Motoniveladora new holland rg 170.b

6.825 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.825
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Motoniveladora new holland rg 170.b

  1. 1. Potência Líquida (SAE J1349) 170 hp (127 kW)Peso Operacional Básico 15.615 kgPeso Operacional Máximo 17.670 kg
  2. 2. RG170.BANew Holland é reconhecida em todo o mundo pelas inovações tecnológicas, eficiência e alto padrão de qualidadedos seus equipamentos. Nos cinco continentes, a New Holland demonstra a sua força global ao trazer soluções locaispara os segmentos onde atua, consolidando a excelência da sua marca no mercado mundial da construção.Amotoniveladora RG170.B comprova esta realidade. Equipamentos que se destacam pela alta tecnologia e pelaeficiência através dos comandos hidráulicos de alta precisão, da articulação do chassi localizada à frente da cabine, dalâmina central “Roll Away” com perfil evolvente, da lâmina frontal e da transmissão de controle eletrônico inteligente.Odesenho funcional e moderno é outra característica da RG170.B. O capô traseiro, com linhas arredondadas,tem um design arrojado, que combina harmonia, modernidade e solidez, e proporciona facilidade de acesso para asmanutenções rotineiras.Esse conjunto faz da motoniveladora RG170.B um equipamento com padrão de qualidade internacional, que temcomo principais características a alta produtividade e a garantia da força global da New Holland.2
  3. 3. Trem de Força3As atividades de movimentação de terra exigem máquinas robustas de alta produtividade,grande potência e elevada capacidade de tração. A New Holland projetou o trem de força damotoniveladora RG170.B para superar os mais severos esforços impostos pelas mais variadasaplicações. Esse conjunto, perfeitamente integrado, oferece grande resistência, maior durabilidadee, principalmente, elevada capacidade de trabalho.Amotoniveladora RG170.B vem equipada com motor que atende à norma TIER II, referenteao controle do nível e emissões de poluente, modelo 6CTAA 8.3, reconhecido mundialmente pelodesempenho excepcional e pela grande facilidade de manutenção.Oferece como opção um motor que atende à norma TIER III: o motor eletrônico QSB 6.7, quepossui tripla curva de potência. Além disso, ele permite um melhor gerenciamento do sistema deinjeção de combustível, o que propicia menor nível de ruído, aumento de sua vida útil e controledo nível de emissões.Aalta tecnologia do motor eletrônico QSB 6.7 inclui lâmpadas indicadoraspara o seu gerenciamento, que permitem ao operador ou técnico demanutenção detectar as falhas através de código lampejante no painel e daconexão com um “laptop” no computador de bordo.
  4. 4. 4RG170.BTransmissãoDIRETA “Powershift”A motoniveladora RG170.B possui transmissão tipo “Direct Drive”. Projetadaespecialmente para atender às demandas de força e torque exigidas nos trabalhosde movimentação de terra, ela permite mudanças de marchas e de sentido com amáquina em movimento.Oacoplamento ao motor é feito por meio de um “Damper” (acoplamento direto),composto por dois discos concêntricos, unidos por um conjunto de molas queamortece os choques provenientes das mudanças de marchas e das variaçõesrepentinas da rotação do motor.Atransmissão “Direct Drive” assegura total aproveitamento da força do motor,proporcionando grande eficiência, baixo consumo de combustível e alta qualidade nostrabalhos de nivelamento. O “Inching Pedal” (pedal modulador) controla a modulaçãodos pacotes de embreagens da transmissão. Assim, até nas situações que requeremmaior sensibilidade e habilidade do operador, tem-se um controle preciso sobre todasas etapas do trabalho.Operar uma motoniveladora com esse tipo de transmissão é extremamentesimples, já que ela é comandada eletronicamente através de uma única alavanca,do tipo engate por “pulsos”, que é de fácil manuseio, e não utiliza canaletas para aseleção de marchas e de sentido (frente e ré). Seu sistema de válvulas de modulaçãorealiza o engate de marchas de maneira progressiva, sem impactos, o que assegurauma operação tranqüila e a qualidade superior nos serviços executados.“ELECTRONIC CONTROL UNIT” (ECU)Um processador eletrônico para garantir precisão nas operações.Atransmissão da motoniveladora RG170.B incorpora avanços tecnológicos que garantem total precisão emtodas as fases da operação. O processador eletrônico ECU gerencia todas as informações durante o funcionamentoda transmissão e proporciona ao conjunto uma operação otimizada, garantindo maior produtividade, vida útil econforto ao operador.OECU evita operações erradas ou abusivas, como engates de marchas ou inversões de sentido em velocidadesinadequadas, assegurando, desta forma, a integridade do equipamento.Atransmissão possui ainda um sistema de diagnóstico de falhas que acusa, através de código, no painel epor meio da conexão de um laptop, quaisquer problemas que ocorram com o conjunto. De grande durabilidade,com mecânica simplificada e extrema facilidade de manutenção, essa transmissão oferece elevada confiabilidade edesempenho inigualável.
