Appcc

2.240 visualizações

Publicada em

Appcc

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.240
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
126
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Appcc

  1. 1. Equipe: AMANDA OLIVEIRA ISABEL BARBOSA MYRELLE CILENE
  2. 2. APPCC ANÁLISE DE PERIGOS E PONTOS CRÍTICOS DE CONTROLE PORTARIA Nº 46/98, DE 10 DE FEVEREIRO 1998
  3. 3. História do APPCC • O APPCC é um sistema que começou a ser aplicado pela Agência Espacial Norte Americana (NASA) nos anos 60. Surgiu como resultado da identificação de intoxicações alimentares como uma das origens de doenças que poderiam afetar os astronautas no decorrer de uma missão espacial, e que poderiam comprometer o sucesso da mesma.
  4. 4. História do APPCC • No Brasil é publicada a regulamentação para a área de pescados como ARPCC (Análise de Riscos e Pontos Críticos de Controle), definição que trazia um erro conceitual. Posteriormente, foi consolidado no Brasil como APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle).
  5. 5. Objetivo • O objetivo do APPCC é o de agir de forma preventiva, evitando potenciais riscos que podem causar danos aos consumidores, de forma a eliminar, controlar e monitorar, garantindo um alimento mais seguro.
  6. 6. O sistema APPCC •O Sistema APPCC contribui para uma maior satisfação do consumidor, torna as empresas mais competitivas, amplia as possibilidades de conquista de novos mercados, nacionais e internacionais, além de propiciar a redução de perdas de matérias-primas, embalagens e produto.
  7. 7. Principais Vantagens do Sistema APPCC • Prevenir perigos relacionados a contaminação de alimentos; • Aplicar responsabilidades ao produtor e distribuidor por assegurar a garantia dos alimentos; • Ajudar a empresa de alimentos a competir mais efetivamente no mercado mundial (KURTZWEIL, 1995); • Apresenta uma certa flexibilidade, levando em consideração a variabilidade e a adaptabilidade dos agentes causadores de riscos a saúde do humana (ARCHER, 1990); • Promover a rastreabilidade do processo quanto às contaminações, sejam elas físicas, químicas e/ou microbiológicas;
  8. 8. Riscos Existentes • O processo de implementação inicia com a identificação dos possíveis perigos que norteiam a produção. Na área de alimentos, e ai inclui-se os hortifrutigranjeiros, devem ser considerados os seguintes perigos: • 1º Perigos Físicos • 2º Perigos Químicos • 3º Perigos Biológicos
  9. 9. Princípios do APPCC • Baseia-se na prevenção, eliminação ou redução dos perigos em todas as etapas da cadeia produtiva. • Constitui-se de sete princípios básicos, a saber:
  10. 10. Bibliografia • http://www.scielo.br/pdf/cagro/v30n2/v30n2a25.pdf • http://www.ifpr.edu.br/pronatec/wp- content/uploads/2013/06/Programa_de_Analise_de_Perigos_e_Pontos_Criticos_de_Contr ole.pdf • http://www.bsibrasil.com.br/certificacao/sistemas_gestao/normas/HACCP/ • http://www.crq4.org.br/downloads/minicurso_alimentos_05_07.pdf • http://www.beefpoint.com.br/forum/qualidade-da-carne-forum/haccp-na-industria-de- produtos-de-origem-animal/ • http://www.egiquimica.com/index.asp?idEdicao=51&idSeccao=794&id=316&action=noticia • http://pt.slideshare.net/regianeev/appcc- 12304618?utm_source=slideshow02&utm_medium=ssemail&utm_campaign=share_slides how

×