Gestão industrial

814 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
814
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão industrial

  1. 1. GESTÃO INDUSTRIAL Formação do preço de custo/venda/Marck-Up
  2. 2. Colaboradores¹  ALEXANDRA DA LUZ SANTOS DE ALMEIDA  DEIZIANE PINTO DE NOVAIS  DIRCE MARGARIDA CARVALHO LAVIGNE PEREIRA  JOICE SCHMITZ 1 Estudantes do 5º Semestre de Ciências Contábeis da UNOPAR.
  3. 3. objetivos  Buscar entendimento para:  Elementos constituintes do custo da compra;  Custo da mão-de-obra direta e sua incidência;  Outros custos incidentes para a formação do preço de venda de um produto industrializado e  Preço de venda, com obtenção de lucro, de um produto final (industrializado).
  4. 4. Introdução Buscamos com este trabalho obter melhor entendimento sobre o custo, os valores que são agregados ao produto para a formação do preço de venda juntamente com as incidências tributárias e trabalhistas.
  5. 5. Desenvolvendo A indústria Pelicano Ltda desconfiam que um dos grandes problemas a empresa esteja relacionado com a maneira atual de se apropriar os custos industriais e determinar o preço de venda principalmente do produto “cuecas”. Devemos então saber a formação do custo de produção e preço de venda apenas deste produto.
  6. 6. CustodeAquisiçãodeMateriais Elementos constituintes do custo da compra % Utilizado Valor Valor Unitário 21,45 Quantidade Adquirida (Kg) 1.400,00 Valor Total da Mercadoria (+) 30.030,00 Fretes Pagos (+) 850,00 ICMS (Valor destacado na NF) (-) 12 3.603,60 ICMS (valor recuperado no frete) (-) 12 102,00 PIS s/ compras (-) 1,65 495,50 Pis s/ fretes (-) 1,65 14,03 Cofins s/ compras (-) 7,6 2.282,28 Cofins s/ fretes (-) 7,6 64,60 CUSTO TOTAL DOS MATERIAIS 24.318,00 Quantidade adquirida (Kg) 1.400,00 CUSTO UNITÁRIO (Kg) 17,37 Tabela 1
  7. 7. Custo da mão de obra direta Os custos considerados para a Mão de Obra direto, são somente quando o operário passa trabalhando na manufatura do produto. “O tempo em que os funcionários não trabalharam nele (o produto) constitui um custo que, para ser absorvido pela produção, deve ser agrupado nos custos indiretos e fabricação”. (COSTA, 2013, p. 79)
  8. 8. Tabela 2CustodaMãodeObra Resumo % Utilizado Valores Quantidade de horas disponíveis no mês 165 Quantidade de Funcionários (operários) 10 Valor Bruto da Folha de Pagamento 17.820,00 Encargos Sociais e Provisões Trabalhistas 70% 12.474,00 CUSTO TOTAL DA MAO DE OBRA DIRETA 30.294,00 CUSTO/HORA 18,36
  9. 9. Calculando 17.820,00 + 12.474,00 30.294,00 10x165 = 1.650 O Valor Bruto da folha, quantidade de hora/homem, quantidade de operários e percentual dos encargos, nós multiplicamos R$ 17.820,00 (Dezessete Mil Oitocentos e Vinte Reais), valor bruto da folha, por 70% (Setenta por Cento) percentual atribuído à outros gastos com pessoal, obtemos então o valor de 12.474,00 (Doze Mil Quatrocentos e Setenta e Quatro Reais) referentes aos encargos.
  10. 10. Outros custos de produção aplicados no mês No custo direto, são atribuídos os valores da matéria-prima, mão-de- obra e a energia, por exemplo. Lembramos também que “os custos diretos já podem ser levados aos produtos. Os indiretos irão posteriormente por rateio”. (COSTA, 2013, p. 93)
  11. 11. Itens de Custo Unidade Quantidade Custo Unitário Custo Total a) Malha Kg 0,5 17,37 8, 685 b) Elástico Metro 6 0, 3500 2,10 c) Embalagem Unidade 12 0, 3500 4,20 d) Etiqueta Unidade 12 0, 0500 0,60 e) Linha/Fio Estimado 0,35 Cada item foi multiplicado pelo valor unitário, já descrito no trabalho. Chegamos então, passo a passo aos valores ou custo total de cada item. 1 – Custo dos Materiais Diretos (a + b + c + d + e) 15, 935 2 – Custo da Mão de Obra 2 18,36 36,72 3 – TOTAL DO CUSTO DIRETO (1 + 2) 52, 655 4 – Gastos Gerais de Fabricação 3,01 5 – TOTAL DO CUSTO DE PRODUÇÃO (3 + 4) 55, 655 6 – Quantidade Produzida (uma dúzia) 12 7 – Custo Unitário de Produção 4, 6388 Tabela 3
  12. 12. Apuração do custo de produção ______Custo Unitário______ PV= 100 – (%imp+%desp+%ml 100 Fórmula utilizada para a obtenção do Preço de Venda.
  13. 13. Cálculo do Preço de Venda PV = 4,6388 1-(16,75% + 21,25% + 12%) PV = 4,6388 0, 5000000 PV = R$ 9,27
  14. 14. Conclusão Concluímos então que, para se obter melhor desempenho dos lucros estimados pela empresa, devemos destrinchar (como foi mostrado neste trabalho) os custos diretos do produto para obtermos melhor entendimento quanto seu real custo e qual melhor preço de venda para alcançarmos uma lucratividade desejada.

×