  5. 5. 5“Go HOME”A motoniveladora RG170.B dispõem do dispositivo “Go Home”, que permite aooperador transportar a máquina, em caso de pane, até um local apropriado pararealizar a manutenção. A importância desse dispositivo é evitar que a máquina fiqueparada em lugar inadequado.EIXOSOs eixos da motoniveladora RG170.B garantem robustez e maior capacidade de transferência de potência aosolo. O eixo dianteiro é feito em estrutura de aço soldada, com partes fundidas de alta resistência, e oferece um vãolivre amplo e constante de 580 mm em toda a sua extensão, devido à sua geometria reta. A inclinação lateral dasrodas, em 15,3º, à direita ou à esquerda, e a oscilação de 20º para cada lado permitem o acompanhamento dasirregularidades do terreno.Oeixo traseiro, de ferro fundido, e a estrutura do tandem, de perfil retangular soldado em chapasde aço, foram dimensionados para suportar os mais severos esforços. A oscilação dotandem é de 20º para cada lado.Édotado de sistema de bloqueio do diferencialeletroidráulico (Diff Lock), que é acionado através deum interruptor no console do operador, mesmocom o equipamento em movimento.
  6. 6. FreiosO sistema de freios da motoniveladora RG170.B conta dois circuitos, um para cada tandem. São do tipomultidisco, em banho de óleo, auto-ajustáveis e de longa vida útil.Os freios de serviço são servoassistidos hidraulicamente e possuem dois acumuladores de nitrogênio, um paracada circuito, que permitem ao operador frear a máquina caso ocorra alguma falha no sistema hidráulico ou a paradado motor diesel.RG170.B6 Sistema HidráulicoOsistema hidráulico é do tipo “Load and Flow Sensing” (sensível à carga). Isso significa que a bombasomente fornece fluxo quando o operador aciona uma das alavancas de controle. Quando não hádemanda hidráulica, a bomba consome uma potência mínima do motor e o sistema hidráulico trabalhamais arrefecido, o que reduz o consumo de combustível.Amotoniveladora RG170.B também vem equipada com distribuidor hidráulico de centro fechado,com nove seções de circuitos, situado em local protegido e abaixo da plataforma do operador. Dessaforma, é possível a montagem de novos acessórios sem a necessidade de adicionar seções hidráulicas aodistribuidor. Direção/ArticulaçãoAdireção da motoniveladora RG170.B é hidrostática, do tipo orbitrol, e alimentada por bomba de engrenagens. Oângulo de esterçamento das rodas dianteiras é de 42º para ambos os lados, e a articulação do chassi é de 25º paraa direita ou a esquerda, o que proporciona um raio de giro de 7.250 mm.Esse reduzido raio de giro permite ao operador executar trabalhos em áreas restritas com maior facilidade erealizar operações em curvas sinuosas em muito menos tempo. Uma manopla auxiliar no volante possibilita maioragilidade na realização de manobras.
