Escola Superior de Educação de Beja2010/2011CET – PsicogerontologiaDisciplina: Tecnologias de Apoio ao Idoso<br />Processa...
<ul><li>Definições;
Vários tipos de memorias;
Problemas de memórias e as suas possíveis causas;
Dicas para manter uma boa memoria;
O que é o processador de texto e suas funções;
Projecto.</li></ul>Pontos a abordar:<br />
Definições:<br />O que é a Memoria?<br /><ul><li>Éa capacidade de adquirir, armazenar e recuperar informações disponíveis,...
Historia<br />História é uma ciência humana que estuda o desenvolvimento do homem no tempo. A História analisa os processo...
Memória fotográfica;<br />Memória sensorial;<br />Memória sentimental;<br />Memória declarativa;<br />Memória de curto;<br...
Problemas de memória e as suas possíveis causas<br />Ansiedade;<br />Desidratação;<br />Depressão;<br /> Infecções;<br />E...
Socializar;<br />Praticar de uma actividade física;<br />Jogos para treinar o cérebro;<br />Em caso de dificuldades na aud...
O que é um processador de texto<br />É um programa usado para : escrever; criar documentos simples até arquivos profission...
Funções essenciais<br />Memorizar e recuperar o texto;<br />Correcção ortográfica e sinónimos,<br />Matemática;<br />Visua...
 <br />	Este projecto encontra-se inserido no trabalho de processamento de texto e memória da disciplina de TAG (tecnologi...
Histórias<br />De: Catarina Graça     <br /> “… Comecei a mondar com nove anos, levava um rego que não era capaz de levar ...
De: Dilar<br />“Eu morava numa pequena aldeia chamada “ Rio de Moinhos do Sado” nasci e foi lá criada, também me casei, os...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Historias De Vida

496 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
496
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
104
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historias De Vida

