Tour pela Fazenda Ponte Alta - Parque Santana - Barra do Piraí. <ul><li>Fundada em 1807 por José Luís Gomes - Barão de Mam...
Chegada à Fazenda Ponte Alta, com o renque de Palmeiras Imperiais e o conjunto da senzala
Nos picadeiros, a criação de cavalos da raça Mangalarga Marchador
Duas palmeiras que margeiam a antiga serraria, hoje recepção da Fazenda
O Barão de Mambucaba e a Mucama Rosa recebem os visitantes da Côrte
O Barão de Mambucaba conduz os visitantes pelas dependências da Fazenda
Salão de refeições, com móveis e objetos que remontam a duzentos anos de história
Mesa elástica brasileira com mais de cento e cinqüenta anos
Mesa “Treze de Maio”, feita depois de 1888 para uso dos Senhores
Máquina descaroçadora de café, hoje servindo como aparador
Piano alemão do século XIX com madeira resistente aos cupins
Mesa de centro com azulejos portugueses pintados à mão - Século XVIII
Escrivaninha em prata cinzelada - Século XIX
Salão do andar superior, com peças bicentenárias
Armário guarda-comida em Vinhático - século XVIII
Armário mineiro guarda-louças datado de 1726
O armário foi fabricado em 20 de setembro de 1726
Arcaz de sacristia em Vinhático - Século XVIII
Mesa colonial com prataria dos séculos XVIII e XIX
Naveta em prata para sal e colherinha - Século XVIII
Coroa do Divino Espírito Santo - Século XVIII
São José de Botas em madeira - Minas Gerais - Século XVIII
Santa Efigênia em madeira - Minas Gerais - Século XVIII
Santa em madeira estilo Rococó com penteado e roupas orientais - Século XVIII
Aqueduto que conduzia água para mover as máquinas do engenho de café
Casa-Grande erguida em 1936 e que hospedou o Presidente Getúlio Vargas
O quadrilátero das senzalas visto do terraço da Casa-Grande
A Casa-Grande e o engenho de café vistos do quadrilátero da senzala
O quadrilátero da senzala visto do engenho de café
Museu do Escravo - Balança inglesa e máquinas de moer café
Museu do Escravo - Diversos meios de se preparar o café - Século XIX
Museu do Escravo - Almofariz e pilão de café - Século XIX
Museu do Escravo - Berço dos Sinhozinhos feito por escravos - Século XIX
Museu do Escravo - Instrumentos de suplício - Século XIX
Museu do Escravo - Tornozeleira com pedra e viramundos - Século XIX
Museu do Escravo - Último escravo a morrer no tronco - Século XXI
Museu do Escravo - Parque Santana visto de janela da senzala
Sarau Dançante - Grupo de atores caracterizados
Sarau Dançante - Baronesa da Mambucaba, Barão de Piraí, Baronesa de Piraí, Barão de Mambucaba, Mucama Rosa
Sarau Dançante - Atriz Michelle Assunção como Baronesa de Mambucaba
Sarau Dançante - Encenação da vida cotidiana na fazenda
Sarau Dançante - Negociação do casamento da filha Luisinha com o Capitão Mata-Gente
Sarau Dançante - Baronesa de Mambucaba vestida para as danças
Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando o Minueto
Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Polca
Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
Pausa para fotos
A vastidão das terras de Ponte Alta, com mais de trezentos alqueires mineiros de terras
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

