Direitos Humanos 
Culturas, Etnias e Diversidades 
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Índice 
Introdução ......................................
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Introdução 
Foi-nos apresentada uma proposta de trabal...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Shimon Peres 
Figura 1- Shimon Peres junto com Barack ...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Primeiro-ministro (1984-1986): 
Nas eleições de 1984 n...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
História: 
Peres nasceu em Wiszniew, Polônia em 1923 c...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Primeiro-ministro (1995-1996): 
Em 1995 o primeiro-min...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Kofi Annan 
Figura 4- Kofi Annan 
Kofi Atta Annan nasc...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Cronologia 
1962 - Kofi Annan começou a trabalhar como...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Casamento 
Kofi Annan casou-se duas vezes. A sua prime...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Carreira após a ONU 
Após o seu regresso a Gana, Annan...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Prémios 
2000: Kora All Africa Music Awards na categor...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Conclusão 
Neste trabalho falámos sobre pessoas import...
Trabalho elaborado por: 
Catarina Pereira e Mauro Dias 
E1/2 - DSP 
Webgrafia 
http://educacao.uol.com.br/biografias/kofi-...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Direitos Humanos

217 visualizações

Publicada em

Kofi Annan e Shimon Peres

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Direitos Humanos

  1. 1. Direitos Humanos Culturas, Etnias e Diversidades Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP
  2. 2. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Índice Introdução ........................................................................................................................ 3 Shimon Peres ................................................................................................................ 4 Primeiro-ministro (1984-1986): ................................................................................ 5 Nobel da Paz: ............................................................................................................ 5 História:..................................................................................................................... 6 Primeiro-ministro (1995-1996): ................................................................................ 7 Presidente (2007-2014): ........................................................................................... 7 Cargos políticos relevantes: ...................................................................................... 7 Kofi Annan..................................................................................................................... 8 Cronologia ................................................................................................................. 9 Casamento .............................................................................................................. 10 O escândalo Petróleo por Alimentos ...................................................................... 10 Discurso final........................................................................................................... 10 Carreira após a ONU ............................................................................................... 11 Prémios ................................................................................................................... 12 Conclusão.................................................................................................................... 13 Webgrafia ................................................................................................................... 14
  3. 3. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Introdução Foi-nos apresentada uma proposta de trabalho referente aos Direitos Humanos, onde teríamos de pesquisar sobre pessoas importantes na defesa dos direitos humanos, tais como Shimon Peres e Kofi Annan. Todos os detalhes das suas vidas serão expostos e desenvolvidos.
  4. 4. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Shimon Peres Figura 1- Shimon Peres junto com Barack Obama. É um político israelita, ex-membro do Partido Trabalhista. Recebeu o Nobel de Paz de 1994, junto com Yitzakh Rabin e Yasser Arafat. Foi Presidente de Israel entre 2007 e 2014. Shimon Peres foi o primeiro-ministro de Israel nos períodos de 1984 a 1986 e 1995 a 1996 e cofundador do Partido Trabalhista israelita (1968). Shimon Peres foi eleito em 13 de junho de 2007 para exercer o cargo de presidente de Israel, tomando posse a 15 de julho de 2007.
