Panfleto com questões Farias Brito

2.189 visualizações

Publicada em

Panfleto com questões para estudo do colégio Farias Brito. 1ª semana - 14 a 18 de maio

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.189
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Panfleto com questões Farias Brito

  1. 1. www.fariasbrito.com.br Participe e ganhe prêmios. Estas questões serão resolvidas nos programas do dia 14/05/2012 ao dia 18/05/2012, na rádio Líder FM 92,1, das 20h às 21h. Os programas serão transmitidos ao vivo pela FBTV: www.fbtv.com.br Ligue e Participe: (85)3464.7733 c) as lutas pela anistia política reuniram que levou para a tumba duas ideias Dia 14/05/2012 diferentes grupos sociais em prol da que ele mesmo havia traído, depois reorganização da vida democrática no de ter dado, por um pequeno ins- Brasil. tante, a impressão de portá-Ias: a História d) foi resultado apenas da vontade ideia de que a democracia pode ser civil-militar da ditadura, que fez dela Prof. Hermano Melo realmente exercida por todos e de um marco, momento de abertura lenta e gradual proposta por Geisel. que pode, ela própria, ultrapassar01. “Nós pensamos que fosse um men- o quadro do político e penetrar na digo...” Essa frase foi atribuída aos esfera do econômico.” 03. Leia a letra da música “Vitória final” adolescentes que, em Brasília, quei- (primeira e última estrofe de uma Fonte: GODELIER, Maurice. O Enigma do Dom. maram vivo o índio Galdino, que Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, canção do grupo de rock skinhead dormia em um abrigo de ponto de 2001, p. 315. alemão Endsieg). ônibus. Esse fato pode ser associado: Partindo do comentário apresentado, a) ao conflito interétnico que tem carac- “Ponha os estrangeiros na prisão ou no campo de concentração é correto afirmar que: terizado a luta pelas terras das reservas ou mesmo no deserto, mas ponha-os a) a democracia se fez presente na indígenas. pra fora. maioria dos países comunistas, b) à política de eliminação das diferenças Matem suas crianças, violem suas excetuando-se a China. e das desigualdades sociais, com o ex- mulheres. b) a repartição igualitária dos bens dis- termínio dos pobres. Eliminem sua raça. poníveis na economia das nações co- c) ao surgimento de grupos organizados munistas superou o avanço do capita- de extrema direita que veem os índios (...) lismo liberal no Ocidente. e os pobres como responsáveis pela Se você notar um turco no bonde c) a proposta de democratização a ser crise do desemprego. e ele o olhar de maneira provocativa d) ao descaso e à violência com que as implantada na economia e na socie- então levante-se e simplesmente dade foi inviabilizada pela centraliza- minorias e os pobres têm sido histori- dê-lhe um soco. camente tratados no Brasil. ção de poder nos países comunistas. Depois puxe sua faca d) o socialismo chinês permanece estável e enterre nele 17 vezes.” em virtude da liberalização do regime02. Leia o texto a seguir. Fonte: SALEN, Helena. As Tribos do Mal: A anistia, portanto, não é apenas um no campo político e social. O Neonazismo no Brasil e no Mundo. reencontro de pessoas. É também São Paulo: Atual, 1995, p. 1. uma luta em que trabalhadores, estu- Com base na letra da canção, marque dantes e intelectuais, profissionais a opção verdadeira. Geografia liberais, bancários, comerciários e a) Os versos da canção apontam para Prof. Olavo Colares todos que se movem hoje no Brasil o holocausto dos judeus, na Europa, vão se encontrar para trocar suas durante a Segunda Guerra Mundial. 