FAZENDA PONTE ALTA EM SANTANA - BRASIL

3.723 visualizações

Publicada em

FAZENDA PONTE ALTA EM SANTANA - BRASIL

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

FAZENDA PONTE ALTA EM SANTANA - BRASIL

  1. 1. Tour pela Fazenda Ponte Alta - Parque Santana - Barra do Piraí. <ul><li>Fundada em 1807 por José Luís Gomes - Barão de Mambucaba - 1790 / 1855 - Reconstruída em 1830 - Aberta ao turismo desde 1992 - Ali se realiza o famoso “Sarau Dançante” com atores caracterizados. </li></ul><ul><li>Roberto Freitas - ator e historiador - Caracterizado como Barão de Mambucaba </li></ul>
  2. 2. Chegada à Fazenda Ponte Alta, com o renque de Palmeiras Imperiais e o conjunto da senzala
  3. 3. Nos picadeiros, a criação de cavalos da raça Mangalarga Marchador
  4. 4. Duas palmeiras que margeiam a antiga serraria, hoje recepção da Fazenda
  5. 5. O Barão de Mambucaba e a Mucama Rosa recebem os visitantes da Côrte
  6. 6. O Barão de Mambucaba conduz os visitantes pelas dependências da Fazenda
  7. 7. Salão de refeições, com móveis e objetos que remontam a duzentos anos de história
  8. 8. Mesa elástica brasileira com mais de cento e cinqüenta anos
  9. 9. Mesa “Treze de Maio”, feita depois de 1888 para uso dos Senhores
  10. 10. Máquina descaroçadora de café, hoje servindo como aparador
  11. 11. Piano alemão do século XIX com madeira resistente aos cupins
  12. 12. Mesa de centro com azulejos portugueses pintados à mão - Século XVIII
  13. 13. Escrivaninha em prata cinzelada - Século XIX
  14. 14. Salão do andar superior, com peças bicentenárias
  15. 15. Armário guarda-comida em Vinhático - século XVIII
  16. 16. Armário mineiro guarda-louças datado de 1726
  17. 17. O armário foi fabricado em 20 de setembro de 1726
  18. 18. Arcaz de sacristia em Vinhático - Século XVIII
  19. 19. Mesa colonial com prataria dos séculos XVIII e XIX
  20. 20. Naveta em prata para sal e colherinha - Século XVIII
  21. 21. Coroa do Divino Espírito Santo - Século XVIII
  22. 22. São José de Botas em madeira - Minas Gerais - Século XVIII
  23. 23. Santa Efigênia em madeira - Minas Gerais - Século XVIII
  24. 24. Santa em madeira estilo Rococó com penteado e roupas orientais - Século XVIII
  25. 25. Aqueduto que conduzia água para mover as máquinas do engenho de café
  26. 26. Casa-Grande erguida em 1936 e que hospedou o Presidente Getúlio Vargas
  27. 27. O quadrilátero das senzalas visto do terraço da Casa-Grande
  28. 28. A Casa-Grande e o engenho de café vistos do quadrilátero da senzala
  29. 29. O quadrilátero da senzala visto do engenho de café
  30. 30. Museu do Escravo - Balança inglesa e máquinas de moer café
  31. 31. Museu do Escravo - Diversos meios de se preparar o café - Século XIX
  32. 32. Museu do Escravo - Almofariz e pilão de café - Século XIX
  33. 33. Museu do Escravo - Berço dos Sinhozinhos feito por escravos - Século XIX
  34. 34. Museu do Escravo - Instrumentos de suplício - Século XIX
  35. 35. Museu do Escravo - Tornozeleira com pedra e viramundos - Século XIX
  36. 36. Museu do Escravo - Último escravo a morrer no tronco - Século XXI
  37. 37. Museu do Escravo - Parque Santana visto de janela da senzala
  38. 38. Sarau Dançante - Grupo de atores caracterizados
  39. 39. Sarau Dançante - Baronesa da Mambucaba, Barão de Piraí, Baronesa de Piraí, Barão de Mambucaba, Mucama Rosa
  40. 40. Sarau Dançante - Atriz Michelle Assunção como Baronesa de Mambucaba
  41. 41. Sarau Dançante - Encenação da vida cotidiana na fazenda
  42. 42. Sarau Dançante - Negociação do casamento da filha Luisinha com o Capitão Mata-Gente
  43. 43. Sarau Dançante - Baronesa de Mambucaba vestida para as danças
  44. 44. Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando o Minueto
  45. 45. Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Polca
  46. 46. Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
  47. 47. Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
  48. 48. Sarau Dançante - Os Barões de Mambucaba dançando a Valsa
  49. 49. Pausa para fotos
  50. 50. A vastidão das terras de Ponte Alta, com mais de trezentos alqueires mineiros de terras

×