Saudade e  Ressurreição
Estou  pensando ...
Na  saudade  como  expressão  do  amor.  Bem  disse  alguém  que  a  saudade é  uma  ressurreição! Entendo assim  a  sauda...
 
É por isso que a saudade vem sempre misturada de ausência  e de presença; de prazer e de amargura. Uma ausência causadora ...
 
Estou pensando na universalidade da saudade, não obstante as distâncias de tempo e de espaço, nas contigências da vida.
 
Tão  universal  é  a  saudade,  quanto  é  poderoso  o  amor  no  coração humano.
 
O amor que encanta os nossos dias e faz feliz a nossa existência.
 
O amor que acende esperanças e desperta alegrias sempre novas. O amor que aproxima e entrelaça os corações. O amor que é a...
 
O amor, que tudo crê e tudo perdoa ; só ele permanece, sem nunca terminar. Tudo o mais vai se acabando. Eis porque nasce a...
 
A lembrança das coisas terminadas ou das pessoas distantes, seja no tempo ou no espaço, é sempre “amargamente doce” pela p...
 
Se fosse possível a alguém viver sem amar, por certo, não sentiria “o delicioso pungir  do acerbo espinho”. Mas, é certo q...
 
Não sei quem foi que escreveu, se foi poeta ou matemático, mas explicou muito bem os elementos constitutivos da saudade ne...
 
E assim, multiplicando distâncias pelo fator querer bem, que o amor vai  realizando ressurreições.
 
Imagens:  www.toucanart.com Texto: Inspirado no livro “Estou Pensando...”, de Arnaldo A. Padovani, Cônego, 6ª. Ed. 1970. C...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SAUDADE E RESSURREICAO

935 visualizações

Publicada em

SAUDADE E RESSURREICAO

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
935
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SAUDADE E RESSURREICAO

  1. 1. Saudade e Ressurreição
  2. 2. Estou pensando ...
  3. 3. Na saudade como expressão do amor. Bem disse alguém que a saudade é uma ressurreição! Entendo assim a saudade: uma ressurreição que só se tem pela força do amor.
  4. 5. É por isso que a saudade vem sempre misturada de ausência e de presença; de prazer e de amargura. Uma ausência causadora e uma confortadora presença. Presença na lembrança. Lembrança que até se diz amargamente doce.
  5. 7. Estou pensando na universalidade da saudade, não obstante as distâncias de tempo e de espaço, nas contigências da vida.
  6. 9. Tão universal é a saudade, quanto é poderoso o amor no coração humano.
  7. 11. O amor que encanta os nossos dias e faz feliz a nossa existência.
  8. 13. O amor que acende esperanças e desperta alegrias sempre novas. O amor que aproxima e entrelaça os corações. O amor que é a razão d ser de nossa vida. A síntese do Evangelho. A perfeição da Lei.
  9. 15. O amor, que tudo crê e tudo perdoa ; só ele permanece, sem nunca terminar. Tudo o mais vai se acabando. Eis porque nasce a saudade. Pela força do amor, fazendo ressurreições.
  10. 17. A lembrança das coisas terminadas ou das pessoas distantes, seja no tempo ou no espaço, é sempre “amargamente doce” pela presença do amor na lembrança das ausências.
  11. 19. Se fosse possível a alguém viver sem amar, por certo, não sentiria “o delicioso pungir do acerbo espinho”. Mas, é certo que, assim como é impossível amar sem viver, também não é possível viver sem amar.
  12. 21. Não sei quem foi que escreveu, se foi poeta ou matemático, mas explicou muito bem os elementos constitutivos da saudade nestes termos: “Pode ser representada por algarismos também: distância multiplicada pelo fator querer bem”.
  13. 23. E assim, multiplicando distâncias pelo fator querer bem, que o amor vai realizando ressurreições.
  14. 25. Imagens: www.toucanart.com Texto: Inspirado no livro “Estou Pensando...”, de Arnaldo A. Padovani, Cônego, 6ª. Ed. 1970. Colaboração: MFD (Tata ) Cravinhos-SP Música: Romance, André Rieu Design & layout: Benjunior [email_address]

×