INFORME À IMPRENSA                                   Demanda de energia elétrica – 10 anos      Consumo de energia elétric...
INFORME À IMPRENSA                                           Demanda de energia elétrica – 10 anos    As projeções indicam...
INFORME À IMPRENSA                                 Demanda de energia elétrica – 10 anos   Para efeitos de comparação, o g...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Consumo de energia elétrica no país crescerá 4,8% ao ano até 2020

250 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
250
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Consumo de energia elétrica no país crescerá 4,8% ao ano até 2020

  1. 1. INFORME À IMPRENSA Demanda de energia elétrica – 10 anos Consumo de energia elétrica no país crescerá 4,8% ao ano até 2020 Previsão é que a demanda chegue a 730,1 mil GWh em 10 anos. Ganhos com eficiência energética serão equivalentes à geração de uma usina de Belo Monte Rio de Janeiro, 22/02/2011 A demanda de energia elétrica no Brasil ao longo da década deverá crescer auma taxa média de 4,8% ao ano, saindo de um patamar de consumo total de 456,5mil gigawatts-hora (GWh) no ano de 2010 para 730,1 mil GWh em 2020. Asestimativas constam da Nota Técnica “Projeção da demanda de energia elétricapara os próximos 10 anos”, produzida pela Empresa de Pesquisa Energética – EPE. Considerando o período em questão, o acréscimo do consumo total deeletricidade será de 274 mil GWh, volume superior ao atual consumo de eletricidadedo México e próximo ao atual consumo de eletricidade da Espanha. O estudotrabalha com a hipótese de a economia brasileira expandir-se ao ritmo de 5% ao anonos próximos 10 anos. Veja abaixo o quadro-resumo das projeções de demanda.Brasil. Elasticidade-renda do consumo de energia elétrica Consumo* PIB Intensidade Ano 6 (mil GWh) (10 R$ 2008) (kWh/R$ 2008) 2010 456,5 3.200 0,143 2015 581,2 4.084 0,142 2020 730,1 5.212 0,140 Consumo* PIB Período Elasticidade (% a.a.) (% a.a.) 2010-2015 4,9 5,0 0,99 2015-2020 4,7 5,0 0,93 2010-2020 4,8 5,0 0,96* Inclui autoproduçãoNota: estimativas preliminares do PIB e da parcela do consumo relativa à autoprodução,para o ano de 2010. 1
  2. 2. INFORME À IMPRENSA Demanda de energia elétrica – 10 anos As projeções indicam que importante parcela da demanda total de eletricidade dopaís será atendida por autoprodução1, que crescerá a uma taxa média de 6,6% aoano e deverá atingir 71 mil GWh em 2020 – o equivalente a 10% do consumo totalde eletricidade neste ano. O acréscimo da autoprodução, nos 10 anos, será deaproximadamente 34 mil GWh. Já o consumo industrial total aumentará à taxa de4,8% ao ano, chegando a 354,7 mil GWh em 2020. O consumo médio por consumidor residencial passará de 154 kWh/mês, em2010, para 191 kWh/mês em 2020. O máximo histórico de 180 kWh/mês, observadoantes do racionamento de 2001, será ultrapassado por volta de 2017.Brasil. Consumo total de eletricidade por classe (mil GWh)*Classe 2010 2020 % ao anoResidencial 107,2 166,9 4,5Industrial 221,2 354,7 4,8Comercial 69,1 123,8 6,0Outros 59,0 84,7 3,7Total 456,5 730,1 4,8* Inclui autoproduçãoNota: estimativas preliminares do PIB e da parcela do consumo relativa à autoprodução,para o ano de 2010. Ganhos com eficiência A previsão de demanda para os próximos anos incorpora ganhos de eficiênciaelétrica que resultam em uma redução do consumo de eletricidade, em 2020, de33,9 mil GWh. Esse montante de energia conservada equivale à geração de 4,5 milMWmédios (aproximadamente a energia média a ser gerada pela usina hidrelétricade Belo Monte).1 - Indústrias que utilizam resíduos do processo produtivo como combustível, caso dos segmentos de siderurgia,papel e celulose, petroquímica e indústria sucroalcooleira. 2
  3. 3. INFORME À IMPRENSA Demanda de energia elétrica – 10 anos Para efeitos de comparação, o ganho obtido com conservação de energia elétricano período (33,9 mil GWh) é superior ao atual consumo de eletricidade do Peru epróximo ao consumo da Dinamarca. As estimativas de eficiência para o ano de 2020estão detalhadas, por classe de consumo, na tabela seguinte.Brasil. Ganhos de eficiência em 2020 Energia economizada % da demanda final deClasse eletricidade por classe (mil GWh)Residencial 6,7 3,9Industrial 16,7 4,5Comercial 6,7 5,1Outros 3,8 4,3Total 33,9 4,4 A íntegra da Nota Técnica está disponível na área Economia e MercadoEnergético da página da EPE na internet, como parte da Série Estudos de Energia.Veja em http://www.epe.gov.br/mercado.Para mais informações:Oldon MachadoAssessor de Comunicação e ImprensaEmpresa de Pesquisa Energética – EPE(21) 3512-3157 / (21) 9943-9394oldon.machado@epe.gov.brtwitter.com/EPE_Brasilwww.epe.gov.br 3

×