O ANJO
CINZENTO
Para que o Homem adquirisse confiança em sua Bondade Infinita,
determinou o Senhor que vários anjos o amparassem na Terra,...
Em razão disso, quando mal saía do berço, aproximou dele um anjo lirial que,
aproveitando os lábios daquela que se lhe con...
Mais tarde soletrando o alfabeto, acercou-se dele um anjo de luz verde que
por intermédio da professora, o ajudou a pronun...
Quando penetrou em uma casa de ensino superior, foi visitado por um anjo
vestido em luz de ouro que, através dos educadore...
O homem consultou livros e autoridades, desejando comunhão mais direta
com o Senhor, fazendo-se caprichoso e exigente.
Olvidando o direito dos semelhantes, propunha-se conquistar as atenções
de Deus somente para si...

Por mais insistisse o ...
Atormentado, procurou um templo religioso, onde um anjo azul o
socorreu, valendo-se de um sacerdote para recomendar-lhe a ...
Frequentando o templo para não ferir
as convenções sociais, foi auxiliado
por um anjo róseo, que lhe conduziu
à leitura de...
Ainda assim, monologava indisciplinado:
- “Se sou filho de Deus e se Deus existe, não justifica tanta formalidade para
enc...
Casou-se, constituiu família, juntou dinheiro, entretanto, por mais se esforçassem os
Anjos da Caridade, da Sabedoria, da ...
Enrugando lhe o rosto e
embranquecendo lhe a cabeça
orgulhosa, reuniram se os
Anjos amigos, suplicando a
compaixão do Senh...
Foi quando desceu da Glória Celeste um Anjo cinzento, de
semblante triste e discreto.
Não tomou instrumentos para comunicar-se.
Ele próprio abeirou-se do revoltado filho do Altíssimo, abraçou-o e
assoprou lhe...
Sentindo lhe a presença, o Homem
cambaleou, deitou-se e começou a
reconhecer a precariedade dos bens do
mundo...
Observou que a felicidade era simples sombra a esvair-se no tempo...
E finalmente compreendeu que tudo que desfrutava na v...
Reconsiderando as atitudes que lhe eram peculiares, e em lágrimas de sincera e
profunda compunção, dirigiu-se pela primeir...
CRÉDITOS
Do livro: Contos desta e doutra vida
Chico Xavier / Irmão X
Música: God Sent Me Na Angel – E. Cortazar
Imagens: I...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O anjo cinzento

377 visualizações

Publicada em

Para que o Homem adquirisse confiança em sua Bondade Infinita, determinou o Senhor que vários anjos o amparassem na Terra, amorosamente...

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O anjo cinzento

  1. 1. O ANJO CINZENTO
  2. 2. Para que o Homem adquirisse confiança em sua Bondade Infinita, determinou o Senhor que vários anjos o amparassem na Terra, amorosamente...
  3. 3. Em razão disso, quando mal saía do berço, aproximou dele um anjo lirial que, aproveitando os lábios daquela que se lhe constituíra em mãe adorável, lhe ensinou a repetir: - Deus...Pai do céu...Papai do céu... Era o Anjo da Pureza!
  4. 4. Mais tarde soletrando o alfabeto, acercou-se dele um anjo de luz verde que por intermédio da professora, o ajudou a pronunciar em voz firme: - Deus, nosso Pai celestial, Criador de todas as coisas... Era o Anjo da Esperança!
  5. 5. Quando penetrou em uma casa de ensino superior, foi visitado por um anjo vestido em luz de ouro que, através dos educadores eméritos, lhe falou acerca da glória e da magnificência do Criador, utilizando a linguagem da Filosofia e da Ciência. Era o Anjo da Sabedoria!
  6. 6. O homem consultou livros e autoridades, desejando comunhão mais direta com o Senhor, fazendo-se caprichoso e exigente.
  7. 7. Olvidando o direito dos semelhantes, propunha-se conquistar as atenções de Deus somente para si... Por mais insistisse o anjo dourado, rogando-lhe reverenciar o Senhor, acatando-lhe as leis e os desígnios, mais se mergulhava na hesitação e na indiferença.
  8. 8. Atormentado, procurou um templo religioso, onde um anjo azul o socorreu, valendo-se de um sacerdote para recomendar-lhe a prática do trabalho e da humildade, como retidão da consciência e com a perseverança no bem. Era o Anjo da Fé!
  9. 9. Frequentando o templo para não ferir as convenções sociais, foi auxiliado por um anjo róseo, que lhe conduziu à leitura de livros santos, conduzindo lhe o sentimento à pratica do amor e da renúncia, da benevolência e do sacrifício, de maneira a abreviar lhe o caminho para o Divino encontro. Era o Anjo da Caridade!
  10. 10. Ainda assim, monologava indisciplinado: - “Se sou filho de Deus e se Deus existe, não justifica tanta formalidade para encontrá-lo...” E prosseguia surdo aos orientadores angélicos.
  11. 11. Casou-se, constituiu família, juntou dinheiro, entretanto, por mais se esforçassem os Anjos da Caridade, da Sabedoria, da Esperança e da Fé, no sentido de favorecer lhe a comunhão com o Céu, mais repudiava os generosos conselheiros, exclamando para si mesmo: - Deus? Mas existirá efetivamente Deus?
  12. 12. Enrugando lhe o rosto e embranquecendo lhe a cabeça orgulhosa, reuniram se os Anjos amigos, suplicando a compaixão do Senhor, a benefício do rebelde tutelado.
  13. 13. Foi quando desceu da Glória Celeste um Anjo cinzento, de semblante triste e discreto.
  14. 14. Não tomou instrumentos para comunicar-se. Ele próprio abeirou-se do revoltado filho do Altíssimo, abraçou-o e assoprou lhe ao coração a mensagem que trazia...
  15. 15. Sentindo lhe a presença, o Homem cambaleou, deitou-se e começou a reconhecer a precariedade dos bens do mundo...
  16. 16. Observou que a felicidade era simples sombra a esvair-se no tempo... E finalmente compreendeu que tudo que desfrutava na vida era empréstimo divino da Eterna Bondade...
  17. 17. Reconsiderando as atitudes que lhe eram peculiares, e em lágrimas de sincera e profunda compunção, dirigiu-se pela primeira vez, com toda a sua alma, ao Pai Celeste, suplicando: - Deus de Infinita Misericórdia, meu Criador e meu Pai, compadece-te de mim...”! O Anjo cinzento era a enfermidade!!!
  18. 18. CRÉDITOS Do livro: Contos desta e doutra vida Chico Xavier / Irmão X Música: God Sent Me Na Angel – E. Cortazar Imagens: Internet Formatação: VAL RUAS http://valruas.wordpress.com

×