05. Os portos do Mucuripe e do Pecém ideias, para juntar suas forças. Anistia b) A canção acima sugere não existi- são fundamentais para o cresci- é união. Unir brasileiros já é um passo rem diferenças espaciais ou tempo- mento econômico cearense e se da luta contra a ditadura, que desde rais entre os nazistas de ontem e os localizam na Região Metropolitana 64 não busca outra coisa a não ser a neonazistas de hoje. de Fortaleza. No período colonial de separação, seja pela morte, seja pela c) Os preconceitos neonazistas e nossa Capitania, na fase imperial e na cadeia, seja pelo exílio ou mesmo pela neofascistas foram adaptados à rea- República Velha, se destacavam como desconfiança, o modo e a delação. lidade brasileira: em vez dos turcos, portos e cidades de base para a eco- Fernando Gabeira os alvos são os nordestinos, incluindo nomia postoril com a exportação de Sobre a anistia política brasileira também os negros e homossexuais. carne seca: pos-64, é incorreto afirmar que: d) As ideologias nazistas e fascistas, no a) Icó e Sobral. a) a lei de anistia, de agosto de 1979, não Brasil, nunca chegaram a ter adep- b) Quixeramobim e Acaraú. respondeu efetivamente aos interesses tos e as novas ondas xenófobas, hoje c) Sobral e Aracati. dos familiares de desaparecidos políti- percebidas na Europa, não nos tem d) Aracati e Camocim. cos, na medida em que não instituiu alcançado. a obrigação do Estado em reconhecer 06. O escritor Paulo Coelho é um pop seus crimes e apurá-los. 04. Leia, com atenção, o comentário de star do universo literário: 14 livros b) a lei de anistia, de agosto de 1979, Maurice Godelier a respeito do declí- traduzidos em 60 idiomas e comer- possibilitou o retorno de muitos exila- nio do regime comunista: cializados em 150 países, com mais dos e bandidos políticos, entre estes o “O bolchevismo, que dera de 140 milhões de exemplares ven- educador Paulo Freire, o ex-governa- origem ao socialismo à russa ou à didos. Em 2012, Paulo Coelho celebra dor Leonel Brizola e o dirigente comu- chinesa e às ‘democracias popula- 25 anos da publicação do livro que é nista Luís Carlos Prestes. res’, desabou. Parece, entretanto, o marco inicial de sua carreira, onde vestibularnoar@fariasbrito.com.br Vestibular no Ar
  2. 2. www.fariasbrito.com.br Vestibular no Ar relata as experiências vividas durante 04. Todas as alternativas apresentam pro- Dia 15/05/2012 blemas sociais brasileiros, exceto: uma peregrinação pelo caminho de Santiago de Compostela, no norte da a) A falta de investimentos em habita- ções para a população mais carente Espanha, feita em 1986: a) O Diário de um Mago. Geografia tem contribuído para a favelização das b) As Valkírias. Prof. Adriano Bezerra cidades brasileiras, especialmente nas c) O Alquimista. áreas metropolitanas. b) A necessidade de buscar melhores d) Onze Minutos. 01. Em relação às fontes de energia do condições de sobrevivência tem ori- Brasil, podemos afirmar que: ginado um novo tipo de migrante, o07. A produção de drogas é fonte vital a) o preço do quilowatt de energia nu- itinerante, que se desloca de um ponto de dinheiro e emprego, em nossos clear é um estímulo à instalação dessa para outro. dias. Na Bolívia, cerca de um milhão fonte energética. c) O agravamento da concentração de dos dez milhões de habitantes traba- b) o aproveitamento dos nossos rios de renda tem deixado parcela consi- lham com a produção e o comércio de planalto é de aproximadamente 90%, derável de brasileiros à margem do drogas, embora o grande beneficiado donde se conclui que o Brasil deve processo de desenvolvimento e tem seja o crime organizado. No Peru, buscar outras fontes energéticas. colocado o Brasil entre os países de cultivadores de coca ganharam em c) o carvão mineral é uma importante maiores desníveis sociais do mundo. média de dois mil a três mil dólares fonte de energia, sendo que as prin- d) O aumento acentuado do número de em 2000 e seus lucros são dez vezes cipais vantagens das jazidas brasi- nascimentos por mulher, em idade de maiores que o obtido pelo