Champagnat
inspira os
evangelizadores
maristas
Ir. Afonso Murad
afonsomurad.blogspot.com
1
Apresentamos algumas
características de São Marcelino
Champagnat, relidas à luz do
contexto atual, que estimulam os
evange...
(1) Conectado com a realidade
• Champagnat está conectado
com seu tempo: início do
século XIX, após a revolução
francesa, ...
Conectado com a realidade
• A experiência Montagne – o clamor do jovem pobre - está
na origem do seu projeto fundador.
• A...
Conectado com a realidade
• O evangelizador(a) acompanha os grandes temas
da atualidade: culturais, sociais, ambientais.
•...
(2) Caminhante na fé
• Champagnat busca o Amor Maior. Deixa-se
transformar. Não é santo desde o começo. Toma
decisões (No ...
A cena da neve: confiança radical, quando
o horizonte parece sumir
7
Nós, peregrinos na fé
• Documento de Aparecida: Somos discípulos e
missionários, aprendizes e anunciadores.
• Crescer por ...
(3) Anunciador do
Evangelho
• Desde seminarista, Marcelino sentia no coração o apelo
para anunciar Jesus.
• Reunia as cria...
Nós, anunciadores do Evangelho
• Como Champagnat, queremos que Jesus Cristo seja
conhecido, amado e seguido.
• Evitar o eq...
(4) Próximo às pessoas
• Relato do idoso que vem ao Padre Champagnat no
inverno. Cobre-lhe com seu manto, deixa-lhe perto ...
Animar as
pessoas
Champagnat anima as pessoas com firmeza e ternura. Aprendeu
na sua adolescência, como pastor de rebanho;...
Champagnat também acompanhava
processos
Visitava escola, conversava com cada Irmã, ouvia os
alunos. 13
Como é nossa proximidade às pessoas?
• Em primeiro lugar, às lideranças de alunos e alunas. A
gente só marca quando está p...
(5) Criador de comunidade
Um simbolo: a Mesa de La Valla. Reunir em torno à
mesa: alimentar-se, conversar, partilhar. 15
Champagnat forma comunidade
• Os primeiros irmãos: jovens do campo, com baixo grau
de instrução. Marcelino acreditava nele...
Nós formamos comunidade
• Na pastoral: descobrir e valorizar os talentos a
serviço de projetos comuns.
• Formar comunidade...
(6) Inovador e persistente
Começa uma família religiosa com sonho e desejo de
fazer o Bem. 18
Abre caminhos novos: missão na oceania
19
Inovação exige persistência, para
consolidar as mudanças.
20
Evangelizadores inovadores e persistentes
• Inovação pastoral exige grande grau de conexão, espírito
de aprendiz e exercíc...
(7) Disciplinado
• Para realizar seu sonho,
Marcelino Champagnat faz
renúncias, organiza seu tempo,
elege prioridades.
• E...
Qual o nosso grau de disciplina e foco?
• O contrário da disciplina é a dispersão, a falta de
foco, a perda de energia.
• ...
Alguns traços inspiradores de
Champagnat
• Conectado com a realidade
• Caminhante na fé
• Anunciador do Evangelho
• Próxim...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Champagnat inspira os evangelizadores maristas

505 visualizações

Publicada em

Material didático referente a Curso de formação para educadores e pastoralistas das escolas e iniciativas sociais dos maristas

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
505
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Champagnat inspira os evangelizadores maristas

