Pesquisa salarial

11.004 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.004
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
265
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa salarial

  1. 1. “ Experiência, Competência e Inovação”
  2. 2. Sua empresa está remunerando o trabalho adequadamente?Sua empresa é competitiva na remuneração na hora de atrair e/ou reter talentos?Sua empresa conhece as práticas de Remuneração e Benefíciosrelacionadas ao seu mercado de atuação? 2
  3. 3. ELABORAÇÃO DA PESQUISA SALARIAL Planejamento Desenvolvimento do Material de Coleta Realização da Pesquisa em CampoMACRO ETAPAS (Coleta de Dados) Tabulação dos Dados Análise Comparativa (Empresa X Mercado) Apresentação dos Resultados 3
  4. 4. 1-Planejamento da Pesquisa SalarialO Planejamento consiste em discutir as etapas e a metodologia a ser utilizada na execução da pesquisa eobter informações para subsidiar a coleta e tabulação dos dados. Nesta etapa é muito importante aelaboração do Cronograma de execução do trabalho.2-Seleção dos Cargos Definição do Rol dos Cargos a serem pesquisados. Definição dos cargos-chave com base nas observações abaixo:  Cargos comuns de mercado  Cargos representativos de todos os níveis da estrutura  Cargos das várias áreas da empresa  Cargos críticos3-Seleção das Empresas Nesta etapa devemos definir o painel de empresas que farão parte da Pesquisa. Neste momento devemos tentar responder a duas perguntas? Para quem eu perco os meus recursos humanos? Onde eu busco os meus recursos Humanos? Respondendo a estas duas perguntas você deve montar o painel observando: Região Geográfica Ramo de Atuação Porte 4
  5. 5. 4-Elaboração do Caderno de Coleta de Dados Nesta etapa devemos elaborar o Caderno de Coleta de Informações Salariais e/ou Benefícios, considerando-se os aspectos de remuneração a serem pesquisados, além de outras informações que também podem ser pesquisadas como práticas de RH e Administração de Cargos e Salários.5-Coleta de DadosNesta etapa devemos coletar as informações junto às empresas que confirmarem a participação napesquisa, através de visita as empresas, e-mails e demais meios necessários à obtenção dos dados. 5Esta fase é muito importante, pois é realizado o que chamamos de “Comparação de Cargos”, ondedevemos verificar junto a empresa pesquisada se ela possui o cargo pesquisado, este processo é feitoatravés da identificação do cargo observando a descrição do cargo, onde que se no mínimo 70% dasinformações forem comparadas os dados salariais devem ser utilizados na pesquisa. 6-Análise das Informações Coletadas Nesta Fase, devemos analisar todas as informações recebidas das empresas participantes , visando a tabulação da Pesquisa. É importante verificar, se todas as informações pesquisadas foram respondidas corretamente, se existem informações distorcidas, etc.... Nesta fase também é importante os ajustes de jornada e atualização dos dados salariais.