produtor procriar, tem resultado na retomada leiras são o baixo custo da produção de café. do crescimento populacional de forma e a grande quantidade de carvão Nos anos 90, a Colômbia exportou inesperada e tem agravado a miséria coqueificável. no país. cerca de 200 toneladas de cocaína d) a produção de energia elétrica no a mais para a Europa. A transição Brasil é basicamente de fonte hi- pós-comunista para a economia de mercado e o controle pouco rigoroso dráulica e sua participação supera a ordem de 75%. Biologia das fronteiras no leste europeu e na Prof. Claudio Ponte Rússia abriram novas vias de acesso 02. Sob o aspecto natural, o Nordeste é e estimularam a maior produção de 05. Vem de muito tempo a relação entre a mais diversificada dentre as regiões certas doenças e a alimentação defi- drogas na Eurásia. Além das drogas brasileiras. Os quadros agrários têm ciente. Já nos séculos XVIII e XIX proibidas, o tráfico internacional e o muitas de suas características subor- notou-se que certas doenças como o crime organizado lucram somas astro- dinadas aos solos, às condições cli- escorbuto e o beribéri eram causadas nômicas com os tráficos de: máticas e ao relevo. Por tais razões, pela não ingestão de determinados a) seres humanos para trabalho escravo, pode-se corretamente afirmar que: alimentos em quantidades regulares. prostituição e exploração sexual e de a) nos sertões, a variação de solos é Casimir Funk descobriu uma substân- armas pesadas. muito pequena em função de relevos cia que, caso não estivesse presente b) armas químicas, biodiversidade e aplainados, onde se estabelece um sis- na alimentação do indivíduo, condu- máfias. tema de pecuária semi-intensivo. ziria a uma moléstia conhecida como c) seres vivos, biotecnologia e carvão b) as serras úmidas em rochas exclusiva- beribéri. vegetal. mente sedimentares têm uma ocupa- Com relação às vitaminas, observe as d) seres humanos para trabalho escravo, ção agrícola muito variada. afirmativas e assinale a única correta. animais selvagens e carvão mineral. c) o litoral úmido é domínio da Mata a) Apresentam uma identidade química Atlântica e da monocultura canavieira. própria.08. As Nações Unidas e as comunidades d) a área cacaueira, situada nos agrestes b) Não são produzidas pelos animais. científicas mundiais se destacaram c) As vitaminas A, D, E e K são nordestinos, tem apresentado notável nos últimos anos na luta contra a antioxidantes. crescimento de produtividade agrícola. degradação do planeta Terra. A confe- d) A carência espontânea de biotina no rência da ONU sobre Meio Ambiente 03. Entre os impactos ambientais que homem parece pouco provável. e Desenvolvimento, realizada no Rio a poluição atmosférica dos grandes 06. Um casal apresenta a seguinte cons- de Janeiro (junho de 1992), no perí- centros urbanos causa, estão as chu- tituição genética: o marido é albino e odo do governo Collor de Melo, foi vas ácidas, cuja formação é: normal para o daltonismo e a mulher um divisor de águas. A Eco-92 teve a) provocada pela reação química que se é heterozigota para os dois loci. a adesão de mais governos (185) e a processa entre os gases poluentes e a A probabilidade de nascer, deste casal, participação de mais chefes de Estado umidade presente na atmosfera. um filho do sexo masculino, de fenó- (131), do que qualquer outro encon- b) consequência do fenômeno da inver- tipo completamente normal, é: tro internacional. Os resultados foram são térmica que determina uma reten- a) 100%. b) 12,5%. variados, mas a preocupação com a ção de ar quente próximo à superfície, c) 37,5%. d) nula. poluição e a mudança climática colo- provocando chuvas carregadas de cou na agenda internacional: poluentes. 