  5. 5. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Primeiro-ministro (1984-1986): Nas eleições de 1984 não houve vencedor entre os dois maiores partidos israelitas. Através de um acordo entre estes dois partidos, foi criado um Governo Unido, com Peres como primeiro-ministro entre os anos 1984-1986 e como ministro das Relações Exteriores no período de 1986-1988. Em 1985 Peres e o ministro da Defesa Yitzhak Rabin retiraram as forças israelitas do Líbano, permanecendo exclusivamente no Sul, na fronteira entre o Líbano e Israel. Nobel da Paz: Em 1993 o Israel ainda participava das Conversações em Madrid que não avançavam e não apresentavam quaisquer resultados. Yossi Beilin informou a Peres sobre a existência de negociações secretas com a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) e este compartilhou a informação com Yitzhak Rabin. Em agosto de 1993 Peres e Mahmoud Zeidan Abbas assinaram o primeiro acordo em Oslo. Em Setembro de 1993 foi assinado na Casa Branca o Acordo de Paz de Oslo. No ano seguinte, Shimon Peres recebeu o Prémio Nobel da Paz, juntamente com Yitzhak Rabin e Yasser Arafat. Em 1993 Peres publicou seu livro "O Novo Oriente Médio". Neste livro, ele transmite sua visão sobre o futuro do Oriente Médio, no qual interesses nacionais e econômicos seriam os guardiães da Paz nesta zona. Figura 2- Shimon Peres
  6. 6. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP História: Peres nasceu em Wiszniew, Polônia em 1923 como Szymon Perski numa família judaica não religiosa, mas cresceu no colo do seu avô religioso, o rabino Meltzer, que ensinou as histórias da Bíblia e o Talmud. Quando criança ele falava Hebraico, Yiddish e Russo em casa e aprendeu Polonês na escola. Sua família imigrou para a então Palestina Britânica quando Peres tinha 10 anos de idade e se assentou em Tel Aviv. Todos os familiares de Peres que ficaram em Wiszniew foram assassinados durante o Holocausto; muitos deles (inclusive seu querido avô) foram queimados vivos dentro da sinagoga da cidade. Aos 15 anos de idade, Peres começou a estudar na escola de agricultura de Ben Shemen, onde conheceu sua futura esposa Sónia, que era filha de um dos seus professores. Shimon Peres e Sónia foram dois dos fundadores do Kibbutz Alumot, ao sul do Mar da Galileia. No Kibbutz, ele trabalhou como pecuário e pastor. Em 1941, Peres começou oficialmente a sua carreira política de longa data ao ser eleito Secretário do HaNo’ar Ha’Oved VehaLomed, um movimento juvenil Sionista Trabalhista, onde conheceu David Ben-Gurion. Em 1947, Peres uniu-se a Haganah, predecessora das Forças de Defesa de Israel. Após o estabelecimento do Estado de Israel, Peres envolveu-se com o Ministério de Defesa e depois foi nomeado como Diretor Geral do Ministério. Aos 29 anos de idade, ele foi a pessoa mais jovem a assumir o cargo. Durante os seus anos de trabalho no ministério de defesa, Peres destacou-se nas relações internacionais, onde criou laços pessoais e políticos importantes com a França, Alemanha e o Reino Unido, contribuindo para o fortalecimento da segurança de Israel. Com o apoio internacional que ele conquistou, Peres criou as fundações para a indústria aeroespacial, fundou a Rafael (Laboratório Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa de Israel), e liderou o esforço para a construção dos reatores nucleares em Israel. Em 1959, Shimon Peres começou uma carreira que acumulou cinco décadas de serviço como Membro do Parlamento Israelense – a Knesset (um recorde que ninguém mais detém até o momento). Ele serviu duas vezes como Primeiro-ministro (entre 1984-1986 e 1995-1996) e também como Ministro de Relações Exteriores, Ministro de Defesa, Ministro da Fazenda e Ministro dos Transportes em outras ocasiões. Peres foi um dos principais arquitetos do tratado de paz com os Palestinos em 1992, pelo qual ganhou, junto de Rabin e Arafat, o prêmio Nobel da Paz em 1994. Ele também desenvolveu uma relação especial e secreta com o Rei Hussein da Jordânia, que levou ao acordo de paz de 1994 entre Israel e Jordânia. Em 2007, Shimon Peres foi jurado como o nono Presidente do Estado de Israel. O papel do presidente de Israel é simbólico e representativo – ele é um Líder de Estado sem partido, que representa o país e o povo como um todo, para dentro e para fora. Sua figura é tão forte em Israel quanto é percebida na diáspora, um homem cuja cara é relacionada com toda a história deste jovem país, neste Novo Oriente Médio. Da casa do Presidente de Israel, Peres continua cada dia com mais vigor a exercer o seu trabalho de longa data como líder, visionário e estadista.
