Tributo de Amor
É a luz que não se apaga, O farol, o candeeiro, A esperança que afaga O sonho de um mundo inteiro.
É a rota, a estrada, A bússola, o timoneiro, O princípio da jornada. É o alimento , o celeiro.
É também perseverança, A fé, a fibra, a labuta Guerreiro que enfrenta a luta Na missão árdua e constante De transformar pe...
É paciência, é fervor, É afeto , é carinho, É a fonte de calor Que transforma com ardor Água impura em puro vinho.
É renúncia desmedida, É o amor mais sublime, Dedicação que redime As injustiças da vida.
É o fiel da balança, Crença de uma nação, É da corrente, então, O elo mais resistente, É a maior esperança De um povo cons...
É a cultura, o saber, É o viver pra ensinar, É o imenso querer, Quase nada a receber. Um mundo inteiro pra dar...
É vela que se consome, Exaurindo - se de amor, É o operário do ENSINO É o MESTRE –  o PROFESSOR! AMASardenberg
sair Quero dedicar esta poesia a todos   os professores, em especial aos  meus mestres, que me ensinaram  a ver o mundo co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TRIBUTO DE AMO - AMAS

320 visualizações

Publicada em

TRIBUTO DE AMO - AMAS

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TRIBUTO DE AMO - AMAS

  1. 1. Tributo de Amor
  2. 2. É a luz que não se apaga, O farol, o candeeiro, A esperança que afaga O sonho de um mundo inteiro.
  3. 3. É a rota, a estrada, A bússola, o timoneiro, O princípio da jornada. É o alimento , o celeiro.
  4. 4. É também perseverança, A fé, a fibra, a labuta Guerreiro que enfrenta a luta Na missão árdua e constante De transformar pedra bruta No mais raro diamante.
  5. 5. É paciência, é fervor, É afeto , é carinho, É a fonte de calor Que transforma com ardor Água impura em puro vinho.
  6. 6. É renúncia desmedida, É o amor mais sublime, Dedicação que redime As injustiças da vida.
  7. 7. É o fiel da balança, Crença de uma nação, É da corrente, então, O elo mais resistente, É a maior esperança De um povo consciente.
  8. 8. É a cultura, o saber, É o viver pra ensinar, É o imenso querer, Quase nada a receber. Um mundo inteiro pra dar...
  9. 9. É vela que se consome, Exaurindo - se de amor, É o operário do ENSINO É o MESTRE – o PROFESSOR! AMASardenberg
  10. 10. sair Quero dedicar esta poesia a todos os professores, em especial aos meus mestres, que me ensinaram a ver o mundo com os olhos do coração (AMASardenberg) Alma de Poeta www.sardenbergpoesias.com.br

×