07. O uso de óleos vegetais na prepa- a) a destruição das geleiras e a Guerra do ração de alimentos é recomendado c) consequência do aumento do “buraco Vietnã. para ajudar a manter baixo o nível de ozônio” na alta atmosfera, o que de colesterol no sangue. Isso ocorre b) a explosão demográfica e a Guerra das tem facilitado a formação de chuvas. porque esses óleos: Malvinas. d) restrita às áreas com indústrias fabri- a) têm pouca quantidade de glicerol. c) a extinção da biodiversidade e a cantes de ácidos que eliminam umi- b) são pouco absorvidos no intestino. Guerra da Coreia. dade contaminada por agentes quí- c) são pobres em ácidos graxos saturados. d) o desenvolvimento sustentável e a micos, a qual se precipita como chuva d) têm baixa solubilidade no líquido biodiversidade. artificial. extracelular.2 Vestibular no Ar vestibularnoar@fariasbrito.com.br
  3. 3. Vestibular no Ar www.fariasbrito.com.br08. A recuperação da pele queimada A Cigarra riu, superior, “I was“. Ou seja: “Eu era”. ocorre em função da maior proli- E disse com seu ar provocador: Perguntei-me: por que “Eu era”? No feração das células epiteliais. Uma “Você está por fora, começo, escapou-me a relação entre a característica da multiplicação dessas Ultrapassada sofredora. imagem e a inscrição. Claro que, depois células é: Hoje eu sou em videocassete a) o número de cromossomos ser redu- de árduo exercício intelectual, deduzi Uma reprodutora! zido com o aumento do número de Chegado o inverno, que a camiseta queria dizer “Eu fui” células. Continuarei cantando ou “Eu estava lá” (no “Rock in Rio 1“), b) a divisão do citoplasma ocorrer por – sem ir Iá – caso em que o correto em inglês seria estrangulamento da membrana No Rio, “I went” ou “I was there“. (...) E viva o plasmática. São Paulo verbo tó bé. c) a formação do fuso mitótico não Ou Ceará. Ruy Castro. influenciar na migração dos cromos- Rica! Folha de São Paulo, 03/09/2011. somos. E você continuará aqui d) o conteúdo de DNA da célula ser Comendo bolo de titica. 02. A afirmativa que melhor resume a aumentado durante a fase G1 da O que você ganha num ano ideia central do autor no artigo é: intérfase. Eu ganho num instante a) O uso abusivo de estrangeirismos deve Cantando a Coca, ser combatido porque favorece a de- O sabãozão gigante, cadência da língua portuguesa. Dia 16/05/2012 O edifício novo b) Os empréstimos linguísticos represen- E o desodorante. tam um fenômeno legítimo e enrique- E posso viver com calma cedor da dinâmica do português. Língua Portuguesa Pois canto só pra multinacionalma”. c) Estrangeirismos, usados como mani- Prof. Sousa Nunes Millôr Fernandes festações de status, podem represen- Revista Veja, 8 de julho, 2009. tar uma armadilha para quem não os• Texto para a questão 01. domina. A conhecida fábula A cigarra e a d) Os anglicismos estão longe de ser formiga, de La Fontaine, conta que, inofensivos, pois podem prejudicar o enquanto a cigarra, despreocupada- nosso próprio idioma. mente, cantava, a formiga trabalhava sem parar, armazenando provisões 03. Assinale a opção em que figura uma para o inverno. forma verbal grafada em desacordo Quando o frio chegou, a cigarra com a nova ortografia. foi, faminta, implorar à formiga algum a) Verbo ter: alimento para poder sobreviver até a tem detém contém mantém retém Rio de Janeiro, estação seguinte. têm detêm contêm mantêm retêm 16 de agosto de 1923 – 27 de março de 2012. A formiga não só negou, mas b) Verbo vir: também disse à cigarra que, porque ela vem advém convém intervém provém A CIGARRA E A FORMIGA (2009) só cantara durante o verão, dançasse vêm advêm convêm intervêm provêmCantava a Cigarra agora. c) Verbos ler e crer:Em dós sustenidos lê relê crê descrê 01. Com essa nova versão da fábula,Quando ouviu os gemidos leem releem creem descreem Millôr Fernandes pretende sobretudo:Da Formiga, d) Verbos dar e ver: a) mostrar que os