  7. 7. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Primeiro-ministro (1995-1996): Em 1995 o primeiro-ministro de Israel, Yitzhak Rabin foi assassinado e Shimon Peres, Ministro dos Negócios Estrangeiros foi nominado a preencher o cargo até meados de 1996, quando perdeu nas eleições a Benjamin Netanyahu. Em 2005 Peres demitiu-se oficialmente do Partido "Avoda" apoiando e tornando-se membro do Partido “Kadima”. Presidente (2007-2014): Em 2007, o “Kadima” anunciou que lançaria Shimon Peres como seu candidato à presidência de Israel. Em 13 de junho do mesmo ano foi feita a eleição no Knesset. Na primeira votação Peres conseguiu 58 votos, insuficientes para se eleger. Após esta votação, Reuven Rivlin do Likud que ficou com 37 votos e Colette Avital do Partido Trabalhista que ficou com 21 votos retiraram suas candidaturas. Na segunda votação Shimon conseguiu 86 votos a favor, 23 contra e duas abstenções, superando o mínimo exigido de 61 votos. Shimon assumiu assim aos 84 anos de idade, a Presidência em 15 de junho para um mandato de sete anos. Cargos políticos relevantes: Presidente; Primeiro-ministro; Ministro do Exterior; Ministro das Comunicações; Ministro do Interior; Ministro do Desenvolvimento do Negev e da Galileia; Figura 3- Shimon Peres
  8. 8. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Kofi Annan Figura 4- Kofi Annan Kofi Atta Annan nasceu em Kumasi, Gana a 8 de abril de 1938. Annan e sua irmã nasceram numa das famílias aristocráticas do seu país, tanto seus avós e seu tio eram chefes tribais. Na tradição antroponímica de Akan, algumas crianças são nomeadas de acordo com o dia da semana em que elas nasceram, e/ou em relação a quantas crianças as precederam. Kofi em Akan é o nome que corresponde a Sexta-Feira. De 1954 a 1957, Annan frequentou o colégio elitista Mfantsipim, um internato metodista em Cape Coast fundado na década de 1870. Annan disse que o colégio o ensinou "que o sofrimento em qualquer lugar preocupa pessoas em todo lugar". Em 1957, o ano em que Annan graduou-se em Mfantsipim, Gana tornou-se independente do Reino Unido. Em 1958, Annan começou a estudar Economia na Faculdade de Ciência e Tecnologia de Kumasi, agora Universidade Kwame Nkrumah de Ciência e Tecnologia de Gana. Ele recebeu uma doação da Fundação Ford, possibilitando-o completar seus estudos de graduação no Macalester College em St. Paul, Minnesota, Estados Unidos, em 1961. Annan, em seguida, fez uma licenciatura em Relações Internacionais no Graduate Institute of International and Development Studies em Genebra, Suíça, de 1961 a 62. Após alguns anos de experiência de trabalho, ele estudou no MIT Sloan School of Management (1971 – 72) no programa Sloan Fellows e obteve o diploma de Master of Science (M.S.). Annan é fluente em inglês, francês, kru, outros dialetos de akan, e outras línguas africanas.
  9. 9. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Cronologia 1962 - Kofi Annan começou a trabalhar como Diretor de Orçamento para a Organização Mundial da Saúde, uma agência das Nações Unidas (NU). 1974 - 1976 - Kofi Annan trabalhou como Diretor de Turismo em Gana. 1987 - 1996 - Annan foi nomeado Secretário-Geral Adjunto em três posições consecutivas nas Nações Unidas: Gestão dos Recursos Humanos e Coordenador para as Medidas de Segurança do Sistema das Nações Unidas (1987 – 1990) Subsecretário-Geral para Planeamento de Programas, Orçamento e Finanças e de Controlador (1990 – 1992) Operações de Manutenção da Paz (1993 – 1996). 1994 - O Genocídio em Ruanda ocorreu enquanto Annan dirigia a Operações de Manutenção da Paz. 2001 - Annan divulgou um "Apelo à Ação" com cinco pontos com o objetivo de vencer a pandemia de VIH/SIDA. Annan e as Nações Unidas foram juntamente premiados com o Prémio Nobel da Paz, "pelo seu trabalho por um mundo melhor organizado e mais pacífico." 2003 - Durante a preparação para a invasão do Iraque, Annan inquiriu os Estados Unidos e o Reino Unido a não invadir sem o apoio das Nações Unidas. 2004 - Dez anos depois do genocídio em que um número estimado de 800.000 pessoas foram assassinadas, Annan disse, "Eu poderia e deveria ter feito mais para soar o alarme e reunir apoio." Figura 5- Kofi Annan numa conferência da ONU
  10. 10. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Casamento Kofi Annan casou-se duas vezes. A sua primeira esposa foi Titi Alakija da Nigéria, e eles tiveram dois filhos, Kojo e Ama. Ele é casado atualmente com Nane Maria Annan da Suécia. Ela é uma advogada e artista, e tem uma filha, Nina, do seu casamento anterior. O escândalo Petróleo por Alimentos Em dezembro de 2004, surgiram relatos de que o filho do secretário-geral, Kojo Annan, recebia pagamentos da companhia suíça Cotecna Inspection SA, que havia feito um contrato lucrativo com a ONU através do Programa Petróleo por Alimentos. Kofi Annan pediu uma investigação para analisar as alegações. Um relatório final emitido em 27 de Outubro, a comissão não encontrou provas suficientes para indiciar Kofi Annan sobre quaisquer ações ilegais. Discurso final Em 19 de setembro de 2006, Annan fez um discurso de despedida aos líderes mundiais reunidos na sede da ONU em Nova Iorque, em antecipação da sua aposentadoria em 31 de Dezembro. No discurso ele destacou três grandes problemas de "uma economia mundial injusta, a desordem mundial e o desprezo generalizado pelos direitos humanos e do Estado de Direito", que ele acredita "não ter resolvido, mas aguçado" durante o seu tempo como Secretário-Geral. Ele também apontou a violência na África, e o conflito árabe-israelense como duas grandes questões que justificam atenção. Figura 6- Kofi Annan