  7. 7. 7 Sistema ElétricoOsistema elétrico, de 24 volts, é alimentado por duasbaterias livres de manutenção, de 12 volts cada, ligadasem série, com capacidade total de 100 Ah e situadas emlocal de fácil acesso. A motoniveladora RG170.B possuium conjunto de faróis dianteiros, traseiros e sobre a lâminaque permite a perfeita iluminação do local de trabalho. Compartimento do OperadorOpções de cabineAs cabines, fechada e aberta, estão montadas sobre o chassi traseiro, o que facilita ao operador executarmanobras de marcha à ré sem perder a visibilidade das rodas traseiras e verificar diretamente o quanto o chassi estásendo articulado. Assim, a segurança de operação é total.Cabine FECHADA R.O.P.S./F.O.P.S.A cabine fechada alta com seus 6,76 m2de área envidraçada, o design com todas as faces planas e orebaixamento do capô traseiro asseguram maior visibilidade, o que possibilita um melhor controle visual, tanto dostrabalhos traseiros, com “ripper”, quanto dos dianteiros, com lâmina ou escarificador.n vidros de segurançan chave geral dentro do compartimenton limpador de pára-brisa dianteiro com lavadorn luz internan 1 espelho retrovisor interno e 2 externosn predisposição para rádio com alto-falanten tomada elétrica de 12 voltsn acesso pelos dois ladosn sistema de ventilação interna com defletores noteto para melhor refrigeraçãon porta-coposn coluna de direção ajustáveln opcionais: ar-condicionado, aquecedor, limpadorde pára-brisa traseiro e cortina quebra-sol traseira
  8. 8. 8RG170.BCabine ABERTA R.O.P.S./F.O.P.S.Oferece muito mais proteção e conforto em comparação ao toldo, pois protege o operador da poeiraproveniente dos equipamentos que vão à frente da máquina e das chuvas de pequeno volume.n vidros dianteiro e traseiron limpador de pára-brisa dianteiro, com lavadorn ventiladorn 1 retrovisor interno e 2 externosn luz internan chave geral dentro do compartimenton acesso pelos dois ladosn ventilador de teton coluna de direção ajustável CONFORTO TOTALPARA O OPERADORAmotoniveladora RG170.B oferece vários itens de conforto: assento ajustável,com encosto para braço e cabeça, suspensão elástica com regulagem conformeo peso do operador.O console de direção é totalmente regulável, ajustando-se à posição detrabalho de operadores de qualquer estatura. O volante possui manopla auxiliarpara manuseio com apenas uma mão, enquanto a outra se ocupa do implemento.Alavancas de percurso mais curto possibilitam comandar todos os implementosde forma fácil e produtiva. COMANDOS,MONITOR E PAINELTodos os comandos e teclas estão ergonomicamente posicionadossempre ao alcance do operador. O “Electronic Data Monitor” (EDM)monitora todas as funções vitais do equipamento, possibilitando aooperador obter informações seguras sobre o funcionamento da máquina.O painel lateral possui mostradores analógicos de cristal líquido, de fácilleitura, como nível de combustível, temperaturas e pressões do óleo domotor e da transmissão.
  9. 9. 9 MAIS OPCIONAISPARA MAIS VERSATILIDADEA motoniveladora RG170.B possui uma série de opções que facilitam o trabalho e aumentam aprodutividade: flutuação de lâmina frontal e central, gancho traseiro, cantos de lâmina reforçados, extensãode lâmina, placa de empuxo dianteira, suporte para roda sobressalente, além de outros itens já conhecidos econsagrados no mercado. LÂMINA CENTRAL COMPERFIL EVOLVENTE “ROLL AWAY”Alâmina central da motoniveladora RG170.B possui perfil evolvente “Roll Away”, queprovoca a rolagem do material, facilita o trabalho e reduz o esforço sobre a máquina,gerando maior produtividade e menor consumo de combustível.Como equipamentos-padrão, elas possuem o deslocamento lateral e a inclinação dalâmina acionados hidraulicamente, itens indispensáveis em vários tipos de trabalhos. Osistema de travamento da sela, que atua através de um cilindro hidráulico comandado porválvula solenóide, pode ser acionado a partir de um interruptor localizado no painel. RIPPER TRASEIROEssas máquinas oferecem “ripper”, do tipo paralelogramo, que incorpora escarificador.Esse conjunto aumenta a eficiência de ripagem, diminuindo o número de passadas damáquina para a desagregação de solos duros ou compactados. LÂMINA FRONTAL INTERCAMBIÁVELEssa lâmina, com cinematismo de paralelogramo, é totalmente intercambiável com o escarificador frontal,o que assegura versatilidade de aplicações da máquina.Acessórios CONSTRUÇÃO ROBUSTAAlâmina é construída com aço de alta resistência à abrasão e possui facas e cantos deaço-boro, de grande vida útil. O círculo da lâmina está apoiado sobre guias com insertosde resina fenólica substituíveis, que dispensam lubrificação. Seus dentes externos evitamdanos ao pinhão de giro em casos de operação com ajuste de folga inadequado, por falhasna manutenção. A lâmina pode executar um giro de 360º, sem restrições, o que garantemuito mais alternativas de trabalho.
