Parentes difíceis

260 visualizações

Publicada em

Visão espírita da nossa família material

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parentes difíceis

  1. 1. PARENTES DIFÍCEIS
  2. 2. P rocure compreender e perdoar incompreensões, ciúmes e a intolerância de todos aqueles que a Divina P rovidência colocou sob o mesmo teto que o seu.
  3. 3. Nem sempre nossos parentes são nossos amigos. O grande sábio Salomão já dizia que: “...há amigo mais chegado que um irmão.”
  4. 4. A abençoada lei de amor e justiça, que é a reencarnação, nos proporciona quitar débitos com os mesmos adversários de ontem,
  5. 5. No lar, ao lado de almas queridas, encontramos também antigos desaf etos, que a sabedoria divina coloca ao nosso lado com oportunidade de reconciliação e resgate.
  6. 6. Diante do parente mais dif ícil, necessário se f az o exercício da compreensão, da paciência e perdão.
  7. 7. Aproveite a oportunidade de caminharem juntos, pois talvez ao longo do percurso encontrarão o momento mais adequado e propício para esta reconciliação.
  8. 8. • Emmanuel nos alerta que: “Toda antipatia, aparentemente a mais justa, deve morrer para dar lugar à simpatia. ” • P erdoe sempre, pois à carne só enxergamos uma f ace da moeda de
  9. 9. A outra f ace só nos será revelada quando estivermos no mundo espiritual. P isso, or muitas vezes pensamos ser vítimas quando, na realidade, somos algozes.
  10. 10. Nunca se esqueça de que não tem os parentes que sonhou e sim aqueles que merece. Estamos situados na f amília certa, junto das pessoas mais adequadas à nossa evolução.
  11. 11. Esf orce- se para amá- los, tendo para com eles, os nobres sentimentos de perdão, da tolerância, da resignação e da paciência.
  12. 12. Que não haja amargura, porque Tu nos abençoas. Que não haja egoísmo, porque Tu nos animas. Que não haja rancor, porque Tu nos perdoas. Que não haja abandono, porque Tu estás connosco. Que saibamos caminhar para Ti em nossa rotina diária. Que cada manhã seja o inicio de mais um dia de entrega a Ti, Senhor. Que cada noite nos encontre ainda mais unidos no amor. Faz, Senhor, das nossas vidas que quiseste unir, páginas repletas com a tua luz. Faz Senhor, dos nossos filhos o que Tu anseias. Ajudanos a educá-los e orientá-los pelos Teus caminhos. Que nos esforcemos no consolo mútuo. Que façamos do amor um motivo para amar-Te mais. Que possamos dar o melhor de nós mesmos para sermos felizes no lar. Que ao amanhecer o grande dia de irmos ao Teu encontro, nos concedas estarmos unidos para sempre a
  13. 13. Texto : Sergito Souza Cavalcânti Do livro “Sândalo” Música: You look wonderf ul tonightEric clapton Formatação: VAL R UAS http://valruas.wordpress.com/

×