Devaneios Elisabete Aguiar (Elis..)
Fechei os olhos e mergulhei na escuridão.. Transformei a vida e os meus sonhos Num imenso salão.. Deixei sem teto para que...
E permiti que o perfume do orvalho Invadisse o ar.. Num canto construí uma orquestra Que com instrumentos mágicos começou ...
Casais tomaram conta da pista junto a mim E me acompanharam rodando.. Soltei os cabelos, pintei o rosto, Vesti uma roupa c...
Para comigo bailar.. Venha, dança comigo essa música? Não estranhe minha conduta pois nesse baile sou a prostituta Aquela ...
Venha...Quer saber meu preço? Basta apenas uma moeda de ilusão Umas gotas de ternura E dançaremos a noite inteira Dribland...
E no ritmo da estridente canção Vamos rodando na pista Como um casal apaixonado Até o corpo reclamar cansado E finalmente ...
Doutor, quer dançar comigo? Venha, me abrace e não se espante Se durante a dança eu chorar.. É o suor dos olhos cansados Q...
Venha, não, não tenho dono Ninguém que me ame, que me queira, Estou na vida travando uma luta Contra a tristeza e a dor. E...
Sou de todos e de ninguém Sou da noite e de quem pagar Danço com todos, danço sozinha E nas voltas ao redor do salão Uma s...
Agora a orquestra toca uma valsa Cavalheiro, acompanhe meus passos Cole seu rosto ao meu..está quente? É o calor que tomou...
Dancemos, brindemos à vida, ao amor Sem se importar que a alegria ausente Não veio esta noite...e nunca virá!
E como num passe de mágica Abro os olhos...esqueço... Acabou o baile, sumiu o salão.. E tonta, cansada, vazia, Abraço a so...
Composição de imagens: Google e 1295835 David Sousa  Texto: Cedido pela autora  - Elisabete Aguiar (Elis ..)  Música:  Van...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

DESVANEIOS

678 visualizações

Publicada em

DESVANEIOS

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DESVANEIOS

  1. 1. Devaneios Elisabete Aguiar (Elis..)
  2. 2. Fechei os olhos e mergulhei na escuridão.. Transformei a vida e os meus sonhos Num imenso salão.. Deixei sem teto para que a noite Bordasse o interior com o brilho das estrelas
  3. 3. E permiti que o perfume do orvalho Invadisse o ar.. Num canto construí uma orquestra Que com instrumentos mágicos começou a tocar E saí dançando...
  4. 4. Casais tomaram conta da pista junto a mim E me acompanharam rodando.. Soltei os cabelos, pintei o rosto, Vesti uma roupa cor de carmim E fui procurar um homem
  5. 5. Para comigo bailar.. Venha, dança comigo essa música? Não estranhe minha conduta pois nesse baile sou a prostituta Aquela que todos olham e desejam.
  6. 6. Venha...Quer saber meu preço? Basta apenas uma moeda de ilusão Umas gotas de ternura E dançaremos a noite inteira Driblando a angústia que tenho no coração..
  7. 7. E no ritmo da estridente canção Vamos rodando na pista Como um casal apaixonado Até o corpo reclamar cansado E finalmente com gestos eróticos Tirarei a roupa..ficarei nua E serei sua..
  8. 8. Doutor, quer dançar comigo? Venha, me abrace e não se espante Se durante a dança eu chorar.. É o suor dos olhos cansados Que escorre pelo rosto indo no colo pousar.. Não quer?..E o cavalheiro que reparei Há muito tempo extasiado a me olhar?
  9. 9. Venha, não, não tenho dono Ninguém que me ame, que me queira, Estou na vida travando uma luta Contra a tristeza e a dor. Esqueceu que sou a prostituta Desse salão mágico, onde não existe Ninguém que possa me amar..
  10. 10. Sou de todos e de ninguém Sou da noite e de quem pagar Danço com todos, danço sozinha E nas voltas ao redor do salão Uma sombra me acompanha Não se assuste..é a solidão Que nunca me deixa...é minha!
  11. 11. Agora a orquestra toca uma valsa Cavalheiro, acompanhe meus passos Cole seu rosto ao meu..está quente? É o calor que tomou meu corpo Ao sentir o seu colado em mim..
  12. 12. Dancemos, brindemos à vida, ao amor Sem se importar que a alegria ausente Não veio esta noite...e nunca virá!
  13. 13. E como num passe de mágica Abro os olhos...esqueço... Acabou o baile, sumiu o salão.. E tonta, cansada, vazia, Abraço a solidão E adormeço...
  14. 14. Composição de imagens: Google e 1295835 David Sousa Texto: Cedido pela autora - Elisabete Aguiar (Elis ..) Música: Vangelis - Conquest of paradise Formatação: adsrcatyb@terra.com.br Site: www.momentos-pps.com.br

×