  1. 1. Escola Superior de Educação de Beja2010/2011CET – PsicogerontologiaDisciplina: Tecnologias de Apoio ao Idoso<br />Processamento de texto e memória<br />Docente: Ana Paula<br />Discente:Ana Sebastião<br />Celeste Kenge<br />Mara Pedro<br />Vera Palma<br />
  2. 2. <ul><li>Definições;
  3. 3. Vários tipos de memorias;
  4. 4. Problemas de memórias e as suas possíveis causas;
  5. 5. Dicas para manter uma boa memoria;
  6. 6. O que é o processador de texto e suas funções;
  7. 7. Projecto.</li></ul>Pontos a abordar:<br />
  8. 8. Definições:<br />O que é a Memoria?<br /><ul><li>Éa capacidade de adquirir, armazenar e recuperar informações disponíveis, seja internamente, no cérebro, seja externamente, em dispositivos electrónicos, como por exeplo, num cartão de memoria.</li></li></ul><li>Vida<br />A vida define-se como sendo um conjunto de actividades e funções orgânicas que constituem a qualidade de um corpo vivo de um corpo morto.<br />"Aquilo que possui alma se distingue daquilo que não possui alma pela vida" <br />(Aristóteles, De anima II.2, 413a22-23). <br />
  9. 9. Historia<br />História é uma ciência humana que estuda o desenvolvimento do homem no tempo. A História analisa os processos históricos, de forma a poder compreender um determinado período histórico, cultura ou civilização.<br /><ul><li>História de vida</li></ul>História de vida consiste em todas as experiências vividas durante a nossa existência sendo elas boas ou más.<br />
  10. 10. Memória fotográfica;<br />Memória sensorial;<br />Memória sentimental;<br />Memória declarativa;<br />Memória de curto;<br />Memória de longo;<br />Memórias de procedimento.<br />Tipos de Memórias<br />
  11. 11. Problemas de memória e as suas possíveis causas<br />Ansiedade;<br />Desidratação;<br />Depressão;<br /> Infecções;<br />Efeitos colaterais dos medicamentos;<br />A má nutrição;<br /> O stress psicológico;<br />O abuso da substância;<br />Desequilíbrio da tiróide.<br />
  12. 12. Socializar;<br />Praticar de uma actividade física;<br />Jogos para treinar o cérebro;<br />Em caso de dificuldades na audição e visão, ir ao médico de forma a arranjar uma solução prática;<br />Autocontrole;<br />Escrever;<br />Evitar as distracções;<br />Não seguir um estereotipo;<br />Dicas para manter uma boa memoria<br />
  13. 13. O que é um processador de texto<br />É um programa usado para : escrever; criar documentos simples até arquivos profissionais; cartas; currículos; ofícios e procurações.<br />
  14. 14. Funções essenciais<br />Memorizar e recuperar o texto;<br />Correcção ortográfica e sinónimos,<br />Matemática;<br />Visualização de documentos finais;<br />Gráficos;<br />Colunas e tabelas;<br />Numeração automática de secções;<br />Notas;<br />Índice automático;<br />Formulários;<br />
  15. 15.  <br /> Este projecto encontra-se inserido no trabalho de processamento de texto e memória da disciplina de TAG (tecnologias de apoio ao geronte).<br /> A ideia de criar um “livro” virtual cheio de memórias de vida, nomeadamente fotografias, vídeos e histórias do passado dos gerontes surgiu como forma de conciliar as novas tecnologias e as memórias passadas.<br /> Este “livro” será inserido no blogue da turma de psicogerontologia e pretende assim dar a conhecer aos utilizadores as histórias recolhidas, fazendo com que estes recorram às suas memórias estimulando assim esta capacidade.<br /> Temos o objectivo de o “actualizar para que o utilizadores possam usufruir deste “mundo” com satisfação e entusiasmo pretendo assim saber mais e mais sobre o “antigamente”.<br />Projecto:”Memórias de uma vida”<br />
  16. 16. Histórias<br />De: Catarina Graça <br /> “… Comecei a mondar com nove anos, levava um rego que não era capaz de levar à *marja, e mesmo assim a minha mãe tinha que me ajudar. <br />… Comecei a ceifar com 15 anos, era um trabalho muito custoso devido ao calor, trabalhava de sol a sol. <br />Começava antes de o sol nascer e só deixava depois de se pôr.<br />Às nove horas almoçávamos, e ao meio dia jantávamos, era assim no outro tempo, às dezassete era a merendinha. <br />… Desde pequena que via a minha mãe fazer pão, por volta dos meus 15 anos despertou em mim o prazer de o fazer.<br />Assim ia fazê-lo para outras pessoas para, Atalaia, Sobreira e Monte do Corxo. <br />Por dia fazia dois alguidares de massa e fazia <br />sessenta pães por cada alguidar, por dia <br />ganhava cinco escudos, era o que ganha, morria <br />trabalhando nesse tempo e não ganhava nada a não ser <br />comida.”<br />* Marja – mais de dois regos.<br />
  17. 17. De: Dilar<br />“Eu morava numa pequena aldeia chamada “ Rio de Moinhos do Sado” nasci e foi lá criada, também me casei, os meus filhos também nasceram lá… fui muito feliz naquela pequena aldeia…<br /> Eu era muito nova quando comecei a trabalhar, comecei a trabalhar aos 8 anos em casa ajudar a minha mãe nos deveres de casa, nunca fui para a escola, mas hoje sei ler escrever e a ler aprendi sozinha! <br /> O meu pai era alcoólico e nós éramos muitos filhos então tínhamos de ajudar todos e ajudei também a criar o meus irmãos mais novos.<br /> Quando andava na apanha do arroz levantava-me muito cedo, andava muito a pé custava muito no inverno em que a água era gelada e tinha-mos os pés gelados, as manhãs de inverno com muito frio, tempos muito cruéis! Mas havia partes boas, cantava-mos muito para passar o tempo… chegava a casa de noite e mal estava com os meus filhos…”<br />
  18. 18. Fotografias<br />
  19. 19. Projecto<br />
  20. 20. Com a realização deste foi-nos possível aprofundar os nossos conhecimentos, nomeadamente a nível do processamento de texto, conhecer um pouco das histórias dos nossos gerontes e ainda aprender a manusear o moviemaker.<br /> Pensamos que a realização deste trabalho foi bastante positiva e principalmente o trabalho realizado fora das aulas (trabalho de campo) em que foram realizadas as “entrevistas” e os entrevistados contaram as suas memórias e histórias da sua infância.<br /> A ideia de implementar o “livro virtual” neste trabalho pensamos ter sido bastante positiva visto que desta forma conseguimos conciliar este com o tema em questão e promover assim as memorias do “antigamente” com a tecnologia de hoje promovendo estas junto dos gerontes em questão.<br />Conclusão<br />
  21. 21. Biografia e Webgrafia<br />

×