Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional

2.728 visualizações

Publicada em

Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.728
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sequência de atividades despertar da cidadania_hino nacional

  1. 1. Secretaria Municipal de Educação Unidade de Ensino: Escola Municipal de Vida Nova Coordenação Pedagógica – Carlos Souza/Adriana Melo Sequência de Atividades – Língua Portuguesa O despertar da Cidadania através do Hino Nacional Justificativa: “Diante da inversão de valores morais e culturais, crescentes na sociedade atual e da ausência do espírito de cidadania, vemos a necessidade de encontrar meios que resgatem o patriotismo e o respeito à Nação Brasileira. Como ponto de partida para o desenvolvimento desta “consciência cívica”, valorizamos a utilização do Hino Nacional, como ferramenta principal de conhecimento e informação, no processo pedagógico do aluno. O Hino Nacional é um dos símbolos do Brasil. É uma poesia metafórica, em forma de música, que representa a nossa pátria e o povo que aqui vive. É também uma mostra de valores da nossa cultura, história e sociedade. Nele, está retratada a grandeza do nosso país, por si próprio e a importância das riquezas naturais do nosso território. A letra do hino é extensa e carregada de palavras pouco usadas no cotidiano, como “lábaro”, “colosso” e “impávido”. Com isso, muita gente tem dificuldade na memorização de todos os termos. Este trabalho é também para que os alunos tenham um olhar crítico e possam interpretar e compreender o que o autor quis dizer. Como justificativa também temos o projeto de Lei nº 12.031 de 21 de setembro de 2009, que “Altera a lei nº 5,700, de 1º de setembro de 1971, para determinar a obrigatoriedade de execução semanal do Hino Nacional nos estabelecimentos de ensino fundamental”. Fonte: http://www.colegioshallon.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=65&Itemid=106 Objetivo: • Levar o aluno a desenvolver de maneira espontânea o amor e o respeito pela nação e o sentimento de cidadania, tornando-se multiplicador desse patriotismo. • Resgatar o respeito ao Hino Nacional como dever cívico e cultural entendendo-o como símbolo da identidade nacional e homenagem ao povo, à pátria; • Refletir criticamente sobre a importância de resgatar valores cívicos e morais e sobre o nosso papel como cidadãos na construção de uma nação brasileira justa e próspera; • Refletir criticamente sobre o significado de pátria; • Ampliação do vocabulário; • Conhecer a história do Hino Nacional Brasileiro; • Conhecer o Hino Nacional Brasileiro compreendendo a letra e seu significado. Tópicos envolvidos: • Análise semântica e sintática. • Leitura , interpretação e produção textual. • Intertextualidade. • Produção de texto. • Desenvolvimento do pensamento crítico. • Reflexão sobre ética, valores, civismo, patriotismo. Recursos: • Letra do Hino nacional Brasileiro (capas dos livros). • Letra da música “Pátria Minas” • Dicionários, som e cd com gravação do hino Nacional Brasileiro e da música “Pátria Minas”. • Folhas sulfite, cola, tesouras, lápis de cor, etc. Avaliação: O aluno será avaliado quanto à sua: • Presença e participação em todas as etapas do projeto, • Correção das produções de texto, • Trabalho em grupo e montagem do mural, • Postura na solenidade de execução do hino. 1. Introdução: (Debate – mesa redonda) Quem sabe a letra do Hino Nacional Brasileiro de cor levanta a mão. Quem sabe 100% o significado da letra do Hino Nacional levanta a mão. Em 21 de setembro de 2009 foi aprovado o projeto de Lei nº 12.031 que determina a obrigatoriedade de execução semanal do Hino Nacional nos estabelecimentos de ensino básico.
