k s h o p Ψ+ ®MANOBRA DE CHARME DA EMPRESATambém somos vendedores. Mas do ProdutoMAIS DÍFICIL DE VENDER EM TODO OMUNDO + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    7. 7. Sim, a Crise contínua, as vendas vão ter altos e baixos……alguns Colaboradores vão continuar sem dar o máximo, mas daremos ferramentas para ajudar quem quiser prosperar e florescer!Vai ficar de consciência tranquila porque tentou algo diferente. Mesmo que tenha que vir adespedir alguém no futuro próximo vai dar-lhes a oportunidade de contactarem com osinstrumentos, com pistas práticas, como ideias para homens e não para super-homens. + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante
    8. 8. Se desejar, tratamos de tudo. Reservamos jáuma sala de formação, caso não tenha outra CONTEÚDOS • O que é Optimismo ? • 7 Pecados contra o Optimismo ideia em mente. Basta negociarmos o preço, • Características da pessoa Optimista e pistas práticas para a sabermos quantos participantes desejam vida e o trabalho • Optimismo e Ciência reunir, se 4 horas vos parece equilibrado, • Forças e Virtudes. Exercícios. falar-nos um pouca das vossas • Inverter o foco do negativo para o positivo. Ideias concretas. e OBJECTIVOS dificuldades, e depois, é só fazermos: + acção. • Aumentar o espírito de grupo e o sentimento de pertença • Melhorar o ambiente de trabalho e a produtividade e acção. MAS COMO? • Oferecendo ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. • Proporcionando pistas práticas para os participantes conseguirem resgatar a capacidade de trabalharem mais PSICOLOGIA POSITIVA felizes. A CIÊNCIA DO OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA W o r k s h o p Ψ+ ®
    9. 9. Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida Ψ+ Oferecemos ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. Ψ+ Travessa das Terras de Santana nº 6 4º Drt Lisboa Tel. 91 250 92 34 Tel. 21 839 43 09 mundobrilhante@gmail.com Secretariado – Teresa Bernardo A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo – Mundo BrilhanteActividades Educativas de Enriquecimento Curricular e Desenvolvimento de Competências Ψ++ PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA
    10. 10. Entendeu bem. Esta é uma Proposta séria, inovadora e com assinatura. A acção agora está do seu lado.• Pegue no telefone e fale já comigo: 91 250 92 34• Alcance papel e caneta e escreva alguns contextos concretos em queesta Acção possa vir a ser útil para a sua Empresa• Escreva já um email a dizer o que precisa saber mais:mundobrilhante@gmail.com•Força!Alfredo Leite + Psicologia Positiva – A Ciência do Optimismo no Trabalho e na Vida PSICOLOGIA POSITIVA A CIÊNCIA DO Ferramentas para ajudar os indivíduos a prosperarem e a florescerem. A definitiva Acção para os Colaboradores da sua Empresa OPTIMISMO NO TRABALHO E NA VIDA Assinada por: Drº Alfredo Leite , Psicólogo, Formador e Life Coach – Mundo Brilhante

    ×