DORMIR ... SONHAR ... ACORDAR ...
Dias longos, horas difíceis de passar. Não tenho ânimo ou expectativa de lutar, ser feliz ou sentir novamente, que ainda e...
Meu coração não quer participar. Talvez esteja triste com o dia,  com as pessoas ou mesmo  com a vida... Pois só espera a ...
Pelo menos no sonho sou feliz! Dentro dele estou em outra realidade. Nele sou ágil ... sei tomar decisões. Mas ao acordar,...
Tenho consciência dos meus atos. Faltam-me forças para ver o mundo lá fora. Talvez o dia esteja bonito, a natureza alegre ...
Não vivo, vegeto. Simplesmente não existo. Até quando? Não sei explicar. Quero somente, nas mãos de Deus, segurar!!!
Texto de: RAYMA LIMA E-Mail:  [email_address] Imagens de Cebarre 2004 Direitos Autorais Registrados. Uso do Site Vida é Am...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dorme Sonha Acorda

699 visualizações

Publicada em

dorma sonha acorda

Publicada em: Saúde e medicina, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Dorme Sonha Acorda

    1. 1. DORMIR ... SONHAR ... ACORDAR ...
    2. 2. Dias longos, horas difíceis de passar. Não tenho ânimo ou expectativa de lutar, ser feliz ou sentir novamente, que ainda existe felicidade para nos acompanhar.
    3. 3. Meu coração não quer participar. Talvez esteja triste com o dia, com as pessoas ou mesmo com a vida... Pois só espera a hora de dormir e sonhar.
    4. 4. Pelo menos no sonho sou feliz! Dentro dele estou em outra realidade. Nele sou ágil ... sei tomar decisões. Mas ao acordar, não tenho vontade do dia enfrentar!
    5. 5. Tenho consciência dos meus atos. Faltam-me forças para ver o mundo lá fora. Talvez o dia esteja bonito, a natureza alegre ... Mas dentro de mim, não há dor nem amor, apenas inércia.
    6. 6. Não vivo, vegeto. Simplesmente não existo. Até quando? Não sei explicar. Quero somente, nas mãos de Deus, segurar!!!
    7. 7. Texto de: RAYMA LIMA E-Mail: [email_address] Imagens de Cebarre 2004 Direitos Autorais Registrados. Uso do Site Vida é Amor Home Page www.vida.amor.nom.br Goiânia, 05/04/2005 Criação e Art By Criszinh@

    ×