ensinamentos deQue, bufando e suando, dê desdê vê revê provê moral transmitidos pelas fábulas sãoAli, num atalho, relativos e o que era válido em ou- deem desdeem veem reveem provêmCom gestos precisosEmpurrava o trabalho: tra época hoje já não constitui uma lição a ser seguida. • Utilize o texto abaixo para responderFolhas mortas, insetos vivos. b) explorar o humor, a crítica e a ironia. à questão 04.Ao ver a CigarraAssim, festiva, c) denunciar a inflação representada pe-A Formiga perdeu a esportiva: HÁ DUAS SEMANAS, foram di- las tarifas energéticas e pelo preço dos“Canta, canta, salafrária, alimentos. vulgados novos dados sobre o de-E não cuida da espiral inflacionária! d) mostrar que, como a formiga, há pes- sempenho dos estudantes brasilei-No inverno, soas que não evoluem e continuam a ros. Os resultados foram comentadosQuando aumentar a recessão maldita, ver no trabalho duro o único meio de à exaustão nos jornais, sites etc.Você, faminta e aflita, conseguir algo na vida, não se apro- Solidários, diversos meios de comuni- veitando dos progressos tecnológicosCansada, suja, humilde, morta,Virá pechinchar à minha porta. que o mundo moderno lhes oferece.cação se aliaram aos alunos, ou seja,E, na hora em que subirem demonstraram que também tropeçamAs tarifas energéticas, • Utilize o excerto abaixo para respon- no trato com a língua. ComecemosVerá que minhas palavras eram proféticas. der à questão 02. por um título (de um site), que termi-Aí, acabado o verão, nava assim: “... preferem português àLá em cima o preço do feijão, Há anos, quando se anunciou que matemática”. (...). No título, usou-se aVocê apelará pra formiguinha. haveria um “Rock in Rio 2”, jovens construção formal, mas...Mas eu estarei na minha começaram a circular pela cidade usando Pasquale Cipro Neto.E não te darei sequer camisetas com o símbolo do “Rock in Folha de São Paulo,Uma tragada de fumaça!” Rio 1“ e uma frase dizendo: 08/09/2011.Ouvindo a ameaça, 3 vestibularnoar@fariasbrito.com.br Vestibular no Ar
  4. 4. www.fariasbrito.com.br Vestibular no Ar04. Considere estas afirmações: continuamente. Marque a opção que 03. Um capital foi emprestado para ser I. O adjetivo “solidários”, no con- indica o enovelado de túbulos locali- quitado de uma só vez no período de texto em que ocorre, deve ser zado sobre os testículos que recebe os um ano. Se o montante pago no final compreendido conotativamente, espermatozoides, os quais terminam do período contratado correspondeu já que se trata de uma ironia; a sua maturação, ficando armazena- 6 II. Do ponto de vista da gramática dos até o ato sexual. a do capital emprestado, então 5 normativa, há um erro de regên- a) Próstata. é verdade que a taxa de juro anual cia no título do site, uma vez que b) Epidídimo. desse empréstimo foi de: o verbo “preferir” rejeita o uso da c) Túbulos seminíferos. a) 0,2% preposição “a”; d) Vesícula seminal. b) 1,2% III. No último período, ao empregar c) 10% a conjunção adversativa “mas”, o Dia 17/05/2012 d) 20% autor sugere a ocorrência de “tro- peço” gramatical no título do site. 04. Considerando [– 3, 3] um intervalo no conjunto dos números reais, represen- Está(ão) correta(s): Matemática tação gráfica de uma função f: [– 3, 3] a) I, II e III. b) apenas I e II. Prof. Arnaldo Torres → R, com duas raízes reais diferentes, c) apenas I e III. d) apenas II e III. crescente quando x < 0 e decrescente 01. Da figura apresentada sabe-se que a quando x > 0, pode ser representado medida do segmento AD é igual ao pela figura do item: Biologia dobro da medida do segmento AE. Se associarmos X à área da superfície Prof. João Karllos delimitada pelo trapézio de vértices BCDE e Y à área da superfície delimi-05. É verdadeiro afirmar, com relação aos tada pelo triângulo de vértices ABE, hormônios: pode-se