  10. 10. RG170.BManutenção SimplificadaOnovo capô basculante permite amplo acesso para facilitar as manutenções rotineiras, como a verificação donível de óleo e a substituição dos filtros de óleo e de ar. A verificação do nível de óleo hidráulico, por mostrador ótico,é de fácil leitura. O bocal do reservatório de combustível é de fácil acesso, o que possibilita o abastecimento a partirdo solo. Assessoria, orientação técnicae parceria a serviço do clienteANew Holland dispõe de um departamento exclusivo para cuidar da orientação e da assessoria técnica da redee de seus clientes: o Departamento de Suporte ao Cliente. Ele oferece a seus concessionários todo o suporte etreinamento necessários para que possam prestar serviços de qualidade a cada um dos proprietários das máquinasNew Holland.Totalmente informatizado e interligado com a rede de concessionários, o Departamento de Suporte ao Clientedisponibiliza, em tempo real, dados técnicos, boletins de serviços e processamento “on line” de garantia da máquina, oque assegura agilidade e precisão em todas as relações comerciais com a rede de concessionários e seus clientes.Antes de lançar um equipamento no mercado, os engenheiros e técnicos da New Holland entram em campo paratreinar e orientar toda a equipe de assistência técnica de seus concessionários. Somente depois dessa etapa, é queo equipamento é disponibilizado para venda.Além disso, toda vez que um equipamento ou peça passa por algum tipo de modificação ou evolução, oDepartamento de Suporte ao Cliente repassa imediatamente os conhecimentos para os técnicos e mecânicosdos concessionários e, em muitos casos, até mesmo diretamente para os clientes, o que mantém toda a equipepermanentemente atualizada.10
  11. 11. RG170.B11Potência bruta (hp) (SAE J1995) a 2.200 rpm. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 180Potência líquida (hp) (SAE J1349) a 2.200 rpm. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 170Marca. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CumminsModelo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6CTAA 8.3 TIER IINúmero de cilindros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6 (em linha)Diâmetro e curso (mm). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114 x 135Cilindrada (litros). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8,3Rotação máxima (rpm). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.200Torque máximo (Nm) (SAE J1995) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 725 a 1.600 rpmTorque líquido (Nm) (SAE J1349) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 678 a 1.600 rpmVentilador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . HidráulicoTipo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Diesel , 4 tempos, injeção direta e turboalimentadoDiagnóstico eletrônico para este motor está disponível no painel4 válvulas por cilindro - 2 de admissão e 2 de escapeMáquina totalmente abastecida, equipada com cabine fechada ROPS/FOPS e peso do operador.Peso máquina base. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15.615Eixo dianteiro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4.448Eixo traseiro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.167Peso máximo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17.670Eixo dianteiro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.044Eixo traseiro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.436MotorPeso operacional (kg)Voltagem (V). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24Número de baterias. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2 x 12VCapacidade total das baterias (Ah). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100Alternador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50 AMotor de partida / potência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Delco / 5,5 kWTipo “Powershift”, “Direct Drive”. Controle eletrônico com 8 velocidades à frente e 4à ré. Proteção contra reversão de sentido, sobrevelocidade e redução de marchas.Monitoramento eletrônico de falhas e sistema auxiliar de deslocamento em caso defalha (“Limp Home”). Marcha Velocidades (km/h) Avante Ré1ª 3,6 3,6 2ª 5,1 7,23ª 7,2 14,34ª 10,0 28,55ª 14,36ª 20,07ª 28,58ª 42,9Estrutura de aço soldado de alta resistência, montada com rolamentos.Inclinação das rodas (à direita e à esquerda). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15,3ºÂngulo de oscilação do eixo (para cada lado). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20,0ºDistância livre do solo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 580 mmCarcaça de ferro fundido para aplicações severas. Eixos de aço tratadostermicamente, montados com rolos cônicos.Altura sobre o solo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 mmDiferencial. