FALSIDADE KK de Castro Poesia do Livro FABRICANDO LEMBRANÇAS Este PPS  não tem senha de segurança,  para que você possa es...
Deixamos a vida passar  sob nossos olhos e frente a palavras vazias. Quanta energia desperdiçada atrás de uma mesa. Troca-...
Entre homens aprendi a conviver.  A separar os sonhadores  e os construtores. Sou um sonhador, louco para ser construtor. ...
A loucura de fazer relatórios  realmente  é contagiante  e desgastante. Vida para mim se resume  em momentos felizes. Sem ...
Vida é um sorriso sincero,  sem meias palavras,  sem meios olhares. Não gosto de deduções  e nem intenções fúteis. Não gos...
Como todos estão viciados nisto tudo... Como todos vivem materialmente. Fico a pensar e a indagar  qual o procedimento mai...
Mas por que todos vivem  e insistem em viver assim? A rotina nos deixa castrados  perante uma nova realidade. Nada se muda...
Decisões sendo tomadas e você ali, perplexo diante do nada. Palavras,  olhares  e atitudes vazias. Caminhadas inertes e es...
É difícil dimensionar os objetivos em cima de tanta coisa falsa. É fácil tentar andar na corda bamba. Tenho certeza que nã...
Sou homem  de fazer bem aos outros. O que dói  é sentir que algo está errado e não conseguir reparar. Errado  no sentir,  ...
Todos os direitos autorais são reservados  pela Lei nº 9610 de 19 de Fevereiro de 1998. É proibida a duplicação ou reprodu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

falsidade

1.438 visualizações

Publicada em

falsidade

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.438
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

falsidade

  1. 1. FALSIDADE KK de Castro Poesia do Livro FABRICANDO LEMBRANÇAS Este PPS não tem senha de segurança, para que você possa estudar as animações e formatações. Mas não significa que você possa adulterá-lo, e repassar como se fosse formatação sua.
  2. 2. Deixamos a vida passar sob nossos olhos e frente a palavras vazias. Quanta energia desperdiçada atrás de uma mesa. Troca-se valores. Troca-se os contatos. Troca-se os sonhos. Os objetivos continuam os mesmos. Os olhares inertes.
  3. 3. Entre homens aprendi a conviver. A separar os sonhadores e os construtores. Sou um sonhador, louco para ser construtor. Meus sonhos constróem amizades, outros sonhos e momentos felizes. Materialmente não tenho nada, não almejo nada.
  4. 4. A loucura de fazer relatórios realmente é contagiante e desgastante. Vida para mim se resume em momentos felizes. Sem lamentações, sem reclamações, sem pessimismo.
  5. 5. Vida é um sorriso sincero, sem meias palavras, sem meios olhares. Não gosto de deduções e nem intenções fúteis. Não gosto de fofocas e nem depredações de personalidades.
  6. 6. Como todos estão viciados nisto tudo... Como todos vivem materialmente. Fico a pensar e a indagar qual o procedimento mais adequado. O procedimento da sinceridade ou o da falsidade. Nunca vi coisa falsa produzir alguma coisa.
  7. 7. Mas por que todos vivem e insistem em viver assim? A rotina nos deixa castrados perante uma nova realidade. Nada se muda, nada acontece. Os dias passando e você atrás de uma mesa fabricando relatórios.
  8. 8. Decisões sendo tomadas e você ali, perplexo diante do nada. Palavras, olhares e atitudes vazias. Caminhadas inertes e estéreis. A vida pulsando, os valores caindo e você parado. Paralisado...
  9. 9. É difícil dimensionar os objetivos em cima de tanta coisa falsa. É fácil tentar andar na corda bamba. Tenho certeza que não posso conviver preso e amordaçado. Sede de vida eu tenho e preciso saciá-la. Com amores loucos, viagens para nada e distrações tolas.
  10. 10. Sou homem de fazer bem aos outros. O que dói é sentir que algo está errado e não conseguir reparar. Errado no sentir, no ver, no notar...
  11. 11. Todos os direitos autorais são reservados pela Lei nº 9610 de 19 de Fevereiro de 1998. É proibida a duplicação ou reprodução desta obra, no todo ou em parte, sob qualquer forma ou por quais meios eletrônicos, mecânico, gravação, fotocópia ou outros, sem a permissão prévia, por escrito, do Autor. CLIQUE AQUI para adquirir o CD de PPS Gotas de Crystal CLIQUE AQUI Receba novos PPS Gotas de Crystal CLIQUE AQUI para enviar mensagem Para o Kaká de Castro

×