afirmar, corretamente, que: a) O hormônio tireotrófico é produzido na tireoide e regula a taxa de cresci- mento do organismo. b) A adrenalina é produzida pela adeno- -hipófise e seu efeito no organismo pode provocar o aumento do ritmo respiratório e circulatório, bem como a elevação da pressão arterial. c) A ocitocina é um hormônio masculino relacionado com a regulação das glân- a) X = 2Y b) X = 3Y dulas sexuais. c) X = 4Y d) X = 5Y d) O paratormônio é produzido nas pa- ratireoides e regula a taxa de cálcio no 02. A função f: R → R dada por f(x) = x organismo. intercepta a função g: R → R dada por g(x) = (x – 2)2 em dois pontos06. São doenças causadas por vírus, distintos A e B de coordenadas (a, a) bactérias, protozoários e vermes, e (b, b), respectivamente, com a < b. respectivamente: Se considerarmos os pontos C de coor- a) AIDS, Hanseníase, Calazar, Amebíase. denadas (b, 0) e D de coordenadas b) Dengue, Tuberculose, Difteria, Ascaríase. (a, 0), obteremos o trapézio ABCD, c) Leptospirose, Cólera, Malária, Teníase. conforme ilustra a figura apresentada d) Raiva, Tuberculose, Tricomoníase, a seguir. Esquistossomose.07. As fibras musculares associam-se em feixes, constituindo os músculos. A sua contração possibilita a realização de movimentos no corpo. Os movimen- tos peristálticos são produzidos por tecidos musculares do(s) tipo(s): a) estriado esquelético. b) liso. c) estriado cardíaco. d) estriado esquelético, liso e estriado cardíaco.08. A mulher cessa a sua produção de A área da região plana determinada gametas na menopausa. O homem, plo trapézio de vértices ABCD, em diferentemente, tem condições de unidades de área, é: produzir gametas após o seu amadu- 7 9 recimento sexual e enquanto estiver a) b) 2 2 sexualmente ativo. O seu aparelho reprodutor é adaptado para produ- 11 15 c) d) zir e armazenar espermatozoides 2 2 4 Vestibular no Ar vestibularnoar@fariasbrito.com.br
  5. 5. Vestibular no Ar www.fariasbrito.com.br b) a Assembleia havia assinado a Dia 18/05/2012 História Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão e o povo acreditava que o Prof. Zilfran Varela rei era seu aliado para resolver o pro- blema da circulação de cereais. Química05. As civilizações da Antiguidade Clássica c) os revolucionários estavam nego- Prof. Deomar Jr. – Grécia e Roma – desenvolveram uma ciando com o rei a assinatura de sua estrutura socioeconômica alicerçada deposição, visando a instalação de 01. Glow sticks ou light sticks são peque- no escravismo. Sobre essa temática, uma República na França. nos tubos plásticos utilizados em fes- pode-se afirmar que: d) o rei e a rainha eram vistos como ini- tas por causa da luz que eles emitem. I. a escravidão foi indispensável para migos do povo e cúmplices da aris- Ao serem pressionados, ocorre uma a manutenção do ideal democrá- tocracia, responsabilizada pela crise mistura de peróxido de hidrogênio tico em Atenas, uma vez que os econômica. com um éster orgânico e um corante. cidadãos ficavam desincumbidos Com o tempo, o peróxido e o éster 07. Sobre o período posterior ao fim da dos trabalhos manuais e das tare- vão reagindo, liberando energia que Segunda Guerra Mundial, são feitas fas ligadas à sobrevivência; excita o corante, que está em excesso. as seguintes afirmativas. II. a escravidão foi abolida em O corante excitado, ao voltar para a I. A criação de um Estado Palestino Atenas quando Péricles estabe- condição não excitada, emite luz. independente marcou a concre- leceu o direito político a todos os Quanto maior a quantidade de molé- tização de um projeto extrema- cidadãos, reconhecendo, dessa culas excitadas, mais intensa é a luz mente antigo no Oriente Médio, o forma, a igualdade jurídica e emitida. Esse processo é contínuo, que inviabilizou a criação de Israel; social da população da