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Com bloqueio eletroidráulico (Diff Lock) acionado através do interruptor no console do operador.SISTEMA ELÉTRICOTRANSMISSÃOEixo dianteiroEixo traseiroEstrutura em perfil retangular soldadoEspessura das chapas (internas/externas). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 mmOscilação (para cada lado). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 20ºPasso da corrente de acionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 50,8 mmEspaçamento entre eixos do tandem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.572 mmEixos e engrenagens intercambiáveis, montados sobrerolamentos de rolos cônicos.Tandens
  12. 12. 12Fabricado em caixa fechada, soldado.DianteiroSeção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254 x 298 mmPeso por metro linear. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 153,3 kg/mTraseiro (cada lado)Seção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 121 x 299 mmPeso por metro linear. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 78,3 kg/mConstruído em uma só peça de seção “T”.Diâmetro externo (mm). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.752Rotação (contínua). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 360ºSuportes (em resina fenólica, substituíveis e ajustáveis) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4Área de apoio (cm2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.845Redutor de giro em banho de óleo, de acionamento hidráulico.Controles totalmente hidráulicos tipo “load and flow sensing”. Circuitos de centrofechados. Cilindros de elevação da lâmina montados sobre a sela. Sistema detravamento da sela através de um cilindro hidráulico, com comando por válvulasolenóide atuada por interruptor localizado no painel lateral. Válvulas de alívio eretenção para todos os comandos.Bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Pistões axiais de fluxo variávelExclusivo perfil evolvente “Roll Away”, com facas e bordas cortantes substituíveis.Controle de deslocamento lateral e angular operado hidraulicamente.Dimensões disponíveis(comprimento x altura x espessura). . . . . . . . . . . . . . . 3.658 x 622 x 22 (OPC) 3.962 x 671 x 22 (STD) 4.267 x 671 x 22 (OPC)Elevação máxima do solo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 444 mmÂngulo máximo do talude(ambos os lados). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90ºÂngulo de inclinação da lâmina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40º à frente 5º para trásProfundidade de corte. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 711 mmDeslocamento lateral da lâminaEsquerda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 533 mmDireita. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 686 mmAlcance lateral máximo fora dos pneus com deslocamento do círculo esela girada na última posiçãoDireita . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.065 mmEsquerda. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.868 mmNota 1: para alcance da lâmina com a máquina articulada em 25º,devem-se adicionar 684 mm para qualquer dimensão.Nota 2: máquinas com pneus e lâminas na configuração STD.ChassicírculoSistema hidráulicoLâmina CENTRALVazão da bomba hidráulica a 2.200 rpm. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 186 l/minPressão máxima do sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 214 kg/cm2ImplementosTipo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . HidrostáticaBomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . EngrenagensNúmero de cilindros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2Ângulo de giro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42ºDireção suplementar integrada ao sistema de direçãoArticulaçãoÂngulo de articulação (para direita e esquerda). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25ºNúmero de cilindros. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2Raio de giro (medido por fora dos pneus). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.250 mmDe serviçoMultidisco, em banho de óleo nas 4 rodas traseiras, auto-ajustáveis, com doiscircuitos (um para cada lado do eixo) e acumuladores de nitrogênio, que permitemao operador frear a máquina em caso de queda de pressão no sistema hidráulicodo freio ou parada do motor diesel.Bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . EngrenagensVazão da bomba a 2.200 rpm . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42 l/minPressão máxima. