FREDERICK MORGAN

1.018 visualizações

Publicada em

FREDERICK MORGAN

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.018
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

FREDERICK MORGAN

  1. 1. Frederick Morgan
  2. 2. Frederick Morgan Clique
  3. 3. Frederick Morgan (1846 - 1927)
  4. 4. A Cadeirinha Namorados
  5. 5.   Frederick Morgan nasceu em Londres em 1846  e é filho do pintor inglês do mesmo género John Morgan (1826 - 1886). Fred manifestou um profundo interesse por arte e começou a estudar com o pai muito novo. Em 1865, com 19 anos, Fred exibiu a sua primeira pintura, O Regente do Orfeão, na Royal Academy. As Boas-Vindas ao Papá 
  6. 6. Caridade
  7. 7. O Seu Primeiro Aniversário
  8. 8.   Depois de ter trabalhado alguns anos como retratista, descobriu finalmente o assunto em que se especializou - cenas da infância feliz. Foi esta habilidade para capturar todas as  características afectuosas da infância num estilo leve e natural que fizeram de Fred Morgan um dos maiores pintores ingleses no género do seu tempo. Para a Feira
  9. 9.       A popularidade crescente leva a uma constante procura do seu trabalho. Como resultado, foram criadas e vendidas milhares de reproduções das pinturas que fez da infância radiante e da felicidade doméstica. Estão penduradas no Palácio de Buckingham três fotogravuras da sua pintura de Alexandra - a Princesa de Gales - a alimentar os seus cães nos terrenos ajardinados em  Sandringham House. A pintura original foi iniciada em 1901; exposta na Royal Academy em 1902  e mais tarde comprada pela New South Wales Public Gallery . Um Dia No Rio
  10. 10. Um conversador delicioso com uma reserva de anedotas, Fred Morgan era um anfitrião encantador e os amigos que ele divertia na sua casa de Broadstairs tornavam-se nova inspiração da sua viva e vigorosa memória e ainda da agradável perspectiva que tinha relativamente à vida e à arte. O orgulho que tinha no belo jardim onde ficava o seu estúdio era parte do amor sentido pelo lado idílico da vida, que reflectia nas suas pinturas. Um grande amante de música, a sua casa era o centro de muitas reuniões musicais interessantes.    Amor Maternal – Colecção Particular
  11. 11. 1875 – A Partida Dos Emigrantes
  12. 12. Foi casado três vezes. A sua primeira mulher foi Alice Havers ( 1850 - 1890 ), uma brilhante artista de pintura do género e de paisagens. Deste casamento (1872) houve três filhos; o mais velho foi também um artista e expôs na Royal Academy sob o nome de Val Havers. Com a sua segunda mulher ( que morreu em 1905 ) teve dois filhos, tendo o filho sido igualmente um artista de renome.  1879 – Ama-me, Ama o meu Cão  
  13. 13. 1882 – Alegres Como Cotovias
  14. 14. 1883 – Leite Para As Vacas
  15. 15. Fred Morgan continuou a pintar até à morte. A sua última pintura, de uma criancinha, foi acabada apenas uma semana antes de morrer em Abril de 1927 e foi pintada no seu mais aperfeiçoado estilo. Em vida patenteou ao público mais de 200 trabalhos em várias exposições, incluindo a Royal Academy , a Royal Society of Oil Painters (de que era membro) e a Manchester City Art Gallery . 1886 – Onde Estará Ele
  16. 16. 1889 – A Vindima  
  17. 17. Créditos: Fundo musical: O Mio Babbino Caro - Giacomo Puccini (1858 - 1924) Pesquisa e produção: Mario Capelluto e Anabela de Araújo Formatação: Anabela de Araújo [email_address] http://www.sabercultural.com
  18. 18. Fim Sair

×