  2. 2. Mas A letra do hino é extensa e carregada de palavras pouco usadas no cotidiano, como “lábaro”, “colosso” e “impávido”. Com isso, muita gente tem dificuldade na memorização todos os termos e compreender o que aquelas palavras significam. Então este projeto que vamos realizar juntos tem como objetivo analisar o hino criticamente para que possamos primeiramente compreender o que o autor quis dizer, e também resgatar o patriotismo e o respeito à Nação Brasileira, entendendo que o Hino Nacional é um dos símbolos do Brasil e representa, através de metáforas, a nossa pátria, o povo que aqui vive. Sendo também uma mostra de valores da nossa cultura, história e sociedade. 2. O gênero literário Hino: Mas para compreender o Hino Nacional, precisamos primeiro saber o que é um hino e para que ele serve. a) O gênero: Hino é uma composição musical feita para idolatrar, venerar, homenagear, exaltar. O Hino pode ter espírito religioso, patriótico, deposrtivo ou outros. (Passar no quadro). b) A função: Os símbolos nacionais como a bandeira e o hino transmitem o sentimento de união nacional, buscam mostrar a soberania de um país, e tem a função de representar a identidade de uma nação, ou seja, sua história, seus valores, suas riquezas, seu povo. (Passar no quadro). c) História do Hino Nacional Brasileiro: A harmonia e composição musicais foram criadas por Francisco Manuel da Silva em 1831, em comemoração à abdicação de Dom Pedro I. Essa melodia foi acompanhada por diferentes letras ao longo do tempo até que em 1909, através de um concurso, o poema escrito pelo poeta e jornalista Joaquim Osório Duque Estrada passou a ser a letra do hino. Com o centenário da Independência do Brasil, em 1922, o então presidente Epitácio Pessoa adquiriu a propriedade plena e definitiva da letra do Hino e por decreto tornou-o oficial. (Professora lê) 3. O que o Hino representa: Já sabemos que o hino busca mostrar a soberania, a identidade, a história, os valores, as riquezas de um país. Mas o que isso significa isso? Vamos fazer essa reflexão respondendo às seguintes questões: (Oralmente) a) O Hino é um símbolo de um país, mas o que é um país? b) Quem constrói a história, a cultura, os valores, a identidade de uma nação? c) Que valores, atitudes, símbolos, etc. representam a identidade do povo brasileiro? d) Os valores que caracterizam o povo são o pilar sobre o qual a nação é construída. O Brasil está sendo construído sobre pilares sólidos? Por quê? 4. Compreendendo o Hino: Vamos refletir sobre o que diz nosso Hino e entender que identidade nacional é representada nele. HINO NACIONAL Parte I Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heróico o brado retumbante, E o sol da liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da pátria nesse instante. Se o penhor dessa igualdade Conseguimos conquistar com braço forte, Em teu seio, ó liberdade, Desafia o nosso peito a própria morte! Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve! Brasil, um sonho intenso, um raio vívido De amor e de esperança à terra desce, Se em teu formoso céu, risonho e límpido, A imagem do Cruzeiro resplandece. Gigante pela própria natureza, És belo, és forte, impávido colosso, E o teu futuro espelha essa grandeza. Terra adorada, Entre outras mil, És tu, Brasil, Ó Pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil! Parte II Deitado eternamente em berço esplêndido, Ao som do mar e à luz do céu profundo, Fulguras, ó Brasil, florão da América, Iluminado ao sol do Novo Mundo! Do que a terra, mais garrida, Teus risonhos, lindos campos têm mais flores; "Nossos bosques têm mais vida", "Nossa vida" no teu seio "mais amores." Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve! Brasil, de amor eterno seja símbolo O lábaro que ostentas estrelado, E diga o verde-louro dessa flâmula - "Paz no futuro e glória no passado." Mas, se ergues da justiça a clava forte, Verás que um filho teu não foge à luta, Nem teme, quem te adora, a própria morte. Terra adorada, Entre outras mil, És tu, Brasil, Ó Pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil! Letra: Joaquim Osório Duque Estrada Música: Francisco Manuel da Silva
