MIKLOS BARRABAS-PINTOR HUNGARO

1.883 visualizações

Publicada em

MKLOS BARRABAS-PINTOR HUNGARO

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MIKLOS BARRABAS-PINTOR HUNGARO

  1. 1. Miklós Barabás
  2. 2. Miklós Barabás (1810, Kézdimárkosfalva - 1898, Budapeste) Clique
  3. 3. Miklós Barabás, 1841 - Auto-Retrato Pintor húngaro, Barabás começou a pintar retratos ainda muito jovem. Foi aluno de J. Ender, em Viena, por um curto período, em 1829. Depois do seu regresso a Kolozsvár, em 1830, aprendeu litografia com Gábor Barra e criou-as de alto padrão durante toda a vida. Depois de passar dois anos em Bucareste, tornou-se o pintor da moda para retratos.  A sua viagem de estudos à Itália, durante 1834/1835, revelou-se altamente produtiva. Durante o tempo em Veneza, Itália, Barabás copiou o quadro de Veronese " The Abduction of Europe ", o que lhe trouxe muito sucesso em Peste, em 1835.
  4. 4. Miklós Barabás, 1835 - Mulheres em Nettuno (aguarela) Miklós Barabás, 1841 Namoro
  5. 5. Com excepção de curtos períodos, Barabás viveu em Budapeste daí em diante e foi o primeiro pintor húngaro que conseguiu manter-se através da arte, devido ao facto de ser um mestre na pintura de retratos, principalmente dos seus contemporâneos importantes. Nesse género, os retratos de Franz Liszt e Mrs. István Bittó (1874) nada ficam a dever em qualidade aos de outros grandes pintores. As suas elaboradas pinturas a óleo, desenhos e aguarelas são caracterizadas pela empatia e colorido delicado. Quanto às suas paisagens em aguarela, a bela região rural da planície húngara é tocantemente retratada ( Countryside with Draw Well ", etc.). " Pigeon Post " (1840), um quadro que ele pintou várias vezes, é um trabalho que se destaca.
  6. 6. Miklós Barabás, 1843-44 Família Romena a Caminho da Feira Miklós Barabás, 1846 - Quadro Vivo da Moda Nacional (aguarela)
  7. 7. Durante o absolutismo, Barabás teve problemas financeiros que o forçaram a dedicar-se à fotografia e a pintar altares por algum tempo. De 1862 até à sua morte foi Presidente da Art Society , fundada em 1859, como resultado da sua luta para essa instalação. Em 1867 tornou-se Membro do Parlamento de Peste. A sua autobiografia é um documento vivaz da sua própria vida e actividades, bem como das condições sociais e culturais do seu tempo. Miklós Barabás, 1847 - Retrato de Franz Liszt
  8. 8. Miklós Barabás, 1849 - Emma Kovács Schmidt, a noiva de József Nagy Sándor (aguarela) Miklós Barabás, 1854 A Família Dégenfeld
  9. 9. Miklós Barabás, 1856 – A Chegada da Nora
  10. 10. Miklós Barabás, 1864 A Colocação da Primeira Pedra da Ponte Chain
  11. 11. Miklós Barabás Cais do Danúbio com Igreja Grega em 1843 (aguarela)
  12. 12. Fundo musical: Sonata nº. 6 – Paganini, Niccolò (1782 – 1840) Pesquisa e produção: Mario Capelluto e Ida Aranha Formatação: Anabela de Araújo [email_address]   http://www.sabercultural.com  
  13. 13. FIM Sair

×