ISABEL GUERRA

520 visualizações

Publicada em

ISABEL GUERRA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ISABEL GUERRA

  1. 1. SÉRIE ARTE/REFLEXÃO Apresentar obras de gênios e meditar sobre mensagens reflexivas ISABEL GUERRA TEXTOS: Chico Xavier MÚSICA - Beethoven Aumente o Som!
  2. 2. Isabel Guerra é a monja pintora que de dois a três anos deixa a clausura do monastério de Santa Lúcia, Zaragoza, para expor, em Madri, as suas telas. Sua vocação é nata. foi uma criança rebelde que queria PINTAR E AMAR A DEUS. Autodidata, tem um belíssimo estilo hiperrealista . Madri 1947 Não acreditava que a vida monástica lhe tivesse separado das preocupações terrenas: convencida de que este mundo nada lhe pode ser negado, sua obra contem uma mensagem de esperança. A BELEZA É POSSÍVEL, NEM TUDO ESTÁ PERDIDO.
  3. 3. “ A ARTE será mais legítima se cumprir a função de transportar o céu para a terra. Qualquer arte ligada apenas a este mundo, revela somente um lado da moeda, enquanto a divina revela os dois. Michelângelo, Giotto, Bach, Beethovem e tantos outros transportaram o céu à Terra”. Pietro Ubaldi Observem a beleza e a delicadeza da obra. São autênticas fotografias. Sendo a pintora uma autodidata, de onde teria vindo esse incrível talento? Somente a inspiração divina pode explicar o fenô-meno. A inspiração de Pietro Ubaldi conceitua a legítima Arte, própria dos gênios A Arte de Isabel Guerra ajusta-se perfeitamente a esse conceito Clique: admire a obra! Torne a clicar: medite sobre o texto!
  4. 4. Que eu continue a acreditar no outro mesmo sabendo de alguns valores tão estranhos que permeiam o mundo!
  5. 5. Que eu pratique sempre mais o sentimento de justiça,  mesmo em meio à turbulência dos interesses!
  6. 6. Que eu continue com a vontade de viver mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, uma lição difícil  de ser aprendida!
  7. 7. Que eu não perca o meu forte abraço e o distribua sempre; que eu perpetue a Beleza e o Brilho de ver, mesmo sabendo que as lágrimas também brotam dos meus olhos!
  8. 8. E que eu manifeste o amor por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exige muito para manter sua harmonia!
  9. 9. Que eu retroalimente minha garra, mesmo  sabendo que a derrota e a perda são ingredientes tão fortes quanto o Sucesso e a Alegria
  10. 10. Que eu permaneça com a vontade de ter grandes amigos,   mesmo sabendo que com as voltas do mundo, eles vão indo embora de nossas vidas!
  11. 11. Que eu realimente sempre a vontade de ajudar as pessoas,   mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, sentir, entender ou utilizar esta ajuda!
  12. 12. Que eu mantenha meu equilíbrio,  mesmo sabendo que os desafios são inúmeros ao longo do caminho!
  13. 13. Que eu continue otimista... mesmo sabendo que o futuro que nos espera nem sempre é tão alegre!
  14. 14. Que eu exteriorize a vontade de amar, entendendo que amar não é sentimento de posse... É sentimento de doação!
  15. 15. Que eu sustente  a luz e o brilho no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo, escurecem meus olhos!
  16. 16. Que eu atenda sempre mais a minha intuição, que sinaliza o que de mais autêntico possuo!
  17. 17. Que eu retroalimente minha garra, mesmo  sabendo que a derrota e a perda são ingredientes tão fortes quanto o Sucesso e a Alegria
  18. 18. E, acima de tudo... Que eu lembre sempre que todos nós fazemos parte desta maravilhosa teia chamada Vida, criada por Alguém bem superior a todos nós!
  19. 19. A autora pintando
  20. 20. IMAGENS E TEXTO DE APRESENTAÇÃO: Rafael López Giménez 2007 FORMATAÇÃO: J. MEIRELLES ( [email_address] ). TEXTO: Chico Xavier – Pequena Parcela MÚSICA: Beethoven – Sonata ao Luar

×