  3. 3. a. Escrever em folhas de papel as palavras do hino cujo significado é desconhecido. Dividir a turma em grupos e distribuir as palavras. Pedir que os grupos busquem no dicionário e anotem no caderno o significado das palavras. Escrever as palavras no quadro e pedir que os alunos ditem os significados para a professora anotar. Pedir que todos os alunos anotem os significados de todas as palavras. Vocabulário 1. Plácidas: serena calma 2. Brado: grito 3. Retumbante: forte, que provoca eco. 4. Fúlgidos: brilhante, reluzente, luminoso. 5. Penhor: garantia, segurança. 6. Seio: centro, coração, solo. 7. Salve: saudação, viva! 8. Vívido: animado, ardente, cheio de vida. 9. Límpido: claro, transparente, sem nuvens. 10. Resplandece: brilha. 11. Impávido: tranquilo calmo. 12. Colosso: estátua de enormes dimensões, gigante. 13. Esplêndido: magnífico, admirável, deslumbrante. 14. Fulguras: fulgurar (reluzir, brilhar). 15. Florão: ornamento em forma de flor usado nas abóbadas de construções grandiosas. O Brasil seria o ponto mais importante e vistoso, bonito da América. 16. Garrida: enfeitada, bela, que chama a atenção. 17. Lábaro: estandarte, bandeira. 18. Ostentas: ostentar (exibir, mostrar com alarde). 19. Flâmula: bandeira. 20. Glória: honra, fama, grandes feitos, vitória, soberania. 21. Clava: é um tipo de arma, um porrete, e representa a mobilização do exército, entrar em guerra. a. Escrever cada estrofe do hino em uma folha de papel. Entregar uma estrofe para cada grupo que deverá interpretar e escrever na folha o que entenderam que aqueles versos quiseram dizer. Entregar as interpretações para o professor que irá ler e comentar junto com os alunos para verificar se a interpretação está adequada. b. Cada grupo irá reescrever sua estrofe do hino, fazendo uma versão simplificada, ou seja, com linguagem contemporânea e mais informal buscando explicar o significado de tais versos com base nas interpretações e reflexões feitas. Anotar o rascunho no caderno e pedir a correção do professor. Cada grupo irá escrever seus versos em uma folha sulfite e ilustrá-la para anexar ao mural que a turma construirá posteriormente. 5. Reflexão sobre o significado do hino: (Debate – mesas em círculo) Após termos compreendido a letra do nosso Hino, e sabendo que sendo um símbolo nacional ele tem o objetivo de representar a identidade, a história, os valores, as riquezas, da nossa nação; vamos refletir: (Oralmente) • Que riquezas do Brasil são representadas no hino? • Como é o nosso povo, a nossa gente, segundo a letra do nosso Hino? • Segundo o Hino Nacional que tipo de país é o Brasil? • Você acha que nosso Hino está de acordo com a realidade do nosso país? Por quê? • O que você acha que deveria mudar: a letra do Hino ou a postura, os valores do povo? Por quê? 6. Reescrevendo o Hino: Se você fosse escrever uma nova estrofe para acrescentar ao nosso Hino, como ela seria? a. Em duplas ou trios, os alunos irão escrever uma nova estrofe (4 ou 5 versos). Farão um rascunho que será corrigido pelo professor e depois colocarão em folha sulfite e ilustrarão para compor o mural da turma. 7. Intertextualidade: Ouvir a música Pátria Minas MARCUS VIANA Pátria, Pátria é o fundo do meu quintal. É Broa de milho, E o gosto de um bom café. Pátria, É cheiro e colo de mãe. É roseira branca, Que a vó semeou no jardim. Se o mundo é grande demais, Sou carro de boi, Sou canção e paz, Sou montanha entre a terra e o céu, Sou Minas Gerais. São águas, montanhas e um fogão a lenha, A cerâmica e o canto do Jequitinhonha; São igrejas, são minas; É o barroco, é Ouro Preto; É maria-fumaça. Eta, trem bão mineiro! Diamantina, Caraça, Gruta de Maquiné, Cascadanta caindo, Congonhas do Campo, São João Del Rei, Sabará, Tiradentes, Igrejinha da Pampulha, Minha Belo Horizonte. Se o mundo é grande demais, Sou carro de boi, Sou canção e paz, Sou caminho entre a terra e o céu, Sou Minas Gerais.
  4. 4. Atividade (no quadro) 1. O que o autor da letra quis dizer ao afirmar que pátria para ele são coisas como “o fundo do quintal”, “o cheiro e colo de mãe”, etc.? 2. E para você, o que é pátria? Faça uma lista. 3. Agora, com base na lista que você produziu, faça um “Hino à sua pátria”, ou seja, um poema homenageando aquilo que você considera sua pátria. O poema deve ter no mínimo 10 versos, podendo ter rimas ou não. Faça um rascunho e, após a correção, passe a limpo numa folha sulfite e ilustre. 8. Mural: Dividir a turma em 4 grupos. Cada grupo ficará responsável pela montagem de uma parte do mural.  1ª parte: Hino Nacional Brasileiro.  2ª parte: Hino Nacional “traduzido”.  3ª parte: Novas estrofes criadas pelos alunos.  4ª parte: Hino à pátria de cada um. Disponibilizar tempo para que os alunos discutam e decidam como será montado o mural: ilustrações, textos, disposição dos textos, local, quem trará o material, quem executará a montagem etc. Líder do grupo anotará as decisões e entregará para a professora dar o visto. Marcar a data para montagem do mural. Cogitar possibilidade de montar no turno do tarde com supervisão da professora. 