PAIZINHO

234 visualizações

Publicada em

PAIZINHO

Publicada em: Diversão e humor, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PAIZINHO

  1. 1. Pai Fátima Irene Pinto (Homenagem ao meu pai)
  2. 2. Lembrar de você é lembrar da estação, do trem, das viagens onde segura e confiante, eu o acompanhava. É lembrar dos longos passeios pelas matas, em busca dos pomares de frutas silvestres, é recordá-lo risonho ao lado de minha mãe, atiçando Sultão que latia e pulava, como que a compartilhar da felicidade que entre nós reinava.
  3. 3. É lembrar do vidro brilhante de vaga-lumes que, ensinada por você, eu sabia caçar... e das corujinhas que eu cacei sozinha, mas que você não me deixou criar. É lembrar das festas juninas, dos foguetórios, do violão que por suas mãos, eu aprendi a dedilhar... dos dobrados na harmônica em cujos baixos eu enroscava e você me fazia recomeçar. É lembrar da primeira vez que você me levou embora para estudar, sem saber que seria uma viagem sem volta, um adeus definitivo à infância e ao aconchego do meu lar.
  4. 4. Ah, Pai! Se você soubesse das agruras que me aguardavam e do quanto elas haveriam de nos separar, você jamais teria me levado e, da paz do meu lar, você jamais teria me apartado. Quando eu voltei, Pai, tudo estava tão mudado... e você partiu de repente, sem que eu tivesse tempo de lhe agradecer, dar o derradeiro abraço que no coração ficou enroscado.
  5. 5. Você partiu sem me dar a chance de confessar o quanto você foi por mim, amado. Não houve jeito, não houve tempo, infelizmente. Mas onde quer que você esteja, no mundo da luz e da verdade, aceite esta homenagem que brota sincera em meio às minhas lágrimas de saudade...e embora com a alma embargada pela nostalgia, a tua bênção eu peço agora... COMO ANTIGAMENTE !
  6. 6. Música: Fábio Jr. - Pai Elaborado por: Sérgio S. Oliver [email_address] Reiniciar Visite o Site: Fátima Irene Sair

×