  6. 6. 7-Tabulação da Pesquisa SalarialNesta etapa devemos realizar a análise dos dados coletados, que receberão tratamentoestatístico, visando à emissão de relatórios correspondentes, para as empresas participantes e apatrocinadora.Na tabulação da Pesquisa devemos calcular as medidas estatísticas, tais como: Média AritméticaPonderada; 1º Quartil; Mediana; 3º Quartil; Moda; bem como o Desvio da Empresa em relação aoMercado; etc., considerando-se o salário base e a remuneração informada. 8-Elaboração do Relatório de Tabulação Nesta fase devemos elaborar o Relatório de Tabulação, que deve conter as explicações técnicas de como a pesquisa foi desenvolvida, bem como considerações técnicas pertinentes de acordo com as necessidades da empresa. 6
  7. 7. MODELO DE RELATÓRIO S is t e m a d e T a b u la ç ã o S a la r ia l R e la t ó r io C o m p a r a t iv o p o r C a r g oA F 0 5 - C H C U S T O S IN D U S T R IA IS Pág. 1 A BC & C OM PA N Y M ER C A D O A JU STA D O S a lá rio R e m u n e ra ç ã o Cód. S a lá rio R e m u n e ra ç ã o F re q . A j u sta d o T o ta l E m p r. F re q . A j u sta d o T o ta l 1 4 .2 3 5 ,2 8 4 .8 0 8 ,0 5 09 1 3 .0 5 0 ,5 7 3 .2 9 4 ,0 7 09 1 3 .0 6 5 ,1 8 3 .3 0 9 ,8 5 04 1 3 .4 0 9 ,4 0 3 .6 2 8 ,9 0 12 1 3 .4 4 1 ,8 8 4 .0 0 7 ,3 6 06 1 3 .7 0 8 ,9 0 3 .7 4 6 ,4 0 19 1 4 .0 9 9 ,0 0 4 .7 8 2 ,1 7 10 1 4 .4 8 4 ,3 5 4 .8 5 1 ,0 2 17 1 4 .4 8 4 ,4 5 4 .6 9 0 ,2 0 08 1 4 .9 5 6 ,9 5 5 .0 3 1 ,9 5 03 1 6 .0 3 9 ,3 1 ( * ) 6 .5 8 5 ,6 4 ( * ) S a l á r i o A j u sta d o D e sv i o s R e m u n e r a ç ã o T o ta l D e sv i o s M e d id a s ABC & COM PANY M ERCADO P e r c e n t. ABC & COM PANY M ERCADO P e r c e n t.F r e q . T o ta l 1 9 1 9M e n o r S a lá rio 4 .2 3 5 ,2 8 3 .0 5 0 ,5 7 3 8 ,8 4 4 .8 0 8 ,0 5 3 .2 9 4 ,0 7 4 5 ,9 6M a io r S a lá rio 4 .2 3 5 ,2 8 4 .9 5 6 ,9 5 - 1 7 ,0 4 4 .8 0 8 ,0 5 5 .0 3 1 ,9 5 - 4 ,6 6M e d ia n a 4 .2 3 5 ,2 8 3 .7 0 8 ,9 0 1 4 ,1 9 4 .8 0 8 ,0 5 4 .0 0 7 ,3 6 1 9 ,9 8M .A .P . 4 .2 3 5 ,2 8 3 .8 5 5 ,6 3 9 ,8 5 4 .8 0 8 ,0 5 4 .1 4 9 ,1 0 1 5 ,8 81 º Q u a r ti l 4 .2 3 5 ,2 8 3 .2 3 7 ,2 9 3 0 ,8 3 4 .8 0 8 ,0 5 3 .4 6 9 ,3 8 3 8 ,5 93 º Q u a r ti l 4 .2 3 5 ,2 8 4 .4 8 4 ,4 0 - 5 ,8 8 4 .8 0 8 ,0 5 4 .8 1 6 ,5 9 - 0 ,1 8V a lo r M o d a l 4 .2 3 5 ,2 8 0 ,0 0 0 ,0 0 4 .8 0 8 ,0 5 0 ,0 0 0 ,0 0D e sv i o P a d r ã o 0,00 6 8 2 ,6 1 0 ,0 0 6 9 4 ,0 81º D e cil 4 .2 3 5 ,2 8 3 .0 5 0 ,5 7 3 8 ,8 4 4 .8 0 8 ,0 5 3 .2 9 4 ,0 7 4 5 ,9 69º D e cil 4 .2 3 5 ,2 8 4 .9 5 6 ,9 5 - 1 7 ,0 4 4 .8 0 8 ,0 5 5 .0 3 1 ,9 5 - 4 ,6 6N º d e E m p r . I n fo r m a n te s: 8 N º d e E m p r . I n fo r m a n te s: 8P a r â m e tr o d e C o r te : 2,00 P a r â m e tr o d e C o r te : 2,00 7
  8. 8. MODELO DE RELATÓRIO Sistema de Tabulação Salarial Estatística Comparativa Resumida por CargoEmpresa Base: ABC & COMPANY Mercado pesquisado s/ a empr. base - Salário Ajustado Média Média Desvio Menor 1º 3º MaiorCód. Cargo Freq. Freq. Mediana Salário Ponderada Ponderada Perc. Salário Quartil QuartilAF05 Ch.de Custos Industriais 1 4.235,28 3.855,63 9,85 9 3.050,57 3.237,29 3.708,90 4.484,40 4.956,95ID21 Ch. S. Téc. Manutenção 1 3.387,22 5.283,73 -55,99 6 4.182,37 4.331,34 5.784,75 5.784,75 5.784,75ID22 Ch.S. Manutenção 1 4.416,79 4.257,64 3,74 10 3.505,20 3.860,16 4.247,18 4.556,81 5.303,51ID23 Ch.Planej. Organização 1 5.031,92 5.205,37 -3,45 4 4.857,00 4.900,61 5.090,16 5.625,36 5.784,18ID24 Ch. Eficiência Processo 1 4.033,60 4.725,79 -17,16 9 3.606,04 4.108,02 5.042,00 5.395,58 5.569,74ID25 Ch. S. Qualidade 1 4.023,52 4.786,53 -18,96 10 3.778,64 3.928,98 4.420,05 5.565,61 6.494,10SP01 Coord. de Compras 1 4.588,22 4.106,73 11,72 10 3.271,00 3.503,02 4.207,04 4.668,73 4.894,48 8