9. Solenidade: Na “inauguração”, ou seja, ao final da montagem do mural, a turma irá Ouvir o Hino Nacional Brasileiro, seguindo a postura exigida para tal solenidade, como forma de homenagear nossa pátria. 10. Produção de Texto: Produza um texto, em folha separada, de no mínimo 25 linhas colocando sua opinião sobre as seguintes questões: a. Que sentimentos o brasileiro tem hoje, com relação à pátria e aos símbolos que a representam (Hino, bandeira)? b. Que valores, atitudes, símbolos, etc. representam , caracterizam a identidade nacional atualmente? c. O hino nacional está de acordo com a realidade do nosso país? Por quê? d. O que deveria mudar? O hino ou os valores, atitudes do povo? A nação só será entendida se for vista no dia-a-dia Qual foi a última vez em que seus alunos cantaram o Hino Nacional? E a bandeira do Brasil, em que data foi hasteada? Em grande parte das escolas, o hino foi ouvido pela última vez em maio de 1994, executado por alunos emocionados com a morte do piloto brasileiro Ayrton Senna. No mesmo ano, a bandeira surgiu agitada pelos mesmos estudantes, agora entusiasmados com a Copa do Mundo dos Estados Unidos. E foi só. É pouco, mas melhor do que nada. Se os símbolos brasileiros e a pátria ainda são lembrados em momentos de fortes emoções, pode-se partir daí para tratar o conceito de nação em classe. "Não vamos conseguir falar em nação com os alunos se não mostrarmos onde ela está no cotidiano", afirma Ghisleine Trigo, da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas da Secretaria de Educação de São Paulo (Cenp). Sequência de Atividades 6º E 7º ANO A atividade para essa faixa, dos 11 aos 13 anos, pode ser dividida nas quatro etapas seguintes. A história de cada um 1 - Realiza-se uma tempestade de idéias os alunos expressam livremente suas opiniões em torno da palavra "nação". 2 - O professor chega a um consenso que, provavelmente, estará próximo desta definição: "Uma nação é formada pelos habitantes de um território que estão ligados por tradições, interesses, lembranças e objetivos comuns". 3 - Definido o conceito, os alunos pesquisam tradições, interesses e lembranças da própria família. A idéia é que eles conheçam mais sobre seu passado e o espaço onde vivem. 4 - Com tais informações, eles devem construir uma árvore genealógica ou uma linha do tempo (seqüência de eventos organizada por datas) com sua história familiar. Esse processo de registro serve para explicar como se constrói a identidade de um povo. O país nas charges
  5. 5. 1 - Na segunda etapa, os alunos devem selecionar charges publicadas em revistas e jornais que apresentem algumas das características políticas, econômicas ou sociais do país. 2 - As charges devem ser escolhidas pela turma com a ajuda do professor. Em seguida, devem ser distribuídas entre os alunos, que as comentarão em redações. 3 - Os melhores textos serão selecionados, debatidos em classe e divulgados na escola. Uma visão musical 1 - Dividida em grupos, a turma deve pesquisar músicas que interpretem o espírito nacional. O professor pode sugerir composições que vão da Aquarela do Brasil, de Ary Barroso (1903-1964), uma famosa apologia das belezas do Brasil, até composições como Brasil, do compositor carioca Cazuza (1958-1990), trilha da novela Vale Tudo, da TV Globo, que faz críticas ácidas à sociedade brasileira. 2 - O grupo analisará a letra escolhida e apontará nela os aspectos que melhor retratam o Brasil. Brasil, mostra sua cara 1 - Os alunos recortam gravuras que apresentem as diferenças raciais e econômicas brasileiras e mostrem os contrastes existentes. 2 - Depois, afixam as gravuras sobre um contorno do mapa do Brasil. 3 - Por fim, fazem um seminário explorando as informações do painel. 8º ANO Nessa fase, acredita a professora já é possível discutir os direitos e deveres do cidadão diante da nação. A independência do Brasil de hoje em relação às outras nações também pode ser tratada. A importância do hino 1 - Deve-se propor à turma um tema para reflexão: Como o brasileiro se relaciona com os símbolos nacionais, em especial o Hino Nacional? A questão poderá transformar-se numa discussão em sala ou mesmo numa redação. 2 - O segundo passo seria um seminário sobre a seguinte questão: Como podemos explicar a nacionalidade de um povo que prefere utilizar símbolos de outras nações, como camisetas e bonés com a bandeira norte-americana? O que é independência 1 - A proximidade do Sete de Setembro é uma oportunidade para outro debate. Deve-se propor a discussão do significadode "independência". O Brasil é, de fato, independente? 