  11. 11. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Carreira após a ONU Após o seu regresso a Gana, Annan foi imediatamente apontado como candidato para se tornar o próximo presidente do país. Ele envolveu-se com inúmeras organizações com foco tanto global quanto africano. Em 2007, Annan foi escolhido para liderar a nova formação da Aliança para a Revolução Verde em África (AGRA), tornou-se membro do Global Elders, foi designado presidente do Fórum Humanitário Global em Genebra, e foi selecionado para o prémio da Fundação MacArthur por Justiça Internacional. No começo de 2008, como chefe do Painel de Personalidades Africanas Ilustres, Annan participou em negociações para o fim da agitação civil no Quénia. Ele ameaçou abandonar as negociações como mediador, se uma decisão rápida não fosse feita.34 Em 26 de fevereiro de 2008 ele suspendeu as negociações para acabar com a violência da crise pós-eleição do Quênia. Em 28 de fevereiro, Annan conseguiu que o presidente Mwai Kibaki e Raila Odinga assinassem um acordo de coalizão de governo e foi amplamente elogiado por muitos quenianos por esta conquista histórica. Este foi o melhor negócio realizado até então, sob os esforços de mediação. Annan atualmente faz parte do conselho de administração da Fundação das Nações Unidas, uma instituição pública de caridade criada em 1998 com a histórica doação de 1 bilhão de dólares americanos feita pelo empresário e filantropo Ted Turner para apoiar causas da ONU. Kofi Annan foi nomeado o chanceler da Universidade de Gana em 2008. Annan inscreveu-se para ser um dos conselheiros da One Young World, uma organização sem fins lucrativos que pretende reunir 1500 jovens líderes globais do amanhã de todos os países do mundo. Em maio de 2009 a Universidade Columbia anunciou que Annan iria juntar-se a um novo programa que será lançado pelo decano John Coatsworth da School of International and Public Affairs como um dos primeiros grupos do Global Fellows. O programa Global Fellows vai agrupar alunos com profissionais globais para compartilhar em primeira mão o conhecimento de experiências na vida de uma figura pública ou internacional. Em 7 de outubro de 2010, Annan foi nomeado para o Conselho de Administração do Centro Global para o Pluralismo, Novo centro internacional de pesquisa e educação do Canadá dedicado ao estudo e prática do pluralismo por todo o mundo.
  12. 12. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Prémios 2000: Kora All Africa Music Awards na categoria Obra da Vida 2001: Fundação Nobel, o Prêmio Nobel da Paz, oferecido conjuntamente a Kofi Annan e às Nações Unidas 2002: ganhador do "Profiles in Courage Award", dado pelo JFK Memorial Museum 2003: Membro Honorário Estrangeiro da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos 2006: Prêmio Internacional da Ordem de Cultura, Ciência e Educação da Academia Europeia de Informatização, Bélgica 2006: Inter Press Service, International Achievement Award pelas contribuições duradouras de Kofi Annan à paz, segurança e desenvolvimento 2006: Prêmio Olof Palme 2007: Wooden Crossbow, prêmio especial do Fórum Econômico Mundial da Suíça 2007: Prêmio People in Europe de Verlagsgruppe Passau Fundação MacArthur, Prêmio MacArthur por Justiça Internacional 2007: Prêmio Norte-Sul do Conselho da Europa 2008: Prêmio Paz de Westphalia 2008: Prêmio de Honras da Universidade Harvard 2008: Prêmio Gottlieb Duttweiler 2008: Prêmio Paz de Westphalia – Münster (Westfalen) 2008: Open Society Award – CEU Business School Budapest
  13. 13. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Conclusão Neste trabalho falámos sobre pessoas importantes na defesa dos Direitos Humanos, tais como Shimon Peres e Kofi Annan. Descobrimos que Shimon Peres recebeu um prémio Nobel da Paz devido às suas ações altruístas e que Kofi Annan foi imensamente premiado pelos seus feitos.
  14. 14. Trabalho elaborado por: Catarina Pereira e Mauro Dias E1/2 - DSP Webgrafia http://educacao.uol.com.br/biografias/kofi-annan.jhtm http://www.biography.com/people/kofi-annan-9185694 http://kofiannanfoundation.org/ http://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/biography/peres.html http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/peace/laureates/1994/peres-bio.html http://www.algosobre.com.br/biografias/shimon-peres.html

×