UMA NOITE DE RARO ESPLENDOR,  Anna Amélia   Foi quando surgiu a estrela vespertina   o céu ainda claro, de um azul tão lím...
Aquele azul aos poucos escurecia, escurecia, o sino tocava, ouvia um suave adágio,   um arrepio me percorria o corpo de ci...
Estou com saudade..Vem , vem!.. Vem envolver  com seu calor este corpo solitário... Faz frio aqui, amor!!!  Será que senti...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

UMA NOITE DE RARO EXPLENDOR

876 visualizações

Publicada em

UMA NOITE DE RARO EXPLENDOR

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
876
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

UMA NOITE DE RARO EXPLENDOR

  1. 1. UMA NOITE DE RARO ESPLENDOR,  Anna Amélia   Foi quando surgiu a estrela vespertina   o céu ainda claro, de um azul tão límpido   como os olhos de meu amado... Olhava a estrela , pensando no meu amor! O azul foi escurecendo, virou puro cobalto... Uma noite de raro esplendor, já o entardecer anunciava.... Fui caminhar, olhava o céu, muito alto,
  2. 2. Aquele azul aos poucos escurecia, escurecia, o sino tocava, ouvia um suave adágio,   um arrepio me percorria o corpo de cima abaixo..... Escurecia mais ainda... como um manto negro a noite foi me envolvendo,   a escuridão fechando em torno de mim... .A saudade crescendo , a saudade machucando ,   queria meu amor me envolvendo como aquela escuridão enfeitada de estrelas pirilampos... murmurava teu nome, dizendo eu te amo, querido!!!
  3. 3. Estou com saudade..Vem , vem!.. Vem envolver  com seu calor este corpo solitário... Faz frio aqui, amor!!! Será que sentiste meu chamado? Incrível, mais parece que sim, pois a estrela brilhou mais intensa... Música : Caetano Veloso_Love Me Tender Montagem [email_address] www.pranos.com.br

×