2 - O debate sobre a independência pode ser feito na forma de seminário ou como mote de uma pequena dissertação, que fecharia o assunto para a sétima série. 9º ANO Com os estudantes do último ano do primeiro grau, a proposta é analisar a postura individual diante da nação e seus deveres como cidadãos. Cidadania, como usar 1 - A atividade pode começar com a discussão sobre os significados dos termos "cidadão", "nacionalidade" e o que seria "exercer a cidadania". 2 - Em seguida, a turma pode ser convidada a identificar as formas cotidianas de exercício da cidadania. Júri simulado 1 - É uma atividade que costuma mobilizar bastante a turma. Organize um tribunal com advogados de acusação e defesa, juiz, jurados e um réu, que também pode ser representado por um grupo de alunos. 2 - Devem ser montados dois textos argumentativos: um contra e outro a favor do patriotismo e da defesados valores nacionais. 3 - Os alunos que representam o réu devem responder a questões como: Você gosta de ser brasileiro? Por que você não se interessa pelos nossos símbolos nacionais? Nacionalismo circunstancial 1 - Peça à classe para analisar a história recente do Brasil procurando momentos em que o povo brasileiro se uniu em defesa de um ideal nacional. Um exemplo, de que certamente muitos alunos vão se lembrar, é o das manifestações de rua dos jovens caras- pintadas, em 1992, pedindo o impeachment do então presidente Fernando Collor. 2 - Convide os alunos da sua classe a idealizar e apresentar algumas alternativas para que o povo brasileiro passe a valorizar mais sua identidade de cidadão. Encerramento Organizar uma mostra ou exposição sobre "o valor de ser cidadão", com o material produzido durante o projeto “Copa do Mundo” na qual haverá uma hora cívica típica (com hasteamento da bandeira e execução do Hino Nacional), uma mesa redonda para debate de questões relativas a cidadania e a culminância do projeto.
  6. 6. Sequência de Atividades 1ª aula Proponha à turma discutir o significado da palavra "hino". Deve ficar claro que o hino é feito para exaltar algo. Distribua a letra do hino. Junto com a classe, destaque as palavras menos comuns, como "penhor" e "clava". Peça para pesquisarem o significado no dicionário e formarem frases com elas. 2ª aula Passe para a compreensão do texto. Por que o autor usa um número tão grande de adjetivos? E o Riacho do Ipiranga, ele é tão importante assim? Se o Brasil for ameaçado, o que o texto diz que os brasileiros farão? 3ª aula Apresente o hino na ordem direta (veja ao lado). Explique que na literatura muitas vezes a ordem natural das frases é mudada para chegar às rimas ou obedecer à métrica. Prove isso pedindo à classe para cantar o hino com a letra na ordem direta. 4ª aula O hino está repleto de figuras de linguagem. Mostre-as para os alunos, mas peça que procurem outros exemplos. Entre as figuras de linguagem está a metonímia, que designa um objeto por outra palavra que tenha relação com ele. É o caso de "terra adorada", usada como sinônimo de "Brasil". A hipérbole, o exagero como artifício estilístico, está presente na expressão "entre outras mil". "Ó Pátria amada" é uma apóstrofe, um apelo direto a um ser real ou fictício. Glossário para entender o Hino Nacional Margens plácidas "Plácida" significa serena, calma. Esse é o tom desses versos. Ao contrário do hino de outras nações, o nosso não fala em guerras Ipiranga É o riacho junto ao qual D. Pedro I teria proclamado a independência. O Ipiranga nasce junto ao zoológico da cidade de São Paulo Brado retumbante Grito forte, que provoca eco Penhor Usado de maneira figurada, "penhor desta igualdade" é a garantia, a segurança de que haverá liberdade Imagem do Cruzeiro resplandece O "Cruzeiro" é a constelação do Cruzeiro do Sul, que brilha, ou resplandece, no céu Impávido colosso "Colosso" é o nome de uma estátua de enormes dimensões. Estar "impávido" é estar tranqüilo, calmo Mãe gentil A "mãe gentil" é a pátria. Um país que ama e defende seus "filhos", os brasileiros, como qualquer mãe Florão "Florão" é um ornato em forma de flor usado nas abóbadas de construções grandiosas. O Brasil seria o ponto mais importante e vistoso da América Garrida Enfeitada, que chama a atenção pela beleza Lábaro "Lábaro" era um antigo estandarte usado pelos romanos. Aqui é sinônimo de bandeira Clava forte Clava é um grande porrete, usado no combate corpo-a- corpo. No verso, significa mobilizar um exército, entrar em guerra

×