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 45 kg/cm2De estacionamentoIndependente, tipo disco acoplado ao eixo de saída da transmissão, que atuanas quatro rodas traseiras, e dispositivo de proteção que impede o movimento damáquina com o freio de estacionamento aplicado. Acionamento manual.DireçãofreiosRG170.BAro 9” - monopeça/Pneu14x24 - 12L - G2 - sem câmaraAro 10” - 3 peças/Pneu14x24 -1 2L - G2 - sem câmara (STD)Aro 13” - monopeça/Pneu17,5x25 - 12L - L2 - sem câmaraAro 14” - 3 peças/Pneu17,5x25 - 12L - L2 - sem câmaraAro 14” - 3 peças/Pneu17,5x25 - 16L - L3 - sem câmaraAro 17” - 3 peças/Pneu20,5x25 - 12L - L3 - sem câmaraAro 17” - 3 peças/Pneu20,5x25 - 16L - L3 - sem câmaraAro 9” - monopeça/Pneu14x24 - 12L - L2 - RADIAL XGLA2Aro 10” - 3 peças/Pneu14x24 - 12L - L2 - RADIAL XGLA2Aro 9” - monopeça com válvulaAro 13” - monopeça com válvulaAro 10” - 3 peças com válvulaAro 14” - 3 peças com válvulaAro 17” - 3 peças com válvulaRODAS (PNEUS E AROS)
  13. 13. 13Reservatório de combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 341 lSistema de refrigeração do motor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40 lSistema hidráulicoTotal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 180 lReservatório . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 95 lÓleo do motor diesel com filtro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 lDiferencial . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44 lCaixa tandem (cada). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 lRedutor do gira-círculo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2,8 lTransmissão com filtro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 lCapacidadesde abastecimentoEscarificador dianteiroTipo paralelogramo de montagem frontalLargura máxima de corte . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.168 mmPenetração máxima. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 318 mmNúmero de dentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 ou 11Espaçamento entre dentes5 dentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 229 mm11 dentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115 mmElevação máxima do solo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 527 mmPeso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 570 kg (c/ 5 dentes)Comprimento da máquinacom escarificador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.449 mmTipo paralelogramo, montagem frontal, intercambiável com escarificador dianteiro.DimensõesLargura. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.762 mmAltura. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 953 mmElevação do solo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 622 mmPenetração no solo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165 mmComprimento da máquina com a lâmina retraída. . . . . . . . . . . . . . . . 9.423 mmPeso. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.165 kgAcessórios Lâmina frontal“Ripper” / Escarificador TraseiroTipo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Paralelogramo montagem traseiraLargura máxima de corte. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2.195 mmPenetração no soloDentes do “ripper”. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 437 mmDentes do escarificador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 252 mmNúmero de dentes“Ripper” . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 ou 5Escarificador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 ou 9Peso“Ripper” c/ 3 dentes e escarificador c/ 5 dentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 985 kgElevação máxima do soloDentes do ripper. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 518 mmDentes do escarificador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 703 mmComprimento da máquina c/ “ripper”. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.550 mmSÉRIEEquipamentos den Cabine aberta alta R.O.P.S / F.O.P.S contendo Assento de vinil com suspensão mecânica Cinto de segurança de 2” Acelerador manual Acelerador de pedal Chave geral Coluna de direção ajustável Escada de acesso em ambos os lados Limpador de pára-brisa dianteiro Luz de teto Retrovisores interno e externo Tomada de 12 volts (*) (*) Item disponível apenas nas cabines fechadas. As cabines fechadas possuem também porta-copo e predis-posição para rádio com alto-falantes. As cabines fechadas deluxo ainda têm limpadores frontais inferiores e limpador tra-seiro, gancho para pendurar casaco e cortina traseira. Todasas cabines ROPS/FOPS são certificadas conforme as normasSAE J1040 (ROPS) e SAE J231 (FOPS).n Instrumentos Horímetro, tacômetro e velocímetro