O Pastor Alemão Paulo Santana Enquanto a manicure Loreni me faz as unhas, conta-me uma história comovente. Ela mora em Via...
Todas as pessoas que estavam no pátio espantaram-se com a aparente fúria gastronômica da cadela, mas seguiram com os olhos...
Até que o segundo fato impactante veio a ter o pátio como cenário.  Alguém jogou da rua uma trouxa em que estavam enrolado...
Para pasmo dos residentes humanos da casa, a cadela se arremessou sobre a ninhada de gatos e segurou com as presas um dos ...
Estão lá vivendo até hoje os gatinhos, crescidos, alimentados por leite servido pela dona do sítio, em convívio estreito c...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PASTOR ALEMAO

698 visualizações

Publicada em

PASTOR ALEMAO

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
698
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PASTOR ALEMAO

  1. 1. O Pastor Alemão Paulo Santana Enquanto a manicure Loreni me faz as unhas, conta-me uma história comovente. Ela mora em Viamão e tem uma cadela pastor alemão. Um belo dia do mês passado caiu de uma árvore, um papagaio quase adulto, no canto do pátio. A cadela pastor alemão, de nome Zimba, que percebe tudo que acontece no pátio, viu o papagaio tombar da árvore e cair na grama do chão. A cadela avançou sobre o papagaio e o abocanhou, parecendo tê-lo engolido.
  2. 2. Todas as pessoas que estavam no pátio espantaram-se com a aparente fúria gastronômica da cadela, mas seguiram com os olhos o animal, que se dirigiu à sua casinha. Lá, a cadela abriu a boca e saltou de dentro dela, vivo, íntegro e sadio, o papagaio, que assim foi depositado pela cadela na sua casinha. As pessoas correram para lá e puderam notar que o papagaio tinha sobre suas penugens a baba da cadela. Durante 15 dias o papagaio viveu sob a guarda da cadela, dormindo com ela dentro da casinha, na maior parte do dia passeando no pátio.
  3. 3. Até que o segundo fato impactante veio a ter o pátio como cenário. Alguém jogou da rua uma trouxa em que estavam enrolados oito gatinhos recém-nascidos. Não há animal que seja mais rejeitado pelos seus donos quando nasce do que o gato. Mais uma vez alguém quis se desfazer de uma ninhada de gatos e atirou-os vivos, enrolados em um pano no quintal da cadela Zimba e do papagaio.
  4. 4. Para pasmo dos residentes humanos da casa, a cadela se arremessou sobre a ninhada de gatos e segurou com as presas um dos filhotinhos pelo cangote. Fez a viagem até sua casinha e lá depositou, vivo e salvo, o gatinho. Cumpriu com extraordinária precisão as outras sete viagens, sempre transportando com a boca, pelo cangote, os outros sete gatinhos até sua casinha. E lá deixou os oito gatinhos abrigados na casinha, junto com o papagaio.
  5. 5. Estão lá vivendo até hoje os gatinhos, crescidos, alimentados por leite servido pela dona do sítio, em convívio estreito com o papagaio e a cadela. Esta é apenas uma das milhares de histórias de meiguice animal, que sai do anonimato apenas porque uma manicure resolveu contá-la para um colunista de jornal. ... Então o lema característico da raça pastor alemão deve ser aquele slogan criado por Che Guevara: “ Hay que endurecer, sem perder la ternura jamás”. Música : Floyd Cramer - I Fall to Pieces Montagem : [email_address] www.pranos.com.br

×