  1. 1. Champagnat inspira os evangelizadores maristas Ir. Afonso Murad afonsomurad.blogspot.com 1
  2. 2. Apresentamos algumas características de São Marcelino Champagnat, relidas à luz do contexto atual, que estimulam os evangelizadores (as) Maristas de escolas e obras sociais. O perfil atual de Champagnat é como um mosaico em construção , composto de muitos rostos de homens e mulheres. Você e sua equipe de pastoral fazem parte deste belo mosaico. 2
  3. 3. (1) Conectado com a realidade • Champagnat está conectado com seu tempo: início do século XIX, após a revolução francesa, com a eclosão da modernidade e dos direitos sociais. • Ele aprende das experiências de alegria e de dor (suas e dos outros) -> O professor violento que golpeia seu colega. 3
  4. 4. Conectado com a realidade • A experiência Montagne – o clamor do jovem pobre - está na origem do seu projeto fundador. • A indignação leva-o assumir atitudes novas. • “Nos olhos deste jovem ele nos anteviu” 4
  5. 5. Conectado com a realidade • O evangelizador(a) acompanha os grandes temas da atualidade: culturais, sociais, ambientais. • Cria ocasiões de “sentir de perto” as alegrias e as dores das crianças e jovens. • Deixa-se tocar pelas situações humanas, nas quais a vida está fragilizada ou ameaçada. • Descobre formas atuais da escola exercitar a solidariedade com os pobres, a cidadania e ecologia. 5
  6. 6. (2) Caminhante na fé • Champagnat busca o Amor Maior. Deixa-se transformar. Não é santo desde o começo. Toma decisões (No caderno de resoluções: Não irá mais ao botequim com a turma alegre). • Cultiva a interioridade, o amor a Jesus, para ver o mundo com olhar mais profundo. • A sintonia com Deus é alimentada no cotidiano, no trabalho, no contato com as crianças e na meditação, na oração. • Faz silêncio nas ruas de Paris como em L’Hermitage. • Atua com proatividade e confiança em Deus. 6
  7. 7. A cena da neve: confiança radical, quando o horizonte parece sumir 7
  8. 8. Nós, peregrinos na fé • Documento de Aparecida: Somos discípulos e missionários, aprendizes e anunciadores. • Crescer por dentro: cultivar os espaços de intimidade com Deus. Especialmente, a leitura orante da Bíblia. • 1 Cor 13: sem amor, como um sino que bate. Faz barulho... Sem mística, mensagem vazia que não convence. • A oração, a mística é que nos dá autoridade. 1 Jo1,1: o que vimos e ouvimos... 8
  9. 9. (3) Anunciador do Evangelho • Desde seminarista, Marcelino sentia no coração o apelo para anunciar Jesus. • Reunia as crianças e jovens e usava imagens, analogias, contava-lhes estórias. • As crianças vinham de longe para ouvi-lo. • Ele dizia: “Não posso ver uma criança sem ter o desejo de dizer-lhe quanto Jesus a ama”. 9
  10. 10. Nós, anunciadores do Evangelho • Como Champagnat, queremos que Jesus Cristo seja conhecido, amado e seguido. • Evitar o equívoco de quem em Escola em Pastoral “todo mundo faz tudo”. • Temos conhecimento e prática para exercitarmos o que é específico, o que nos compete. Não podemos transferir a responsabilidade. • A equipe é uma referência imprescindível. 10
  11. 11. (4) Próximo às pessoas • Relato do idoso que vem ao Padre Champagnat no inverno. Cobre-lhe com seu manto, deixa-lhe perto do fogo, depois conversa com ele. • Personalidade contagiante -> atrai discípulos (primeiros irmãos) • “Ele era exigente. Mais afetuoso do que um Pai” • Uma das características do carisma: presença junto dos educandos. Champagnat pedia para que eles estivessem no recreio com as crianças. Que tivessem o bem-humor, para atrair as crianças. 11
  12. 12. Animar as pessoas Champagnat anima as pessoas com firmeza e ternura. Aprendeu na sua adolescência, como pastor de rebanho; e na vida adulta, como líder espiritual na cidade de La Valla. Há inúmeros testemunhos sobre a forma educada, delicada e terna com a qual ele trata os paroquianos, seus co-Irmãos e as crianças. Quando necessário, ele diz as coisas com clareza e sinceridade, sem meias palavras. 12
  13. 13. Champagnat também acompanhava processos Visitava escola, conversava com cada Irmã, ouvia os alunos. 13
  14. 14. Como é nossa proximidade às pessoas? • Em primeiro lugar, às lideranças de alunos e alunas. A gente só marca quando está próximo. Criar ocasiões de escutar, conversar, entender o seu mundo. • Também com professores e funcionários. Uma presença de qualidade. • A questão central: criar vínculos a ampliar os parceiros pastorais. • Pastoral: eventos, processos e pessoas -> Sinal da fecundidade pastoral. • Olhos nos olhos. Sorriso, acolhida. 14
  15. 15. (5) Criador de comunidade Um simbolo: a Mesa de La Valla. Reunir em torno à mesa: alimentar-se, conversar, partilhar. 15
  16. 16. Champagnat forma comunidade • Os primeiros irmãos: jovens do campo, com baixo grau de instrução. Marcelino acreditava neles, investia neles e exigia também. Desde o começo: o protagonismo juvenil. • Ele ensina aos Irmãos com viver em comunidade. Por exemplo, as pequenas virtudes. • Nas cartas: estimula e corrige as pessoas, para viverem bem em comunidade. 16
  17. 17. Nós formamos comunidade • Na pastoral: descobrir e valorizar os talentos a serviço de projetos comuns. • Formar comunidade em paróquia ou bairro é diferente de uma instituição formal, com relações de trabalho e papéis definidos. Mas, é possível e necessário. • Superar o corporativismo: se unem somente para defender seus interesses. • Sintonia, sinceridade e abertura na equipe de pastoral (Trabalho em equipe e companheirismo). 17
  18. 18. (6) Inovador e persistente Começa uma família religiosa com sonho e desejo de fazer o Bem. 18
  19. 19. Abre caminhos novos: missão na oceania 19
  20. 20. Inovação exige persistência, para consolidar as mudanças. 20
  21. 21. Evangelizadores inovadores e persistentes • Inovação pastoral exige grande grau de conexão, espírito de aprendiz e exercício da gestão do conhecimento. Buscar quem faz melhor, reproduzir, aperfeiçoar e disseminar. • Passos da inovação: ter idéia, agregar pessoas, fazer experiência, avaliar, corrigir, implantar, registrar, divulgar. • Persistência: quebrar pedras. Que pedras devemos dissolver hoje? • Pastoral em interface: arte (música, teatro, dança..), experiências de aprendizagem, solidariedade. 21
  22. 22. (7) Disciplinado • Para realizar seu sonho, Marcelino Champagnat faz renúncias, organiza seu tempo, elege prioridades. • Ele herda sérias limitações de uma alfabetização tardia e mal feito. Compensa com estudo, leitura e exercícios constantes. • Consegue fazer muitas coisas, pois é disciplinado. • Ensina a disciplina para seus seguidores e pede isso para o alunos. 22
  23. 23. Qual o nosso grau de disciplina e foco? • O contrário da disciplina é a dispersão, a falta de foco, a perda de energia. • Para dar conta de tantas demandas e manter o equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal, a pessoa se disciplina. Somente assim consegue otimizar seu tempo e manter a energia vital. • Uma equipe de pastoral necessita ter horários, rotinas, prioridades, organização do tempo. 23
  24. 24. Alguns traços inspiradores de Champagnat • Conectado com a realidade • Caminhante na fé • Anunciador do Evangelho • Próximo às pessoas • Criador de comunidade • Inovador e persistente • Disciplinado 24

×