Display indicador de marchas e diagnóstico de falhas datransmissãon “Leds” indicadores no painel central Direção e alerta Farol alto Pressão de óleo do motor Pressão do óleo da transmissão Pressão de carga dos acumuladores de freio Temperatura da água do motor Temperatura do óleo da transmissão Temperatura do óleo hidráulico Restrição do filtro de ar do motor Restrição do filtro da transmissão Restrição do filtro hidráulico Carga da bateria Freio de estacionamento aplicado Diferencial aplicado (somente para eixo traseiro DANA)n Medidores no painel lateralMedidor de combustívelMedidor de pressão do óleo do motorMedidor de pressão do óleo da transmissãoMedidor de temperatura da água do motorMedidor de temperatura do óleo da transmissão Barra de tração / Círculo standard Alternador 50 ARG170.B
  14. 14. 14OPCIONAISn Cabines Cabine fechada alta sem rádio ROPS/FOPS Cabine fechada alta de luxo com rádio ROPS/FOPS Cabine fechada alta de luxo sem rádio ROPS/FOPS Cabine fechada baixa de luxo com rádio ROPS/FOPS Cabine fechada baixa de luxo sem rádio ROPS/FOPS Cabine aberta não ROPSn Outros Caixa de ventilação para cabine fechada Aquecedor para cabine fechada Ar-condicionado para cabine fechada Isolamento acústico para cabine fechada 2 ventiladores superiores dianteiros no teto da cabine Extintor de incêndio Limpadores de pára-brisa inferiores Limpador de pára-brisa traseiro (padrão nas cabines fecha-das de luxo)n Barra de tração Barra de tração / Círculo pesado - “Heavy Duty”n Implemento dianteiro Lâmina dianteira Placa de empurre Escarificador dianteiro com 5 dentes 6 dentes adicionais do escarificador dianteiro Gancho de tração dianteiro Eletroválvula de flutuação da lâmina dianteira Sapata deslizante da lâmina dianteira Contrapeso dianteiron Lâmina Lâmina de 12’ Lâmina de 14’ Extensão lâmina direita - 1’ Extensão lâmina esquerda - 1’ Canto de lâmina “Heavy Duty” - adicionaln Implemento traseiro “Ripper” com 3 dentes e escarificador traseiro com 5 dentes 2 dentes adicionais do “ripper” e 4 dentes do escarificador traseiro Gancho de tração traseiro Suporte para levantamento da máquinan Faróis de trabalho 2 faróis dianteiros na parte superior da cabine 2 faróis de trabalho posteriores à lâmina central 2 faróis de trabalho do implemento dianteiron Bloqueio/flutuação/“anti-shock” - lâmina central e círculo Válvula de bloqueio do cilindro levantamento lâmina central Eletroválvula de flutuação da lâmina central (incorpora aválvula de bloqueio) Eletroválvula “anti-shock” com 2 acumuladores para lâminacentral Eletroválvula “anti-shock” com 3 acumuladores para lâminacentral e círculon Assento / Cinto de segurança Assento de vinil com suspensão mecânica Assento de tecido com suspensão mecânica Assento de tecido com suspensão pneumática Cinto de segurança - 3”n Motor / Alternador Motor QSB 6.7 de tripla potência - 180/190/205 hp - TIER III Arranque a frio (injeção de éter) Aquecedor de água do bloco do motor Alternador 80An Demais opcionais Bateria 12V/1010 CCA - livre de manutenção Sinalizador rotativo USA Sinalizador rotativo Europa Caixa de ferramentas luxo Caixa sem ferramentas com suporte, fixada no chassi anterior Símbolo de movimento lento Bomba elétrica para encher pneu Suporte para pneu sobressalente Bomba hidráulica de pistões axiais Alarme de réEquipamentos Baterias 12V - 750 CCA Buzina Bomba hidráulica de pistões axiais (implementos hidráulicos) Controles hidráulicos de elevação da lâmina, gira-círculo,deslocamento lateral do círculo, inclinação das rodas, inclina-ção e deslocamento lateral da lâmina, articulação do chassi eacessórios frontal e traseiro Direção hidrostática EDM (“Electronic Data Monitor”) para monitoramento dasfunções vitais da máquina Eixo traseiro com bloqueio eletroidráulico do diferencial (DiffLock) Filtro de ar com ejetor ciclônico de poeira Freio de estacionamento com luz de advertência Freio de serviço em banho de óleo (auto-ajustável) Faróis de trabalho montados na cabine (2 traseiros) Faróis frontais (2) com luzes de direção Faróis de trabalho anteriores à lâmina central (2) Luz de freio Luzes direcionais Lâmina de 13 pés Limpadores de pára-brisa Sela de 5 posições Sistema de monitoramento da transmissão Caixa de ferramentas standard Válvulas de bloqueio dos cilindros hidráulicos Aro 10”- 3 peças Pneus 14x24 12L - G2 - sem câmara Motor 6CTAA 8.3 - TIER IINota: o equipamento-padrão e seus opcionais podem variar conforme local de comercialização da máquina.Consulte seu concessionário para mais informações.Nota: o equipamento-padrão e seus opcionais podem variar conforme local de comercialização da máquina.Consulte seu concessionário para mais informações.