Grécia; II. O desenvolvimento do Plano enquanto o dispositivo funciona. Com III. os escravos romanos, por terem Marshall pelos Estados Unidos base no conhecimento químico, é pos- pequenas propriedades e direitos teve papel relevante na reconstru- sível afirmar que o funcionamento do políticos, conviveram pacifica- ção da Europa Ocidental; dispositivo, numa temperatura mais mente com os cidadãos romanos, III. A manutenção dos impérios colo- baixa, mostrará uma luz: como forma de evitar conflitos e a niais pela França e pela Inglaterra a) mais intensa e de menor duração que perda de direitos; foi fator determinante para que numa temperatura mais alta. IV. os escravos romanos, que se mul- ambos os países superassem os b) mais intensa e de maior duração que tiplicavam com o expansionismo inúmeros problemas derivados do numa temperatura mais alta. de Roma, estavam submetidos à fim da guerra. c) menos intensa e de maior duração que autoridade de seu senhor, e sua numa temperatura mais alta. Assinale: d) menos intensa e de menor duração condição obedecia mais ao direito a) se apenas a afirmativa I for correta. que numa temperatura mais alta. privado do que ao direito público. b) se apenas a afirmativa II for correta. É correto apenas o que se apresenta c) se apenas a afirmativa III for correta. 02. Ao se preparar uma solução aquosa em: d) se todas as afirmativas forem corretas. concentrada de sal de cozinha, a) I e II b) I e IV NaC, observou-se, durante a disso- c) II e III d) II e IV 08. Considere o texto. lução, um resfriamento do sistema. A posse de João Goulart na presidên- Considerando-se a situação descrita06. “A 5 de outubro, oito ou dez mil mulhe- cia significava a volta do esquema e outros conhecimentos sobre o res foram a Versalhes; muita gente populista, em um contexto de mobi- assunto, é correto afirmar que: as acompanhou. A Guarda Nacional lizações e pressões sociais muito a) a dissolução do NaC aumenta a energia forçou o sr. de La Fayette a conduzi- maiores do que no período Vargas. cinética média das moléculas da água. las para lá na mesma noite. No dia 6, Os ideólogos do governo e os dirigen- b) a quantidade de NaC dissolvida de- elas trouxeram o rei e obrigaram-no a tes sindicais trataram de fortalecer o termina o grau de resfriamento do residir em Paris. (...) Não devemos pro- esquema. (...) O Estado seria o eixo sistema. curar aqui a ação dos partidos. Eles articulador dessa aliança, cuja ideo- c) a quebra do retículo cristalino do NaC agiram, mas fizeram muito pouco. logia básica era o nacionalismo e as é um processo exotérmico. A causa real, certa, para as mulheres, reformas sociopolíticas denominadas d) a solução transfere energia, na forma para a multidão mais miserável, foi de reformas de base. de calor, para a vizinhança. uma só, a fome. Tendo desmontado FAUSTO, Boris. História do Brasil. um cavaleiro, em Versalhes, mataram São Paulo: Edusp/FDE, 1996. p. 447. 03. Às vezes, ao abrir um refrigerante, o cavalo e comeram-no quase cru. (...) percebe-se que uma parte do produto As reformas de base a que o texto se O que há no povo de mais povo, quero vaza rapidamente pela extremidade refere tinham como objetivo, entre dizer, de mais instintivo, de mais ins- do recipiente. A explicação para esse outros: pirado, são, por certo, as mulheres. fato está relacionada à perturbação a) garantir o acesso de trabalhadores do Sua ideia foi esta: “Falta pão, vamos do equilíbrio químico existente entre campo à propriedade, atendendo à buscar o rei; se ele estiver conosco, alguns dos ingredientes do produto, parte das reivindicações de sindicatos cuidar-se-á para que o pão não falte de acordo com a equação: rurais. mais. Vamos buscar o padeiro!” b) realizar uma ampla reforma tributária, CO2(g) + H2O()  H2CO3(aq) Jules