  9. 9. MODELO DE RELATÓRIO Sistema de Tabulação SalarialDesvios Percentuais por Cargo Desvios Empresas Percentuais Informantes -100 -90 -80 -70 -60 -50 -40 -30 -20 -10 0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100AF05 CH. CUSTOS INDUSTRIAIS ****** 15,88 8ID21 CH. S.TC.MANUTENÇÃO * ********************* -41,42 3ID22 CH. S. MANUTENÇÃO ** 5,24 7ID23 CHEFE PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO * -0,68 4ID24 CHEFE EFICIÊNCIA PROCESSO ****** -14,35 6ID25 CHEFE S. QUALIDADE ***** -13,99 7SP01 COORDENADOR DE COMPRAS ******* 16,43 8 9
  10. 10. MODELO DE RELATÓRIO Empresa X Mercado 10
  11. 11. MODELO DE RELATÓRIO Tabulação de Práticas de Adm. Cargos e SaláriosA empresa possui Plano de Cargos eSalários? Qual o sistema utilizado para avaliação dos cargos? 11
  12. 12. MODELO DE RELATÓRIOA empresa possui política de aumentos salariais Quais os Grupos de Cargos Participantes?por mérito/ desempenho?Quais os percentuais de aumentotipicamente concedidos ? 12
  13. 13. MODELO DE RELATÓRIOA empresa possui Programa de Remuneração Variável Qual a periodicidade de pagamento?PLR/Bônus? 88% das empresas pesquisadas seQuais os grupos de Cargos Envolvidos no Programa de beneficiam da Lei da PLR (10.101).RV? 13
  14. 14. MODELO DE RELATÓRIOQual o target/potencial de ganho variável?(Múltiplo de Salários/Ano) 14
  15. 15. MODELO DE RELATÓRIO Tabulação de Benefícios PLANO DE SAÚDEA empresa oferece Plano de Assistência Médica? Qual a modalidade utilizada?O Plano é extensivo a família? Existe diferenciação conforme o nível do cargo? 15
  16. 16. MODELO DE RELATÓRIO PLANO ODONTOLÓGICOA empresa oferece Plano de Qual a modalidade utilizada? Qual o valor médio por funcionárioAssistência Odontológica? despendido pela empresa (custo empresa)? PARTICIPAÇÃO NOS CUSTOS PARTICIPAÇÃO NOS CUSTOS PARTE EMPRESA PARTE FUNCIONÁRIOS 16
  17. 17. MODELO DE RELATÓRIO AUXÍLIO REFEIÇÃOA empresa possui Programa de Auxílio Valor deduzido do funcionárioRefeição?Qual a modalidade utilizada? 17
  18. 18. A PEOPLEUPHistóricoA Peopleup é o resultado da integração de consultores renomados e de larga experiência nomercado de remuneração e recursos humanos.Nosso diferencial Francisco PescumaA PEOPLEUP desenvolve projetos adequados às necessidades de cada cliente, considerando asimplicidade ou a complexidade exigida em cada situação, desde Planos de Cargos eSalários, Pesquisas Salariais, Programas de Participação nos Lucros ou Resultados-PLR eRemuneração Variável e por Competência, até propostas voltadas à gestão de recursos humanos. Paulo R. XavierUm diferencial importante da Peopleup é o desenvolvimento de plataformas tecnológicas paraaplicação em sistemas inovadores, que garantirão agilidade e qualidade aos trabalhos.Reconhecimento Alexandre Pescuma 18