  15. 15. RG170.B15ESPECIFICAÇÕESDAbCfgiEhJKmLnOQP rDAbCfgiEhJKmLnOQP rDAbCfgiEhJKmLnOQP rDAbCfgiEhJKmLnOP rDAbCfgihJLnOQrA - Bitola 2.108B - Largura por fora dos pneus 2.499C - Largura da lâmina 3.962D - Altura até o topo da cabineCabine perfil alto 3.340Cabine perfil baixo 3.140E - Altura até o topo do tubo de escape 3.323F - Altura até o topo do cilindro de levantamento da lâmina 3.047G - Raio estático do pneu 610H - Distância entre o eixo do tandem até o pino de articulação do chassi 1.958I - Distância entre o eixo frontal e a lâmina 2.562J - Distância entre os eixos do tandem 1.572K - Distância entre o eixo do tandem e a roda 786L - Distância entre eixos 6.219M - Distância entre o eixo do tandem e a traseira do equipamento 1.649N - Distância entre o eixo da roda dianteira e a traseira do equipamento 7.868O - Comprimento total 8.554P - Distância entre pneus traseiros e “ripper” 1.913Q - Distância entre pneus dianteiros e escarificador 1.510R - Distância entre pneus dianteiros e lâmina frontal 1.560Raio de giro (externo aos pneus)* 7.250* Medidas baseadas na configuração-padrão com pneu 14 x 24 - 12 lonas.mm
  16. 16. www.newholland.com.brFábrica:Contagem – Minas Gerais – BrasilAv. General David Sarnoff, 2.237Inconfidentes – CEP 32210-900Fone: 31 2104-3111As dimensões, pesos e capacidades mostrados neste folheto, bem como qualquer conversão usada, são sempre aproximados e estão sujeitos a variaçõesconsideradas normais dentro das tolerâncias de fabricação. É política da NEW HOLLAND o aprimoramento contínuo de seus produtos, reservando-se amesma o direito de modificar as especificações e materiais ou introduzir melhoramentos a qualquer tempo sem prévio aviso ou obrigação de qualquer espécie.As ilustrações não mostram necessariamente o produto nas condições standard.BRBE0121 - 10/2008 - Impresso no BrasilPós-Vendas da Rede Autorizada New Holland.Garantia de alta performance e produtividade.NO SEU CONCESSIONÁRIO:Escritório Comercial:Nova Lima – Minas Gerais – BrasilRua Senador Milton Campos, 175 / 4°andarVila da Serra – CEP 34000-000Fones: 31 2123-4902 / 31 2123-4904A RedeAutorizada New Holland oferece serviços especializados,profissionais rigorosamente treinados pela fábrica e peças genuínascom garantia de qualidade e procedência, além de suporte total na compra do seu equipamento e facilidade no financiamento.O serviço de Pós-Vendas New Holland está à sua disposição para orientá-loe apresentar as melhores opções na contratação de serviços autorizadose na aquisição de peças. Com ele, você garante a altaperformance e o melhor desempenho da sua máquina,com toda segurança e com o menor custo-benefício.Para ter total acesso à produtividade e à altatecnologia que só a New Holland oferece, conte como Pós-Vendas da Rede Autorizada New Holland.

×