Michelet. ampliando as taxas de juros dos bancos História da Revolução Francesa, 1989. A alteração do equilíbrio anterior, privados nacionais e internacionais. c) vender aos trustes e cartéis interna- relacionada ao vazamento do refri- Sobre aquele momento da Revolução gerante nas condições descritas, tem Francesa, é correto afirmar que: cionais algumas empresas nacionais como forma de obter receita para o como consequência a: a) o povo, constituído principalmente de a) liberação de CO2 para o ambiente. Estado brasileiro. funcionários da nobreza, acreditava b) elevação da temperatura do recipiente. d) conceder aos fazendeiros os títulos que era necessário separar o rei da c) elevação da pressão interna no recipiente. de propriedade de terras que esta- corte, para que se pudessem fazer as d) elevação da concentração de CO2 no vam ocupadas há muito tempo pelos reformas econômicas. líquido. posseiros. 5 vestibularnoar@fariasbrito.com.br Vestibular no Ar
  6. 6. www.fariasbrito.com.br Vestibular no Ar04. Num laboratório, foram feitos testes 06. Uma lâmpada fluorescente compacta para avaliar a reatividade de três (LFC) consome 75% menos energia metais – cobre, Cu, magnésio, Mg, e do que uma lâmpada incandescente. zinco, Zn. O fusível de proteção de uma residência Anotações Para tanto, cada um desses metais permite o máximo de seis lâmpadas foi mergulhado em três soluções incandescentes de 100 W ligadas em diferentes – uma de nitrato de cobre, paralelo. Um cidadão, preocupado Cu(NO3)2, uma de nitrato de magné- com o consumo de energia, resolve sio, Mg(NO3)2, e uma de nitrato de trocar seis lâmpadas incandescentes zinco, Zn(NO3)2 . por seis LFCs. Nessas condições, qual Neste quadro, estão resumidas as o comportamento da corrente total observações feitas ao longo dos do circuito e qual o número máximo testes: de LFCs que o fusível suporta? a) Reduz a 25% e 24. Metais b) Reduz a 75% e 18. Cu Mg Zn c) Aumenta a 75% e 12. Soluções d) Aumenta a 25% e 24. Não Cu(NO3)2 Reage Reage 07. O sangue pode transportar o excesso reage de energia do interior para a superfí- Não Não Não cie do corpo onde é feita a dispersão Mg(NO3)2 de energia por diversas maneiras. reage reage reage Enquanto uma pessoa exercita-se, Não Não 0,6 kg de sangue flui para a superfície Zn(NO3)2 Reage reage reage do corpo e libera 2400 J de energia. O sangue, chegando à superfície, possui a temperatura do interior Considerando-se essas informações, do corpo, 37.°C. Supondo que o é correto afirmar que a disposição dos três metais testados, segundo a sangue tenha o calor específico pró- ordem crescente de reatividade de ximo ao da água (c = 4000 J/kg °C), cada um deles, é: determine, entre os itens, a tempera- a) Cu / Mg / Zn. tura do sangue que deixa a superfície b) Cu / Zn / Mg. e retorna para o interior. c) Mg / Zn / Cu. a) 32 °C d) Zn / Cu / Mg. b) 36 °C c) 38 °C d) 42 °C 08. De uma torneira mal fechada caem Física 3 gotas por segundo sobre o ponto Prof. Eduardo Cavalcanti 0 da figura abaixo, que representa a superfície da água em um tanque.05. Um professor pediu a seus alunos que A figura também indica, num dado ligassem uma lâmpada a uma pilha instante, as frentes de onda geradas com um pedaço de fio de cobre. pelas 3 primeiras gotas. Nestas figuras, estão representa- das as montagens feitas por quatro estudantes: Considerando-se essas quatro liga- Nessas condições, a velocidade de ções, é correto afirmar que a lâmpada propagação das ondas na superfície vai acender apenas: da água é: a) na montagem de Mateus. a) 12 cm/s b) na montagem de Pedro. b) 18 cm/s c) nas montagens de João e Pedro. c) 30 cm/s d) nas montagens de Carlos, João e d) 48 cm/s Pedro. 59065/12 - 1ª Semana - 14 a 18 de Maio naldo24.04.12 / Rev.: TSS 6 Vestibular no Ar vestibularnoar@fariasbrito.com.br

×