  19. 19. RESPONSÁVEIS TÉCNICOS PELOS PROJETOSFrancisco Rafael PescumaFormado em Administração de Empresas, com Pós Graduação em Recursos Humanos, e vários cursos deaperfeiçoamento, atuando na área desde 1973.Tem realizado diversos trabalhos na área de desenvolvimento e de remuneração, em posições técnicas, de comando ecomo consultor em empresas nacionais e multinacionais, do setor financeiro, metalúrgico, estatal e serviços.Instrutor de cursos de formação e especialização em cargos e salários em diversas instituições, comoABRH, INTEGRAÇÃO, IDORT, SENAC, SEBRAE e GRUPISA - RIO, tendo participado e coordenado grupo informaiscomo GRUPISA-SP, GERHAP, ABEMI, SUCESU, etc.Conselheiro e diretor técnico da ABRH/APARH-SP. Professor Universitário.Profissional do Ano em Remuneração. GRUPISA - SÃO PAULO - 1986. GRUPISA - RIO DE JANEIRO - 2004Empresas em que atuou com vínculo empregatício:. CNEC - Consórcio Nacional de Engenheiros Consultores. EMBRAER - Empresa Brasileira Aeronáutica. SABESP - Cia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Eutetic - Indústrias Metalúrgicas. Banco Auxiliar de São Paulo 19
  20. 20. RESPONSÁVEIS TÉCNICOS PELOS PROJETOSPaulo Roberto XavierSócio-Diretor da Peopleup Compensation for Results, formado em Administração de Empresas, com Pós Graduação emRecursos Humanos, e vários cursos de aperfeiçoamento, atuando na área desde 1975.Tem realizado diversos trabalhos na área de remuneração e gestão de pessoas, atuando como consultor em empresasnacionais e multinacionais, do setor financeiro, metalúrgico, serviços, químico, transporte etc.Especialista em programas de Remuneração por ResultadoInstrutor de cursos de formação e especialização em cargos e salários em diversas instituições.Conselheiro e ex-presidente da ABRH/APARH-SP.Professor Universitário.Profissional do Ano em Remuneração. GRUPISA - RIO DE JANEIRO - 2011Empresas em que atuou com vínculo empregatício:. Linhas Correntes. Bridgestone & Firestone do Brasil. CrefisulLivro Publicado“Remuneração Variável” - Quando os resultados falam mais alto. 20
  21. 21. RESPONSÁVEIS TÉCNICOS PELOS PROJETOSAlexandre S. PescumaAdministrador de Empresas com MBA em Gestão de RH, possui vários cursos de desenvolvimento eformação na área de Remuneração e RH.Experiência de mais de 15 anos na área de Recursos Humanos, com foco em Remuneração eDesenvolvimento Organizacional. Ocupou posições técnicas e de liderança em empresas nacionais emultinacionais de médio e grande porte como: EDP Energias de Portugal, Santista Têxtil, GrupoTelefônica, TNT Logistics, Gafisa e Microsiga.Como Consultor desenvolve projetos de Remuneração e Desenvolvimento para empresas nacionais emultinacionais de diferentes segmentos e porte.Como Professor Universitário ministra os temas: Cargos e Salários, Remuneração Estratégica, Gestãode RH e Avaliação Desempenho em cursos de graduação e pós-graduação.Instrutor de cursos de formação e especialização em cargos e salários em diversas instituições. 21
  22. 22. CLIENTES ( Relação Parcial) 22
  23. 23. CLIENTES ( Relação Parcial) 23
  24. 24. Rua Quinze de Setembro, 133 – Saúde – CEP 04053-070 São Paulo - SP Fone/fax: (11) 5071-4379 Site: www.peopleup.com.br Contato: alexandre@peopleup.com.br 24

×