Cecília Helena 2006 Sobrevivendo Virtualmente Silvia Schmidt
Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Você já se surpreendeu diante dessa tela sentindo </li></ul></ul></ul><ul><li>que deve...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Sendo este um meio de comunicação tão rápido, </li></ul></ul></ul><ul><li>onde nascem ...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>É que ninguém vem para esta rede para ser desapontado, </li></ul></ul><ul><li>magoado, agr...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Não seria mais recomendável afastar-se dessas  </li></ul></ul></ul><ul><li>más influên...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>para dar-lhe sincero afeto, transparente amizade e muito amor. </li></ul></ul><ul><li>São ...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Isso partirá daqueles que  </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>são iguais a eles. </li...
Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>Enquanto isso vá ganhando, vá crescendo, </li></ul></ul><ul><li>desenvolvendo-se, amando. ...
Cecília Helena 2006 Lembra-se da lenda sobre a cobra e o vagalume? Ela dizia a ele: &quot; Você não é meu tipo de alimento...
Cecília Helena 2006 Silvia Schmidt No livreto &quot; Vivências Virtuais &quot; - direitos autorais protegidos - Musica:Eve...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SOBREVIVENDO VIRTUALMENTE

436 visualizações

Publicada em

SOBREVIVENDO VIRTUALMENTE

Publicada em: Espiritual, Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SOBREVIVENDO VIRTUALMENTE

  1. 1. Cecília Helena 2006 Sobrevivendo Virtualmente Silvia Schmidt
  2. 2. Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Você já se surpreendeu diante dessa tela sentindo </li></ul></ul></ul><ul><li>que deve haver algo melhor do que ficar aí? </li></ul><ul><li>Isso ocorre com muitos internautas. </li></ul><ul><li>Mas observe QUANDO esse sentimento se manifesta. </li></ul>
  3. 3. Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Sendo este um meio de comunicação tão rápido, </li></ul></ul></ul><ul><li>onde nascem muitas e novas amizades, </li></ul><ul><li>quase nunca sabemos com que tipo de pessoas estamos entrando </li></ul><ul><li>em contato e acabamos - por conta disso - </li></ul><ul><li>algumas vezes amargamente surpreendidos. </li></ul>
  4. 4. Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>É que ninguém vem para esta rede para ser desapontado, </li></ul></ul><ul><li>magoado, agredido, caluniado e tantas coisas tristes como essas. </li></ul><ul><li>Você já notou que é QUANDO você está misturado com pessoas </li></ul><ul><li>ferinas e venenosas que vem o desejo de largar tudo, </li></ul><ul><ul><ul><li>desligar o computador e buscar outras coisas? </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Não seria mais recomendável afastar-se dessas </li></ul></ul></ul><ul><li>más influências e manter-se aí, escolhendo pensar </li></ul><ul><li>que em toda parte há &quot;gente&quot; e GENTE? </li></ul><ul><li>Existem aqui aqueles que o querem realmente bem, </li></ul><ul><ul><li>que se esforçam para levar-lhe a melhor palavra, </li></ul></ul>
  6. 6. Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>para dar-lhe sincero afeto, transparente amizade e muito amor. </li></ul></ul><ul><li>São eles que merecem a sua permanência </li></ul><ul><li>e, em retorno, o Bem que lhe trazem! </li></ul><ul><li>Os que o desapontam, magoam, agridem, caluniam </li></ul><ul><li>acabarão recebendo o mesmo em devolução . </li></ul>
  7. 7. Cecília Helena 2006 <ul><ul><ul><li>Isso partirá daqueles que </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>são iguais a eles. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Afaste-se deles silenciosamente, tão silenciosamente </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>a ponto de eles perceberem o quanto estão ficando sozinhos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Um dia eles cairão em si e verão o tanto que perdem </li></ul></ul>
  8. 8. Cecília Helena 2006 <ul><ul><li>Enquanto isso vá ganhando, vá crescendo, </li></ul></ul><ul><li>desenvolvendo-se, amando. </li></ul><ul><li>Entregue-se a outros afazeres, sim. </li></ul><ul><li>Viva lá fora onde também há vida, amizades e pessoas que o amam. </li></ul><ul><li>Mas não deixe o mundo virtual menos rico com a sua ausência! </li></ul><ul><li>Não deixe que mentes doentes o atinjam e o desanimem </li></ul><ul><li>fazendo-o sentir que é melhor ir embora. </li></ul>
  9. 9. Cecília Helena 2006 Lembra-se da lenda sobre a cobra e o vagalume? Ela dizia a ele: &quot; Você não é meu tipo de alimento, mas eu quero come-lo porque não suporto ve-lo brilhar &quot;. Portanto, brilhe! Voe! Voe sem medo! Eles não vão alcançá-lo: cobras não sabem voar!
  10. 10. Cecília Helena 2006 Silvia Schmidt No livreto &quot; Vivências Virtuais &quot; - direitos autorais protegidos - Musica:Even in death/ Evanescence Cecília Helena 2006

×